Guerra nuclear: até onde poderia o Mundo ser afetado?


Destaques PPLWARE

73 Respostas

  1. 1904_3526 says:

    Acredito que se irá avançar para uma guerra curta e rápida, com milhões de mortos e feridos, e um custo global que ninguém quer pagar.
    Mas uma coisa é certa… A Coreia do Norte até hoje não invadiu ou começou uma guerra… Já os EUA…

    • Bruno says:

      ? A Coreia do Norte nunca invadiu? Como é que achas que começou a Guerra da Coreia em 1950?

    • Daniel says:

      Na verdade…. estás errado. A Guerra da Coreia (25 de Junho 1950 a 27 de Julho 1953) começou porque a Coreia do Norte tentou invadir a Coreia do Sul. Pormenores… Não percebo como é que alguém tem coragem de escrever mentiras enormes com a maior calma e falta de vergonha na cara e dizer “a Coreia do Norte até hoje não invadiu ou começou uma guerra”, quando fez as duas coisas em simultâneo.

    • eduardo oliveira says:

      não acredito na guerra coréia u.S.a. Todos ficam a perder especialmente a coreia.

    • Miguel Sousa says:

      A coreia do Norte, apoiada pela Rússia, lançou mais de 200000 soldados para eliminar os americanos e sul coreanos em 1950. Foi o rechaçar desse ataque de originou a guerra da Coreia. Depois de os americanos e a Coreia do Sul não quererem avançar para norte do paralelo 38, foi assinado um armistício e a Coreia do Norte não mais voltou à mesa de negociações.
      Entretanto, a China fornece mais de 400000000 toneladas de produtos alimentares, anualmente, à Coreia do Norte. 99,5% das importações do país. Em troca, tem acesso a carvão, urânio e outros minerais a 1/10 do preço dos mercados mundiais.

    • PTO says:

      ” A Coreia do Norte até hoje não invadiu ou começou uma guerra”

      What? Santa ignorância, meu Deus!

    • Rui says:

      Foi o Bloco de Esquerda ou o PCP (que defendem que a Coreia do Norte é uma democracia, especialmente os comunistas) que te disse essa mentira?
      Os americanos não são santos nenhuns, mas a guerra entre as Coreias começou com a invasão da Coreia do Norte à Coreia do Sul!

    • DjSuca says:

      PPl, tem de habilitar o botão Like… nos coments… Like+

  2. Luís M says:

    Guerra com balas de salva, a Coreia do Norte não tem nada a ganhar com a guerra. Os USA tão pouco.

    • rand says:

      Por acaso os EUA têm muito a ganhar, a china é considerada uma possível ameaça aos EUA (economicamente e militarmente), se a Coreia do Sul ficar a controlar o território que é agora Coreia do Norte não só os EUA ficam com um aliado com fronteiras terrestres com a China como pode fazer com que a china deixe de comprar recursos a um preço muito mais baixo do que no restante mercado.

      A Coreia do norte caso ganhe dá mais poder politico ao seu país e pode ficar menos independente da China.

      Já a China não se pode dizer que tenha algo a ganhar com a guerra mas pode ter muito a perder se a Coreia do Norte desaparecer, no entanto devido às tensões com a India duvido muito que eles queiram uma guerra contra os EUA neste momento.

      • Rui says:

        Ninguém quer uma guerra contra os americanos, pelo menos directamente, excepto um maluco ditador da Coreia do Norte. Obviamente que sente as costas quentes, de certa forma, porque a China (principalmente) e a Rússia fazem fronteira com a Coreia do Norte e sabem que com um maluco à frente dos EUA, a Coreia do Norte pode muito provavelmente desaparecer do mapa…
        Haja bom senso para desanuviar o clima!

  3. David says:

    Boicote ao que é americano faria danos à economia dos USA que é baseada no sangue e destruição do planeta, garanto que terão um sono mais tranquilo.

    • Nnn says:

      Há muitos comunistas em Portugal.

      Esses mereciam que os EUA não se tivessem metido na segunda guerra e que agora todos falássemos Alemão, além de vivermos num regime ditatorial.

      Apesar de muita coisa estar mal, toda a tecnologia, liberdade e modelo de vida da Europa se deve aos Americanos.

      Os comunistas gemem mas aconselho-os a conhecer os governos da Rússia, China, Cuba ou até Brasil para pensarem um bocado sobre as críticas que fazem ao modo de vida ocidental…

  4. Vlad says:

    Se realmente começar uma guerra entre estes países nós sabemos quem vai disparar o primeiro “tiro”. Eu não tenho conhecimento de a correia do norte ser responsável por ingerências ou invasões e redução a escombros de nações estrangeiras, nem muito menos o lançamento de bombas nucleares sobre um alvo civil. Agora os EUA não pode dizer o mesmo. Os testes de mísseis são uma medida dissuasória por parte da Correia do Norte pois uma guerra por parte dos EUA é iminente e este tem todo o direito á sua defesa.

    • Miguel Sousa says:

      A Coreia do Norte matou mais de 3 milhões de pessoas… porque eram familiares de pessoas que ficaram a sul do paralelo 38, quando foi assinado o armísticio em 1957. Durante 60 anos a Coreia do Sul quis passar o armistício a tratado, coisa que a Coreia do Norte NUNCA quis fazer… pois acha que um acordo desses é uma rendição.
      Esta situação recente é devido à China ter reduzido as importações de produtos coreanos e ter reduzido o envio de ajuda alimentar. O Kim está desesperado pois sabe que precisa de fazer algo ou a população vai ficar esfomeada assim que chegar o Outono… e vão-se virar contra ele. Pode matar mais 3-4 milhões que vão fazer falta para trabalhar na agricultura para alimentar os restantes. O Trump sabe disso… daí continuar a pressionar porque ou o Kim comete o erro de atacar o Japão ou vai ter de se calar.

    • Rui says:

      Que livros de história é que leste Vlad?
      A Coreia do Norte tentou invadir a Coreia do Sul. Só estás a esquecer-te desse pormenor. Mais não fez porque os americanos não permitiram mais veleidades desde 1950.

  5. Spoky says:

    Eu no lugar da Coreia do Norte piava fininho e a cima de tudo evitava ameaças e discursos.

    Se a Coreia do Norte ataca, tem 3 inimigos a probabilidade de a Coreia do Norte desaparecer é grande.

    Mas isto sou eu. Afinal de contas esta a atacar uma ilha… Enquanto os seus aliados têm mais que tempo para contra atacar e aí e que entra o pânico da coreia do norte que pensa que esta a lidar com apenas um pais lol

    Espero bem que a Coreia do norte desapareça não tenho pena nenhuma. Mesmo

  6. Luis Silva says:

    As bombas de hoje estâo bem mais potentes do que as daquela época.
    Claro que se vier a acontecer é muito grave não só para o planeta mas para um equilibrio geral do sistema, no qual não me vou alongar. Claro que pelo que sei hoje que isto não vai acontecer, porque há algo bem superior à estupidez dos Homens no qual regulam o equilibrio de tudo.

  7. Rodrigues says:

    Esta história do ataque provável à Ilha de Guam, pode muito bem ser outro embuste dia EUA para justificar o uso de armamento militar que empresas fortes e influentes muito ajudaram a colocar Trump a presidente.
    Espero que nada aconteça porque a China é uma tremenda incógnita e para além disso a Europa não aguentaria outra crise econômica desta vez por efeito de uma guerra nuclear…

    • Rui says:

      A Europa vai ser o maior prejudicado por causa de uma guerra no Pacífico? Não percebi. Que o mundo inteiro perca com a guerra, eu percebo, agora em relação à crise, todos os países passaram por ela, mas já ficou para trás e não esquecer que a Europa e em particular a Alemanha, são os maiores exportadores mundiais!
      Também não percebi uma coisa, O ditador Norte Coreano não ameaçou Guam? Fê-lo 2 vezes através da TV pública lá do sítio! Não são teorias da conspiração, ele ameaçou mesmo e mais, disse que dentro de dias pode atacar a ilha com misseis balísticos nucleares!

  8. Jose says:

    Um reator de uma central nuclear explode e deixa durante mais de uma decada uma regiao totalmente inospira , onde nao se pode cultivar , captar agua , etc. Nos meses apos a explosao do reator em chernobil os niveis de radiaçao dispararam por toda a europa oriental , idem para fukojima . achamos francamente q a explosao de umas quantas bombas nucleares nao irao afetar muitos dos paises circundantes ?

    • Helder says:

      O problema da fábrica de Chernobyl é que era já desactualizada, e tinha manutenção muito fraca, como seria de espera da união soviética.

      Se fosse “molten salt”, poderia avariar que não acontecia nada.

  9. Miguel Sousa says:

    A coreia do norte não vai fazer nada… vai lançar uns misseis para o mar do Japão, outros para os mares da China e param para “férias” quando chegar o Outono, porque não tem alimentos para o exército. Para que a China os ajude, acabam por se calar.
    Os nervos do Kim é que a China está a reduzir, brutalmente, o envio de ajuda alimentar e parou a importação de 2 das 5 coisas que a Coreia do Norte exporta. Com essa situação, a Coreia do Norte vai ter um Outono e Inverno terríveis pois não tem suporte para sobreviver sem as ajudas chinesas. O kim percebeu que tem de conseguir obter algo dos americanos para que os chineses voltem a enviar os milhares de camiões que, diariamente, abasteciam o exército da Coreia do Norte. Só que o Trump também percebeu isso… encostou o Kim à parede de forma a que ou ele lança ataques contra o Japão e Coreia do Sul ou vai ter uma guerra civil interna, por não conseguir alimentar os seus militares.

  10. Zambrotta-mos says:

    Mas ninguém vê o real problema?! O único problema é a China!!! É esperarmos que não seja assim tão mal como imagino….

    • Antunes says:

      Ora nem mais, alguém que consegue ver o quadro geral.
      Então o Trump pensava que mandar umas bocas para a China não iria ter resultados?

      Neste momento tenho mais medo da China, do que Coreia, Russia, ou até do Daesh.
      A china invadiu o Mundo e ninguém se percebeu disso, quando acordarem já é tarde.

      • IC says:

        O Daesh acho que não entra na equação — absolutamente incomparável com as restantes potências que referiste.

        Daesh são meia dúzia de macacos que tomaram posse de armamento militar da Síria, decapitam pessoas indefesas; são iguais aos Talibãs , um grupo de radicais que já estão reduzidos a meia dúzia de porcos. A única coisa que podem surpreender é nos ataques terroristas nas cidades europeias , nada mais.

  11. jose batista says:

    Quen ten aconpanhado a evolucao da tecnulugia Amaricana a nivel du armamento militar
    e sabido que os estados unidos da America e o pais mais avancado du mundu e que ten en sua posse materia mais que suficiente para aniquilar a coreia du norte nun estalar de dedos.

  12. Homo Erectíssimo says:

    Por favor,nem me falem deste caso,Deus nos livre !! 🙁

  13. nacho vidal says:

    a guerra seria contra a china e não apenas contra a coreia do norte…

  14. rrb says:

    a estupidez humana é mesmo infinita

  15. Takashi says:

    Duas criancinhas mimadas, ideal seria colocar o pato Donald e o gordinho cara de bolacha Trakinas frente a frente, cada um com uma pistola, sem envolver milhões de pessoas inocentes

  16. Yuri says:

    Mas porque uns podem ter armamento nuclear e outros não ? A China , Estados Unidos , França , India , Paquistão , Reino Unido , Russia etc podem ter , mas os outros não? Não é justo , que os paises mais pequenos não se possam defender dos mais poderosos.

    • IC says:

      O tratado feito é de não produção de armamento nuclear — os que tinham armamento nuclear antes do tratado não podem produzir mais, só para energia nuclear (p.e. para os submarinos); O único país que desmantelou todo o armamento nuclear foi a África do Sul.

      O problema aqui é que a CN está a produzir armas nucleares numa época em que tal não é permitido por violação de leis internacionais — isto levou , por ex., à invasão do Iraque porque se pensava ter armas nucleares, o que na verdade se provou que não tinha, e à quase invasão do Irão por Israel.

      Já a CN mostra mesmo imagens dessa produção e testes, com potentes bombas de hidrogénio, com devastação maior às detonadas no Japão.

      • RF says:

        Eu posso estar a dizer uma estupidez, tenho uma pergunta.
        A coreia assinou esse acordo? se não estará juridicamente vinculado a ele?

        • Rui says:

          Também não sei se assinou, mas nenhum país pode ser olhado com bons olhos quando faz testes com mísseis constantes a caírem em águas do Japão ou da Coreia do Sul. Imagina que a Espanha fazia o mesmo em direcção às nossas águas!!! Ou Marrocos!

    • rodrigo says:

      Quem ‘e que garante que depois de criar as armas nucleares, a CN não va vender ao mercado negro?
      Ao contrario desses países que tem armas nucleares que mencionaste, a CN não quer dialogar com outros países.
      Ate na altura da Guerra Fria havia constante dialogo entre os Estados Unidos e USSR mas isso nao acontece hoje em dia com CN.

  17. Hugo Gomes says:

    A malta esquece se do essencial, estamos neste mundo por empréstimo, o planeta nao precisa de nos para sobreviver, ja nos previdamos dele. Uma coisa que o der humano nunca aprendeu foi com os próprio erros. Primeira e segunda guerra perderam se milhões de vidas e outras tantas na reconstrução de muita coisa. O mundo hoje gere-se pelo dinheiro e poder militar, quanto mais rico for melhor, quanto mais dinheiro mais se investe na sua defesa em mísseis e bombas. Onde esta o ser humano real sem a ganancia no seu oração querer o mundo para ele. O ser humano mais inocente do mundo é uma criança poid ainda nao sabe que o mundo é uma verdadeira merda

    • Rui says:

      Normalmente os países evitam as guerras, mostram apenas os dentes uns aos outros e mostram o que têem (aí é que entra a maior falha da Europa, que é subserviente em relação às grandes potências militares).
      Se entre o ranger de dentes um cala-se e vai recuando……. o resultado final não vai ser bom!

  18. George Orwell says:

    E=mc², a equivalência entre massa e energia, tem tanto de divino quanto de trágico.
    É que, esta equação, descoberta no culminar duma odisseia matemática que durou dez anos, o maior prodígio do cérebro humano , é também a mãe de todas as bombas nucleares.

    Tal equivalência entre massa e energia, tão simples que até um aluno do secundário pode manejar, juntamente com as três leis da termodinâmica , as entropias, as constantes como a da velocidade da luz e outras leis físicas descobertas ( não criadas ) pelo homem, apontam para uma inteligência universal que transcende o ser humano. Einstein foi buscar a Galileu o termo relatividade, o grande sábio italiano que havia declarado, na esteira de Pitágoras e Platão que admitiam a existência de formas matemáticas perfeitas antecedentes do homem, que o livro do mundo está escrito em números.

    A título de exemplo, ao grande matemático britânico Roger Penrose que revelou ao mundo o substrato matemático da teoria do Big Bang só lhe falta afirmar que foram os números que fizeram universo. Aliás, é corrente generalizada entre os matemáticos e físicos no sentido que estes não criam fórmulas mas sim descobrem-nas.
    Porém, os números por si mesmos não produzem matéria, e esta, como realidade “en soit”, em si, sem consciência finalística ( p.e. uma pedra ) só por “reductio ad absurdam” se poderá conceber como exclusiva responsável por uma realidade “pour soit”, para si, como é o caso do ser humano uma vez que este age para si de acordo com a sua consciência, sendo que nenhuma realidade pode ser simultaneamente “en soit” e “pour soit”. Logo, só mesmo por absurdo se pode conceber que o universo tivesse de esperar 40 biliões de anos para “finalmente” surgir alguma entidade criadora, o ser humano, esse único ser putativamente capaz de criar algo.
    Seria algo como isto : o universo existe, dotado de leis físicas, constantes e até diversidade de seres vivos, pôde sobreviver a uma “odd” inicial de 1/ 1.000.000.000.000.000.000.000.0000, porém, eis que surgido após 40 biliões de anos, o homem é o único ser criador. Isto não será solipsismo humano e o mundo voltado do avesso ?

    Na verdade, quem escreveu tais números e concebeu tais formas matemáticas perfeitas transcendentes ao ser humano que regulam o universo?
    O acaso ? O caos ???
    É justamente Einstein, o descobridor da equivalência entre massa e energia que deu a resposta ao ter afirmado que “Deus não joga aos dados”, no fundo repetindo aquilo que Descartes ( o descobridor da geometria do seu nome ) e Leibniz ( o descobridor do cálculo da integral) já tinham proposto no sentido que um universo finito e contingente não pode dispensar uma ontologia do Divino.

    Hoje existe uma inusitada variedade de bombas nucleares, como sejam as de urânio, plutónio, hidrogéno, neutrões – you name it – , o que até as faz parecer com distros do Linux, só dois dos oito membros do clube nuclear contam com mais de vinte mil. Ora, é só uma questão de tempo tendo em vista o princípio de Murphy segundo o qual, “qualquer coisa que possa ocorrer mal, ocorrerá mal, no pior momento possível” .

    No fundo é o eterno dualismo do bem e do mal em que este último parece tomar a dianteira já que a equivalência E=mc² ainda não viu conseguida a fusão nuclear a frio que acarretaria uma energia pacífica inesgotável, porém já viu conseguida, e de forma aparentemente inesgotável, todos os “brinquedos” capazes de destruir este e outros planetas do sistema solar. Donald Trump ou Kim Jong-un, são dois fortes candidatos a iniciar o descalabro que o mito clássico de Prometeu já tinha antecipado.

    • Joan says:

      Belo texto da wikipedia, mais valia postar apenas o link. E por estas wue vou continuar a usar ipad em vez do w10

      • George Orwell says:

        Podia ter a bondade de nos fornecer o “link” da Wikipedia ?.
        Doutra forma não posso rebater algo que para mim é incompreensível, um não facto.
        Ou também desconhece o link tal qual como eu ?
        (E é-me indiferente que venha do iPad ou do W10)

  19. ana says:

    A Coreia do Norte tem dos maiores exércitos do mundo e não são 1 milhão como diz a noticia mas sim cerca de 5 milhões se houver guerra entre os EUA e a Coreia o mundo todo vai entrar em guerra não duvidem disso que a seguir vai ser um catapultar de paises que se vão juntar de um lafo e de outro

  20. NT says:

    Já agora porque é que o Americanos querem tanto a Coreia do Norte? Será para criar uma nova ISIS? Será por causa dos minerais?…. Bem lá vem o maluquinho das teorias da conspiração mas… Quem é que transformou a coreia do norte num “parque de estacionamento”? Quem é que lançou DUAS bombas atómicas noutro país? Quem é que cometeu mais crimes de guerra? Hitler assassinou montanhas de Judeus e é um assassino, pulha, etc… agora nós Europeus que mandamos montes de escumalha para o novo mundo (EUA) e massacramos e em alguns sítios extinguimos várias tribos indígenas somos os bons da fita? Nós apoiamos os EUA no terrorismo contra o médio oriente e temos razão?

    • Rui says:

      NT, a Coreia do Norte tentou invadir a Coreia do Sul nos anos 50, neste momento disparam mísseis para o mar do Japão…… ameaça que reduz a cinzas Guam……. ora deixa-me pensar porque a CN é um inimigo!!!!! Hum…..
      Falas do tempo dos descobrimentos, é isso? E da idade média? Todos os povos invadiram e foram invadidos! Vê o caso português. Nós só invadimos? E os árabes? E os Romanos? E os celtas e iberos?………

  21. Joao says:

    Testemunho de uma jovem que fugiu da Coreia do Norte https://www.youtube.com/watch?v=ZKLjo2sgEfg
    e um documentário sobre a vida lá https://www.youtube.com/watch?v=YgHh6f1GYx0

  22. IC says:

    No meio disto tudo eu tenho medo é da China e não da Coreia. A Coreia do Norte seria dizimada pelo Japão e Coreia do Sul ao ser fortemente bombardeada por duas frentes.

    Eu penso que esta actual guerra-fria só não avançou mesmo por causa da posição da China. Se a China dissesse abertamente que seria neutra na guerra em qualquer das posições , acredito que a CN já teria sido invadida e bombardeada — tal e qual como no Iraque quando se pensava que tinham armamento nuclear e no final de contas viu-se o que tinha — NADA.

    Já no Irão, Israel estava a ameaçar bombardear o Irão por causa das supostas armas químicas, produzidas pelas centrifugadoras oferecidas pelos EUA nos anos 70, e para evitar uma invasão em seco como no Iraque então produziram o fabuloso stuxNET , o vírus para destruir as centrais enriquecedoras de urânio…

  23. Pinto says:

    Rebente-se uns aos outros que em Portugal estaremos todos a beber umas minis na praia e a torrar ao sol. Guerras, militares? Jamais entraria nisso para defender o que fosse..defendo a minha casa e familia o resto que se dane!

  24. RF says:

    Siceramente, não dará em nada.. são apenas 2 meninos minados, sendo que de um não se espera grande coisa (Kim) e outro (Trump) é só mais um presidente Americano à procura de maiores níveis de aceitação popular (A história mostra que os presidentes americanos em média, sobem de aceitação popular quando entram em guerras).
    Não vai acontecer nada por 2 razões:
    1) A coreia do Norte tem as costas quentes e protegidas principalmente pela China em primeiro Plano, e a Rússia em Segundo Plano.
    2) A China não quererá milhões de refugiados nas suas fronteiras
    3) OS EUA não vão arriscar sofrer um ataque nuclear da CN, aquando de um potencial ataque preventivo.

  25. Antonio Vilar says:

    Estou bastante preocupado com este mundo de hoje, como tudo se faz e se arranja justificações para ter Poder não pela necessidade mas pelo prazer de Dominar, Castigar,, Enfraquecer, Humilhar. Nota-se essa atitude no dia a dia no mais comum do ser humano. É tudo uma questão de proporcional do poder que se tem no momento.

    Só queria deixar o meu agradecimento a George Orwell pelo comentário postado, que é de um conhecimento e reflexão categórica.

    • Rui says:

      Ora nem mais.
      Cada vez somos mais egoístas e narcisistas.
      Nem é preciso olhar para esta guerra, veja as minúsculas guerras que se passam nas redes sociais, entre pessoas, vizinhos, amigos etc…… agora imagine países antagónicos.

  26. Lars says:

    “We’re socialists…enemies of today’s capitalist system of exploitation & we’re determined to destroy it”- Kim Jong-un 2017? No, Hitler, 1927.

  27. R!cardo says:

    Alguém daqui está a viver na Alemanha? Foi-me dito que na Alemanha estão a pedir as pessoas para armazenar alimentos para 4 meses, alguém confirma isso?

  28. ALucia says:

    Coreia do Norte e um país atrasado ,não têm este poder de fogo que diz ter não, nem carros de jeito eles teem, quanto mais mísseis de última tecnologia, e ainda por cima nucleares ,não acredito.

    • Rui says:

      O atraso tecnológico da CN, nada tem a ver com o facto do país ter como primeira prioridade o fortalecimento do seu exército, por isso é temida pelos vizinhos. Eles têem tecnologia nuclear que compraram ao Paquistão, têem aviões Russos, material militar Chinês e até compraram 87 helicópteros americanos (eram 100, mas o governo americano descobriu e deteve os vendedores), adquiridos nos anos 80!!!!!!
      Há países que apostam na sua defesa a sério (seja o investimento utilizado para o bem ou para o mal, em última instância a culpa é do homem não das armas), basta veres quem investe a sério em equipamento militar, como os EUA, Rússia, China (só a China lança todos os anos ao mar dezenas de novos navios de guerra!!!!!!!)….. só nós os tolos europeus, achamos que num mundo moderno não são necessários exércitos nem armas, porque o mundo é tão tranquilo e os americanos vêem sempre ajudarem-nos……. incrível a nossa passividade, como se os nossos direitos e garantias estivessem escritos nas estrelas e ninguém pode enfrentar-nos………
      Em qualquer época, não interessa se um povo é mais atrasado ou mais avançado, o que interessa é saber se num conflito, um sobrevive ao outro e para isso ……. “Si vis pacem, para bellum” já diziam os Romanos! Ou, se queres a paz, prepara-te para a guerra, só assim quem te rodeia deixa-te em paz, porque têem medo de te enfrentar (o exemplo mais claro é Israel, quem se mete com eles?)

      • Alucia says:

        Sim tudo dos anos 80 ,o que disseste pode pode ou não ser verdade ,mas os mísseis que eles testam caem todos depois de 70 KLM, realmente acredita mesmo que alguém quer entra numa guerra nuclear hoje em DIA? Israel se entrasse numa guerra contra uma coligação seria dizimado em uma semana ,ou menos ,eles têm sim poderio nuclear e tudo mais ,mas não alcance para travar uma guerra fora de suas fronteiras ,a não ser com os ceguinhos da palestina ,agora dizer que a Rússia e a China tem interesse na guerra entre os dois, outra balela ,a China sozinha e está sim, tem um exército gigante ,e efetivos para dizimar a Coreia, apesar de ser dita neutra ,mas enfim isto é tudo fogo de palha ,no meu entender,vivem uma ditadura mais nada ,na Coreia do Norte, se ela lançasse um míssil em direção aos EUA Os vizinhos e mesmo os EUA Fátima chover fogo lá e acabavam com a brincadeira em menos de um dia ,.

        • rodrigo says:

          ‘Israel se entrasse numa guerra contra uma coligação seria dizimado em uma semana ,ou menos ‘

          O que dizes tu?? Pelos vistos falas sem saber…Onde achas que os Estados Unidos va buscar a sua defesa e ataque?
          Vai ler mais sobre Israel e o seu poderio militar antes de dizeres asneiras!!

        • Rui says:

          Alucia, não estás a ver bem o filme. A CN faz fronteira com a Rússia e com a China e ambos os países querem alargar o seu território e zona de influência. Porque achas que ambos têem 1 milhão de tropas estacionados junto da fronteira com a CN? A CN depende quase exclusivamente da China para sobreviver, vende-lhes matéria-prima ao preço da chuva em troca de armas e alimentos.
          Eu não disse que Israel vai invadir ninguém, disse sim que ninguém à volta tem coragem de os atacar. E se achas que Israel (com 1/3 do nosso teritório) é fraquinho, basta pesquisares mais sobre a guerra dos 6 dias, onde derrotaram 9 países mais poderosos (só o Egipto tinha o dobro do exército de Israel).
          Acredita que nenhum país à volta deles está ao nível deles. Não brincam nem desprezam a sua defesa como nós portugueses fazemos, porque sabem que no dia em que o fizerem, desaparecem do mapa! E lá tens o serviço militar obrigatório para homens e mulheres!!!!!! 3 anos para os homens e 2 anos para as mulheres. Apesar de minúsculo mesmo comparado com Portugal, eles têem um exército de quase 200.000 soldados no activo (6 vezes o nosso tamanho!!!!!) e investem mais de 13 mil milhões de dólares (só 6 vezes o que nós investimos na defesa para o triplo do tamanho!!!!!!) Além disso têem 600.000 soldados na reserva!!!!!!!! Eles não brincam com a defesa.

  29. Fernando Barroso says:

    O principal aliado da Coreia do Norte é a China, muito provavelmente os misseis balísticos intercontinentais da Coreia do Norte foram desenvolvidos com a ajuda da China, bem como a bomba nuclear, também existe o interesse da Rússia em toda esta questão para esticar a corda e verem até onde vai os EUA de Trump, portanto quem está a patrocinar tudo isto é a china e a Rússia, com interesses na Guerra Armada, mas também guerra económica. Não se esqueçam do que aconteceu na Invasão (ilegal) da Crimeia pela Rússia!

    • Rui says:

      Obviamente que qualquer guerra tem os EUA e a Rússia por trás e em muitas delas a China. O gordo dos penteados esquisitos sabe perfeitamente de que se ele disparar o primeiro míssil é dizimado logo a seguir e nem a Rússia ou a China vão ajudá-lo (os chineses já deixaram claro de que se a CN disparar primeiro, não vão mexer uma palha!
      Resumindo, se formos ver quem são os maiores vendedores de armas do mundo, encontramos sem surpresas os EUA, Rússia, China nos primeiros lugares.
      A Rússia não tem grande influência na CN, a China sim, porque tem muita matéria-prima ao preço da chuva!
      Já o avó do gordo ameaçava e não fazia nada, o pai dele idem e agora ele……
      O que mudou é que nos EUA está um maluco que já provou que é irresponsável e imprevisível e isso está a deixar muita gente nervosa. Especialmente na China e na Rússia.

  30. falcaobranco says:

    Só digo que se começar a guerra, se me chamarem é bom que me levem de borla porque não tenho € para a gota daqui até á coreia… 😀

  31. jorge says:

    com a tecnologia que existe hoje em dia acabavam com mais de metado do planeta
    milhoes e milhoes nunca antes visto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.