Tags: chrome

Novo Opera 47: Para quem quer um browser a sério

Depois da chegada do Firefox 55 e do Vivaldi 1.11 agora foi a vez do novo Opera 47 ser disponibilizado para todos. Como temos referido sempre, este é sem dúvida um browser capaz de ombrear com o Firefox ou até mesmo com o Chrome, uma vez que é um dos que mais funcionalidades e inovações integra.

Vamos conhecer as novidades do Opera 47.


Google deixou de ser o motor de pesquisa do Android na Rússia

Há alguns meses que a Rússia iniciou um processo de tentativa de controlar as empresas estrangeiras que operam no país. São vários e conhecidos os processos que tem a decorrer contra várias gigantes tecnológicas e que podem levar a que sejam expulsas.

Depois de várias tentativas, foi finalmente conseguido pela Yandex que a Google deixasse de ser o motor de pesquisa padrão no Android, pelo menos em território russo.

Pesquisa Google


Chegou o novo Chrome 60! A Google pensou na Apple…

Mais um mês e mais uma versão de um dos browsers mais populares do mundo, o Chrome. Depois da nova interface de configurações, baseada em Material Design, que chegou com o Chrome 59, agora a nova versão 60 traz novidades para os utilizadores dos novos MacBook Pro com Google e também melhorias ao nível da segurança.


Dica: Dados do Chrome sincronizados em vários dispositivos

Hoje em dia é normal termos mais de que um dispositivo para acedermos à Internet. Seja via PC, tablet ou smartphone facilmente conseguimos aceder a sites e serviços para realizarmos as mais diversas operações.

Com o conceito Cloud tudo ficou ainda mais simples pois a informação que temos num dispositivo (ex. marcadores, histórico de pesquisas, passwords, etc) passou a estar disponível em outros equipamentos. Saiba como usar no Chrome, com uma conta Google.


Usa o Chrome? Veja se está exposto a este bug de segurança

Os browsers, elementos essenciais para a navegação na Internet, estão expostos a muitas formas de ataques e tentativas de roubo de dados. As empresas que os desenvolvem procuram defender-se, mas nem sempre o conseguem.

No Chrome, o browser da Google, foi descoberta uma falha com elevada importância, que deixa os utilizadores vulneráveis. O pior é que anda não foi corrigida.