Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Steve Wozniak

Computador raro Apple-1 está a ser vendido por 270 mil dólares em leilão

Volta e meia surgem notícias de equipamentos tecnológicos, definidos como sendo verdadeiras relíquias, e que são colocados à venda em leilões por preços absolutamente exorbitantes.

E o caso que trazemos hoje é um exemplo disso mesmo. Foi colocado à venda um computador raro do modelo Apple-1, por um valor de 270 mil dólares. Uma das particularidades desde equipamento, é que tem o número de série escrito à mão pelo emblemático Steve Jobs.


Apple foi fundada há 46 anos, no dia 1 de abril de 1976

A Apple é hoje uma das empresas mais populares no mundo e a maior no meio tecnológico. É uma empresa que detém no seu currículo vários dos grandes momentos tecnológicos que mudaram a sociedade e o comportamento humano. Claramente a Apple de 1 de abril de 1976 é completamente diferente da gigante que é hoje.

Quarenta e seis anos depois, a empresa fundada por Steve Jobs, Steve Wozniak e Ronald Wayne continua a marcar a vida de milhões de pessoas diariamente, com os seus produtos, com a sua filosofia e com as suas formas de olhar para o futuro.


Wozniak elogia o Bitcoin, critica os NFTs e cria a sua própria criptomoeda

Volta e meia surgem notícias relacionadas com o polémico Steve Wozniak. E nem sempre as suas afirmações geram consenso, mesmo entre os utilizadores que ainda o seguem.

Desta vez, o cofundador da Apple deixou vários elogios ao Bitcoin e criticou os NFTs. Para além disso, informou também sobre o seu novo projeto que é nada menos do que a criação da sua própria criptomoeda, designada Unicoin.


Steve Wozniak, cofundador da Apple, não vê diferenças entre o iPhone 13 e o iPhone 12

Quem segue o percurso da Apple certamente que conhece, ou já ouviu falar, do carismático Steve Wozniak, cofundador da empresa da maçã, juntamente com o falecido Steve Jobs. E mesmo que já não faça parte da empresa desde 1985, volta e meia o cofundador dá que falar e é notícia devido às suas declarações e ações polémicas.

Pois bem, agora, segundo as últimas informações, Wozniak não parece nada feliz com o iPhone 13, uma vez que terá referido que não vê diferença entre este novo smartphone da Apple e o antecessor iPhone 12.


Cofundador da Apple anuncia empresa espacial

O espaço parece ser a nova ambição dos terrestres. Afinal, além dos planos que já conhecemos pela boca de alguns bilionários para o tornar mais comercial, agora, também o cofundador da Apple parece estar envolvido numa startup com objetivos espaciais.

Hoje, Steve Wozniak tweetou acerca da nova empresa, a Privateer.

Página inicial do website da Privateer - empresa espacial do cofundador da Apple Steve Wozniak