Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Youtube

O YouTube quer ajudá-lo a descobrir que partes de um vídeo vale a pena assistir

Apesar mais focada a criar novidades noutros dos seus serviços, a Google acabou por não deixar o YouTube de lado. Este seu serviço dedicado ao vídeo tem recebido algumas alterações, para melhorar a sua utilização.

A gigante das pesquisas mostrou agora 2 novas funcionalidades. Quer garantir que será mais simples de usar esta interface e aceder aos momentos certos de cada vídeo. Vamos conhecer como esta mudança poderá alterar como vê os vídeos no YouTube.

YouTube Google vídeo novidades interface


Divisão russa da Google prepara-se para pedir falência

A guerra que está a destruir a Europa, com palco na Ucrânia, tem sido muito mais que uma guerra bélica. Tanto do lado da Rússia como do lado do Resto do Mundo, estão a ser aplicadas fortes sanções que tem vindo a afetar toda a economia mundial.

As empresas norte-americanas tem vindo a mostrar que estão do lado da Ucrânia e, por meio de sanções, a conta bancária da divisão russa da Google foi bloqueada. Sem condições para continuar os seus trabalhos naquele país, a empresa prepara-se para entrar com um pedido de falência.

Divisão russa da Google prepara-se para pedir falência


Tecnológicas deviam armazenar provas de crimes de guerra russos, dizem legisladores

As notícias e as redes sociais têm sido as grandes fontes de informação e é através delas que temos tido conhecimento do que de desumano se tem passado na Ucrânia. Na opinião de legisladores americanos, as empresas tecnológicas deveriam armazenar provas dos crimes de guerra que têm vindo a ser cometidos pela Rússia.

O pedido chegou aos chefes executivos do YouTube, do TikTok, do Twitter e da Meta.

Guerra na Ucrânia


YouTube vai permitir oferecer subscrições de canais pagos como a Twitch

A oferta de subscrições de serviços é cada vez mais uma opção para as empresas que os detém e uma ótima solução para criadores de conteúdo. O YouTube vai seguir esse caminho.

Muito em breve, a plataforma de streaming de vídeos terá assinaturas de canais pagos para oferta tal como a Twitch.

Sem ideias para presentes? YouTube vai permitir oferecer subscrições do serviço


Comissão Europeia criou as suas redes sociais com uma versão do Twitter e do YouTube

A compra do Twitter por Elon Musk veio trazer à luz algumas questões associadas à liberdade de expressão. Muitos receiam que esta rede social possa perder parte da sua autonomia e ser controlada de forma mais firme.

As propostas não faltam e o Mastodon tem sido o que mais se destaca. A Comissão Europeia abraçou também estas alternativas e tem já o EU Voice e o EU Video, as suas redes sociais, baseados no Twitter e no YouTube.

Comissão Europeia EU Voice EU Video Twitter YouTube