Tags: energia

As suas janelas também poderão um dia gerar energia

O ambiente e a necessidade de recorrermos a energias alternativas está em voga nas nossas mentes e nas nossas apostas. A realidade de que necessitamos de intervir para a criação de um mundo mais limpo faz com que a inovação cresça exponencialmente.

Depois de recolhermos energia do vento, nas ondas do mar, parece que recolher energia do sol é a forma mais produtiva. Vemos que há estruturas que hoje já são obrigatórias numa nova construção, há tinta que faz a recolha da energia solar, há telhas já com células fotovoltaicas, e até há um vasto leque de equipamentos para captar e alimentar a nossa vida de energia elétrica… mas o futuro está a começar neste campo.


Fusão Nuclear – Energia limpa em 2030?

Nunca se correu tanto atrás da energia limpa como atualmente, nem nunca se vislumbrou tanto um mundo sem petróleo como vemos nos dias de hoje e a verdade é que neste campo parece não existir nenhuma fonte energética que se compare à fusão nuclear. Mas há muitos entraves a ultrapassar e a tecnologia tem de evoluir.

Pese o facto de ser possível armazenar a energia que a fusão nuclear gera, a sua utilização não tem sido algo fácil.

Imagem de um reator de Fusão Nuclear que poderá produzir Energia limpa


Tarifa bi-horária de luz pode estar a prejudicar milhares de famílias

A tarifa bi-horária, segundo a EDP, caracteriza-se por preços diferenciados do kWh, consoante a utilização em horas de vazio ou fora de vazio, cujos períodos de duração são visíveis em ‘Horários’.

As horas de vazio são, fundamentalmente, as horas do período nocturno e fins-de-semana, em que é mais frequente a utilização de grandes electrodomésticos, como máquinas de lavar roupa e louça, forno ou aquecimento. Então, deveria ser uma mais valia para o consumidor verdade?

Parece que não. Segundo os cálculos, a tarifa bi-horária de luz pode estar a prejudicar milhares de famílias.


Consultório Pplware – Edição especial de painéis solares e energia

Esta semana o consultório Pplware é especial! Vamos focar-nos nas energias renováveis e no que elas nos podem trazer. Não sendo um tema fácil, e recorrendo à ajuda do Rafael Moreira, vamos tratar as muitas questões e esclarecer todas as dúvidas que nos enviaram.