PplWare Mobile

Falha no sistema elétrico no Kosovo atrasa relógios em Portugal


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

43 Respostas

  1. Filipe V says:

    seria bem pior se adiantasse a hora….

  2. Sigsegv says:

    Isso também afecta todos os motores eléctricos de corrente alterna, nomeadamente alguns gira-discos (como o meu) fazendo o prato rodar ligeiramente mais lentamente e provocando distorção.

  3. Asdrubal says:

    Tenho esses relógios tantos do microondas como do despertador sempre a piscar. Sempre falha a electricidade, e a preguiça é maior que a vontade de acertar esses relógios.

  4. Raul Vidal says:

    PPL corrigam o texto, onde diz:

    “Contudo, desde Janeiro que a média tem sido ligeiramente inferior, situando-se nos 49 Hz, ”

    Para: “Contudo, desde Janeiro que a média tem sido ligeiramente inferior, situando-se nos 49.997 Hz”

    Informacao precisa tem sempre outro valor 😀 (O meu teclado nao é PT-PT desculpem os pequenos erros)

    • Vítor M. says:

      😉 Certo, pelo que diz a entidade até são 49.996 Hz:

      The average frequency of the period since mid-January 2018 until today was around 49.996 Hz.

      • Alfie says:

        Dado que se pretende exatidão continua errado: são 49,996 Hz e não 49.996 Hz. Não estamos em nenhum país anglo-saxónico onde a casa decimal é representada com um ponto. Nós usamos a virgula para esse efeito.

      • int3 says:

        1Hz de diferença na rede seria catastrófico. Por isso há que referir os valores reais e não arredondar à maluco sem ter noção do erro. 🙂

        • Hugo Cura says:

          Catastrófico? Em que nível de “noção do erro”?

          “When does security of supply get affected?

          For the system to properly function the frequency cannot go below 47.6 and above 52.4 Hz. At the extreme values of 47.5 (under frequency) and 52.5 (over frequency) all connected generation and devices would automatically disconnect.”

  5. Leonardo Macedo says:

    O relógio do metro do porto tem andado atrasado 2 minutos, será por causa disso?

    • Belmiro says:

      Não, é porque 1) não está sincronizado pela a internet 2) ninguém se dá ao trabalho de acertar

      • Vítor M. says:

        Não tem a ver com a Internet. É com a energia, vê o artigo para perceber como se acertam certos relógios.

        • Pedro says:

          Olá Vítor, os relógios do Metro, da Carris, STCP e afins, são sincronizados por antenas GPS ligadas por DCF a Time Servers redundantes que depois distribuem o tempo ou por NTP ou por DCF. Hoje, havendo alternativa, é cada vez menos utilizado a sincronização por rede eléctrica devido às variações da rede que acontecem diáriamente.
          No entanto, apesar da sincronização por GPS ser bem mais precisa, tem-se registado já em algumas regiões do planeta, ainda que sejam mínimas e quase imperceptíveis, atrasos nos relógios provocando alguns comportamentos estranhos em equipamentos mais sensíveis, como por exemplo equipamento de automação para a indústria e produção eléctrica. Alguns especialistas têm vindo a afirmar que se deve ao enfraquecimento magnético dos pólos.

          • Vítor M. says:

            Sim, cada vez se usa menos este tipo de sincronização, mas há ainda sistemas mais antigos que não são sincronizados por antenas GPS ou por WiFi. Provavelmente Portugal ainda terá bastantes.. digo eu.

            Obrigado Pedro pelo esclarecimento.

          • Técnico Meo says:

            Por rádio , ainda existem bastantes, mas este até tendem a ser bem fiáveis porque a origem no emissor é de natureza atómica (césio)

            Cá em casa sincroniza um despertador com estação meteorológica, um relógio de pulso e um rádio-amador.

            Protocolos de rádio tais como DCF77 wwb wwva wwv

  6. Bonzi says:

    Bom dia não percebo como Portugal e efetuado por se o problema é “de Espanha à Turquia e da Polónia à Holanda”, a não ser que Portugal tenha trocado de posição com Espanha?

  7. LG says:

    Espero que quanto a situação no Kosovo tiver resolvido que metam o grid a 50.1Hz para voltar a acertar o relogio do meu forno… Por preguiça não meti a hora do inverno agora isto…

  8. Rui says:

    E tudo começou porque houve uns xico-espertos que decidiram que o Kosovo devia ser independente (inventaram um país que nunca existiu!!!!). Por cá era o equivalente a virem cá estrangeiros dizerem que o Algarve devia ser independente, porque os estrangeiros estão em maioria!!!!!!!! Já agora, a Espanha não reconhece a independência do Kosovo…. Brasil, Rússia, etc……
    É que a Sérvia nasceu no….. kosovo!!!!

    • Asdrubal says:

      Essa é boa se for verdade, se a Sérvia nasceu no Kosovo.
      A Rússia nasceu na Ucrânia, e Portugal nasceu na Galiza.
      A Galiza deveria ser independente. 😉

  9. Rui Cardoso says:

    Bom dia, então o atraso de comboios tem haver com isto?

  10. Anon says:

    Cuidado, um minuto ainda tem 60 segundos não 50 segundo a imagem…

  11. Lisbon lover says:

    Talvez seja por isso que os comboios da CP andam sempre atrasados. Ahahah

    (end of jokes)

  12. Ruben Dias says:

    palhaçada do c…
    (desculpem mas é mesmo!)

  13. Paulo Ribeiro says:

    Nunca tive um microondas que mantivesse a hora direita por muito tempo

  14. Amilcar Alho says:

    Bem, uma entidade como esta: “ENTSO-E”, não se augura nada de bom…!!!!! 😀 😀 😀 😀 😀 😀 😀

  15. Paulo Guerra says:

    Agora percebo porque é que ando a almoçar e a jantar mais tarde, aqui todos se regulamos pelo relógio do microondas…

  16. Fábio Farinha says:

    Um bocado ridículo ter que se depender de um “pais” de terceiro mundo no outro lado da Europa para se acertar as horas….

  17. Jose Simoes says:

    Não sei se ainda haverá muitos relógios a funcionar como essa tecnologia, mas o principal problema com esses relógios é…quando falta a corrente.

  18. Vitor says:

    Há cada desculpa. Trabalho no sector eléctrico , e a parametrização da rede varia entre 47,5 e 52,5 Hz, por vezes entre 46,5 e 52,5 Hz. É em nenhum ponto de produção por toda a Europa tem exactamente a mesma frequência no mesmo exacto momento, e estão na mesma interligados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia