Quantcast
PplWare Mobile

China supera os dois milhões de pontos de carga para carros elétricos

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Ana Sofia Neto


  1. João Ferreira says:

    Pena que com os apagões não haja eletricidade para os carregar… Austrália volta-lhes a vender o carvão, eles pedem desculpa!

  2. Maresia says:

    Muito lindo, entretanto cá neste país vamos roubando como podemos os tontinhos do elétricos. É para aprenderem a não irem logo com a manada.

    https://www.facebook.com/100001497349914/videos/304305384761744/

  3. José says:

    Com uma população várias vezes superior a qualquer outro país, além da Índia, façam o que fizerem será sempre com números altos. Por outro lado incentivam a compra destes veículos, por outro, têm faltas de energia que nem as diversas centrais a carvão que todos meses inauguram conseguem suprimir. Depois andamos nós, a levar com as culpas de tudo e um par de botas, por sermos “ricos”! Que mundo de doidos.

  4. HB76 says:

    Entretanto queimam mais carvão para poderem alimentar isso tudo. Tudo muito ecológico.

  5. Str says:

    Aposto que esses carregadores são alimentados a gasóleo e queima de carvão

  6. RatazanaDoPunjab says:

    As fábricas na China andam a trabalhar metade dos dias por causa das quebras na electricidade.
    Esses postos ficam bem na foto, pena que não sirvam para mais nada…

  7. Há cada gajo says:

    …e entretanto estão a construir mais 24 centrais a carvão e prometeram não construir mais centrais no exterior ! Viva a hipocrisia !!!!

    • Tonheco says:

      Achas mesmo que alguém faz caso da Europa e as suas moralidades? A Europa nos tempos atuais não tem qualquer relevância, tornou-se fraca.
      A china está em condições de fazer o que bem lhe apetece, o mundo consumista não consegue viver sem uma china.

      • Há cada gajo says:

        Eu disse que achava ? A Europa e os EUA continuam a ostracizar a China porque o sistema politico é diferente do ocidente , porque o ocidente tambem é fundamentalista porque acha que só o seu sistema político é que é bom e no entanto manda todos os recursos para a China que produzir/transformar e revender ganhando esta força politica, ideológica e acima de tudo económica. Isto até parece nonsense, porque temos uma classe politica que isola a China sendo esta a maior potencia mundial e com uma palvra a dizer sobre tudo o que é matéria a nivel global. Alimentaram o monstro e agora, o monstro não quer saber de nada. E andamos nós aqui feitos parvos a pagar todos os devaneios das politicas modernas desta nova geração de politicos de gabinete que nunca fez nada na vida a não ser sujar as mãos no tonner da fotocopiadora…e agora nem isso !

  8. Tonheco says:

    Isto em portugal vai ser uma mina de ouro a 50 e mais euros cada carregamento, com grande parte em impostos.
    Começo a ver a obsesssão pelos eléctricos, principalmente pela Europa que por acaso, mas só por acaso não tem petróleo nem outro fósseis.
    Tudo pela cartei……..alterações climáticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.