Chegou o Linux Debian 9.0 ‘Stretch’– Conheça as novidades


Destaques PPLWARE

36 Respostas

  1. Joao Reis says:

    Finalmente chegou o meu main OS.

  2. AT says:

    Recomendam para substituir o W10?

    Funcionará bem num Vaio com Intel I5 – dual graphics (intel + AMD) – 4Gb Ram – 500 Gb disco?

    Ou terá uma performance ao nivel do W10?

    Thanks

    • P says:

      Tem tudo para funcionar bem.
      Se te puder dar uma sugestão, e dependendo do uso que lhe vais dar, vê o Solus (solus-project.com)

    • Belmiro says:

      Instala numa pen ou dual boot e experimenta. O W10 é o que há de mais optimizado mas se queres grátis não tens outra opção

    • VC says:

      Tenho um portátil i5 tb e funciona bem o Debian aqui já à meio ano sem qualquer problema 🙂

    • Amigo says:

      Muito provavelmente podes esquecer a placa gráfica AMD pois não vai funcionar. Digo muito provavelmente pois não conheço o teu hardware em detalhe. Não sei se tens alguma experiência em Linux, mas se não for o caso, pessoalmente não recomendo o Debian para iniciantes, pois sendo uma distribuição com um conceito FOSS pode não ter suporte para todas as drives como também não ter todo o software disponível. Algo baseado em Ubuntu é uma melhor opção. A minha sugestão vai para o Linux Mint Cinnamon, estável e com grande facilidade de utilização. O que pode acontecer é o arranque do sistema ser ligeiramente mais demorado em comparação ao Windows 10 mas na utilização do sistema não deverá haver diferenças.

      Sempre podes aproveitar e comprar um SSD para substituir o HDD e se não usares o leitor de DVD compras um “caddy adapter” e metes o HDD no lugar do DVD assim ficas com dois discos no PC um para o sistema e outro para guardar todos os ficheiros que quiseres.

    • Miguel says:

      Podes confiar que irá funcionar perfeito. Já lá vão os dias em que não havia drivers gráficos bons em Linux. Em termos de performance será muito superior na utilização normal.
      No entanto para jogar os últimos jogos, o MS Windows continua a ser a única opção

      • Miguel says:

        Se és novo nos linux, aconselho o Ubuntu

      • Amigo says:

        Eu tenho um hardware parecido com o dele(i5 + AMD) gráficos híbridos e nunca consegui por a funcionar a placa gráfica da AMD. O sistema funciona bem com a gráfica interna da Intel mas jogar é para esquecer.

        Mesmo no Windows 10 o mesmo problema, tive de recorrer a uma drivers de terceiros(que trasem uns hacks para conseguirem funcionar no Windows 10).

        • Miguel says:

          @Amigo, que placa gráfica tens ?

          Eu tenho um i7 e uma Nvidia GTX 980 (gráficos hibridos com 2ª gráfica intel HD tb) e a driver proprietária instalada automática em ubuntu funciona a 100%. Por exemplo a jogar League of Legends a topo sem problemas.

          Agora, para jogar jogos aconselho sem a ter dual boot e jogá-los em windows, simplesmente estão aprimorados para correr melhor em windows.

  3. Roger says:

    Vou tentar usar

  4. Ruben says:

    Mas mais popular onde? A utilização do Linux é residual e estou sempre a ouvir falar de distribuições populares… A maioria das pessoas nem sabe o que é uma distribuição Linux…

    • Toni says:

      Das mais populares entre as distribuições Linux. Está escrito na primeira frase do primeiro parágrafo. O SO é o Debian 9, que é uma distribuição Linux.
      Tens razão no último ponto.

    • Belmiro says:

      No mundo Linux sim. Enquanto houver competição (por pouca expressão que seja) é bom.

    • Anon says:

      Vê-se mesmo que vieste aqui só para criar discussões com esse comentário.
      Cresce rapaz, por favor cresce.

      • Ruben says:

        Com 38 anos acho que já não vou crescer mais… Já em 1998 quando fui estudar Eng. Informática em Braga, os meus professores diziam que o Linux ia conquistar o mundo… Mas afinal… No mundo real, em muitos casos simplesmente não serve.

        • Joao says:

          Já conquistou.

        • Luís Santos says:

          Parece-me que já estás a ser exageradamente repetitivo com esta frase “os meus professores diziam que o Linux ia conquistar o mundo… Mas afinal…”. que tal deixares só de menosprezares e falares mal de algo que outros (sim, existem outros fora do teu mundo) gostam?
          Existem pessoas que são omnivoras, outras vegetarianas amplas enquanto outras são só vengas, para não falar que outras só são fast food. Mas todas são pessoas com os gostos que têm e não deixam de o ser.

        • Luís Santos says:

          Sabes ao menos que Linux é baseado em UNIX? Que OSX é baseado em UNIX (com um núcleo Mach)? Que Android é baseado em UNIX? Que o programa Espacial é baseado em UNIX? Só Windows ẃ baseado em MS-DOS (agora com um flavour UNIX).
          Como dizes: “Com 38 anos acho que já não vou crescer mais…”, mas podias, porque ter 38 anos não é estar descontinuado, aposentado e já não conseguir compreender a tecnologia “No Frost” dos congeladores actuais.

    • Fido says:

      Que grande forma de pensar xD
      É popular no meio onde se insere. Tão simples quanto isso. Debian é popular sim no mundo da informática na parte que toca a linux. Debian é simplesmente a mãe de todas as distribuições baseadas nela inclusive Ubuntu que já tem distribuições baseadas nele próprio.
      Pela tua lógica, existem músicos populares de reggaeton, eu como não ouço esse tipo de musica nem os conheço para mim já não são populares xD

    • VC says:

      Só uso Debian à 10 anos e não troco port nada 🙂

    • Pedro Gonçalves says:

      De certeza a mais popular.

      Sabias que existe muito código da debian (e outras grandes distros) em windows, macos, grandes applicações de empresas como google, facebook, twitter, “internet das coisas”, …

      Graças a essas livrarias, frameworks, pacotes, … que a comunidade debian produz e mantém que tens muita coisa que utilizas hoje? Se perderes um tempito a ler as licensas que vêm nas coisas que usas, 99% têm a licensa GPL, AGPL, LGPL, MIT, …

    • Joao says:

      Mais popular no site distrowatch, está lá a dizer no artigo é só ler.

  5. Paulo Oliveira says:

    O stretch até funciona num Atom, com uma performance muito boa. Tenho actualmente um AMD Dualcore com 4GB de RAM e funciona muito bem com suporte a 64bit

    • VC says:

      Tudo depende da interface gráfica que usas, e uma das vantagens do linux sobre outros SO é essa mesma… Podes por uma interface gráfica a consumir apenas 100MB RAM 🙂

      • Amigo says:

        Por experiência própria noto uma grande diferença entre Lubuntu 32bits e Debian LXDE 32bits sendo o Debian o vencedor em performance(utilização do sistema) em comparação com o Lubuntu.

        • VC says:

          Muito simples explicar a razão para isso acontecer… o Ubuntu, usa muitos scripts para automatizar muitas tarefas, daí um maior consumo de RAM verificado (tem mais processos a correr em simultãneo). Agora, se dominares a consola consegues tirar um maior aproveitamento do hardware da máquina o que está logo relacionado com uma maior perfomance… Uma coisa, é usar uma interface gráfica tipo KDE, outra é fluxbox… só para fazer realçar a diferença de recursos, que um e outro consome.

  6. Emanuel Azevedo says:

    qual a versão mais completa?

  7. gigbola says:

    Que é que aconteceu ao ubuntu? A uns anus estava ao rubro….até ja era melhor que o win10

    • Amigo says:

      O que aconteceu é que se focaram no que dá lucro. Serviços para empresas, servidores e etc. Vai continuar a existir uma versão para Desktop mas sem interface Unity, sendo a mesma substituída pelo Gnome.

      Quando não se têm o poder monetário da MS tem que se escolher os caminhos a seguir.

    • Luís Santos says:

      Não aconteceu nada que te interesse.
      O que acontece é que os fóruns de comentários servem para se colocarem dúvidas sobre, comentários construtivos sobre, esclarecimentos sobre, e, essencialmente a divulgação de conhecimentos sobre.
      Não servem obviamente para dizer: “A uns anus estava ao rubro”. Existem outros fóruns para essas coisas e outras palavras mais avançadas.

  8. x3234498 says:

    O meu sistema operstivo consiste no android 32bits da intel o que está exposto é AMD64bits

  9. Paulo says:

    Para os que vão experimentar pela primeira vez, talvez lhes possam surgir dúvidas na escolha do “ambiente gráfico” .
    Foi o que me aconteceu.
    O seguinte artigo é muito útil e ajuda na decisão:
    https://renewablepcs.wordpress.com/about-linux/kde-gnome-or-xfce/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.