Quantcast
PplWare Mobile

Tags: baterias

Fabricante chinesa de elétricos Nio vai criar baterias a partir de 2024

Quando falamos em carros elétricos, é normal pensarmos em primeiro lugar na Tesla de Elon Musk. No entanto este mercado tem evoluído significativamente, o que leva a que mais empresas estejam também a querer ter uma participação.

Neste sentido, a fabricante chinesa de carros elétricos Nio anunciou agora que vai começar a fabricar baterias que ela mesma desenvolveu a partir do ano de 2024.


Hyundai anuncia primeiras instalações dedicadas aos elétricos nos EUA

As fabricantes não estão a poupar esforços para garantir que estão prontas para a transição elétrica que, aos poucos, vai acontecendo. Mais um exemplo disso é o Hyundai Motor Group que anunciou as suas primeiras instalações totalmente dedicadas aos elétricos.

Essas serão desenvolvidas no estado da Geórgia, nos Estados Unidos da América.

Hyundai


Fabrico de baterias para carros elétricos vai ficar 22% mais caro em apenas quatro anos

Atualmente já são cada vez mais frequentes os veículos elétricos nas estradas portuguesas e, com facilidade, os vemos misturados com os carros mais tradicionais, a motor de combustão. Tal deve-se à maior oferta existente no mercado e, claro está, ao preço mais acessível de alguns modelos para que as pessoas ponderem a sua aquisição.

No entanto, parece que o futuro trará algumas notícias menos boas para este segmento. De acordo, com as mais recentes informações, o fabrico de baterias para carros elétricos poderá ficar 22% mais caro em apenas quatro anos. E a grande responsável por isso é a escassez de matérias-primas, como o lítio.

Baterias elétricos


CEO da Stellantis alerta que não haverá baterias suficientes para tantos carros elétricos

Tendo em conta a pressão para a transição para uma mobilidade elétrica exercida pela Europa, o CEO da Stellantis Carlos Tavares alerta que, a partir de 2025, não haverá baterias suficientes para tantos carros elétricos.

A rapidez exigida poderá prejudicar o fornecimento.

Carlos Tavares, CEO da Stellantis


CEO da Volvo alerta para a escassez severa de baterias para carros elétricos

A procura crescente por carros elétricos tem levado a que muitas fabricantes já tivessem anunciado o fim da produção de carros alimentados por combustíveis fósseis nos próximos 10 ou 15 anos. Além disso, já quase todas as marcas mais populares contam com a sua versão 100% elétrica.

Mas esta mudança poderá vir com um problema atrelado que parece ser fácil de antecipar e para o qual o novo CEO da Volvo já deixou o alerta: poderá haver uma escassez no fornecimento de baterias.

Imagem Volvo elétrico que ilustra ataque