Tags: Oukitel

Análise: Oukitel K6000 Plus, para uma semana sem carregador

Um dos grandes problemas dos smartphones é, desde sempre, a sua autonomia. As baterias, por muito boas que sejam e por mais novas tecnologias que tenham, não são capazes de oferecer, de uma forma geral, mais do que um ou dois dias de utilização. No entanto, sacrificando um pouco o desing e ergonomia dos equipamentos, é possível colocar baterias que durem até uma semana.

É o caso do Oukitel K6000 Plus hoje em análise. Um Android com boas especificações e capaz de cumprir com todas as tarefas exigidas, mas com uma grande bateria de 6080 mAh que o fará esquecer do carregador…


Oukitel K6000 Plus: Carregador original, sim ou não?

Já muitos dos novos smartphones vêm equipados com baterias com tecnologia de carregamento rápido, o que, em poucos minutos de carregamento, é capaz de dar ao utilizador mais umas boas horas de utilização.

No entanto, o carregador tem um papel fundamental neste processo. Ao utilizar um que não seja o original, o carregamento que esperava que fosse rápido poderá ficar comprometido… Mas será que a diferença de tempo de carregamento é substancial?


Oukitel ousa comparar o K6000 Plus com o Mi 5 e iPhone 7

No mercado dos smartphones é muito frequente ver as grandes marcas a compararem-se entre si. A Xiaomi e a Huawei, por exemplo, são duas das que o fazem sem qualquer complexo nas apresentações oficiais dos seus novos produtos, revelando os aspetos onde mais se distinguem e onde conseguem superar a concorrência.

Mas há outras marcas que à partida sabem que não superam os grandes do mercado mas, ainda assim, fazem as suas próprias comparações, embora nestes casos seja para mostrar que, mesmo inferiores e a preços substancialmente mais baixos, são capazes de oferecer aos utilizadores equipamentos muitos competentes.


Oukitel U7 Max, um Android por 60€. Bom para o preço?

Existem utilizadores de smartphones que simplesmente procuram um equipamento que dê para fazer chamadas e trocar mensagens e, esporadicamente, tirar umas fotografias, ler umas notícias ou ir às redes sociais… basicamente, querem ter acesso às funcionalidades de um smartphone mas por muito pouco dinheiro.

Com um orçamento de 50/60€ não se podem esperar milagres, mas é possível encontrar um equipamento suficientemente bom para uma utilização menos exigente.



Smartphone Oukitel U6 já está em pré-venda por $270

A concorrência na área dos dispositivos móveis é de tal forma (com tantos dispositivos), que as empresas são obrigadas repensar e inventar algumas funcionalidades/características, que tornem os seus dispositivos diferentes de outros…e assim demonstrem alguma inovação. Depois da empresa russa...


Oukitel U6: Um smartphone com dois ecrãs e SoC Helio X20

A concorrência na área dos dispositivos móveis é de tal forma (com tantos dispositivos), que as empresas são obrigadas repensar e inventar algumas funcionalidades/características, que tornem os seus dispositivos diferentes de outros…e assim demonstrem alguma inovação. Depois da empresa russa...