Quantcast
PplWare Mobile

Tags: nuclear

Desastre iminente? Central nuclear de Zaporijia “está completamente fora de controlo”

A invasão da Ucrânia pela Rússia tem causado danos muito elevados à economia e áreas essenciais, como a energia e até a produção de cereais. Este cenário parece cada vez mais generalizado e tem agora um novo ponto de alerta.

Um dos maiores problemas desta guerra tem sido a incerteza do estado das centrais nucleares da Ucrânia. Agora há um novo alerta e que mostra que pode estar iminente um desastre. A nuclear de Zaporijia estará fora de controlo e é urgente avaliar e corrigir os muitos problemas.

Zaporijia nuclear Rússia Ucrânia desastre


Nova Iorque divulga informações de alerta à população sobre um ataque nuclear. Porquê?

Um ataque nuclear não atingiu Nova Iorque, mas o departamento de gestão de emergências da cidade quer que os moradores estejam preparados se ocorrer um. Como tal, a entidade divulgou um pequeno vídeo intitulado “Nuclear Preparedness PSA” na segunda-feira passada. No vídeo são dadas indicações aos nova-iorquinos para estes seguirem caso ocorra um ataque nuclear.

Apesar de serem dicas muito simples, parece ser apenas um primeiro e leve alerta. Haverá algo que o mundo desconhece?

Ilustração de Nova Iorque com ataque nuclear


O que são armas nucleares táticas? Poderá a Rússia utilizá-las na Ucrânia?

Com o início da invasão da Ucrânia, os países da Aliança Atlântica, a União Europeia e outros estados que condenaram este ataque, disseram estarem dispostos a ajudar a combater a Rússia nesta guerra. Contudo, Putin repetidamente usou a ameaça da força nuclear para dissuadir o Ocidente de se imiscuir na guerra em solo ucraniano. Mais recentemente o porta-voz do Kremlin recusou-se a excluir o uso de armas nucleares, dizendo que poderiam ser usadas se o país enfrentasse uma “ameaça existencial”.

Passou-se então a falar da possível utilização de armas nucleares táticas. Mas afinal o que são estas armas?

 


Atualizado: A maior central nuclear da Europa na Ucrânia está sob ataque da Rússia

[Atualização (10:00 – 04-03-2022) – Fogo na central nuclear de Zaporíjia foi controlado e o perigo passou. A central está já em poder das forças russas]
[Atualização (05:05 – 04-03-2022) – A população de Energodar, cidade vizinha da central nuclear de Zaporíjia não vai ser evacuada]
[Atualização (04:00 – 04-03-2022) – O Presidente da Câmara de Energodar revelou que o ataque à central nuclear de Zaporíjia terminou]
[Atualização (03:02 – 04-03-2022) – Voltaram os problemas à central nuclear de Zaporíjia]
[Atualização (02:30 – 04-03-2022) – A segurança da central nuclear de Zaporíjia foi reestabelecida]

A invasão da Rússia à Ucrânia tem revelado algumas medidas que poucos consideram lógicas e que mostram de forma clara as intenções dos atacantes. As muitas infraestruturas essenciais são atacadas, algumas com um peso importante.

Uma notícia de última hora deixou o mundo quase em desespero, uma vez que a central nuclear de Zaporíjia, a maior da Europa está sob ataque da Rússia. As imagens mostram que esta está a arder e que as forças russas visaram a sua tomada pela força.

nuclear Rússia Ucrânia central ataque


Tempestade solar de 1967 quase causou uma guerra nuclear

Em plena Guerra Fria, uma tempestade solar bloqueou as comunicações de radar e rádio. Este apagão quase resultou num conflito militar desastroso, numa fatídica guerra nuclear. Quem salvou a situação foram os esforços da Força Aérea dos Estados Unidos que vigiavam a atividade do sol e perceberam, a tempo, o que se estava a passar.

Os comandantes militares dos EUA consideraram que os radares bloqueados poderiam ser um ataque dos inimigos soviéticos. Naquele dia fatídico de 1967, estes comandantes ordenaram um alerta máximo com aviões carregados de armas nucleares a subirem aos céus.

Ilustração de uma tempestade solar a ameaçar a terra