Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Face ID

Apple testa no iPhone 13 o Touch ID sob o ecrã e um iPhone dobrável

A Apple terá uma série de tecnologias em teste que poderão fazer parte dos lançamentos deste ano. Conforme já se falou, a Foxconn terá terminado a fase de testes do iPhone dobrável e agora sabe-se que a empresa californiana estará também a testar o botão Touch ID por baixo do ecrã.

De acordo com a Bloomberg, o Touch ID debaixo do ecrã estará presente, assim como  o Face ID. Então, caberá ao utilizador escolher um ou outro de acordo com o seu desejo.

Imagem ilustração iPhone 12 Pro Max com Touch ID


Intel apresenta ‘RealSense ID’ como alternativa ao Face ID para dispositivos inteligentes

O Face ID é ainda o mais seguro método de identificação utilizado nos dispositivos móveis. A Apple desenvolveu esta tecnologia depois de ter adquirido duas empresas israelitas especialistas em cibersegurança, machine learning (aprendizagem automática) e reconhecimento facial: a RealFace, no início de 2017 e a PrimeSense em 2013. O primeiro equipamento a usufruir desta inovação foi o iPhone X, equipamento que veio inaugurar uma nova linha de smartphones da empresa. Agora, a Intel apresenta o ‘RealSense ID’ como uma alternativa ao Face ID para dispositivos inteligentes.

Poderá a tecnologia da Intel superar o Face ID?

Imagem tecnologia RealSense ID da Intel para entrar no mercado do Face ID da Apple


Dica – Configurar o Face ID no iPhone ou iPad para o reconhecer com máscara

O Face ID é um dos melhores métodos de segurança atualmente no segmento dos smartphones e tablets. Ao verificar o nosso rosto, procura mais de 30.000 pontos invisíveis para criar um mapa do nosso rosto em profundidade. Com a pandemia, as máscaras trouxeram um problema a este recurso, ele não nos reconhece e, para usarmos, o dispositivo temos de introduzir o código. Contudo… podemos expor a segurança de acesso ao dispositivo.

Então e se “ensinássemos” o nosso iPhone ou iPad a nos reconhecer mesmo com máscara?

Ilustração técnica para usar máscara e ser identificado pelo Face ID no iPhone ou iPad


Apple estará a preparar a chegada do Face ID ao macOS e aos seus computadores

A Apple sempre se focou em trazer para os seus equipamentos as melhores e mais seguras medidas de proteção aos utilizadores. Só assim garante que os seus dados estão salvaguardados e não são acedidos pelas apps que são usadas.

Uma dessas medidas foi a chegada do Face ID ao iOS e ao iPhone, que usa a face do utilizador para desbloquear os equipamentos. Se este estava associado apenas ao iOS, em breve pode ser alargado e chegar também ao macOS e aos computadores da Apple.

Face ID Apple macOS Mac


Face ID no futuro poderá mapear as veias de um utilizador para evitar confusões entre gémeos

O Face ID é hoje dos melhores, se não mesmo o melhor, sistema de segurança móvel do mundo. Mas, ao que tudo indica a Apple quer este sistema biométrico ainda mais blindado. Segundo a Apple, a probabilidade de uma pessoa aleatória ultrapassar a segurança do Face ID é de uma num milhão. Contudo, ainda está por ultrapassar o “problema dos gémeos”. São casos raros, mas existem.

Para ultrapassar este problema, a empresa de Cupertino poderá tirar partido dos padrões únicos e difíceis de copiar das veias que residem sob a pele.

Ilustração do Face ID com recurso às veias