Quantcast
PplWare Mobile

Tags: cpu

Rússia: empresa recorre a CPUs russos para continuar a fabricar caixas automáticas

À medida que a guerra na Ucrânia se vai intensificando, a Rússia sofre constantes sanções devido à sua conduta de ter espoletado este mesmo conflito. No que respeita ao segmento tecnológico, várias já foram as marcas que viraram as costas ao país euroasiático, nomeadamente as gigantes Intel, AMD e Nvidia.

Como consequência, o país de Vladimir Putin tem tentado encontrar alternativas para fazer frente a estas mesmas sanções. E de acordo com notícias recentes, a empresa BFS está agora a recorrer aos chips de processamento russos Elbrus, desenvolvidos na região, para conseguir continuar a fabricar caixas automáticas.


Novos processadores AMD Ryzen 7000 podem chegar às lojas a 15 de setembro

Avançamos a passos largos para a chegada de novos equipamentos no setor das placas gráficas e também dos processadores. Do lado da Nvidia aguarda-se pelas GPUs da nova linha GeForce RTX 40, enquanto que a AMD está a preparar as gráficas Radeon RX 7000 e também os processadores Ryzen 7000.

E segundo as mais recentes informações vindas de fontes da indústria, a próxima gama de CPUs da empresa de Lisa Su deve chegar às prateleiras das lojas no dia 15 de setembro.


Empresa Tachyum anuncia os seus CPUs Prodigy com até 128 núcleos a 5,7 GHz e 950 W

Quando o assunto são os processadores, normalmente estamos a falar da Intel ou da AMD, que são as principais marcas deste setor. No entanto, há outros nomes que se têm destacado e começado a ganhar algum terreno neste mercado.

Um desses nomes é a empresa norte-americana Tachyum que recentemente anunciou os seus novos processadores designados Prodigy. Os equipamentos têm até 128 núcleos a operar a 5,7 GHz e um consumo energético de 950 W.


CPUs Intel Meteor Lake ultrapassarão os 6,50 GHz com o mesmo consumo que os Alder Lake

A Intel lançou os seus novos processadores Alder Lake de 12ª geração. No entanto, a fabricante californiana já está a pensar na próxima geração e na seguinte, nomeadamente os Intel Core Meteor Lake.

E de acordo com as recentes informações que foram agora reveladas, os CPUs Intel Meteor Lake podem conseguir ultrapassar os 6,50 GHz com o mesmo consumo dos chips de processamento da atual geração.

Intel


CPUs AMD Ryzen 8000 “Granite Ridge” com arquitetura Zen 5 vão chegar no final de 2023

O mercado dos processadores ainda é liderado à vontade pela Intel. No entanto, já aqui informámos por diversas vezes que a AMD se tem aproximado cada vez mais, e de uma forma sólida, encurtando a sua distância da rival californiana.

E para reforçar ainda mais esta tendência, a empresa de Lisa Su anunciou recentemente que a sua próxima geração de processadores Ryzen 8000 “Granite Ridge”, com arquitetura AMD Zen 5, vai chegar no final do ano de 2023.