Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Guerra

Tecnológicas deviam armazenar provas de crimes de guerra russos, dizem legisladores

As notícias e as redes sociais têm sido as grandes fontes de informação e é através delas que temos tido conhecimento do que de desumano se tem passado na Ucrânia. Na opinião de legisladores americanos, as empresas tecnológicas deveriam armazenar provas dos crimes de guerra que têm vindo a ser cometidos pela Rússia.

O pedido chegou aos chefes executivos do YouTube, do TikTok, do Twitter e da Meta.

Guerra na Ucrânia


Twitter: militar ucraniano preso em Azovstal implora por ajuda a Elon Musk

Numa guerra sem fim à vista, a Ucrânia continua a tentar salvar o seu território da invasão russa. Milhares de pessoas já perderam a vida, entre militares das duas frentes e civis, onde ninguém escapa, sejam mulheres, crianças ou idosos. A situação em Azovstal é uma das preocupações das autoridades já que tem encurraladas muitas pessoas, que se estima que não sejam apenas militares.

Sendo Elon Musk uma voz ativa desta guerra e o homem para quem não há impossíveis, há um militar, comandante da 36ª Brigada dos Marines da Ucrânia, a implorar por ajuda ao magnata norte-americano através de uma conta no Twitter.

Twitter: militar ucraniano preso em Azovstal implora por ajuda a Elon Musk


Rússia: Ataques informáticos a redes de TV mostram mensagens sobre a guerra

Decorre hoje, na Rússia, o desfile militar do 77.º aniversário da vitória soviética sobre a Alemanha nazi na II Guerra Mundial. A celebração russa acontece em plena guerra contra a Ucrânia, onde o conflito militar já dura mais de dois meses.

De acordo com a imprensa local, algumas redes de televisão foram hoje alvo de ataques informáticos na Rússia.


Missão da Europa a Marte poderá ficar suspensa devido à guerra na Ucrânia

Com a invasão da Ucrânia pela Rússia muita coisa mudou, e, ainda que indiretamente, estamos a sentir os seus efeitos. Por exemplo, esta é a razão para a missão a Marte, que a Europa tinha programada, ficar suspensa.

A estimativa aponta para uma suspensão que durará até 2026.

Marte


Golfinhos militares foram usados pela Rússia na guerra contra a Ucrânia

Os contornos da guerra que tem palco na Ucrânia vão muito além de toda a violência que nos entra pelas televisões a qualquer hora do dia. As estratégias militares são ainda mais ardilosas do que aquilo que podemos sequer cogitar.

O Instituto Naval dos Estados Unidos revelou imagens que parecem comprovar que foram colocados golfinhos treinados militarmente para a entrada do porto de Sebastopol, na Crimeia, no período que antecedeu a invasão da Ucrânia.