PplWare Mobile

TOP 10 – Distribuições GNU/Linux mais populares em 2018


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

54 Respostas

  1. Malequias says:

    E qual foi a fonte ?

    • okapi says:

      PPLWARE , só pode.

      • Ruy Acquaviva says:

        A fonte é a contagem de acessos (ranking de acessos) do site Distrowatch. Essa lista indica apenas a quantidade de consultas que cada distribuição recebeu neste site que corresponde ao interesse despertado pelas distribuições.
        Por ser um site muito conhecido e prestigiado, ele é considerado um bom indicador. Mas não há nenhuma garantia que haja uma relação direta entre esse interesse e um maior número de instalações ou uma importância maior da distro.

    • Malequias lê bem antes de comentares says:

      No inicio do artigo está bem referenciado a fonte e tá puseram o link:
      “Tal como fizemos em outros anos, o TOP 10 apresentado deste artigo teve como base o parâmetro hits per day disponibilizados no site Distrowatch.”

    • Daniel says:

      Como sempre a porcaria do distrowatch

  2. PEDRO says:

    Já usei todas, menos a TRUEOS.
    Meu destaque vai para distribuição SOLUS, mesmo sendo Rolling release é bem estável. O ambiente Budgie possui fluidez.
    A MX Linux é outra distribuição bem acabada e traz muitas ferrramentas úteis pré-instaladas.

    • Daniel says:

      Nem uses essa distro, é uma das piores e mais bugadas, feias, horríveis, nem a versão alternativa com Fluxbox funciona.
      Lumina desktop é uma porcaria!

  3. Nelson Carvalho de Jesus says:

    É uma tabela dinâmica ano após ano, o que domonstra a capacidade de adaptabilidade de cada um dos desenvolvedores de software Open source. Para quando uma matéria do melhor hardware com Linux instalado de raiz (com vista os consumidores portugueses como objetivo), já que as distros Manjaro e Ubuntu já o fazem…

  4. Isaque Fernandes says:

    Linux Mint

  5. Miguel says:

    Quando a Microsoft fizer uma versão para linux eu mudo de OS.
    Até lá estou “preso” ao windows

    • Realista says:

      O problema não é fazer uma versão, o problema é ter aplicativos compatíveis com Linux…
      MS Office e Wunderlist fazem-me falta. 🙁

    • CMatomic says:

      Basta a Microsoft utilizar o kernel Linux para ser uma distro Linux , mas hoje em dia pode-se utilizar o sistema GNU através Bash-GNU ” conhecido como bash linux on windows” no windows 10 ate é possível instalar vários ambientes de trabalho GNU , como gnome , xfce , mate atraves do sistema Bash .
      Mas nada se compara a combinação GNU/Linux , porque o sistema é partilhado por varias empresas , enquanto o Windows é propriedade da Microsoft .

  6. arc says:

    Se a Distrowatch diz…não se contradiz!

  7. arc says:

    Mas PPinto, se for assim, “O ano de 2018 já vai a meio e talvez seja um bom momento para fazer um top 10 das distribuições GNU/Linux.”, talvez a pesquisa pelos Last 6 months seja a melhor opção.

  8. Idalino says:

    Deepin Linux, KDE Neon!

  9. nkp says:

    porque copiam sempre os mesmo artigos?

  10. LnxSlck says:

    Entao e o Nitrux?

  11. okapi says:

    ahahaha ! e openSUSE, nem aqui aparece. Ou será por não ser para todos.

    • jaugusto says:

      Fonte: Distrowatch.
      O opensuse deixou – voltou agora outra vez – live images para testar se calhar foi por isso.

    • José says:

      OpenSuse para uso diário desde 2007

      • okapi says:

        E fizestes boa escolha. Eu sou do tempo do SuSE, (1999) muito antes do openSuse, e recordo-me de ter havido nos anos 2004/5 por essa altura uma comunidade muito forte em PT que até foristas do Suse BR colabravam e vinham beber ao Suse PT muito do conhecimento. E havia alguns participantes incríveis, lembro-me de alguns não vou dizer nomes, colaborabam no desenvolvimento, organizaram encontros, (Caldas da Rainha) e outro com a KDE, bons tempos depois acabou tudo. Acredito que se não tivessem parado hoje a Suse em PT estaria noutra posição, felizmente que os verdadeiros user e apaixonados continuaram a utiliza-lo. Nunca mais ouvi falar dessa malta, depois de ter saído de PT em 2007. Saudades desse tempo.

        • Miguel says:

          Okapi, eu fazia parte desse SuSEPT. Grandes nomes que por lá passaram! Foi lá que aprendi bastante do que sei. Desde 2007 que usei somente linux e o culpado foi o opensuse

    • Daniel says:

      OpenSUSE não é pra todos, só o facto de não ter todos os codecs de áudio e multimídia pré-instalados, ter uma filosofia péssima, e ter alergia a drivers proprietários faz dela o que é hoje. Não popular.

  12. José Maria Oliveira Simões says:

    A adopção e utilização em ambiente de produção do ZFS pelo Linux está algo atrasado e isso é preocupante. Os discos cada vez são maiores e a informação neles contida é em quantidades cada vez maiores. Seria um grande avanço técnico se o Linux tivesse o openzfs a funcionar como no bsd , Sun Microsystems (Oracle), Solaris …

  13. Carlos Castela says:

    Ubuntu

  14. Realista says:

    Decidi dar uma nova vida a um Laptop de 2009 (Nvidia GeForce G 103m (512mb), Intel T4300 (2.1Ghz) e 4Gb ram) e só com o Linux Mint em xfce é que me safei e o cinnamon embora seja utilizável funciona com ligeiro lag.

    Tudo o que é Ubuntu fico lagado, o melhor foi o budgie – o studio por exemplo mete o cpu a 100% constante só no arranque;
    TrueOS fica tudo desconfigurado desde a instalação;
    Elementary OS fico lagado…

    Até ponderei voltar para o Windows 10.

  15. Carlos Almeida says:

    Manjaro. Muito amigável.

    • Calvin says:

      Pena que os ubunteiros adoram humilhar o manjaro. Afinal, olha a posição do dito cujo no distrowatch, tá acabando com todas as debian-based e ubuntu-based. Isso mostrar que Arch não é só pra nerdões sem vida.

  16. Altino says:

    ah ah ah Ganoo/Shittux… instalar para a ’95 voltar 😀

  17. João Oliveira says:

    Tenho o mesmo portátil e uso diariamente com manjaro xfce. Muito estável e sem lag!

  18. Marcos says:

    MX Linux .. disparado a melhor distro atualmente.

  19. Altino says:

    alguem já exprimentou o void shittux ?

    • Daniel says:

      Não, uma bela porcaria que foi pro void do esquecimento, ainda mais com o Juan desaparecido, deixou a distro as moscas e diz-se assim como RR. Vamos rir!

  20. Fernando Gomes says:

    Actualmente usi o Mint, e eventualmente o Fedora, ambos instalados no mesmo portátil

  21. Filipe Coelho says:

    Eu estava a andar pela lista, quase a chegar ao fim e a pensar para mim: possa, e o Manjaro? Para mim é das melhores e nem está no top 10? E quando chego ao fim, “surprise motherf***” 😀
    Não conheço todas da lista, vou testar algumas distribuições, obrigado Pplware!

  22. Costa says:

    Pedro Pinto, sabes o que o distrowatch devia de ter? Um ranking com as distros mais revolucionárias, mas isso englobava criar uma grelha de itens a avaliar, e trabalho para avaliar segundo a grelha. Mais simples seria, pelo menos uma tabela com as distros distribuídas por famílias, tipo Debian e da mesma família ou aparentadas, Arch e aparentadas, e por aí fora. Mas pronto o mais fácil de tudo, e com menos trabalho possível, é contar o número de hits no próprio site do distrowatch.

  23. gui says:

    Este Mint 19 está no topo das minhas preferências. Ganha do Manjaro pelo excelente método de instalação do SO e pelo gerenciador de aplicativos que além do grande número de programas, facilita a instalação de aplicações mais usadas pelo usuário comum.

  24. C Paulo Freitas says:

    Uso Debian há pelo menos 12 anos…

  25. Pedro Reinel says:

    Então e o CentOS?? Para mim uma das melhores distribuições e mais estáveis

  26. Joaquim says:

    O meu sistema é: elementary OS.
    Muito bom 😉

  27. jesse says:

    Já usei o Solus, Manjaro e atualmente estou (de volta) ao Linux Mint

  28. Emílio Camargo Heringer says:

    Eu ainda prefiro o arch linux. Nada melhor que total liberdade

  29. Janailson says:

    Ubuntu 18.04.1

  30. pablo says:

    ninguém falou do centos kk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia