Quantcast
PplWare Mobile

Tags: baterias

Porsche quer provar que produção de baterias pode ser rentável em países com salários altos

De forma a gerar o maior lucro, as empresas instalam as suas infraestruturas em países cuja mão-de-obra é mais barata. No entanto, a Porsche quer ser pioneira. Para isso, pretende provar que, no seu caso, as baterias podem ser produzidas de forma rentável em países com salários elevados.

Exemplo disso é a Alemanha, sede da marca, onde será então construída a nova fábrica.

Porsche Taycan


Tesla vai reciclar motores e baterias na Giga Shanghai

Além de ter cofundado uma das mais relevantes empresas de veículos elétricos, Elon Musk não esconde que é um aficionado pelo clima e pela luta contra as alterações climáticas. No entanto, um dos grandes problemas dos elétricos é o ciclo de vida das suas baterias, que choca com os valores que aparentemente o CEO defende.

Indo ao encontro de uma solução para esta problemática, a Tesla vai reciclar motores e baterias nas novas instalações da Gigafactory em Shanghai.

Reciclagem de baterias


Especialista diz que em breve a maioria dos elétricos terá 500 km de autonomia

Sendo uma opção relativamente recente, ainda existem muitos entraves à adoção de um carro elétrico. Desde o impacto das baterias, passando pela logística das estações de carregamento, até à autonomia que, para já, é insuficiente. Sobre esta último, há um especialistas que dá garantias.

Em breve, a maioria dos carros elétricos terá uma autonomia de pelo menos 500 km.

Maximilian Fichtner, especialista em baterias


Europa será responsável por 31% da produção mundial de baterias

A vontade de eletrificar o setor automóvel cresce substancialmente a cada ano. Além do desafio das novas tecnologias, existe claramente uma obrigação de diminuir as emissões poluentes. Como resultado, a indústria já se mobilizou na direção de haver mais oferta de produção de baterias.

Embora o setor dos elétricos seja dominado pela China, a Europa poderá vir a ser responsável por 31% da produção global de baterias, até 2030.

Veículo elétrico


Panasonic quer deixar de estar tão dependente da Tesla

A Panasonic planeia deixar de ser tão dependente da Tesla. Para isto, tornará as suas baterias compatíveis com os veículos elétricos de outras fabricantes mundiais de automóveis.

Esta decisão surge no seguimento do fabrico das suas próprias baterias, pela Tesla, bem como pela expansão dos seus fornecedores, indo além da Panasonic.

Panasonic e Tesla