PplWare Mobile

elementary OS 0.4 Loki: Verdadeira alternativa ao Windows 10

Download

Download: elementaryos-0.4-stable-amd64.iso (1,253MB)


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Danilo says:

    Parece estar muito fixe!!

    No que toca a instalação, eles no site dão os passos para instalar na PEN mas depois é possível instalar-lo de raiz?

    Eu tenho um jumper EZ book2 e vou experimentar como se safa pelo boot na PEN. Se tiver melhor desempenho, estou a ponderar em instala o elementary no disco dele.

    • Bruno Jesus says:

      boas, o que achas do ezbook2? estou a ponderar adquirir um.

    • Mario says:

      Se for como a maior parte das Distros de Linux,deverá aparecer um menu ao dar boot com as opções de instalar ou correr.Ainda também deverá ter como no Mint,que apenas corre,e depois então se quiseres instalar deverá ter o icone lá no Desktop.

      Isto claro,se der para correr na pen.Se não,só correrá se instalarmos o OS

  2. Carlos says:

    “Um substituto do Windows e do OSX, rápido e aberto.”
    Suponho que será mais que suficiente.

  3. jb says:

    Será um bom OS para o Magalhães?

  4. P says:

    Não entendo porque é que apelidam isto de substituto do windows 10. Isto parece macOS, portanto, no máximo dos máximos, é um substituto do macOS

    • !(iSheep) says:

      +1
      Al]em do mais, para poder ser um candidato a substituto de um SO tao completo e poderoso como o Windows 10, terão que indicar as vantagens e novidades para de forma a abordar todo aquilo que se perde e/ou se ganha de um para o outro.
      Pelo que já testei do mesmo SO, poderá ser uma alternativa para o utilizador comum, mas nunca será um substituto, falta-lhe quase tudo, é apenas mais um Linux, um SO à moda antiga com GUI.

  5. Marco says:

    como cai no clickbait, ca vai.
    Não é alternativa ao windows 10, porque as aplicações para windows não correm em Linux. É sim uma alternativa a todos as outras distros de Linux.

      • !(iSheep) says:

        Com simulações e virtualizações até consigo que o Windows seja substituto do Workbench (SO do Commodore Amiga).
        O Marco está corretíssimo no que diz.
        Quando um individuo no seu posto de trabalho consegue produzir o mesmo que outro, ´poderão substituir-se um ao outro, mas se um produz menos que o necessário ou com um nível de qualidade baixa, esse mesmo deixa de ser um possível substituto podendo apenas ser usado como uma alternativa.
        Espero que este simples exemplo em Português ensine muita gente a compreender a diferença do significado de cada palavra.

      • Luis says:

        Acredito que deve correr com o wine loool

    • ze says:

      leste o título e estavas à espera de quê? de um clone!?
      as extensões do firefox correm no chrome? e o firefox não é uma alternativa ao chrome?
      se tás com os azeites vai dar uma volta que isso passa…

  6. Marco says:

    Não é alternativa ao windows 10, porque as aplicações para windows não correm em Linux. É sim uma alternativa a todos as outras distros de Linux.

  7. censo says:

    Isto não é uma alternativa a OSX ou Windows. É sim uma alternativa a tantas outras distros de Linux, penso eu de que !

  8. Fernando_BR says:

    Por mais que goste do Linux (estou usando-o agora) não tem como não expressar que este título é errado duas vezes:

    1º- Esta distro imita o MacOS (modo de operação) então teoricamente seria alternativa ao Mac e não ao Windows

    2º- Impossível ser alternativa ao Windows se não tiver Office (principalmente Outlook e Powerpoint) – jogos não vou comentar porque não fazem falta.

    Em casa utilizo quase todo o tempo o Ubuntu, mas corporativamente é impossível, improdutivo e inviável (très iii)

  9. jAugusto says:

    É tudo Ubuntado…

  10. José says:

    Alternativa! Então o que é o ubunto? E já agora o fedora, debian, redhat, suse …

  11. ZarkBit says:

    Offtopic: Adeus Lumias…. Olá Surface Phone 😀

  12. Duda says:

    Alternativa ao Windows 10? Não estou a ver o gta V e outros jogos a correr ai

    • Aguamenti says:

      Qualquer alternativa tem as suas limitações. Neste caso, são os developers que não desenvolvem para Linux devido ao marketshare que tem. Mas para o uso que a maioria das pessoas dá a um computador – Mail, web, imenso Facebook, YouTube -, o Linux não só é uma alternativa como é capaz actualmente de ser melhor.

      Agora, para gamers intensivos, claro que o Windows se encontra a milhas.

  13. APM says:

    Muito bem conseguido. Boa evolução do freya.
    Claro que não é, provavelmente nunca será, alternativa ao Windows. Talvez ao mac!!!

  14. Joel says:

    Queria mesmo mudar para linux, e esta distribuição parece excelente, mas como uso os softwares da Adobe diáriamente (licença CC), é impossível. É uma pena a Adobe não lançar versões para Linux, trabalhando em Design e programação web, seria o ideal.

    • Marco says:

      Para programação web não precisas de nada da adobe, agora no resto….

      • Joel says:

        Exacto, mas não há dia que não precise das ferramentas da Adobe, principalmente durante a programação front, e andar a alternar entre sistemas operativos não é método de trabalho.

        • Aguamenti says:

          Há quem trabalhe em Design sem ferramentas da Adobe e usando Linux. Toda a gente pode argumentar que são poucos, mas isso não invalida o facto de existirem.

          • Joel says:

            Já o tentei, durante um ano e meio, e infelizmente não chega aos pés dos programas da Adobe, seja tratamento de imagem, desenho vectorial, design editorial, edição de vídeo… É só a minha opinião, que já estive em ambos os lados. Para Mac já há uns bons softwares alternativos, mas isso já é outra conversa.

  15. Marco says:

    Voltando ao artigo, não gosto deste tipo de distros (apesar de já ter passado pelas skins de macos tanto para windows como para linux) que fazem um clone de outros sistemas operativos, que eles se inspirem no OSX e no windows acho bem, que vão buscar o melhor de cada, a filosofia que está assente em cada um, agora fazerem um cópia…. até já copiaram o interface do mail.

  16. AeOn FluX says:

    Alguém realmente já testou o sistema ? ;D

  17. Fábio says:

    Não troco o Windows por porra nenhuma.

  18. LiTO says:

    Apesar de gostar da intenção da distro, acho que ela não está tão bem preparada para iniciantes quanto isso…

    1º. Para tentar baixar a distro têm de se colocar 0€ na parte da doação. Isto quase que por si faz com que novos utilizadores (que não sabem o truque), pensem que é uma distro paga e não a baixem.

    2º. Da última vez que usei ainda tinha de usar o apt-get install para instalar software. Isso não é um problema para min, no entanto, qualquer pessoa que queira mudar do Windows provavelmente sentir-se-á um pouco intimidada pelo uso do terminal. Não que isso seja difícil, mas não é tão fácil quanto baixar um .exe e clicar para instalar.

    3º. A falta do botão para maximizar e minimizar é, a meu ver, uma má jogada por parte deles para iniciantes. Por norma quem vem do Windows quer algo que funcione “out of the box” e ter de configurar o OS para mostrar esses botões é o completo oposto disso.

    (4º. Este é mais culpa do Linux em si) Apesar de gostar imenso do LibreOffice, pouca gente dá o salto do Microsoft Office para o LibreOffice, o que é uma pena já que é gratuito. E isto acontece com muitos programas que não são tão convidativos para o utilizador tanto quanto a sua alternativa proprietária. O que acaba por afastar muita gente do Linux. 🙁 Felizmente, e com o o grande foco em web apps talvez esse problema desapareça

    Por esses motivos (excluindo o 4º logicamente), é que prefiro dar a conhecer distros como o Zorin e o Ubuntu a iniciantes, pois estão bem mais preparadas para os acolher do que esta imo.

    • Douglas Ferreira says:

      Pelo que me lembro, nem vem instalado LibreOffice. E o navegador padrão é o Midori (acho que é isso).

      Para quem sempre usou apenas o Windows é realmente difícil se acostumar. Mas esse fato serve para qualquer SO.

      Tem gente que não se acostuma com qualquer SO que não seja da MS… e aquela grande reclamação quando lançaram o Windows 8 deixou isso bem claro: a maioria das pessoas não se adaptam a grandes mudanças, mesmo que sejam mudanças para sistemas mais “fáceis”.

      Vi isso acontecer também quando lançaram o Office 2007. A interface ficou bem mais intuitiva e lógica, mas muita gente reclamou.

      Uma mudança para LibreOffice não deveria ser traumática para 90% dos usuários, visto que o uso é bem próximo das versões mais antigas do MS Office, mas as pessoas ainda resistem, mesmo que não precisem de todos os recursos da suíte paga. Eu mesmo prefiro o Office, mas uso sem problemas o Libre.

    • Douglas Ferreira says:

      Pelo que me lembro, nem vem instalado LibreOffice. E o navegador padrão é o Midori (acho que é isso).

      Para quem sempre usou apenas o Windows é realmente difícil se acostumar. Mas esse fato serve para qualquer SO.

      Tem gente que não se acostuma com qualquer SO que não seja da MS… e aquela grande reclamação quando lançaram o Windows 8 deixou isso bem claro: a maioria das pessoas não se adaptam a grandes mudanças, mesmo que sejam mudanças para sistemas mais “fáceis”.

      Vi isso acontecer também quando lançaram o Office 2007. A interface ficou bem mais intuitiva e lógica, mas muita gente reclamou.

      Uma mudança para LibreOffice não deveria ser traumática para 90% dos usuários, visto que o uso é bem próximo das versões mais antigas do MS Office, mas as pessoas ainda resistem, mesmo que não precisem de todos os recursos da suíte paga. Eu mesmo prefiro o Office, mas uso sem problemas o Libre.

  19. Miguel says:

    Acho que já paravam com este tipo de posts que não acrescenta nada de novo. Volta e meio vejo posts “Alternativa a windows” e vai-se a ver e sumo no conteudo não há nada! Onde é que um produto quem nem acabado está pode ser alternativa a um produto maduro e com N provas dadas no mercado! Isto claramente é vindo de fan boys. Querem fazer artigos com estes posts, façam comparções aperfundadas e com alternativas dignas desse nome.

  20. Diego Sabino says:

    Parece mto o linux chinês DEEPIN.

  21. Panda says:

    Parece interessante, mas muito parecido com o Linux Mint. Uso o Mint há bastante tempo e é minha distribuição favorita. Mas é sempre bom ver novos “sabores” do Linux surgindo!

    • Douglas Ferreira says:

      O Elementary OS tem uma interface que lembra as versões mais antigas do Mac OS. Acho bem mais bonito que o Mint, mas em termos de recursos o Mint sai na frente.

      Mesmo assim, vale a pena testar o Elementary, principalmente para conhecer o ambiente gráfico Pantheon.

      Acho que dessas distribuições mais recentes, as duas que mais chamaram minha atenção nos últimos dois anos foram Elementary e Manjaro. Mas ainda prefiro o Ubuntu com seu Unity.

  22. João Luiz says:

    Gostaria de instalar em dualboot, mas não sei como tirar o GRUB e deixar o seletor de sistema do Windows 10. Alguém sabe me informar como faço?

    • Douglas Ferreira says:

      Primeiramente, você particionará o HD para alocar espaço ao Linux. Antigamente eram necessárias duas partição, no mínimo: uma para o sistema e outra para swap. Mas, como normalmente a quantidade de RAM nos computadores atuais é muito grande, não costuma fazer grande diferença ter uma partição swap.

      Ao instalar o sistema, chega um momento em que o instaladador pergunta sobre onde instalar o Grub. Se você deixar na opção SDA (ou SDB, SDC etc.) ele será gravado na MBR, e substituirá o gerenciador do Windows. Você tem a opção de instala-lo na partição onde está instalando o Linux (provavelmente, SDA2).

      A configuração do gerenciador de UEFI do Windows 10 eu não sei se é possível alterar, já que eles incluíram algumas opções de segurança no sistema.

      Mas, mesmo que não seja possível, dá para colocar o grub em um pendrive, mas vira uma verdadeira gambiarra.

      No geral, acho bem mais interessante rodar em máquina virtual que em dual boot, principalmente por ter os dois sistemas a mão. O Elementary é bem leve e roda bem com 2GB de RAM e um ou dois cores do processador. Se a máquina tiver uns 8 GB é tranquilo.

  23. Celso Jose Carneiro de Assis says:

    Como instalar o elementary Tweak no elementary OS 0.4 Loki

    Para poder adicionar PPA’s basta digitar o seguinte comando no terminal:
    sudo apt install -y software-properties-common

    Adicionando o PPA e instalando o elementary Tweaks

    sudo add-apt-repository ppa:philip.scott/elementary-tweaks -y && sudo apt-get update && sudo apt-get install elementary-tweaks -y

    Fonte: linuxtugaz.info

  24. Jorge Martins says:

    O link não funciona…
    E a versão 32…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.