Quantcast
PplWare Mobile

Tags: TSMC

Chips mais caros? TSMC pode começar a cobrar mais 9% aos clientes em 2023

Uma vez que há cada vez mais tecnologia à nossa volta, a indústria eletrónica não tem tido mãos a medir com tantos pedidos para vários produtos diferentes. A pandemia da COVID-19 veio mostrar que este é um setor de extrema importância e que, sem ele, muitos setores, trabalhos e atividades podem ficar completamente parados ou pelo menos limitados.

No entanto, alguns rumores dão conta de que o mercado dos chips eletrónicos poderá encarecer em breve. E alguns analistas concluíram agora que a gigante TSMC poderá aumentar o preço dos seus produtos aos clientes entre 5% a 9% no próximo ano de 2023.


Taiwan vai controlar 48% do fabrico global de chips em 2022

Há uma crescente atenção no que respeita ao mercado dos chips tecnológicos. Como tal, temos assistido a um aumento de notícias acerca deste setor, dando conta das várias fabricantes que tentam investir ainda mais para se manterem vivas numa competição bastante desafiante.

Neste sentido, os dados recentes indicam que Taiwan vai controlar 48% de todo o fabrico de chips mundial ainda durante este ano de 2022.


Apple e Intel serão as primeiras a receber os chips de 2 nm da TSMC

O mundo tecnológico evolui a olhos vistos. E se ainda há bem pouco tempo estávamos a falar na novidade da litografia de 3 nm, atualmente esse processo de fabrico já faz parte das notícias corriqueiras. Mas a grande novidade agora é mesmo a litografia de 2 nm.

Desta forma, e tal como já seria de prever, a taiwanesa TSMC vai vários passos à frente das rivais. E segundo as mais recentes informações, a Apple e a Intel serão as primeiras a receber o novo processo de fabrico de 2 nanómetros.


TSMC reconhece que investir na indústria de chips dos EUA é um desperdício de dinheiro

Nos últimos anos as notícias sobre a indústria de chips tem ganho uma maior notoriedade, muito devido à escassez de componentes provocada pela pandemia da COVID-19, onde as pessoas tiveram uma maior consciência da importância deste setor.

Mas há agora uma informação curiosa, pois segundo a gigante TSMC, a maior fabricante do mundo de semicondutores, o investimento na indústria de chips dos Estados Unidos da América é um desperdício de dinheiro.


TSMC espera começar a enviar os chips de 2 nm para empresas como a Apple em 2026

A indústria de componentes tecnológicos está a tornar-se cada vez mais interessante à medida que as fabricantes se esforçam para aumentar o grau de inovação, de forma a oferecer os melhores e mais avançados produtos.

Como tal, a gigante TSMC revelou agora que espera começar a enviar os seus chips de 2 nm para empresas como a Apple daqui a quatro anos, em 2026.