PplWare Mobile

Tags: energia renovável

Escócia terá energia 100% renovável até ao final de 2020

A Escócia está a caminho de uma grande conquista. O país irá ter energia 100% renovável até ao final deste ano.

É cada vez mais urgente que todos, sem exceção, tenhamos consciência das alterações climáticas, protegendo o nosso planeta o melhor que pudermos.

Escócia terá energia 100% renovável até ao final de 2020


Painéis Solares: 30 kW para consumo próprio sem taxas

Há grandes novidades no que toca à carga fiscal direcionada à captação de energia solar para auto-consumo. Nas negociações sobre a diretiva de energia renovável, os estados membros da UE chegaram a um consenso em relação à proibição de impostos discriminatórios para a energia auto-produzida.

A regulamentação indiscriminada abrange sistemas de até 30 kW de capacidade. Além disso, a dupla tributação através dos encargos adicionais sobre o armazenamento de energia deve ser evitada.

Painéis Solares: 30 kW para consumo próprio sem taxas


Apple já funciona com 100% de energia renovável

A Apple foi considerada por vários anos como a empresa tecnológica mais “green” do mundo, segundo um ranking da Greenpeace. Contudo, a empresa teve há uns anos um relacionamento complicado com o ambientalismo e a energia verde. Tudo mudou após esforços consideráveis para adotar totalmente a energia renovável.

No outono de 2016, a empresa aderiu a uma iniciativa global chamada RE100, reivindicando uma meta de 100% de energia renovável. Essa proclamação seguiu-se a um acordo de 2015 que tornou a Apple a maior corporativa de energia renovável nos EUA.


Portugal esteve 3 dias a consumir apenas energia renovável

Portugal tem investido forte no campo das energias renováveis. Em 2016 o país conseguiu estar, durante 4 dias, apenas “alimentado” por energias renováveis.

Notícias recentes revelam que entre as 16h da tarde de sexta-feira, dia 9 de março, e as 13h de segunda-feira, dia 12 de março, Portugal voltou a estar assegurado “energicamente” apenas por fontes renováveis.

Portugal - energia


Veículos elétricos têm um custo oculto, não são assim ecológicos

A questão dos veículos elétricos (EVs) terem “emissões zero” tem sido contestada por várias instituições. Contudo, há um apoio cada vez maior por parte dos governos para aumentar o “consumo” deste tipo de veículo em detrimento dos outros movidos a combustíveis fósseis.

Os EVs, segundo o MIT, têm uma pegada ambiental maior que os veículos de combustíveis fósseis. Será que só se está a olhar para o escape?