Quantcast
PplWare Mobile

Tags: política

TiKTok estabelece novas regras para políticos e partidos

Embora nem sempre o consigam, as redes sociais alegam proteger os utilizadores contra a desinformação e contra a propaganda. Se já vimos isto a acontecer no Facebook e no Twitter, por exemplo, vemos agora no TikTok, que também já se posicionou.

A plataforma de entretenimento está a estabelecer novas regras de verificação para políticos e partidos.

TikTok


Estudo: Millennials bloqueiam familiares no Facebook devido a opiniões políticas

Embora sejam um espaço de partilha, quer de momentos e conquistas, quer de opiniões, por exemplo, nem todos os utilizadores pretendem lidar com perspetivas alheias, muito menos com aquelas que não vão ao encontro daquilo em que acreditam. Neste sentido, um novo estudo descobriu que a geração dos Millennials é bastante pragmática nesse sentido.

Aparentemente, os utilizadores jovens/adultos não têm qualquer problema em bloquear familiares que não partilhem das suas opiniões.

Facebook


Política de privacidade da Apple custará em 2022 muitos milhões ao Facebook e YouTube

Com o iOS 14.5, a Apple trouxe para os seus utilizadores algo que empresas como o Facebook não esperavam. A política de privacidade foi finalmente colocada em prática, depois de vários meses de preparação e até de especulação.

O Facebook e outros gigantes da Internet depressa se manifestaram contra, mas que de pouco serviu. Agora, um ano depois, fica claro que esta política de privacidade da Apple continua a custar muitos milhões ao Facebook, YouTube e outros.

Apple política privacidade Facebook YouTube


Estudo: não há diferenças entre os agressores online e da vida real em discussões políticas

O comportamento online dos utilizadores é um dos temas que mais tem preocupado a sociedade no geral. Recentemente lançámos uma sondagem para saber a opinião dos nossos leitores e a maioria indica que as redes sociais deveriam moderar ainda mais os comentários.

Agora, um recente estudo diz que não há diferença entre os agressores online e os da vida real, nomeadamente em discussões políticas.


Quem mais ganhou com a política de privacidade do iOS 14.5? Afinal foi o Android

A decisão da Apple de limitar a informação que as apps podem recolher no iOS não foi bem recebido pelas grandes empresas. Habituadas a obter tudo o que queriam dos utilizadores, viram-se de repente privadas de todos esses dados.

Isso levou a algumas posições mais radicais, mas que não alterou a posição da Apple. Agora, e com esta medida já implementada e a funcionar, fica claro que quem mais ganhou com a nova política de privacidade do iOS 14.5 foi o concorrente direto, o Android.

iOS Android política privacidade publicidade