Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Epic

Apple acusa a Microsoft de estar por trás de todo o processo da Epic Games

A batalha que a Epic Games iniciou contra a Apple e a Google quer mudar a forma como compramos apps e serviços nos smartphones. Depois de vários ataques de parte a parte, o processo deu entrada em tribunal e está já em julgamento.

Este é uma fonte única de informação sobre as empresas e a Apple agora revelou uma desconfiança curiosa. Segundo a gigante de Cupertino, a Microsoft poderá estar por trás de todo o processo da Epic Games.

Apple Microsoft Epic processo tribunal


Phil Schiller da Apple já em 2011 sugeria que as comissões da App Store baixassem para 20%

A novela que tem como protagonistas a Apple e a Epic Games está ao rubro. Nos últimos dias, muitas têm sido as revelações feitas em trono deste caso, com a Epic a acusar, por exemplo, a marca da maçã de ter uma margem de lucro com a App Store a chegar aos 78%.

Relativamente às comissões da Apple há agora um dado novo que coloca Phil Schiller como personagem essencial nesta história. O executivo da Apple, há 10 anos, já teria sugerido uma diminuição das comissões de 30% para 25% ou mesmo para 20%.

Phil Schiller da Apple já em 2011 sugeria que as comissões da App Store baixassem para 20%


Será verdade? Epic afirma que margem de lucro da App Store da Apple chega aos 78%

Apesar de não ser um valor público, é certo que a App Store é uma fonte de elevado rendimento para a Apple. Esta concentra todas as apps que os utilizadores do iOS podem aceder, quer sejam gratuitas ou pagas.

Com a luta nos tribunais que acontece, que a coloca a Apple contra a Epic, vão surgindo novos dados. A criadora de jogos trouxe agora uma testemunha que pretende mudar o cenário. Foi revelado que a margem de lucro da App Store da Apple chega aos 78%.

Será verdade? Epic afirma que margem de lucro da App Store da Apple chega aos 78%


Facebook apoia EPIC, dona do Fortnite, na batalha contra as “políticas injustas” da Apple

O Facebook tem tentado demover a Apple das suas políticas de privacidade. Segundo a gigante das redes sociais, o facto da empresa de Cupertino introduzir regras que protegem o utilizador, não permitindo que eles sejam “rastreados” enquanto navegam na web, é uma prática injusta. A Apple tem mantido a sua posição, defendendo que os utilizadores têm o direito a esta segurança e privacidade. Agora, o Facebook parece intentar uma nova manobra de ataque à Apple.

O Facebook anunciou o seu apoio à Epic Games, proprietária do popular jogo Fortnite, na batalha contra o que eles chamam de “políticas injustas” da Apple.

Ilustração Facebook a dar apoio à Epic Games


Apple reduz taxa de comissão da App Store para 15% num novo programa

A Apple ouve o mercado e quanto mais “barulho” o mercado fizer, mais incomoda a gigante de Cupertino. Como tal, após muitas críticas surgidas ao redor da contenda com a EPIC Games, a empresa parece querer agora estimular as pequenas empresas de programadores. Como tal, a Apple anunciou hoje uma mudança notável na sua estrutura de comissões da App Store.

A empresa está a lançar o Programa para Pequenos Negócios da App Store. Assim, a comissão da App Store será colocada nos 15% para programadores que ganharam até 1 milhão de dólares em receitas durante o ano anterior.

Imagem ilustração Apple App Store