Quantcast
PplWare Mobile

Tags: oxigénio

Terra vai ficar sem oxigénio mais cedo do que se imaginava

Seguramente que o nosso planeta, para nós, durará para “sempre”, teremos oxigénio que nunca irá acabar. Mas isto é à escala de uma vida. Porque, na verdade, o oxigénio da Terra irá diminuir, sufocando a maioria dos organismos vivos, segundo referem os cientistas. Dados do passado mostravam-nos que os níveis do nosso mais precioso gás, que nos mantém vivos, caiu 0,7% nos últimos 800 mil anos… e os cientistas não fazem a mínima ideia da razão!

Novos estudos sugerem, contudo, que o planeta vai ficar mais rapidamente sem oxigénio do que aquilo que inicialmente pensávamos.


Apple Watch: Sensor de oxigénio no sangue é tão confiável quanto dispositivo de grau médico

A Apple ao longo dos anos tem dedicado milhões de dólares e muito tempo da sua atenção a desenvolver sistemas fiáveis e de precisão para o seu Apple Watch. São programas em cooperação com universidades, hospitais e muitos estudos dedicados a dar um cunho de precisão ao seu equipamento. Aliás, com o ECG foi esse o caminho trilhado. Agora, um estudo conclui que o sensor de oxigénio sanguíneo deste smartwatch é tão fiável como “dispositivo de grau médico”.

Quem o afirma é um grupo de investigadores que publicou o seu trabalho onde é usado um Apple Watch Series 6 para verificar a precisão dos dados recolhidos.

Imagem Apple Watch Ultra com medição de oxigénio no sangue


Cientistas poderão ter descoberto uma forma de os humanos respirarem no espaço

Um dos maiores desafios que os astronautas enfrentam no espaço é o de conseguir garantir oxigénio. No entanto, no futuro, isto poderá mudar, uma vez que cientistas descobriram uma forma de os humanos respirarem no espaço.

Essa resposta poderá residir nas cianobactérias.

Cianobactérias poderão permitir que os astronautas respirem no espaço


Portugueses produzem oxigénio a partir da oxidação da água

Nos últimos anos os investigadores portugueses têm levado a cabo um conjunto de descobertas interessantes nas mais diversas áreas. A mais recente pertence a investigadores da FEUP que conseguiram produzir oxigénio a partir da oxidação da água.

No trabalho agora publicado, os investigadores utilizaram fotocatalisadores de dióxido de titânio (TiO2), um semicondutor ótico, para tirar partido da ativação luminosa do processo.

Portugueses produzem oxigénio a partir da oxidação da água


Sabia que a Lua tem oxigénio suficiente para 8 mil milhões de pessoas durante 100 mil anos?

De facto, a Terra é um planeta com sorte. Além de ter condições para existência de vida, é acompanhada por uma Lua que desempenha um papel fundamental no equilíbrio do planeta. Além disso, este satélite natural poderá um dia ser a casa para os seres humanos, apesar de olharmos para o solo lunar como inóspito. Contudo, a Lua tem oxigénio suficiente para sustentar 8 mil milhões de pessoas durante 100 mil anos.

Este gás precioso para a vida dos seres humanos não está propriamente na atmosfera, o oxigénio está preso num fundamental e abundante elemento lunar.

Ilustração regolito na Lua que contém oxigénio