Quantcast
PplWare Mobile

iPhone 4 – Análise PPLWARE.COM

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. pedro says:

    gosto muito destes teste.. Objectivos e criteriosos sem duvida!

  2. Grande post Vítor, bastante detalhado e com muita informação útil. Parabéns!

    Daniel Filipe

  3. Silva says:

    Como Sempre será um Excelente Teste!

    Mas acho que não há necessidade de investir tanto nisto da captação do sinal… Já percebemos que não é nada de grave, qualquer telefone que tenha 2 mãos à sua volta perde sinal…

    Por fim, já se sabe o que vem a seguir, um excelente telefone multimédia, o que me desagrada muitíssimo é o preço… 1300€!!!! 🙁

    O Sony Ericsson Xperia com o Android actualizado (ainda à espera), bate o iPhone 4 em questões de Qualidade/Preço…

    • Vítor M. says:

      Não se iludam co os preços da Fnac e sa Mediamarket isso são preços loucos.

      A Vodafone e a Optimus terão o equipamento muito menos de metade desses.

      Depois cada um sabe o que prefere. Há muita gente que não precisa nem dará bom uso ao iPhone, justifica-se explicar que o iPhone exige algum conhecimento para se usar na sua plenitude, onde usufruindo da App Stores, iTunes Store e eventualmente do Mobile Me, dão um ser a um equipamento que ainda não tem concorrência.

      Mas partilho a tua indignação pelo preço que esses senhores estão a pedir.

      • Ghost_Rider says:

        mas na vodafone nao vem com contracto em que temos de pagar X?

        so estou a perguntar.

        • Tiago Dias says:

          Sim, vem, mas num aparelho como o iPhone quase não faz sentido não ter um plano de dados. Com o contrato das operadoras sem dúvida que o iPhone 4 será muito mais barato que estes preços ridículos na fnac.

          Já o preço praticado pelas operadoras na mensalidade do iPhone, isso é outra história. Também estão a comer bastante aí, não são baratos, mas já quase estamos habituados a isso… pode ser que alguém os pressione a baixar os preços, que são muito altos comparados com outros países..

          • Silva says:

            Concordo com o afirmado, mas mesmo assim, só para um plano de dados para o iPhone gasto à vontade uns 30€ mensais durante 2 anos…

            A essa tarifa tenho Vodafone Casa com telefone, televisão e internet de tráfego ilimitado a 24mb…

            Ainda assim são contas complicadas estas :S

    • Dracull says:

      Faz como eu fiz, compra na applestore de UK e pede a alguem para trazer, fica-te por metade do preço 😉

  4. JS says:

    Obrigado pela analise,mas para quê?
    So para ricos pelos preços que ja li acho melhor comprar um bom computador e em razoavel telemovel e ainda fico a ganhar.
    Na FNAc desbloqueado fica por 1299€
    http://www.fnac.pt/Apple-iPhone-4-32GB-Preto-Telemovel-Telemovel/a315435?PID=11&bl=HGACblo3
    Com a crise que esta ainda á pessoas que compram terminais tão caros
    Mas muito obrigado pela analise

    • a Friend® says:

      Manda vir de fora que fica por pouco mais de 500 euros 600 e poucos euros via Optimus/Vodafone.

      No meu caso, continuo a optar pela primeira hipotese.
      Com a vantagem de ter vendido o meu 3GS a um bom preço em que este iPhone ficará a pouco menos de 150 euros.

      É a vantágem de se comprar um iPhone, torna-se um investimento que quando saí um novo, vende-se o antigo a preços bastante bons.

      • JS says:

        Nem vir de fora nem de dentro,se fosse muito mais barato talvez,mas mesmo assim na Optimus ou Vodafone estão muito caros para o nosso poder de compra,tinha que trabalhar um mês,nem comia nem bebia nem pagava as contas da luz e da agua,para poder compra o Ifone4.
        Como sou um simples trabalhador e nem tenho país ricos,contento-me com o que tenho.
        A Aple comigo ia á falencia
        Obrigado

        • Pedro says:

          No minimo tem consciencia que não o pode gastar.
          Continua a existir polémica em relação ao preço deste smartphone.
          Quer se queira quer não, a qualidade paga-se…
          Eu tenho um iPhone 3G, com 2 anos, e agradecia que me indicassem um telemovel com dois anos de utilização intensiva que se mantenha com a mesma qualidade e funcionalidades que o meu tem!

          • cartoon says:

            Basicamente, qualquer um desde que se tenha os devidos cuidados… Já passei por muitas marcas e sempre que troquei, o meu telemóvel velho estava como novo. O meu filho, por exemplo, ao fim de 2 meses de utilização os telemóveis dele parece que fizeram a guerra do Iraque!

          • André says:

            Bom, o meu SonyEricsson k550i, custou-me 200€ à 3 anos e continua a funcionar como no primeiro dia.
            Agora, mais por mariquice, estou tentado em comprar o samsung galaxy S com as mesmas características do iphone mas por metade do preço. E não sei até que ponto o android não será melhor que o iOS super hiper mega bloqueado.. com muita pena minha…

          • Tiago Dias says:

            @cartoon

            Penso que não era essa a ideia a transmitir.. A questão é que dificilmente se encontra um telemóvel com 2 anos que ainda está “no topo” como acontece com o iPhone 3G. Este apenas agora é que deixou de poder ter multitask e wallpapers, não acompanhando o 3GS e o 4, mas fora isso continua a ser um óptimo telefone, actualizado, a ganhar ainda actualizações, etc.. No fundo, não foi completamente descontinuado, pois continua bem perto das novas versões, se é que me fiz entender 😉

            Cumps

          • cartoon says:

            @ Tiago Dias

            Ele especifica bem “um telemovel com dois anos de utilização intensiva”. Utilização intensiva não tem nada a ver com funcionalidades, mas sim com desgaste 😉

          • a Friend® says:

            @Cartoon

            Ele referiu funcionalidades também 😉

            “indicassem um telemovel com dois anos de utilização intensiva que se mantenha com a mesma qualidade e funcionalidades”

      • Ciscobald says:

        aFriend, não estou descontente com o meu iPhone 3GS 16GB, muito pelo contrário, mas tb queria o 4G e como tal vender este. Fez agora um ano, se souberes de interessados estou à disposição…

  5. Miguel says:

    Tive a oportunidade de estar com um (e mais do que um) na mão na loja da Apple em Londres e a meu ver gosto mais do designe dos outros modelos (arredondados nos cantos), penso que se encaixa melhor na mão). Mas de resto, sim este iphone está muito bom mesmo

    • Adriafix says:

      Tenho a mesma opinião em relação ao design, porque não é tão confortável como os anteriores mas é por outro lado é bem mais bonito.
      Gostei bastante da resolução do ecrã e da rapidez do processador mas para já não penso trocar o meu 3gs pelo 4.

  6. a Friend® says:

    Sem dúvida grande post Vítor!

    Muito boa analise, sem dúvida os pontos nos “í’s” com testes, coisa que em Portugal nada se fez, senão falar e falar com base no que os “outros” dizem e não com base em informações na primeira pessoa.

    Palavras para quê… Parabéns! 😉

  7. KISS says:

    Mais do mesmo.

  8. Redhawk says:

    Fantástica 1ª parte da review. Sobre o suposto problema, como já aqui afirmei mais do que uma vez, ele não existe, e vocês conseguiram ver isso mesmo com os vossos olhos (quem testou o aparelho). Venham as outras 2 partes! 😉

  9. r1c4rd0100 says:

    Boa analise. Estou a gostar de ver.

  10. É um preço absurdo o Iphone 4!!
    Bom teste.
    Obrigado.

  11. Pedro says:

    Só uma pequena correcção ao artigo, a estrutura do iPhone é vidro e aço inoxidável, não alumínio como está escrito.

  12. eu says:

    pagar caro por um smartphone da maça, mas aplicações da app store. com esse dinheirinho gasto compro um bom smartphone android e ainda tenho aplicações gratuitas

    • Tiago Dias says:

      Tenho 11 “páginas” quase preenchidas por aplicações da App Store, não gastei ainda um tostão.

      Há uma quantidade enorme de apps pagas, de GRANDE qualidade, a 0,79€, 0,99€, e outras a pouco mais, disponíveis da App Store.

      O argumento das apps não é de certeza um bom argumento para a não compra de um iPhone.

      E há ainda que referir que, assim como na app store, no market do android há também apps pagas.

      Cumps

    • a Friend® says:

      O iPhone tem ao todo cerca de 300.000 aplicações.
      Android tem 50.000 aplicações ao todo.

      64% das Apps Android são gratuitas.
      28% das do iPhone, são gratuitas.

      O que, trocando por miúdos… 84.000 aplicações do iPhone são gratuitas, ou seja… ultrapassa e bem o numero de apps totais que o Android tem (pagas e gratuitas todas juntas).

      Das que são pagas, rondam os 90 centimos a 2 euros em média. As do Android, pagas.. cá ainda não se pode comprar, o que… trocando mais uma vez por miúdos.. só tens 32.000 apps disponíveis, das quais uma boa percentágem não apresenta a mesma qualidade porque pode váriar de aparelho para aparelho.

      • R o B says:

        Já faz tempo que se pode comprar aplicações para Android no Market, tudo bem que se tem de utilizar uma aplicação que contorna as restrições do Market, mas como bonus não se paga IVA 🙁

        Googleit
        market-enabler
        MarketAccess AMIP

        • a Friend® says:

          Tenho conhecimento por acaso 😉

          Mas repara.. se formos envolver truques eu trago-te já aqui mais duas ou três stores via jailbreak!

          Cydia…Installous.. OpenAppMkt…etc…

          Com apps até dizer chega..e capazes de engordar bastante aqueles 300 mil oficias…mas não arrisco a numeros oficiais porque desconheço… mas que não são poucos isso não são. Só para exemplificar, o Cydia funciona com repusitórios, ou seja.. a lista e sources não param de crescer…. 😀

      • afrsa says:

        Em Junho já eram mais de 70 000 apps! Agora deve rondar as 100 000!

        • a Friend® says:

          Isso é uma mera projecção ainda não oficial de um alegado crescimento rápido das quais muito:

          – Junkware
          – Limitadas a certos aparelhos
          – Muitas apps básicas à mistura feitas nos “SDK” da caca que a Google lançou para não-programadores sem rigor e qualidade alguma.

          No iPhone, uma percentagem elevada, garante qualidade. Já no Android não há control algum de qualidade, o que se pode resumir muito simplesmente, quantidade no Android não é sinonimo de qualidade.

          Para não falar de que no iPhone a quantidade de programadores profissionais ultrapassa em larga escala os profissionais existentes no Android.

          Grafico

          Se as Apps no iPhone demoram a ser aprovadas, por algum motivo é. Se o sistema de aprovação é apertado, é precisamente por esse mesmo motivo. Manter a qualidade.

          • afrsa says:

            De qualquer forma não são os 50 000 que dizes… são bastantes mais!

            E porcaria existem nos dois! Só apps de iFart devem ser para cima de 100…

            Isto de ver tudo de bom de um lado e tudo de mau para o outro não é saudável… mas cada um é como cada qual.

          • Jorge E. says:

            Estás a esquecer, e a meu ver deliberadamente, que uma das grandes críticas à Appstore é precisamente o elevado número de Junkware e clones…

          • a Friend® says:

            @afrsa

            Só me baseio em números oficiais. Tal com o Android Market cresce, a AppStore também está em crescimento constante. Mas, os números que apresentei foram oficiais de ambas as partes e foi apenas nesse sentido que fiz o comentário. Até porque as percentagens (gratuitas/pagas) são baseadas nesses mesmos números.

            O Android quando atingir os 100 mil.. provavelmente o iPhone já poderá ter mais 50 000 .. não sei… portanto acho errado num basear em projecções e noutro basear em números confirmados.

            E sim, não disse o contrário.. o iPhone também tem lá alguma tanga metida.. não tantos “iFarts” quanto dizes.. mas que lá andam muitos do género, andam e felizmente andam a ser encostados à boxe pela Apple, assim como hoje foi anunciado que aplicações que requeiram registos para serem usados também (para evitar tentativas de phishing).

            Agora isto afirmo com toda a certeza… no universo de apps de ambas as partes… o iPhone é o que tem maior numero de qualidade. Temos mais Apps boas, de qualidade, por onde escolher na AppStore que no Android Market. O Android tem aplicações também bastante boas, mas é num numero bastante inferior.

            E convém não esquecer o que referi mais acima… as Apps no Android não funcionam de igual modo em todos os aparelhos… devido a “upscales”, diferentes versões do Android.. e outro tipo de compatibilidade directamente com os aparelhos. No iPhone esse é outro ponto para garantir a qualidade. As Apps só têm 2 tipos de resolução e hardware/sistema para se adaptarem… logo aí, conseguem atingir uma qualidade superior e um suporte superior dado pelo programador.

            Para resumir…e Isto é do conhecimento quase comum. Todas as Apps BOAS que o Android tem, o iPhone tem… mas muitas Apps BOAS que o iPhone tem, o Android não tem. É nesta pequena amostra que diz muito de ambas as plataformas. O iPhone é o alvo preferencial e prioritário dos programadores/empresas, e isso para nós, consumidores… traduz-se em oferta/qualidade em maior escala.

          • afrsa says:

            @aFriend

            Sim… neste momento a appstore tem mais aplicações com qualidade do que o Android Market… é certo e sabido… mas é como tudo, estando o Android a crescer a 200 000 unidades/dia, é certo que cada vez mais e mais aplicações com qualidade irão surgir no Market!
            O número que disse não será bem uma projecção… acredita que será mais de 50 000… mas bem mais e ainda há bem pouco tempo a Google limpou 15 000 aplicações, mais coisa menos coisa!
            Claro que neste momento interessa à Google ter muitas aplicações pois é forma de dizer ao mercado que o SO está bem vivo, e não tardará para o próximo passo que será melhorar as apps e chamar mais devs!
            O Android é o SO para telemóveis com mais crescimento nos últimos meses e isso significa dinheiro para o devs… eles vão aparecendo! Há que dar tempo ao tempo e tecer comparações entre os dois Markets nesta altura não é sério!
            Ainda assim acredito que o mercado só tem a ganhar com toda a gente forte senão já se sabe como são estas empresas monopolistas… deixam-se adormecer e adormecem os consumidores!

            😉

          • a Friend® says:

            @afrsa

            Acredita, se há coisa que quero é que o Android cresça e bem, acima de tudo com qualidade.

            A Apple por acaso nunca me deixou ficar mal nestes anos todos, mas sei bem o valor de uma boa concorrência. Não só obriga das marcas a superarem-se a sí mesmo como serem igualmente mais contidas nos preços.

            Mas quando falo no Android não é criticar e deitar abaixo. Simplesmente tenho noção que para ele ser perfeito, precisa ser mais restrito, para separar o “crapware” do bom software.

            Quanto aos Dev’s, como falas e bem.. a Google precisa igualmente melhor e MUITO essa area, porque nem toda a gente pode lá vender. Ao contrário do iPhone… e isso é um ponto importante para ele melhorar. Outro aspeto é que se eles criarem um molde mais padronizado em que as marcas se tenham que adaptar ao Android e não o inverso, isso será uma mais valia para o sistema, isto porque os developers não precisam de moldar as apps para tantos modelos de hardware. Há muito ainda a ser moldado no Android. É apenas isso que eu acho e ainda não me faz utiliza-lo como sistema primário. Mas será em breve o meu sistema secundário. O meu maior receio é comprar um smartphone que acabe o suporte a curto prazo. Tenho noção que a melhor marca a comprar é a HTC (dado o enorme suporte que tem) mas infelizmente não é a minha marca de eleição. É isto que tem atrasado a minha decisão na compra do segundo telefone….

      • Varsal Jr. says:

        Também queres comparar o tempo em que o Android está no mercado, afirmado (isto em vários aparelhos) contra o iPhone?

        • a Friend® says:

          Mais razão dão ao iPhone.

          O iOS luta contra o Android. Ambos lançaram as markets em alturas semalhantes.

          O iPhone, sozinho liderá um mercado contra HTC, Samsung, Sony Ericsson e uma quantas marcas mais…

          Isto para resumir que a Apple sozinha, está a fazer farinha não só contra um sistema, como contra um mercado inteiro que está de braços dados partilhando o mesmo sistema operativo. E isto, digam o que disserem.. não é para qualquer marca, sejamos francos também. 😉

      • JPedrosa says:

        para ser 100% honesto … falavas também da idade/maturidade de ambos os markets não?

        • a Friend® says:

          A AppStore foi lançada em 2008, só tem 2 anos de “vida”.

          A maturidade foi atingida logo desde inicio, porque a plataforma tem uma estutura mais sólida.

          O Android não tem essa facilidade porque lida com varias versões do sistema, vários aparelhos, e o crescimento não tem sido com rigor, daí o menor numero de programadores. Esse fragmentação é que faz o Android não ganhar e tal maturidade. Segundo dizem, será no Android 3… mas segundo também dizem… o modelo que querem adoptar em muito se asemelha aquele que os Androidianos tanto criticam. O iOS.

        • a Friend® says:

          E para ser mais preciso, A AppStore e Android Market só têm diferença de 4 meses.

          • JPedrosa says:

            true, mas só ganhou momentum quando começaram efectivamente a abundar “droids” no mercado.

            http://techcrunch.com/2010/07/30/android-market-100000/

            As contas vão dar ao número que mencionaste, 83k, mais coisa menos coisa, mas o crescimento no espaço de um ano, dá que pensar …

          • afrsa says:

            Não sejas tendencioso!
            O tempo de crescimento do market do Android é diferente… só agora está a ganhar movimento… e tu sabes disso!
            O iPhone tem valor por ele mesmo… não precisas de estar sempre a esmiuçar todo e qualquer comentário!
            😉

          • a Friend® says:

            @JPedrosa

            E muito mais o Android irá crescer.. mas de longe mesmo.

            Convém não esquecer que o Android é feito para um mercado mais dinamico que o iPhone. O iPhone foca-se apenas na qualidade. O Android foca-se na disponibilidade, e ainda bem.. é uma mais valia para o mercado.

            Mas essa mesma “fragmentação” de sistema é que nunca o fará um sistema 100% robusto quanto o iOS… é o preço da flexibilidade. Daí a Samsung ter como aposta secundária o bada e a Nokia o Meego. Porque ambas as marcas têm noção disso. É um sistema que está envolvido num grande turbilhão de marcas e operadoras… e isso faz-me lembrar o Windows. Serve todas as marcas e cada uma injecta-lhe o Junkware que achar necessário para baixar o preço.

    • Pedro says:

      Juntando ainda o facto dos problemas de privacidade que constantemente estão a assolar as noticias relativas ao app market da Android.
      Sem controlo é o que se vê…

  13. Luis says:

    Muito mas muito caro mesmo!! mas mesmo assim, sendo o Portugues como sabemos, deve ser so’ ver “chavalos” a levar isto para a escolinha…..

  14. Gilberto Pereira says:

    Wow… a nu toda a verdade.

    Gostei de ver os detalhes no interior de casa, o mito acabou.

    Tal como se falava, o deadh grip é uma treta. Em Portugal como noutros países europeus isso não existe.

    Excelente primeira parte Vítor.

  15. Tiago Dias says:

    Fantástico Vítor, mais uma excelente análise. 😉

    Quanto ao iPhone 4, acho que o maior defeito dele é ainda não estar nas minhas mãos 😀

    Quanto a antennagate, death grip, etc, já era de se prever que os resultados confirmassem que é um problema geral, e não apenas do iPhone 4. O suposto problema foi ampliado e aproveitado para tentar denegrir, mais uma vez, a imagem da Apple e dos seus produtos, coisa que já é normal assistirmos.

    Continuo a dizer o que sempre disse… o problema deles, ou um dos únicos e maior problema da Apple, é o preço dos produtos em Portugal. E isso acontece apenas em portugal, e mais alguns países da Europa, porque nos States não se passa o mesmo.. O Jobs já punha um olhinho em nós e nos nossos preços ridículos e fazia alguma coisa 😛

    Cumps

  16. afrsa says:

    Experimentei o Iphone 4 dentro de um centro comercial com 4 barras de rede SIM. Agarrei o telefone sem força nenhuma e pus um dedo por cima do plástico preto, numa posição perfeitamente normal… passado 30 segundos não tinha rede! Esta foi a minha experiência!
    No entanto o ecrã é de muito boa qualidade, não gostei muito da sensação do telefone na mão (muito anguloso), notei algum (pouco) lag na transição de ecrãs, o multitouch é realmente bom!
    À semelhança de Android, sinto que o UI é já datado… vamos ver como está o Windows mobile 7, esse sim parece querer destacar-se dos demais.

    Cumps.

  17. aver says:

    Por acaso chateia-me a estupidez da FNAC ao anunciar um iPhone, que não têm e não vão ter para vender, a 1299€

    A Optimus anunciou os preços € 679,90 para os de 16 GB e de € 779,90 o de 32 GB, o que faz que Portugal tenha os preços mais altos desta lista de países:
    http://www.flickr.com/photos/choreographics/4836719813/sizes/o/in/photostream/

    • a Friend® says:

      Conheço muito pessoal que até às nossas operadoras vai boicotar, não por achar o iPhone caro mas por essa mesma razão… de na Europa ser dos países mais caros e como forma de batalhar isso…preferem mandar vir de fora, quer seja iPhone quer seja iPad.

      Somos o cú da Europa porque deixamos e continuamos a alimentar os mamões deste país…a forma de de pôr um basta é começar por aí mesmo.. não os alimentar, porque se eles vendem a esse preço, é porque há quem compre.

      Eu, neste caso, estou fora… ou melhor.. o meu é que virá de fora! 😀

      • aver says:

        O iPhone 4 passo. Vou esperar pelo 5. Um ano passa depressa e o 3GS com o iOS 4+jailbreak continua em grande.

        Para quem não tenha reparado o iPhone 4 é € 70 mais caro que o 3GS com os mesmos GB. Acho que o hardware adicionado vale a diferença. Mas não é motivo para quem tem um 3GS “perder a cabeça” e ir comprar o 4.

        Esperava era uma quebra significativa de preço do 3GS mas isso não está a acontecer. Quem quiser um 3GS mais barato tem que ficar pelo de 8 GB.

      • a Friend® says:

        @aver

        Não sei o que poderá vir no iPhone 5, mas penso que não deverá ser nada tão significativo perante este.

        Isto “inova” de 2 em 2 gerações… mas concordo em certo ponto, quem tem o 3GS fica ainda MUITO BEM servido. Alias, até o 3G ainda dá cartas, quanto mais! 😀

        Mas fiquei fascinado com o design deste, a construção, retina display, qualidade das fotografias e video, facetime…e duração da bateria, que segundo as reviews teve um aumento muito significativo.

        Ele já é ultra-rápido..portanto um 4GS não fará sentido.. que carta a Apple terá na manga… é uma boa pergunta. Mas verdade seja dita, só pensei neste por um forte motivo. Conseguir vender o 3GS a um preço ultra-bom. Agora só estou é a aguardar umas boas novidades para saber como o vou adquirir… 😛

        • RCS says:

          Se a apple adicionar mais funcionalidades ao iphone que ocupem mais RAM, pode ser preciso 512MB por exemplo, ficando este iphone actual sem conseguir desempenhar determinadas funções.

          Isto foi só um exemplo.

          Além disso se as restantes marcas começarem todas a optar pelos dual core, pensas que a Apple não irá atrás?

  18. Filipedgb says:

    @oFf topic completo

    Alguém sabe como remover um keylogger de um computador (do que foi infectado) ?? Um amigo perguntou-me, procurei pela net mas o que encontrei não foi mt esclarecedor. Alguém pode ajudar?

    Cumps

  19. Miguel Pipe says:

    Continua Vitor 🙂

    É caro? Ok. Espero que tenham a mesma opinião quando se fala em novidades da Nokia, HTC, etc…

    • Daniel says:

      eu paguei 400 euros pelo meu htc com android, que antes de eu o comprar já estava obsoleto, nunca recebi uma unica actualização pro bicho… Sou o utilizador mais feliz do mundo xDD (ironia)

  20. avlis rotiv says:

    Excelente review, detalhado, simples, “ilustrativo”… Simplesmente fantástica!
    Os meus maiores parabéns! 😉

  21. Fábio Palma says:

    Parabéns Vítor. Excelente analise ao equipamento mais recente da Apple.

    Abraço

  22. Muito bom review!!

    Fico a espera das restantes partes.

    Alguem ja sabe os preços da Vodafone para o plano empresarial?

  23. STP says:

    Excelente artigo, em 3 partes e ao que parece, muito detalhado.

    Espero é que haja mais destes artigos para outros aparelhos e não só para o “menino bonito”…..

    • a Friend® says:

      As reviews que tenho visto dos outros aparelhos aqui no pplware chegam a ter até mais páginas… só que vêm é todas no mesmo artigo.

      Essa mania de “inferioridade” é “perseguição” do pessoal é que continuo a não percerber… 😉

      Então as analises da Ana Narciso até doem (no bom sentido) de tanto pormenor e tanta página… 😛

      • STP says:

        Hmm, se não vinha o fan boyzito defender o “menino”, também não era dia.

        Se falei é porque tenho algum sentido, eu nem sequer falei mal de nada, o este Iphone parece me ser muito bom mesmo, ninguém disse o contrario, apenas referi que devia ser assim para todos.

      • Ana Narciso says:

        Ahah, gostei dessa!

        Sim é verdade, quando se trata de novidades, como o iPhone 3GS (iOS recente) e Samsung Wave (bada também ele estreante), fazer menos de 7 a 8 páginas gordas é pouco. Na minha humilde opinião.

        Eu acho que quando alguém quer comprar e é tão caro, precisa de ler o máximo de pormenores para não meter a pata na poça, não é?

        Depois digam-me se gostam mais do formato de “partes” em dias diferentes ou em múltiplas páginas no mesmo artigo. Ambas têm vantagens e desvantagens, mas vocês é que mandam!

  24. Vasco says:

    Vítor estás em grande. Ja o tenho há mais de um mês e subscrevo por baixo. Muitos parabéns.

    PS – 119 iPad apps para geeks, admins e programmers 😉

  25. JPedrosa says:

    Ora viva,
    boa análise, como é “apanágio” da casa.
    Noto ligeira tendência, mas pronto, todos temos direito a ter o nosso carinho por uma marca/modelo/cor/clube … é tinto.
    Noto isso, particularmente na necessidade de ilibar o equipamento do problema de rede.

    Compreendo que não entrem numa análise comparativa, mas permitam-me deixar um comparativo, que achei bastante honesto, embora incompleto, por exemplo na área do GPS, onde penso que o iPhone iria ganhar.

    É entre o “Apple finest” e o “Android Finest” se o podemos chamar assim.

    http://www.gsmarena.com/samsung_i9000_galaxy_s_vs_apple_iphone_4-review-500.php

    É importante que potenciais compradores vejam uma análise comparativa, porque dá para perceber os pontos fortes e fracos de cada dispositivo.

    Neste momento, claramente o iPhone só tem adversário no Galaxy S, e talvez tivesse também no S.E. Xperia X10 se os rapazes da S.E. mandassem cá para fora o dispositivo com Android 2.1

    Grosso modo, confesso que não me incomoda rigorosamente nada o iPhone ser o melhor, seja como for, neste momento já tem que “fazer pela vida” e isso é bom para todos.

    Vamos ver se o Android tem capacidade para não se auto-destruir perante tanta versatilidade, tanta abertura, e se com isso continua em franco crescimento.

    Interessante é ver que a Nokia eclipsou-se do universo dos telemóveis mais chamados a sério, é o preço (talvez alto demais) pela parceria errada com o Symbian, SO condenado e moribundo.

    Quanto aos preços na Fnac e MediaMarkt, lembrem-se, o mercado é aberto, eles são livres de meterem o preço que quiserem. Se é imoral? Claro que não, é legitimo, errado é alguém comprar …
    Além disso, secalhar, sem as pessoas se aperceberem, há muito mais artigos, comprados em bem maiores quantidades, onde vos fazem isso diariamente e nem notam 😉
    O mercado como está hoje em dia é uma selva, mas numa coisa nunca mudou, é do lado do cliente que está a responsabilidade de estar informado para garantir que faz um bom negócio.
    Aqueles preços o que me dizem é que eles simplesmente não querem vender o dispositivo.

    • Shikai says:

      Concordo contigo.

      Relativamente ao problema de rede acho que deve ser referido que o problema não se verificava em todos os equipamentos e a propria apple já admitiu que alguns equipamentos tinham problemas, banalizou o assunto e ofereceu capas e sendo que o cliente não é obrigado a ter de usar capa, a mesma disponibilizou-se a trocar o equipamento se o cliente assim o desejar.

      Relativamente a não existirem equipamentos que rivalizem com o iphone, depende em que campo estamos a falar, hardware já temos equipamentos com melhores especificações a nível de software talvez não mas acredito que seja uma questao de tempo.

    • Ana Narciso says:

      O pior é que há muita gente que compra. E isso sim, faz-me mesmo confusão…

  26. mario says:

    belo equipamento mas.
    ha sempre um mas! bem neste caso até há mais que 1!

    já viram o preço??

    e leiam esta noticia

    http://tvnet.sapo.pt/noticias/detalhes.php?id=60907

    qq dia controlam tudo até para quem podemos fazer chamadas.
    acho que é demais.

  27. Jorge Rodrigues says:

    tá toda a gente a chorar por causa do preço mas aqui ao lado os nuestros hermanos vembed o iphone 4 de 32 gb por 470 euros + 600 pontos na vodafone….. sem contrato.

  28. MySeLf says:

    É assim, o problema, existe e está lá. A nossa cobertura de rede é que é umas quantas vezes superior à dos USA o que “mascara” o problema pois este só se evidencia quando a rede é substancialmente mais fraca.

    Para além disso se essa já é a versão à qual foi aplicado o “fix” de software para o problema da antena, como é que nos podemos fiar no que diz no próprio telemóvel!? (“ah bom… tem as barras no máximo é porque tá bom”, se a Apple o diz é porque é verdade).

    Os vídeos que realmente interessariam ver éra de uma chamada em tempo real numa zona de rede escaça e agarrar o telemóvel à homem, não é a medo, de pantufinhas.

    Só a minha opinião…

    • a Friend® says:

      Afirmação completamente errada no que toca ao Software update das barras.

      Elas ficaram com mais precisão, e se perguntares a qualquer utilizador de iPhone, mesmo os mais antigos, dizem-te que onde antes apontava ter rede no máximo, agora fica a meio… e não o inverso como disseste.

      E isso foi confirmado pela Anandtech:
      Grafico Anandtech

      Agora o que acontece é até muitos Androids indicarem rede máxima em casos que o iPhone indica a rede em médio, ou seja, esse efeito do update até pode prejudicar ainda mais, dada a precisão que foi imposto, porque quem não tiver conhecimeto dos detalhes do update vai dize: “Bem o meu amigo tem Android, o dele tem rede no máximo e o meu iPhone está apenas com 3 traços.. isto tem mesmo defeito” .. quando na realidade, o iPhone em décibeis é que está a apresentar um valor correcto traduzido em barras.

      Ps. Se houvesse problemas de construção, o iPhone não fazia a comutação de 3G para 2G (em fraco sinal)… simplesmente perdia na totalidade por completo e ficava um iPod Touch inútil para chamadas.

      • MySeLf says:

        Então afinal é a Anandtech ou é a pplware que está a ensaiar o equipamento!?

        Isto pela tua ordem de fantasias, qualquer fonte é susceptível a falta de crédito portanto, a ser bem executado, seriam 100% autocéfalos em vez de socorrerem-se a testes exteriores e com credibilidade fortuitamente contestável.

        Ou esse “raciocínio” da carência de credibilidade de fontes externas que “não sabem testar”, “não apresentam métodos nem números concretos ”, “não têm engenheiros” emprega-se apenas quando os emersos são pouco favoráveis a um artigo da Apple?

        • a Friend® says:

          Nem falei dos testes da Anandtech ao produto em geral. Simplesmente é uma das entidades que confirma a veracidade dos mapas para indicar em que décibeis se verificam as mudanças de cada barra.

          Onde está o erro ou falcatrua nisso? Alias, até mesmo tu podes testar. Activa a leitura dos décibeis do iPhone… faz um mapa de X a Y…. e verifica onde é que encontras cada mudança de barra… é tão simples de se verificar que não vejo onde na tua teoria, a Apple pode aldrabar isso.

          Sendo -51dBM rede no máximo e -121dBm rede no minimo… não é preciso nenhuma ciência aeroespacial. Ou não sabes fazer cálculos? Ou falta-te o iPhone para falar com conhecimento?

          • MySeLf says:

            Por essa mesma ordem de ideias,”é tão simples de se verificar”, “não é preciso nenhuma ciência aeroespacial”, entre outras, porque é que a DECO sendo “Simplesmente uma das entidades que confirma[…]” que o telemóvel tem quedas de rede abismais na ordem dos 90% tem /têm menos credbilidade?!

          • a Friend® says:

            @MySelf

            Olha o Vitor fez de longe mais que a DECO. Demonstrou com videos até. Não pegou em fotos lá de fora e lançou postas de pescada.

            Só aí.. diz tudo.

            Que credibilidade tem a DECO que nem videos nem testes feitos por eles mostram? Meramente um texto a indicar 90%… 90% do quê? Das barras? …com fotos e imagens tiradas de outro site? Por favor.. nem a brincar me digam que isso é ter credibilidade!

            Acordem para a vida, por favor. Se as nossas entidades reguladoras fossem competentes, este país não era a miséria que é. Aquelas, que os preços da gasolina e gasoleo mudam todas na mesma hora, ao mesmo preço e a conclusão que elas chegam é que “não há indicios de preços combinados…”

          • MySeLf says:

            A título de curiosidade, a DECO não é uma entidade reguladora.

          • a Friend® says:

            @MySeft

            É de defesa do consumidor. Vai dar ao mesmo. A entidade que regula os preços praticados nas gasolineiras não tem supostamente o mesmo objectivo?

            Se conheceres alguem que trabalhe na Deco, pergunta-lhes como seria o resultado do iPhone se ele fosse vendido pela TMN. Assim como outros artigos, sobre Apple… vai lá verificar a “parcialidade” deles também. E não é só a Deco.. mas prefiro nem mensionar nomes porque não vale a pena. Uma coisa é certa, aquele artigo da DECO onde nem imagens usam deles, vale o que vale.

          • MySeLf says:

            @ a Friend

            Escreve-se “MySeLf” e não “MySeft”.

            Então o problema aqui deixa de ser o problema da DECO ser uma entidade reguladora para passar a ser uma entidade que defende os direitos do consumidor.

            É só a mim que isto soa paradoxal?!

          • a Friend® says:

            Mas tens que idade… 15 anitos? Puxar argumentos do “escreve-se assim… não é assado?”..

            Já te vi escrever aqui umas belas gaffes mas não uso isso como argumento para tentar dialogar ou dar o ar de “superioridade” para tentar ter razão …mas talvez os níveis de maturidade sejam diferentes, já que falando bem, a idade é apenas um numero…

          • MySeLf says:

            Eu indico os erros ortográficos e gramaticais porque também desejo que indiquem os meus. Afinal de contas, se estou a fazer algo mal, e ninguém me indica que está errado, como é que posso evitar de fazer uma figura de ignorante no futuro?

            Portanto, quando eu o fizer, por favor faz o mesmo que eu e indica-mos.

          • a Friend® says:

            Quando isso me preocupar activo o corrector ortográfico, fica descansado. Faz o mesmo se achares necessário.

            Em blogs e em dialogo com amigos não me preocupo com a escrita, se for preciso até abrevio para ser ainda mais rápido. Preocupo-me é ter uma conversa com sentido.. e falar com conhecimento, e quando não sei, isso sim é que pergunto…e respeito ainda mais quem me sabe chamar à razão com bons argumentos.

        • Vítor M. says:

          Garanto-te que o telefone foi agarrado à homem, não te preocupes com isso, fui eu que fiz o teste logo… essa preocupação tua não tem razão de existir.

          Depois a questão das chamadas não existe. Existe sim a perda total, como mostramos no vídeo, quando num local de pouca rede 3G a atenuação que acontece neste equipamento (mais no que em qualquer outro como dizemos no post) faz a rede desaparecer totalmente, enquanto noutros equipamentos não acontece tão rapidamente. Isso também foi dito no post.

          O telefone é completamente fiável e foi feito o teste com o iPhone já com última versão do iOS4. De norte a sul do país nunca em situação alguma fiquei mal com ele. Usei muitas horas em chamadas e muitas horas em dados.

          A utilização normal, sem o embrulhar todo, esse problema a atenuação é igual a qualquer outro que, até à imensa publicidade deste factor no iPhone, ninguém sabia que existia.

          • MySeLf says:

            “Garanto-te que o telefone foi agarrado à homem, não te preocupes com isso, fui eu que fiz o teste logo… essa preocupação tua não tem razão de existir.”

            Só posso avaliar pelo que contemplei nos vídeos, que apesar de revezadamente apresentar alguém a segurar o equipamento, ou a apresentar as barras impossibilitando uma conclusão despreocupada, a impressão com que fiquei, foi que efectivamente a criatura em questão estava com temor de o agarrar “à homem”.

            A minha sugestão relativamente ao vídeo em questão continua, a meu ver, a ser a melhor forma de provar a suposta hiperbolização (ou não) do problema da rede deste equipamento. E ainda acrescento, uma favorável povoação para ensaiar a rede do equipamento seria Gondramaz (que embora fique entre “de norte a sul do país” presumivelmente não passaram lá).

          • a Friend® says:

            Para o Myself tinhas que enterrar o iPhone numa vala de 50 metros de profundidade…

            Gostava é que ele me mostrasse 1 Smartphone, que com fraca rede 3G ao pegar não salte para 2G?

            Todos os testes que fiz, a vários telefones.. nenhum deles se aguentou! E até digo mais, enquanto o iPhone 4 mantinha a chamada (para o voicemail) os outros com apenas 1 traço ouvia-se o voicemail estilo “robotizado” com algumas interrupções (de se deixar de ouvir) por escassos segundos..

            Isto para quem os testa, é do conhecimento geral, o “MySelf”, como sempre é que nos artigos Apple faz questão de ser do contra…engraçado é que já vi muitos como ele e quando lhes meteram um iPhone 4 nas mãos e desafiaram para o “death grip” …não conseguiram, em casos de até mesmo cobrir quase a totalidade dele… mas pronto… as pessoa que estão REALMENTE interessadas neste “bicho” sabem perfeitamente o que vão comprar… e outra coisa… quantas retomas já houve?!… 😉

          • MySeLf says:

            Curiosamente a minha resposta a este comentário não apareceu, e tendo sido submetido duas vezes para me certificar que não teria sido algum erro na comunicação deu-me double post.

            Censura!?

          • a Friend® says:

            @MySelf

            Se submeteres o mesmo post duas vezes não é sensura, o wordpress assume como Spam e provavelmente fica a aguardar que seja “solto”.

          • MySeLf says:

            Não foi duas vezes seguidas.

            Foi, post, wait, wait, wait wait, post -> double post.

            Mas numa coisa estou de acordo contigo, “sensura” não foi de certeza.

          • Vítor M. says:

            MySeLf qual temor qual censura… deixa-te de invensões.

            A criatura (que sou eu podes dizer sem medo) não teve temor em agarrar e agarrar bem, eu pelo menos mostrei e estive com ele em vários cenários. Não estive na tua aldeia de Gondramaz mas isso não daria ao teste nenhum certificado de validade.

            O que dá a validade e veracidade dos testes é que eu testei, mostrei e falo com experiência… o resto é treta.

            Depois eu não vi comentário nenhum teu duplicado ou sequer censurado, apenas estava um na moderação como acontece com todos os comentários do mesmo nick com x comentários em x espaço de tempo.

            Apenas regras do sistema anti spam que apontaste logo como censura… a vontade de criticar é tanta que até se inventa…. Meu Deus!!!!

            Tem calma que só estamos na primeira parte da análise.

          • Shikai says:

            Sem dar razão a nenhum dos lados convem relembrar que o problema não se verificou em todos os equipamentos.

            Acho que a questão “existe ou não um problema” ficou respondia apartir do momento que a apple “resolveu” o problema

          • a Friend® says:

            @Shikai

            O problema não ficou “resolvido” foi é explicado o sensacionalismo em torno dele, apenas isso.

            É um problema presente em todos os telefones e bastante subjectivo.

            Não há rigorosamente nenhum telefone que não tenha problema deste genero, uns sentem-se mais que os outros, é um facto, mas isso é uma questão fisica, tal como se atira ao ar um telefone cai. A rede é igual. No dia que eles não sofrerem atenuação fico preocupado até me explicarem se as frequências usadas são legais! E olha que à pala de a Apple oferecer “X” capas fez muita gente, noutras marcas, querer o mesmo…e vi disso aos pontapés… 😀

            Ps. Nos EUA as pessoas continuam a ansiar pelo iPhone na rede Verizon…porque será? É outra boa questão. É que, para quem não sabe, nos EUA a AT&T tem falhas graves no 3G. E isso já é uma reclamação antiga.

          • MySeLf says:

            Calma! Já dizia “o maior da minha aldeia” em estilo humorístico: “Não vamos saltar êtapes!”
            Quanto à questão da censura repara que tinha um ponto de interrogação. Passo a explicar:
            O ponto de interrogação é um sinal de pontuação representado pelo sinal gráfico “?”. Ele tem a função de induzir o leitor a entoar a frase em que ele é colocado como uma pergunta ou uma dúvida.Denota um sinal de dúvida, de procura por uma resposta.

            Relativamente à questão da utilização de Gondramaz como um ponto de referência para testar a rede do mesmo, talvez não me tenha esclarecido bem, mas é porque em Gondramaz a rede (2G e 3G) é mesmo muito débil, sendo mesmo inexistente em certos locais. Este facto tornaria exequível a recriação do problema presente nos USA (que como já disse tem uma competência de rede bem subalterna à nossa). Não que resida lá mas é apenas um dos pontos turísticos Portugueses onde me deparei com dificuldades de rede e também uma forma de desarmar a generalização “de norte a sul do país” que como deves concordar é uma megalomania.

            Quanto à questão da credibilidade tens que aceitar que é perfeitamente congénito que eu, como ser racional, tenha legitimidade para contestar a mesma. Tal como o “amiguinho” tem legitimidade para questionar a credibilidade de outras entidades, como por exemplo a Deco.Afinal de contas, são apenas uns gaiatos a escrever num blog sem qualquer tipo de experiência ou supervisão. Já a Deco…
            De qualquer das formas, faz parte do teu “trabalho”, se ainda não aprendeste, aprende agora a lidar com isso.

          • a Friend® says:

            @YourSelf (para se falar correctamente)

            Podia agora dizer o que a minha empresa faz e com tipo de pessoas lido bem entedidas no ramo das quais muitas participam nas ditas “avaliações” de mercado (e muitas conhecem bastante bem a DECO), mas isso seria dar importancia à tua conversa de “gaiato” que simplesmente comenta num blog.

            Mas não deixa de ser engraçado como tiras conclusões e substimas pessoas que nem conheces…

            Os “outros” precisam aprender a lidar com “isto”.. tu simplesmente precisas crescer. Usares palavras caras para mascarar a falta de argumentação não te dá o dom do conhecimento. Esse adquire-se com humildade… coisa que não tens.

          • MySeLf says:

            Insisto, escreve-se “MySeLf”. Por ser um nickname / alcunha não se deve alterar a pessoa nem conjugar ao ser referido.

            “Podia agora dizer o que a minha empresa faz e com tipo de pessoas lido bem entedidas no ramo das quais muitas participam nas ditas “avaliações” de mercado (e muitas conhecem bastante bem a DECO), mas isso seria dar importancia à tua conversa de “gaiato” que simplesmente comenta num blog.”

            Por saber que não aprovas que te corrijam vou apenas aludir que esta frase, da forma que está redigida, não faz sentido e tem alguns erros ortográficos e gramaticais. Devo ainda acrescentar que da forma que está exposta, não constitui qualquer faculdade argumentativa. E por falar em argumentação, o facto de eu escrever de forma alegadamente mais elaborada em nada altera o seu conteúdo. Ou em palavras mais simples (talvez mais compreensíveis, para ti):

            Com ou sem “palavras caras”, a “argumentação” está lá. Se não a consegues ver, aconselho-te a procurar “humildade” e estudares para que possas obter / adquirir / “ficar com” “o dom do conhecimento” e deixares de escrever frases onde se pode notar uma ampla “falta de argumentação”.

            De qualquer das formas o assunto tornou-se demasiadamente “offtopic” e como não prevejo resultado palpável dou como terminada a minha participação neste “post”.

          • Ricardo Nunes says:

            @MySelf

            Apraz-me vividamente o seu empenho e tempo despendido a ter o máximo de preocupação na sua escrita. É bom haver ainda quem se preocupa em escrever bem e principalmente a dar uso a sinónimos de pouca utilização.

            No entanto, tenho a infelicidade de o informar que, na sua busca pela perfeição, uma falha desmensurável ocorreu.

            Mas não é culpa sua, longe disso. Faz parte do Ser Humano.

            Quando os olhos estão demasiado focados em algum ponto (neste caso, algum erro caligráfico), abstêm-se de outros pontos de “menor importância”; neste caso, o facto de lhe ter “escapado” que após um Ponto Final ( ou seja, “.”), reza a regra que deve haver uma pausa antes da restante / nova frase, vulgo “espaço”

            Apenas o indico pois verifiquei que defende veementemente a boa caligrafia e acima de tudo, apraz que lhe sejam comunicados quaisquer erros cometidos.

            De qualquer forma, quero felicitá-lo pelas suas críticas construtivas e bastante acesas.

            Post Scriptum:

            A título meramente curioso, a rede 3G (pelo menos em Portugal, que é a que tenho conhecimento), apenas serve para dados móveis (Internet). O serviço de voz apenas funciona por 2G.

            Quer isto dizer que, qualquer telemóvel OU Smartphone em 3G vai ter piores resultados que em 2G, pois tem que haver uma conversão, por parte da rede móvel, de 3G para 2G.

          • Vítor M. says:

            MySeLf não tenho mais nada a responder pois estás a entrar num campo que desconheces e apenas falar por palavras de terceiros.

            Saúde, Twitter para ti e boas férias que as minhas estão boas.

    • Hugo Cura says:

      Eu entendo o ponto de vista do MySeLf. Ele é que não se consegue exprimir devidamente e na direcção certa.

      Para mim, a informação que as barras dão vale zero. Antes tinha mais, agora tem menos…. quero lá saber, seja android, iphone ou nokia 3310.

      O que aqui importa, somente, é o valor absoluto. Só esse é capaz de avaliar e possibilita comparar o drop entre vários terminais.

      Tenho um widget, no meu android, que mostra a informação da força do sinal, em dBm, entre outra informação. Para iPhone, não há? “There’s an app for that”. Faça-se um tweak, o que for necessário mas eu, até ver números, a minha referência será sempre esta tabela (que é da Anandtech, a Friend®).

      • Hugo Cura says:

        Atenção que não estou com isto a menosprezar o iPhone, trata-se apenas de justificar “onde há fumo, há fogo” e todo o reboliço envolvido na polémica. É certo que não nasceu do nada.

      • a Friend® says:

        Claro que o reboliço não nasceu do nada. Mas é uma coisa que muitas marcas são peritas. Perante a ignorancia de quem desconhece certos pormenores, é fácil aproveitarem-se disso e lançar FUD’s.

        Quanto a Apps para ver os dBm, não tenho conhecimento, só através do Cydia mas precisa de um update para a versão iOS4. Mas no iOS3 funciona com um código.

        Mas a questão central aqui é que.. ninguém que tem comprado se tem queixado e ironicamente as entregas devido a este “problema” também não têm sido faladas… será que “este fumo sem fogo” também não se deverá ter em conta?

        Eu seja iPhone, iBling, iGold… se tivesse problemas, bem podes crer que não o queria. Ele não é um produto barato. Queria logo o meu dinheiro de volta.. isso é certinho direitinho. Em 3 milhões na primeiras semanas, ninguém o entregou? Isto para não contar com os milhares que já se vende mundo fora e sempre no limiar de esgotar… sejamos francos.. é estranho. Ou são todos fanboys e não se importam? 😉

        • Hugo Cura says:

          A tabela que mostrei, mais uma vez, argumenta sobre os teus 2 últimos parágrafos. Para que escrever o mesmo, e o mesmo, e depois outra vez o mesmo? A questão não é essa.

          Todos têm, apenas é mais acentuado (infelizmente) no iPhone 4. Como referes, são as leis da física e contra isso não há nada (para já) que se faça.

          Não sou anti-apple nem o quero parecer, mas as capas de borracha são gratuitas -> não há fumo sem fogo (eu sei que vais dizer que foi para calar a malta que as reclamava, foi isso que o Jobs quis fazer passar aos fiéis).

          Mas era interessantíssimo poder ver os números no iPhone 4 que o Vítor tem. Mas como aqui falha a aplicação, no meio das 300000… Mas a malta do Anandtech disse como fez, já o li algures.

        • a Friend® says:

          @Hugo Cura

          Como sabes, desde inicio que defendi o iPhone… e repara como foram as criticas desde essa altura.

          Timeline.

          Semana 1. iPhone tem falha grave
          Semana 2. Afinal… é apenas num ponto.
          Semana 3. Afinal… é só em 3G e em areas de fraca recepção
          Semana 4. Afinal… é igual à dos outros.
          Semana 5. A recepção dele é fenomenal e capta rede onde os outros não captam. E nessa captação fraca, a capa diminiu ainda mais a atenuação. Obrigado Apple pela capa gratuita.

          Isto, vindo das criticas e não dos defensores. Sabes porque? Porque conforme o iPhone foi chegando às mãos de toda a gente a realidade começou a vir ao decimo, e o “antennagate” a acentar o pó…

          Questão fica… Como é que conseguiram apagar o fogo e já mal se vê o fumo?…Obviamente ele tem atenuação.. mas se fosse GRAVE isso bem podes crer que o problema não acentava. E alias, sabes perfeitamente que há muitos outros exemplos do Nexus One e até mesmo recente do Galaxy S.. só que simplesmente não são falados porque não fazem “Hot topics”, de quebras de rede tão acentuadas quanto essas do gráfico do iPhone 4 que mostraste. Mas para concluir.. fica atento ao timeline deste assunto… que daqui a uns tempos falamos todos sobre isso 😉

          • JPedrosa says:

            Uma questão curiosa, fazer uma app que dê a força do sinal, tecnicamente é “peanuts” … será que a apple não quer esses números cá fora?
            Dos 40 milhões de aplicações gratuitas, é admirável que ninguém tenha feito uma.

            Os felizes donos de iPhones podem procurar por favor no market?

          • a Friend® says:

            Esses numeros saltam cá pra fora fácilmente, nem que para isso se use o Jailbreak.

            Mas digo, o iPhone tem mesmo códigos que os apresentam, resta é saber quais são os novos, já que do iOS3 para iOS4 mudaram muitos códigos de serviço. No Android isso é possível verificar nas opções também.

            Iphone 4 (app)
            https://www.youtube.com/watch?v=be2oLapa5xM

            Galaxy S
            https://www.youtube.com/watch?v=LROTHrTR92k

            Ambos, sem pegar.. têm a mesma atenuação a rondar os -80dBm.. ou seja… é uma recepção média. Ao tocar no fundo (onde fica a antena) os resultados são interessantes e nada que não se saiba. E por acaso são 2 telefones que já testei mas no Galaxy S a mim não perdeu sinal por completo, ficou apenas com 1 barra.

          • Hugo Cura says:

            E tu a dar-lhe… além disso essa time line está toda aldrabada, nem tem razão de ser. O que referes é o desenrolar dos press, que afinal têm de ter conteúdo. O que eu refiro é o que lá está, não é o que vai estando. 1+1=2.
            Com a timeline, queres então dizer que tudo isso foi para ter borrachas à borla? Afinal, foi aí que parou…

            Dizes vezes sem conta que todos têm e tal, a missa é sempre a mesma 😀 É mais forte que tu. Só não dizes que uns têm mais que outros, onde dentro dessa gama, algum está no topo. Qual?

            Doutra forma, na mesma gama, um estabelece comunicação em condições que nenhum outro consegue, embora estejam ambos nos mesmos local e posição. Qual?

          • a Friend® says:

            @Hugo Cura

            Se para ti, tudo o que digo nunca tem credibilidade, olha, pede ao Vitor que te explique.

            Ele tem a felicidade de o ainda ter nas mãos. Aquilo que eu disse ele também deixou bem claro, mas tu, como sempre… insistes no contrário. Já o testaste ao menos? Comparaste lado a lado com outros, etc..etc..? Se sim, o que tens a dizer?

          • Hugo Cura says:

            Compreendes onde reside a verdade do problema da antena? Eu acho que já consegui fazer passar essa ideia. Caso não, não me importo nada de escrever por outras palavras.

            Não, não testei, sabes disso, tal como tu não testaste o que eu referi.

            É que, quando referi o meu ponto de vista (acerca de números absolutos), em vez de dares uma resposta do tipo “sim, foi uma coisa que não se experimentou e sobre isso ainda não o ‘podemos ilibar’ sem ver números referentes à nossa rede nacional”, não, começaste a argumentar com os argumentos do costume nas thread deste assunto.

            Um bom terminal, em termos de captação de rede, tem de ser aquele que perde a menor força de sinal possível quando pegamos nele, das mais variadas maneiras:
            – todos perdem -> já sabemos
            – uns mais que outros -> já sabemos
            – foi revelado que o iPhone 4 perde mais que o Nexus One e o 3GS na américa -> também já sabemos, e é aí que reside o problema
            – foi testado em PT e… adorava saber o resultado… e ver que afinal não existe problema.

          • a Friend® says:

            @Hugo Cura

            Dos testes que EU FIZ.

            1. iPhone 4 captava mais rede que o meu 3GS.

            2. A atenuação era ligeiramente maior, mas em contra-partida tinha mais captação.

            3. Dessa atenuação, nunca chegou a pontos de ficar obsoleto e desligar uma chamada. Já noutros smartphones que fiz o teste, perderam a chamada ou ficavam com a voz “robotizada” sintoma que indica que a rede estava mesmo no limiar.

            4. Se nunca o testaste, não tenho mais nada a dizer. 😉

          • Hugo Cura says:

            Dado o que disseste o segundo o que sei e acho viável:
            1. verdade
            2. verdade
            3. verdade, mas relativo
            4. não vás por aí.

            Qualquer um dos teus argumentos não vai de encontro ao problema. Não insisto mais, mesmo que queiras não o consegues ver.

          • Hugo Cura says:

            *e segundo o que sei e que acho viável:

  29. Sevy says:

    Boas.
    Antes demais deixem-me dizer que não sou a favor dos produtos apple.
    (ok vou levar porrada mas ao menos admito)
    Mas digo desde já que gostava de ter um iphone, digo gostava porque posso ter mas opto por não o ter, pela razão que já aqui foi falada.
    Porque em Portugal somos ROUBADOS pelas operadoras (já nem falo de fnacs e tretas dessas)
    Vamos lá fora temos iphones e outros topos de gama a menos 100 euros com contratos de 20 euros com internet ilimitada, cá os tarifários são ridículos e todos iguais não há concorrência.
    Não me falem em comprar fora desbloqueado pois, desculpem lá, mas quem dá mais de 100 euros por um telefone não é bom da cabeça.
    Com assinatura (decente) eu até dava 200 por um iphone mas com condições decentes.
    Desculpem lá o desabafo mas este é mais um exemplo da treta de pais em que vivemos.
    O problema de hargware existe ou existiu mas parece ultrapassado.
    Sou um feliz dono de um x10 mini da tmn comprado com pontos por 90 euros estou muito surpreendido com o aparelho gostava de ver uma review aqui.
    Abraço a todos

    PS: Acabem com a guerra dos fanboys vrs hatters já enjoa

  30. Shikai says:

    Bem para dar como terminada a minha intervenção neste topico resta-me apenas dizer que a meu ver o melhor produto apple já alguma vez lançado “foi” o iphone, eu digo foi porque apesar de não apreciar produtos apple no geral tenho que admitir que o iphone 2G/3G FOI a meu ver altamente revolucionario.

    http://blog.sectiondesign.co.uk/wp-content/uploads/phones10.jpg

    A meu ver o iphone 4 não tras grandes novidades e acho até que quem tem um iphone 3G/3GS nem deveria apostar já neste proximo iphone e esperar sim por um proximo, porque como já alguem disse aqui e bem o iphone é um telemovel com grande longevidade, longevidade essa que nao termina com a saida do iphone 4.

    A nivel de SO acredito mais no android do que no iOS por duas razões:
    – Porque o iOS é fechado e o andoird é aberto
    – Porque o android tem tido um crescimento fantastico, esta presente em mais modelos (logo maior experiencia) e tem uma google por trás

  31. Ricardo Nunes says:

    @a Friend

    Por favor não dês alimento aos trolls…

    @ resto

    Não gostem, não comprem / falem / olhem.
    Ou a vossa vida é tão insignificante que só a falar mal de alguma coisa é que a conseguem preencher?

    @Vitor

    Já aqui venho há muitos anos e, infelizmente, o pplware está cada vez com mais trolls, também devido a ser o maior blog português do género.

    Já está na altura de separarem o trigo do joio, ou seja, já está na altura de repartirem o pplware.

    PPLWare – PPLMac
    – PPLDroid
    – PPLWmo

    Que dizes?

    Porque, pra ser sincero, já há muita coisa aqui que prefiro nem abrir e como eu, deve haver muitos…

    Fica a sugestão 😉

    • a Friend® says:

      Há dias que a paciência é maior, outros nem tanto.

      Quanto à separação, embora não tão evidente ela sempre existiu, o pplware tem as suas categorias bem definidas, o problema é que certa “gente” que não usa, tende sempre em aparecer na secção “errada” para tentar lançar a chama… sabes como é… deve ser da época.

      Trolls de norte a sul, uns queimam florestas, outros queimam blogs.

      Felizmente aqui são incêndios fáceis de apagar, já que o poder de argumentação dos ditos “trolls” por norma é fraco, e isso nota-se quando entram em offtopic e passam a atacar a pessoa em sí…coisa que já é tipica de longa data. Uns até mudam de Nick para parecerem muitos… 😉

      Não há mundos perfeitos.. que se há-de fazer… infelizmente os BONS COMENTADORES é que se inibem de comentar. Se esses não receassem tanto, talvez os trolls não se sentiriam em “casa”. Fica a dica. 😉

      • Sevy says:

        Se as categorias que te referes são os botões por baixo do logo eles não funcionam bem

      • Ricardo Nunes says:

        O problema é que um troll só fica contente quando lhe respondem, tenha ou não tenha razão. Ele vai sempre pensar que “ganhou” uma guerra só dele, pelo simples facto de obter uma resposta. E troll que é troll nunca tem nem factos nem argumentos. Baseia-se sempre no que lhe vai na cabeça, que acredita piamente. E essa é a verdade absoluta para eles.

        Eu pessoalmente adoro a Apple. Não pelo que me pagam (LOL), mas sim pq faz o mundo inteiro evoluir.

        Mas é impossivel argumentar com trolls…

        Prefiro ignorá-los. Mas a verdade é que fazem comichão.

        Quanto às categorais, estava a falar de algo mais radical… Deixar no PPlware as noticias tecnológicas gerais, e ter 2 ou 3 sub-sites (nao categorias) exclusivas.

        A nível “orçamental”, até era bem viável… 2 ou 3 sub-dominios, e o pplware com o triplo do rendimento a nivel da publicidade.

    • Vítor M. says:

      Ricardo Nunes bem pelo contrario. Estão mesmo no fim.

      Vens cá há muito tempo mas eu venho há muito mais e não vale a pena baixar os braços, trolls existem em todos os lados, são os errantes, aqueles que não respeitam as filas, que ultrapassam pela berma, são os que se intitulam os espertos, os que fogem aos impostos e contam aos amigos no café, são os que recebem troco a mais e calam-se e quando recebem a menos atiram-se ao funcionário. São os que batem na esposa ou namorada quando o clube deles perde.

      São os que bebem até cair só porque não aguentam a pressão da vida… são tantos e em tantos cenários que a única forma de contrariar é combater.

      O Burro do shrek é o exemplo de um troll 🙂 em versão animada.

      Quantos mais vierem mais são “filtrados e banhados em Água Benta*”, aqui só queremos pessoas honestas com atitude de diálogo, os outros podem despir a pele de cordeiro porque a malta já topou o hálito de lobo deles.

      Fica o meu agradecimento à tua sugestão e estamos todos os dias a trabalhar na melhoria dos nossos serviços. São feitos para vós e só crescemos convosco a acompanhar-nos. 😉

      *A função purificadora da água benta é marcante na vida das pessoas. E até como poder de Deus na cura de várias enfermidades (Jo9,7).

      • cartoon says:

        Desculpa Victor, mas se estás a pedir “atitude no diálogo” estás a ir um pouco pelo caminho do “olha para o que digo mas não para o que faço”…

        E esse tipo de comentário “quantos mais vierem mais eu os abato…” está a fazer-te descer a um nível que não estava à espera de ver em ti. Acho-o inadequado para local. Compreendo que apareçam aqui pessoas com comentários desagradáveis mas tens que tentar contornar a situação sem ser com este tipo de resposta.

        • Vítor M. says:

          Cartoon há pessoas que não entendem outro tipo de comentário.

          Para teres uma ideia e por isso deixei o “recado” têm vários nicks e IP’s para só simplesmente TROLLAR.

          Podes pensar que é apenas consequência mas eu garanto-te que é estratégia, acredita, temos provas disso.

          Há pessoas com esquemas totalmente dirigidos a comentar para criar incomodo a outros users fazendo com que estes deixem de comentar.

          O recado e penso que foi lido pelos “artistas” em causa e são uma praga que nos consome horas que poderiamos estar a produzir, que nos tiram paciência e que nos obrigam a ter determinadas ferramentas (algumas pagas) para os “caçar”.

          Não estou a exagerar e a esta altura conseguimos já um excelente resultado, pelo menos já desapareceram cerca de 80% dos trolls que cá vinham apenas para incomodar.

          Agradeço a tua preocupação e sei que tens um postura rigorosa, mas garanto-te que esta minha postura não é descer ao nível deles, é apenas mais um aviso que não toleramos mal educados, mal formados, entre outros tipos de patologias do foro intelectual.

          Eu, em consideração ao que falaste, vou atenuar a expressão, mas não deixa de ter a devida carga educativa. 🙂

  32. Miguel Araújo says:

    Muito boa avaliação! Finalmente um sitio onde a avaliação do iphone 4 é bem feita sem estar sempre a referir que a antena isto e aquilo e esquecem-se do mais óbvio!

    Todos os telemóveis com 3G e rede de dados móveis sofrem do mesmo!!!
    Só que como o steve jobs disse, X marks the spot, o iphone 4 foi o primeiro a geral tanta polémica sobre um problema que sempre existiu nos smartphones… No mínimo patético a polémica que é gerada pelos jornais e sites que são contra a apple.

    Eu próprio adquiri no inicio de Agosto um iPhone 4 do reino unido, comprei-o desbloqueado de origem e novinho e estou mais que satisfeito, o melhor terminal móvel que existe no mercado actualmente e isso garanto, porque já utilizei todo o tipo de smartphones, Androids, windows mobile, Bada, HTC’s, NOKIA’s o que for, nada bate o iPhone 4 em qualidade de produto.

    Claro, peca pelos preços que são praticados cá em Portugal, acho que um aparelho destes devia ser mais acessível para toda a gente, algo por volta de 400€ sem contrato e no máximo 590€ desbloqueado, e todos sabem bem que o preço que é praticado cá é muito mais que isso =P

  33. Rui says:

    Já há algum tempo que suspeitava da imparcialidade do PplWare em relação aos produtos Apple, mas com este artigo tive a confirmação.

    Acabaram de perder um leitor. Neste tema estou informado, mas em outros que não estou, simplesmente perdi a confiança nos vossos artigos para formar uma opinião.

    • Tiago Dias says:

      Talvez o comentário não fosse merecedor de resposta, mas fiquei um pouco curioso.. Pode indicar-me onde está a parcialidade no artigo? Ou nos testes?

    • Vítor M. says:

      Rui, xau aí 😉

      Esta atitude mostra que está a fazer efeito a parte de informar sem tender para Windows ou para Linux pu para Mac. Apenas estamos a falar de um telefone que testamos… não dissemos o que querias?

      Paciência, a vida é feita de atitudes… enfrenta-as, mesmo que sejam contrárias à tua… não levas a bola e o jogo acaba, aqui vais embora entram 5 para o teu lugar.

      Abraço e boa vida.

      • Rui L. says:

        Antes de mais, não sou o mesmo “Rui” de cima.

        Acho que tens toda a razão, há pessoas que só vêm o que lhes apetece, mas fora disso, para quando a segunda parte da análise. Estou curioso.

      • Sevy says:

        Não sou um radical como os que aqui aparecem. Sigo o pplware há muitos anos e quero deixar aqui a minha opinião:
        Vocês não podem negar que o pplware tem mudado nos últimos tempos pois alguns dos “donos” do site terem mudado para mac e naturalmente prestarem mais atenção a este que aos restantes isto é uma coisa normal.
        A nível de blog esquecem-se que o mac em Portugal não está muito implementado e que assim os outros utilizadores perdem interesse e as guerras que se dão aqui nos comentários também não ajudam.
        Não me venham com a historia de prestarem atenção a todos o facto é que nos últimos tempos é mac que até enjoa aqui.
        Como solução acho que deviam mexer na equipa do blog para tentar equilibrar a coisa.
        Caso contrário perde o interesse à maioria dos leitores.
        Ou então arranjem os filtros sff
        Eu venho muito ao pplware mas digo-vos que nos últimos tempos já nem leio artigos “filtro” o que me interessa e chega.

        • Tiago Dias says:

          Acho que há uma grande diferença entre haver uma maior quantidade posts acerca de algum tema em relação a outros e haver um aumento dos posts sobre um tema, e isso está a ser confundido por muita gente.

          O que tem acontecido ultimamente é que tem havido um aumento do número de posts acerca da Apple e dos seus produtos, que antes era muito diminuto. O mesmo tem acontecido em linux. Ultimamente têm sido apresentadas muitas dicas, softwares, etc, para linux, mais do que acontecia antes. Desta forma, os posts de Windows, Linux e Mac têm estado mais equilibrados, e esta diferença em relação ao passado leva à impressão de que agora se fala mais de Mac, ou da Apple, de que de qualquer outra coisa.

          Quanto a smartphones, o mesmo se passa. Têm sido apresentados bastantes posts com dicas, aplicações, análises, de vários smartphones, não apenas do iPhone.

          Em relação à “popularidade” dos posts de notícias da Apple, e aos comentários que gera, isso é outra história. A Apple anda nas bocas do mundo, os seus produtos são talvez dos mais amados e dos mais odiados, é perfeitamente normal que estas notícias tenham bastante impacto. No entanto isso não está relacionado com o número de posts, ou de forma alguma se dá mais importância a um sector do que a outro. Simplesmente se está a tentar ampliar o leque de informações, dicas, aplicações, etc que são apresentados, abrangendo assim o máximo de plataformas possível.

          Se reparar, continuamos a ter artigos de windows, que antes predominavam. Agora, e atendendo a muitos pedidos, temos TAMBÉM artigos de linux, mac, Android, iOS, Bada, etc. Não se pode agradar a toda a gente, mas se antes tínhamos informação que lhe agradava, agora continuamos com toda a certeza a ter, basta seleccionar apenas o que lhe interessa.

          Cumps

          • Sevy says:

            Mas tens noção que podem passar por publicitas da apple não tens?
            Noto porque antes tirava deste blog montes de informação que testava e algumas dicas ainda uso, nos últimos tempos zero.
            Tudo bem uso o windows mas a ideia que passa é que estão a mandar o pessoal comprar macs sinceramente.
            Os filtros não funcionarem correctamente é algo que me chateia.
            E acho que deviam assumir o controlo dos comentários menos próprios
            ou mesmo retirar a função de comentar em alguns artigos para evitar gente parva.
            E também gostava de ver aqui mais gente imparcial.
            Como já disse já ando aqui à muitos anos e continuarei a vir mas já gostei mais e já usei muito mais.

          • a Friend® says:

            @Sevy

            Acho que acima de tudo cada um tem que ter a noção de ter uma atitude correcta quando comenta, parcial ou não, desde que saiba respeitar os restantes que comentam. Normalmente os Flames só se iniciam quando a falta de respeito começa.

            E repara que exiges uma coisa que não estas a ser:

            “E também gostava de ver aqui mais gente imparcial.”

            Como o Tiago disse, e bem.. apenas aumentaram os topicos Apple porque estavam demasiado fracos. Mas a qualidade de todos tem se mantido, agora abrange todos os sistemas de uma forma bastante igual. Com o trabalho que o pplware tem feito, artigos de todo o genero e sistemas, quem se queixa de falta de parcialidade, eu afirmo com toda a certeza: essa falta de parcialidade está na mentalidade das pessoas.

            E tenho a certeza disso porque até fui confirmar quantos artigos têm saido e se tem saido mais sobre Apple que outros sistemas.. e o que vi, não foi nada disso.

          • a Friend® says:

            @Sevy

            https://pplware.sapo.pt/windows/software/dvd-to-ipad-converter-1-0-0-1-um-mimo-para-o-ipad/comment-page-1/#comment-332225

            E isto é uma pequena amostra dos tantos comentários que fazes que não mostras respeito nenhum sobre quem tem Mac… portanto, antes de fazeres exigências, devias olhar um pouco mais para a tua atitude. Tem vários.. mas vários comentários em tópicos Mac que só abres para criticar. Portanto, é como foi dito aos outros… tenham moral para criticar. 😉

  34. Afonso Costa says:

    Boa tarde, excelente review. Para quando as restantes partes da review ?
    É que até agora esta foi a review mais coerente que li acerca do iphone 4.

    Parabens pelo vosso profissionalismo.

    Cumprimentos,

    Afonso Costa

  35. Sevy says:

    @ a Friend®

    Então eu é que estou a ser imparcial?
    Já pensaste que se muito gente se queixa é porque se calhar existe alguma razão?
    Porque raio não funcionam os filtros? já agora retiravam-nos.
    Carrego no windows só me parece coisas salteados incluindo de Linux e mac
    Porque é que o teste do iphone 4 em vez de ter 3 páginas ou mais (como o teste do galaxy s por exemplo que foi um bom teste mas num tópico só)ou mais tem direito a 3 tópicos?
    Acho que o futuro é mesmo separar as águas

    • a Friend® says:

      Mas que comichão afinal de contas os artigos Apple te fazem?

      Vês algum Mac user chegar aos artigos Windows ou Linux a queirar-se que saiem quase diariamente?

      Vês algum iPhone user chegar às analises Galaxy S ou bada e dizer: bem este tem três páginas e o iPhone só tem uma e temos que esperar para ver o resto?…

      Desculpa, e… sou direto, mas o que vejo apenas no teu comentário é que te faz muita comichão quando se fala “Apple” e com grande moral chamas fanboys a quem os usa.

      Qualquer pessoa pode confirmar isso fácilmente. Dizes que por exemplo as categorias não funcionam…mas pela lá.. não funcionam e abres topicos Apple para chamar fanboys ao pessoal? Onde é que afinal está a falha.. no servidor do pplware ou no utilizador que abre os artigos apple, escreve e clica no botão “Publicar comentário”?

      • Sevy says:

        Só estou a tentar ajudar a melhorar o site/blog. Nada mais é a primeira vez que sou atacado por isso.
        Não respondeste a nenhuma pergunta.
        É por gente como tu que este site já foi melhor.

        • Tiago Dias says:

          Ninguém aqui te está a atacar por nada. Apenas se está a tentar justificar que o que dizes não se passa na realidade. É normal, e não és o primeiro, nem serás o último. É a percepção que muitos leitores estão a ter quando estão habituados a ver apenas windows.

          Mais uma vez tento explicar: não são os posts de windows que diminuem são os os posts de tudo o resto que se estão a aproximar dos posts de windows. Está mais atento e vê lá se não é verdade 😉

          • Sevy says:

            A minha opinião vale o que vale mas acho que a qualidade dos post do windows diminuiu.
            São muito anos de pplware que o dizem.

        • a Friend® says:

          Estas a tentar ajudar? Isso é também uma piada, certo?

          “É por gente como tu que este site já foi melhor.”

          Lamento-te informar.. mas…as estatisticas do site dizem completamente o oposto. E se essa informação fosse exposta aqui no site ficarias espantado.

  36. Sevy says:

    @ a Friend®

    Faço criticas construtivas em tópicos sem ser de macs algumas com humor que é uma coisa que tenho. felizmente
    Só estou a tentar ser construtivo para vocês e a resposta que me dão é: “xiu tá mas é caladinho”.
    Agora tu pelo cargo que tens aqui e só aqui, devias ter mais isenção passas aqui o tempo a defender a tua dama.
    Depois chamas-me a mim imparcial é justo

    • a Friend® says:

      Chamar fanboy não são criticas construtivas. E grande parte das pessoas, quando confrontadas de forma adequada respondem com a mesma moeda. A comentários de “flame” é normal que te entrem a matar…

      Quanto a mim, isenção? Queres saber o que é isenção? É contribuir ao tempo para o pplware até mesmo com artigos variados temas e artigos para Windows, e ter ajudado no reforço dos artigos Mac que estavam fraquissimos.

      Se fosse parcial, nunca sequer contribuia ou ajudava outros que não fossem utilizadores Mac.

      Podes confirmar isso com muitos utilizadores, tanto aqui como no forum.. como com artigos que já fiz dos mais variados temas, sem ser Apple.

      https://pplware.sapo.pt/informacao/onlive-cloud-gaming/
      https://pplware.sapo.pt/redes_sociais/blu-twitter/
      entre muitos outros mais… que passam muitas vezes despercebidos que foram da minha autoria.

      Como disse, e volto a repetir…a falta de parcialidade está no teu pensamento. E isso nota-se perfeitamente em muitos comentários que ias fazendo nos artigos Apple. Para ti, o pplware era perfeito se tivesse ZERO artigos Apple, acho que isso qualquer um já percebeu isso.

      Gostavas do pplware antigo, mesmo por esse motivo. Os artigos Apple eram fracos e escassos.

      Acho que com isso não preciso dizer mais nada.. mas pensa nisso. 😉

      • Sevy says:

        Ora vamos lá a responder a isto:

        Do 1º paragrafo não entendi puto acho que tinha qualquer coisa a ver com chamas não sei bem.

        A definição de isenção está correcta faltam duas coisas: isenção é mentir para provar um ponto de vista e isenção é atacar quem está a colocar algo em causa.

        Falhaste na isenção mas acertaste na definição de parcial.

        Os artigos da apple não me fazem nada de mal a concorrência é saudável para os consumidores. só estranho o aumento de post q já foi esclarecido pelo tiago escusas de voltar ao mesmo.
        Claro que gostava de ter um filtro capaz isso gostava dava-me jeito poupava-me tempo.

    • Tiago Dias says:

      Antes de mais, ninguém nunca aqui disse “xiu tá mas é caladinho”, a não ser que sejas mal educado.

      Mais uma vez, e reforço o que disse, o que aconteceu foi um reforço na secção Apple, que também foi feito na secção Linux, Android, etc. Até o Bada está a ter a merecida atenção. Este reforço noutras áreas antes pouco exploradas é que está a ser interpretado por muita gente como “Ah e tal agora só querem saber da Apple, de Mac e de iPhone!”. Isso não é verdade..foram reforçadas sim, mas agora a balança mantêm-se equilibrada entre os vários sistemas, ou pelo menos faz-se por isso. Porque é que não contas os posts sobre os vários sistemas e verificas por ti próprio se a Appl está a ser favorecida, ou publicitada, como queres fazer querer..

      Mais uma coisa, em que situação, ou em que artigos, é que “…estão a mandar o pessoal comprar macs…” ?

      Dicas são publicadas aqui todos os dias. A diferença é que antes eram quase exclusivamente para windows, agora o leque de opções foi alargado, e além de windows começam a aparecer para outros sistemas. O que parece é que, como o aFriend disse, os artigos Apple estão a “fazer comichão” a quem não é utilizador ou adepto da marca.

      • Sevy says:

        Obrigado pela resposta.
        Até pode ser isso que falas sim mas a imagem que transparece é que de um momento para o outro começam a disparar apple por todo o lado e não sou o único a sentir isso.
        Foi um boa ideia mas talvez mal implantada disso não entendo.
        Fico esclarecido
        Não tenho cá comichão nenhuma só tenho saudades do antigo pplware que me faz falta este não me dá grande uso.

        • Vítor M. says:

          Apenas começamos a equilibrar.

          Dantes não tínhamos verdade? Ou tínhamos pouco.

          Era mais Windows. Depois metemos mais Linux vieram uma serie de users queixarem-se que metemos muito Linux e que sentiam isso e que não eram os únicos a sentir e tal…

          Vingou e hoje temos uma excelente comunidade Linux a debater problemas, a apresentar software, truque e dicas, etc..

          Mais tarde metemos Apple… vieram outros a dizer que deveríamos apagar os posts da Apple que aquilo era perigoso e tal… isto em 2006!

          A Apple cresceu, é um facto, como temos muito Windows e Linux, decidimos meter também Apple.

          Temos ainda maioritariamente Windows, depois Linux, depois Android, depois iPhone e depois Mac OS.

          Agra estão satisfeitos os utilizadores Windows, estão satisfeitos os utilizadores Linux, estão satisfeitos os utilizadores Android, estão satisfeitos os utilizadores Iphone OS e os de Mac OS (que cada vez temos mais e mais a comentar).

          Até parece que temes algo, porque razão deveremos não dar a conhecer o mundo Apple ou Linux?

          Temos de falar só em Windows?

          Mas eu gosto de Android, não posso ter notícias de Android? OU Bada, ou MeeGo?

          Essa tua comichão não são saudades… eu tenho cá uma sensação que isso é outra coisa 😉

          Pluralidade e diversidade, isso sim é informação de qualidade.

          Porque não vens escrever uns posts para nos ajudares?

          Estamos a precisar de ajuda, anda, mostra a tua arte de informar…

          • Sevy says:

            Caro vitor antes demais deixa-em dizer que tenho enorme consideração por ti pelo trabalho que tens feito.
            Como disse no post do tiago respeito o vosso ponto de vista.
            Apenas expressei a minha opinião nada mais.
            Gostava de colaborar com vocês até gostava de tentar embora tenha pouco tempo. Não sei é se tenho jeito.

  37. Sevy says:

    @ Vitor M.

    Cada um tem a sua fonte…
    http://trends.google.com/websites?q=http%3A%2F%2Fpplware.sapo.pt%2F&geo=all&date=all&sort=0

    São opiniões eu não ando a inventar

    • a Friend® says:

      Isso é descidas?? LOLOL….

      Vocês tiram os cursos de engenharia onde? É que começo mesmo a ficar preocupado.

      O que eu vejo nesse gráfico é que a média teve subidas face ao tempo antigo, aquele que dizias que o pplware é que era bom (ou seja, sem artigos apple).

      Já agora, o que é que o Google Trends (pesquisas no Google) tem haver com os números oficiais de visitas no pplware?

      • Sevy says:

        Epá tudo bem
        Podes-me chamar anti apple, podes me chamar parcial podes chamar o que quiseres.
        Agora engenheiro? porra
        Epá tou ofendido.

        PS: com este apontamento de humor termino os contactos com a tua pessoa.

      • a Friend® says:

        @Savy

        Como fizeste a proposta de me “ensinar” AutoCAD… vou aguardar o artigo então.

        Envia para o Vitor:
        geral(arroba)pplware.com

        Convinha é ser Mac.. mas se isso for pedir muito, faz em Windows que eu depois meto os screens de Mac.

    • Vítor M. says:

      hahaha show mesmo. Estás a monitorizar o Sapo, não o pplware. És um mundo.

      És engenheiro?

      • Vítor M. says:

        Olha, não vás por aí, não temos caído uma “grama”, anda escrever, junta-te a nós e mostra o que vales… vá lá 😉

      • Sevy says:

        Mas queres que eu escreva o quê?
        Acho que tu não sabes bem onde te estás a meter…

        • Vítor M. says:

          Mas o que queremos que escrevas é sobre tecnologia, sobre o mundo da informática, serviços adjacentes, novas tendencias electrónicas e gadgets em geral.

          Não queremos sobre o bloco de esquerda ou sobre o PSD.

          Não queremos sobre o Benfica, ou sobre o Porto ou o Braga.

          Não queremos sobre o cristianismo ou sobre a leis judaicas.

          Percebes?

          Queremos novidades, queremos troca de conhecimentos, queremos ajudar quem nos visitas porque não sabe algo e precisa.

          Queremos programação, queremos material que ajuda quem nos visita.

          Nada mais do que isso.

  38. Ana Narciso says:

    Muito boa análise Vítor!

    Essa coisa das várias partes acho que me agradou. Acho que vou seguir o teu exemplo, boss 😛

  39. Hugo Santos says:

    Boa tarde!

    Fala aí de “Por baixo temos as colunas de som do equipamento”. O iphone 4 tem quantas colunas? Só uma como o iphone 3g, ou dá dos dois lados o som?

    Obrigado e abraço

  40. Marcos Correia says:

    Vítor, Para quando a segunda parte da review?

  41. JMH says:

    Estou bastante interessado no iPhone 4, mas os rendimentos são baixos e como tal é algo a ponderar MUITO bem. Sei que ficaria feliz com o telemóvel, mas queria o máximo de detalhes para saber se vou mesmo gastar tanto dinheiro neste equipamento, portanto gostaria de ver as outras partes desta análise, visto que “apenas” esta já fala tanto, imagino o restante… Para quando a próxima parte?

    Também alguém com um iPhone me diz se compensará a diferença de preço entre os 16 e os 32GB? Se ficar com 16GB vai encher rapidamente (por exemplo com a gravação de vídeo em HD)?

  42. lfspaulo says:

    Onde andam as partes II e III referidas no fim do post?

  43. Ismael says:

    Bom dia,
    Estou interessado em comprar um iPhone 4 usado, existe alguma forma de sabermos se este é falsificado ou não? Se é de facto o iPhone 4?

    Obrigado

  44. corppiz says:

    Boa tarde

    O meu deixou de dar, bloqueou eu desliguei tirando a bateria quando ligo agora, apenas da luz…que se passa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.