Quantcast
PplWare Mobile

Tags: EV

Fabricantes automóveis vão duplicar gastos com elétricos e baterias

Cada vez mais o assunto dos carros elétricos é frequente, assim como a quantidade destes veículos que circula nas estradas portuguesas e no resto do mundo. Tal também aumenta o interesse dos consumidores e incrementa as necessidades deste setor.

Desta forma, as últimas notícias indicam que as fabricantes automóveis vão gastar o dobro com os veículos elétricos e com baterias para 1,2 biliões de dólares até 2030.


Xiaomi quer entrar no top 5 de marcas de carros elétricos… com smartphones conseguiu

A Xiaomi é uma empresa relativamente recente. Foi criada em 2010 e entrou para o segmento dos smartphones como uma solução de qualidade a preços mais baixos. Em menos de 10 anos, ultrapassou e fez desaparecer marcas do segmento como a Sony, LG, Motorola ou Nokia, chegando mesmo a alcançar, em alguns períodos, o primeiro lugar em vendas de smartphones, à frente da Apple e da Samsung.

Depois de conquistar o mercado dos smartphones, Lei Jun, CEO e fundador da empresa, já afirmou que estava agora focado no setor automóvel, onde também quer chegar ao top 5 para, assim, poder considerar o investimento neste setor um sucesso.

Xiaomi quer entrar no top 5 de marcas de carros elétricos... com smartphones conseguiu


Do iPhone para o Tesla: Foxconn prevê o seu futuro de carros elétricos

São muitas as empresas de tecnologia que estão a olhar para o segmento dos carros elétricos e autónomos. A Xiaomi e a Sony são dois bons desses exemplos, mas não são as únicas. A Foxconn conhecida pelo fabrico de iPhones da Apple falou agora ao público para dar a conhecer alguns dos projetos que tem relacionados com EVs.

O CEO da empresa falou mesmo que um dia gostaria de estar em condições para produzir carros elétricos para a Tesla.

Do iPhone para o Tesla: Foxconn prevê um futuro de carros elétricos


Honda quer ter pelo menos 10 novas motas elétricas até 2025

A mudança dos veículos de combustão para os elétricos está a acontecer de forma muito rápida e prevê-se que 2025 e 2030 sejam anos decisivos para várias fabricantes que já anunciaram que iriam deixar de fabricar as opções com motor de combustão. A Honda apresentou agora os seus planos para 2025 relativos ao seu segmento de motociclos.

A Honda diz que dentro de três anos espera ter no mercado 10 novas motas elétricas.

Honda quer ter pelo menos 10 novas motas elétricas até 2025


França quer liderar o mundo dos veículos elétricos? Há um novo projeto

Nos últimos dias têm sido várias as notícias que parecem querer colocar a França num lugar de destaque na Europa e no Mundo no que respeita à transição energética, deixando para trás a utilização de combustíveis fósseis.

Depois de algumas medidas interessantes nesse sentido, o país parece estar a criar um programa que irá permitir às pessoas utilizar carros elétricos alugados, por um valor muito interessante.

França quer liderar o mundo dos veículos elétricos? Há um novo projeto