Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Steve Wozniak

Steve Wozniak leiloa rascunhos em papel do Apple II por 630 mil dólares

Steve Wozniak é o icónico co-fundador da Apple, tendo criado a empresa com Steve Jobs. E depois de se ter desvinculado da marca da maçã, era frequente Woz estar envolvido em situações polémicas e curiosas.

A mais recente é que agora Wozniak leiloou alguns rascunhos e esboços em papel do Apple II pela módica quantia de 630 mil dólares.

PUB


Steve Wozniak: Cofundador da Apple lança-se no apoio a projetos de eficiência energética

Passava-se o ano de 1976. Em Cupertino, na Califórnia, surgiu, pelas mãos de Steve Jobs, Ronald Wayne e Steve Wozniak, uma das empresas de tecnologia mais aclamadas de sempre. Cerca de 10 anos depois, este último abandonou definitivamente a Apple.

Hoje, decorrendo o ano de 2020, Steve Wozniak lança-se num novo desafio, numa nova empresa para auxiliar as empresas mais pequenas a serem mais sustentáveis.

Criptomoeda Efforce.

PUB


Steve Wozniak processa o YouTube por fraude relacionada com bitcoins

Já há algum tempo que Steve Wozniak não era notícia. O caricato co-fundador da Apple é conhecido pelas suas afirmações polémicas que acabam por gerar sempre algum debate.

Desta vez Woz processou o YouTube devido a uma fraude relacionada com bitcoins, em que os criminosos usaram o seu nome para os golpes.

PUB


Steve Wozniak pede às pessoas que deixem o Facebook

Constantemente com opiniões polémicas, Steve Wozniak é bem conhecido por ter sido o co-fundador da Apple, juntamente com Steve Jobs.

Agora, Woz veio novamente a público pedir às pessoas que deixem a rede social Facebook… por questões de privacidade.

PUB


Steve Wozniak, o cofundador da Apple, quer um iPhone dobrável e rápido!

Steve Wozniak, o cofundador da Apple já nos habitou às suas afirmações ousadas, mas não desprovidas de razão. Agora, uma das mentes originais da marca da maçã, quer um smartphone dobrável, um novo iPhone dobrável e está preocupado com a ausência de interesse da marca nesta área. Wozniak mostra-se desiludido com a indústria dos smartphones, apontando a repetição de fórmulas já gastas.

Além do mais, salienta que a oportunidade de inovar escapou agora para as mãos de marcas chinesas.

PUB