Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Intel

CPU Intel Core i5-13500 é até 68% mais rápido que o Core i5-12500

A Intel já lançou alguns dos seus novos e tão aguardados processadores Core Raptor Lake da 13ª geração. Os testes e leaks que foram revelados antes do lançamento oficial já mostraram um pouco daquilo que a empresa californiana estaria a preparar para este mercado e, portanto, as expetativas estavam já bastante altas.

E continua a chegar o resultado de vários outros testes de modelos que ainda não estão nas prateleiras, sendo que mais recentemente foi revelado que o novo processador Intel Core i5-13500 consegue ser até 68% mais rápido que o antecessor Core i5-12500 da linha Alder Lake.


Mulher finge gravidez para passar 200 processadores Intel e 9 iPhones num aeroporto

Dentro das notícias do mundo tecnológico, existem muitas que relatam situações completamente insólitas. Já aqui no Pplware divulgámos várias dessas situações e hoje trazemos mais uma para juntar a esse já vasto leque.

Assim, de acordo com as últimas informações, recentemente uma mulher fingiu estar grávida para conseguir passar num aeroporto com nada menos do que 200 processadores Intel e 9 iPhones.


Intel quer vender chips quânticos para PCs e servidores já daqui a 10 anos

Embora seja interessante ver as evoluções no setor dos chips eletrónicos, estamos a aproximar-nos a passos largos para atingir as previsões da Lei de Moore, a qual estima que os chips baseados em silício atinjam o seu limite daqui a cerca de 10 anos. Como tal, as maiores fabricantes da indústria tecnológica têm que tentar encontrar outras formas de servir os seus clientes, mantendo a inovação através dos recursos possíveis e disponíveis.

Desta forma, parece que a Intel está cada vez mais focada no campo dos chips quânticos, sendo que um dos seus grandes objetivos é a criação de chips com mais de 1 milhão de qubits, usando para isso a tecnologia EUV. Para além disso, a fabricante de Pat Gelsinger quer vender estes chips quânticos para PCs e servidores daqui a 10 anos.


CPUs Intel Xeon vão chegar bloqueados e o utilizador tem que pagar para os personalizar

Recentemente a Intel anunciou os seus novos processadores de alto desempenho profissionais da linha Intel Xeon e estes são sempre equipamentos do interesse dos utilizadores que apreciam o segmento hardware.

No entanto, as mais recentes informações mostram que estes poderosos CPUs vão chegar ao mercado ‘bloqueados’, sendo que o consumidor terá que pagar um valor extra para os personalizar e usufruir ao máximo de todo o poder que estes chips podem oferecer. Vamos então conhecer melhor o novo serviço “On-Demand” da empresa de Pat Gelsinger.


Envio de placas gráficas cai para quantidades idênticas às de 2008

Parece que o mundo tecnológico tem sempre algo com que se preocupar… e se não é um problema, há-de ser outro para condicionar a normal fluidez do escoamento de produtos. Ou seja, se antes tinhamos a sombra da pandemia a condicionar o stock e os envios de equipamentos, atualmente temos o monstro da inflação que está a amedrontar os possíveis consumidores e, como tal, tem sido complicado vender as unidades que estão a chegar às lojas.

E nada como números e análises concretas ao mercado para termos uma ideias mais realista do sucedido. Como tal, de acordo com as mais recentes informações, o envio de placas gráficas caiu para níveis idênticos aos do ano do 2008, quando a crise no setor tecnológico se instalou.

Imagem Hardware Unboxed