Quantcast
PplWare Mobile

Apple explica a razão de o MacBook não ter ecrã táctil ou Face ID

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. sayWhat says:

    Passo bem sem ambas…

  2. Secadegas says:

    Hahahahaha… Para isso era preciso o iPad correr MacOS e o notch ser uma questão de estética…

  3. Zed says:

    Isso não explica porque não os utilizaram como sistemas redundantes.
    Também não percebo porque tiraram aquelq barra LCD do teclado…

  4. Helio says:

    Lol. Sim, sim. Não querem é perder a venda dos ipad e maximizar o lucro pois os ecrãs são mais baratos.
    E quanto a id? Querem é maximizar o lucro.. Se no iPhone faz mais sentido com o dedo no Mac faz mais sentido com a cara…
    Basta abrir o ecrã desbloqueia..Windows tens tudo ecrãs tateis, dedo, cara… E bem mais barato…
    Os novos mac vão até 8000 euros… Tá tudo doido…

    • Rodrigo says:

      Diga-me uma empresa que quer perder lucros.
      Ja agora, ‘e bem melhor e mais fácil desbloquear o iPhone com a cara do que com o dedo. 1000% melhor! Qualquer coisa me diz que vai introduzir Face ID nos próximos MacBooks.

      • Jorge says:

        Claro que vai, o design está feito, é só colocar a funcionalidade.

      • IKAROS says:

        Os aparelhos iOS têm sensor de movimento. E o sensor de movimento ativa o FaceId.
        Nos portáteis, não faz sentido levar o tempo todo com o FaceId ligado, pois mataria a bateria.
        Nos portáteis faz sentido acordar o portátil carregando numa tecla, e para isso já lá está uma tecla com o TouchId.
        Portanto em portáteis o que faz sentido é TouchId.
        Concordo com a Apple.

        • Samuel SP says:

          Parvoice pois o faceid so ativaria quando e preciso para pagamentos ou desbloquear o pc. Não estaria a ser usado a qq momento.

        • Toni da Adega says:

          É possível trabalhar um dia inteiro num portátil sem utilizar o teclado. E é possível acordar um portátil abrindo o mesmo ou utilizando o rato.

          • keyZ says:

            Gostava de ver isso… Agora a serio, quanto do teu trabalho é feito sem teclado?
            Ou es daqueles que “trabalha” apenas com o rato?
            Já sei, o trabalho de toda a gente é editar videos e fotos, pois, a conversa de sempre.

          • Toni da Adega says:

            É possível trabalhar um dia inteiro num portátil sem utilizar o teclado, e é. Edição de musica, video e imagem é um desses trabalhos.
            Não afirmei que todo o trabalho e que toda a gente assim o trabalha.

            Também é possível trabalhar todo o dia só utilizando o teclado e nada mais. Espera isso também é impossível porque nem todos são programadores.

        • Rui Carriço says:

          Só uma ideia , que tal o face ID só ligar quando abrires o portátil ou quando fazes login? Sei lá… Podia ser interessante, aposto que nunca ninguém pensou nisso.

  5. Pedro F. says:

    Isto não é uma explicação… É uma desculpa.
    Basicamente dizem que quem quer touch que compre um ipad e o face id não está lá porque não lhes apeteceu… Quando agarro o meu iPhone para fazer swipe up também já tenho os dedos no telemóvel mas aí o argumento era de ser muito mais seguro… Agora já vamos lá pela conveniência…

  6. Pjs says:

    Ipad ser o melhor computador touch é de rebolar a rir. Apple sem noção.

    • Unknown says:

      Qual e melhor que o ipad? Surface pro 8 que dura 4 h de bateria a 120hz quando o ipad pro a 120hz dura 12h? Ja nem falo que o windows para touch e tao mau que nem vale a pena… apple domina o mercado dos pcs com este macbooks e ainda tem o melhor qualidade preco com os macbook air onde nenhum pc mesmo mais caros lhes chega aos calcanhares

  7. Júlio says:

    Lol requerer acção na mesma.
    E agora com a máscara não dá jeito nenhum..
    Com o dedo tiras o tlm do bolso e já vais tocar nele e vais mexer nele é só por o dedo…. Se for a trás do tlm… Mais prático é.. Até dentro das calças já podes pôr o dedo ao tirar do bolso…
    Interação tem de haver sempre seja com cara seja com dedo..
    É tudo treta para maximizar lucros….
    E qual a empresa que não quer maximizar?
    Certo… Todas..
    Mas havendo concorrência com isso tudo é liberdade para usar a cara o dedo o teclado o ecrã… Só os fanáticos pelo design e sistema operativo da maçã.. É que entre dois produtos equivalentes, mas um Windows mais versátil é que optam pela maçã… Não sei se será a melhor opção… Mas que vende vende…
    Vivemos muito das aparências… E para se parecer rico há que usar coisas de ricos…
    É o mundo que temos…

    • Samuel SP says:

      A mascara não ha de durar muito mais. Eu pessoalmente ja nao a uso nem a entrar em cafes ou restaurantes mas para quem ainda usa não sera por mais que uns meses

    • Sujeito says:

      Um canivete é versátil mas é preferível uma ferramenta específica na hora de talhar a obra.

    • Rodrigo says:

      muito me rio com comentários destes!
      Como disse o Samuel, as mascaras nao vai durar mais tempo. E se tiveres um Apple Watch no pulso, o telemóvel desbloqueia-se so o face-id falhar. Isso ‘e um nao problema.
      Pores o dedo no sensor ‘e mais pratico do que olhar para o telemóvel? Ta bom. Nao sei se sabes mas no iPhone tens a opção de desbloquear o telemóvel e vai directamente para o Home screen sem precisares de fazer swipe? Eu pessoalmente nao tenho isto, prefiro fazer o swipe.

      E por aquilo que dizes esta mais do que visto que nunca utilizaste um produto apple por um tempo prolongado. Eu tenho um Macbook pro de 2015 e tenho um Lenovo Thinkpad de 2020 do trabalho. Sem sombra de duvidas que utilizar o MacBook ‘e mais pratico e mais eficiente do que o Thinkpad. (Alias pergunta a uma pessoa que utiliza os dois sistemas SOs qual prefere e viras que vao dizer todos a mesma coisa.) Agora imagina qual dos dois computadores tem ‘melhor’ hardware…

      Tenho um iPhone XS Max de 2018 e um redmi note pro de 2021. Agora imagina qual dos dois prefiro utilizar? E agora diz-me qual dos dois tem ‘melhor’ hardware?

      Mas claro que a minha opinião informada nao vale nada e sou obviamente fanatico! Toodos aqueles que preferem o macOS ou iOS tb são obviamente fanáticos! ‘E impensável dizer que a maca afinal vale qualquer coisa. Mas a tua opinião de – ‘ Vivemos muito das aparências… E para se parecer rico há que usar coisas de ricos…’ ‘e que esta certa.

      ‘E como digo – voces sao todos iguais…

  8. adbu says:

    A barra lcd nos portáteis era o melhor do mundo em 2016 quando apresentaram. Passado pouco tempo desapareceu.

  9. Toni da Adega says:

    iPhone nunca fez. E a maioria dos Androids também não.
    Se esse necessita de scan e swipe, então convém verificar as definições de sistema que isso não é normal

  10. Websoul says:

    Utilizei o mac 15” com a Touch Bar e agora uso o de 16” e digo-vos que não me faz falta. Quanto ao Face ID era porreiro ter mas apenas para desbloqueio de ecrã!
    No que diz respeito ao ecrã touch num macOS, aguardo pacientemente por tal feito! O MacBook Pro de 13” já poderia dar esse salto e fundir-se com o iPad 12.6” com um macOS nativo e de cada aplicativo que se abrisse aparecia a mesma em modo iPadOS para otimização do seu uso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.