Quantcast
PplWare Mobile

TOP 10 – Alternativas Linux ao Windows XP…e não só (Parte I)

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


    • Pedro Pinto says:

      Eu acho que o Ubuntu continua a “pecar” pela interface. Há outros projectos derivados que têm uma performance fantástica…algo que o Ubuntu tem perdido. No entanto, boa sugestão 🙂

      • Joe Fagundes says:

        Já se percebeu que o Pedro Pinto não gosta da Unity, adora o Elementary OS e todas as outras distros com launchers complicadíssimos e que fará questão de dizer mal do Ubuntu em todos os artigo que faz acerca de distros GNU/Linux.
        Só quem se recusa liminarmente a usar o Ubuntu é que pode usar argumentos destes. No artigo é sugerido o Xubuntu e o Elementary, que não têm um desempenho melhor.
        A sugestão óbvia que falta aqui é o Lubuntu ou qualquer outra distro com o LXDE, visto que muitos PCs com o WinXP são carcaças com hardware velho.

        • Pedro Pinto says:

          Eu não digo mal, mas de facto o Unity dá cabo da performance do Ubuntu. Verdade ou não? O Xubuntu e ElementaryOS comparado com o Ubuntu…voam 🙂 O Lubuntu está para a segunda parte.

          • presto060173 says:

            Amigos eu usava muito Ubuntu, mas sinto muito lento. So consegui acertar com versoes mais leves de linux mint. Meu micro é antigo centrino de 2007

      • wilson rocha says:

        falto referencia pro Lubuntu interface LXDE,
        bem ruim mas bem econômico , cumpri o que promete !

    • Eu tenho sido um critico das recentes versões do Ubuntu mas tenho experimentado o 14.04 e noto significativas melhorias a nivel de perfomance

  1. kekes says:

    Apesar de não crer que Linux não é alternativa à Windows, Linux e para quem quer Linux, Windows para quem quer Windows deixo a minha sugestão: Manjaro, muito bom na minha opinião.

  2. Ricardo M says:

    Segue as minhas sugstões:
    Linux Mint 16 Xfce
    Simplicity
    ZevenOS
    Snow linux 4 XFCE
    Zentyal (Mais indicado para servidores)

  3. Guilherme Calé says:

    Quero apenas salientar que o ReactOS não é Linux.

  4. Pedro A. says:

    Não houve já uma parte 1 durante a semana?
    Para além disso, numa lista de alternativas Linux colocar o ReactOS que não é linux é um pouco estranho não?
    Já agora por que não apresentar estas 3:
    – Windows 7
    – Windows 8
    – Windows 8.1
    Não são linux, tal como ReactOS, mas são alternativas ao XP

    • Johnny says:

      Coisa mais ridicula, mas quem anda no mundo da informatica sabe que os Windows mais recentes são outra alternativa para quem quer usar Windows.. Lol esta resposta foi uma resposta mais “estupida” dentro dos padrões que já vi.

      • ElectroescadaS says:

        Pessoalmente não acho e vou dizer o porquê. A lista refere alternativas, só não explica se se são alternativas gratuitas ou não e que tipo de linguagem será a mais adequada. Estamos aqui para expor e discutir o assunto não para cagar sentenças como a que o amigo proferiu…

        Vá, um abraço 🙂

      • Malic X says:

        Jovem, são essas afirmações estúpidas que minam toda e qq possibilidade do Linux algum dia ser alternativa decente ao Windows, em desktop claro.

        Malic X,

    • Fabio Silva says:

      Concordo, mas como sendo o windows um SO pago, colocam aqui sistemas gratuitos. Nem mesmo assim entendo porque é que as empresas ainda usam o Xp, pois o windows 7 é bem melhor, é compatível com todos os programas que existe, e muito mais fácil de ligar em rede! Mas é a minha op.

    • Pedro Pinto says:

      Boas Pedro A.
      Sim, o ReactOS não é Linux na sua essência.
      Quanto aos Windows, não os considero bem alternativas tendo em conta o contexto deste artigo. Mas claro, especialmente o Windows 7 pode substituir o Windows XP…já o Windows 8.x (depende da máquina que temos)

      • Malic X says:

        Mais tretas. O título diz Linux e não só. Windows 8 é mais performante que o w7 no mesmo HDW.

        • lmx says:

          experimenta mete-lo numa maquina com o xp…

        • Pedro Pinto says:

          uiiii, vens-me dizer que tens mais performance com o windows 8 que com o windows 7? hum…

          • Hugo Jorge says:

            Não sei se o desempenho é melhor com o Win8 ou com o 7 mas a diferença não é muita se é que existe. Eu tenho um Hp530 do e-escolas, gráfica intel, 2GB de ram,etc, corria o windows 7 pro na perfeição e corre o windows 8 pro sem problemas, no teste de desempenho que vem incorporado os valores que me dão são exactamente os mesmos, ou seja não perdi nada e ganhei que arranca mais rápido, de resto é igual. Mas isto também pode ser de o pc ser tão fraco que já não noto diferença. Por isso essa do Win8 ser mais pesado que o 7 a mim não me convence. Claro que passar de um XP para um Win8 ai já é diferente. Abraço

        • int3 says:

          Windows 8 não tem mais performance nada do que o 7. Alias o kernel 6.x veio estragar muito o SO da M$.

        • António Rocha says:

          Este comentário é para rir certo ?

          Portáteis antigos com gráfica intel é para esquecer, não existe driver WDDM que tire total partido da gráfica…

  5. Shynkendo says:

    Bons dias,estou a testar o Manjaro xfce 64 bits+compiz+Skype até agora sem problemas apenas não consigo instalar libreofffice 4.2,vem com a versão anterior,se alguem puder ajudar agradeço.

    Cumps

  6. Diogo says:

    As minhas sugestões são:

    Xubuntu;
    Linux Mint xfce;
    Ubuntu 14.04;
    Elementary OS;
    Manjaro;

  7. ElectroescadaS says:

    Dos 5 apresentados escolheria Xubuntu e talvez o Zorin embora preferisse os OpenSUSE, Mint xFce ou KDE ou até mesmo o SLAX, não esquecer o PCLinuxOS para PCs com chip SIS3 Mirage… 😉

  8. Luís Miguel says:

    Fico pelo ubuntu 🙂

  9. António Oliveira says:

    E sugestões com o ambiente gráfico lxde? Por exemplo, mageia bastante leve e fácil de utilizar.

  10. Eu já usei Ubuntu, Xubuntu e Elementary OS, pessoalmente gosto muito deste ultimo, o Elementary OS. É muito clean e de fácil navegação.

    😉

  11. Carlos says:

    Todos gostam de malhar no windows… cheio de bugs etc e tal… Mas isto de 1001 “flavours” de linux já enjoa. e todas cheinhas de bugs também, senão nao saiam actualizações dia sim dia não.
    Sinceramente… tou farto de linux. nada como um bom windows pirateado! 😀

    • Manuel Rocha says:

      Ora cá temos o famoso tuga xico-espertismo no seu melhor!

    • Malic X says:

      Tirando o pirateado, concordo.

    • Bruno Jesus says:

      Lol, cada um tem a sua opinião, para mim é Mac OS X e Arch Linux… Windows é só mesmo na maquina virtual do Arch para quando preciso do MS Project e outras coisas que não há para Linux.

    • lmx says:

      um windows pirateado…uma imperial e uns tremoços na mesa…

      O tuga no seu melhor modo de vida…

    • Miguel says:

      ausência de “actualizações dia sim dia não” no windows
      não prova ausência de bugs

    • Qual é o sistema que não tem actualizações? E nem sempre actualizações são sinónimos de correcção de bugs.

      Não existem sistemas operativos perfeitos, existem sim sistemas melhores consoante as necessidades de cada um.

      Quanto as 1001 flavours… eu chamo a isso liberdade de escolha. Deve fazer confusão ao nosso amigo 😀

      • ElectroescadaS says:

        A mim faz. A liberdade de escolha é tão grande que não sei o que usar e para passar a vida a “experimentar” não faço mais nada da minha vida…

    • Gualter says:

      Para quem só usa o desktop para trabalho, programação web e outras programações, não vejo a necessidade de usar windows. O libreoffice dá e sobra para o Microsoft office. Para webdesign já tens frameworks que te fazem o trabalho todo, por isso só uso windows para jogos o resto eu faço no linux. Sistemas baseados em unix serão sempre melhores que o DOS, por algum motivo o DOS era considerado uma m*rda(desculpa o termo) nos tempos antigos, tal como é hoje.

  12. NokTham says:

    O ReactOS não é Linux…. ele utiliza o kernel do windows…. “written from scratch”, outra coisa, deveriam de por um pequeno warning a avisar que o ReactOS encontra-se ainda em Alpha stage… Ainda há muita coisa para se fazer nele… na minha opinião (os meus 2 cêntimos) ou colocavam um warning (o sistema ainda não está o suficientemente estável para funcionar como máquina de trabalho) ou o retiravam do artigo, o ideal seria um warning, visto que o ReactOS necessita de publicidade.

    Cumps!

  13. Manuel says:

    LaCiOS, em Português para o mundo lusófono.

  14. João Mariz says:

    Olá!
    Sendo eu um adepto incondicional do MacOSX não o posso incluir nesta lista!

    No entanto tenho outras “boxes” em casa que correm sistemas alternativos,
    – Raspbian (Debian no Raspbery)
    – Debian (lastest) no laptop da rapariga.

    Não sou contra a ultilização de sistemas pagos, no entanto não posso deixar de pensar no OSX Mavericks que é _gratuito_ mas… obriga a que tenhamos o hardware.

    Já experimentei muitas distros de LINUX no meu portatil velhinho (um iBook) mas como o suporte PPC está quase morto, decidi voltar ao OSX.

    Há muitas alternativas viáveis:
    Manjaro;
    Ubunto;
    etc,

    Sendo que este ultimo, na minha humilde opinião, vai fazer uma mossa grande com o projecto do Ubuntu Phone, sendo essa mais uma alternativa, pois visa usar o telefone (ou o hardware do telefone) como computador domestico!

    Flame on!
    Um abraço

  15. André Paula says:

    Concordo nas alternativas apresentadas, no entanto não concordo na melhor opção sendo o Zorin.
    Passo a dar a minha opinião e portanto vale o que vale.

    1 – Quem atualmente usa win XP? (Não estou a falar a nivel empresarial)

    Resposta: Quem atualmente tem PCs “antigos”, provavelmente usando um sistema 32Bits, ou seja, menos de 4 Gbs de ram de certeza, talvez 2Gbs ou menos.

    2 – Para um PC nestas condições, será que o Zorin é uma possivel alternativa?

    Resposta: Sim é, caso pretenda um sistema com interface gráfico o mais parecido possivel ao windows

    3 – É a melhor alternativa?

    Resposta: Não é, visto que existem distros com performance melhor e podem ser custumizadas para ter um interface parecido ao windows e ai a pessoa tem o “melhor dos dois mundos”

    Em resumo, na minha opinião, a esmagadora maioria das pessoas que tem windows XP atualmente não tem o sistema num PC atual, senão teria um win 7 e portanto como MELHOR alternativa não acho que seja o Zorin.

    Das 5 opções apresentadas neste artigo escolhia o Xubuntu para primeiro luigar, não tem as “mariquices” que o Zorin tem, mas não deixa de ter um ambiente gráfico atrativo. Para alem de que é mais rápido, prático e estável!

    • Bruno M. says:

      Se me puderes indicar uma distro rápida e com boa performance para um turion a 2Ghz com 512gb RAM e menos de 400 úteis e com uma gráfica ranhosa intel, dá uma apitadela.

      Instalei o zorin Os no da mulher, mas fica muito lento, mesmo desactivando o compiz.

      Abraço e obrigado.

      • André paula says:

        Confesso que ainda nao testei em pcs com menos de 1gb de ram a nao ser so em virtualizacao, no entanto o meu conselho sera lubuntu. Tas limitado a 512 e o lubuntu tens uma versao que se chama alternative instalation ou minimal instalation que e mesmo para pcs com ram inferior a 512.
        Atualmente tenho o lubuntu instalado e estou mto satisfeito pela performance e estabilidade pelo menos para ja. Ambiente grafico lxde.

        Depois diz me o que achas te e se corre bem.

        Abraco

      • Michel says:

        Debian wheezy com LXDE ou XFCE menos de 200MB de mem.
        Chromium
        Libreoffice 4.1 (Backports)
        Entre outros…

      • Lubuntu é uma boa escolha. Crunchbang é também uma excelente alternativa para computadores com poucos que recursos, ainda que a configuração do Openbox (ambiente de trabalho do Crunchbang) não seja tão facil quanto o LXDE (ambiente de trabalho do Lubuntu)

    • Carlos says:

      Focaste um ponto importantíssimo, a capacidade dos PC’s.
      O meu não é mau (acho eu), CPU 3.0 GHZ, 2GB RAM e NVidea 9800GT mas, mesmo assim, o Win7 fazia com que os vídeos se arrastassem ligeiramente mesmo com o Aero desligado (comprei agora mais 2GB de RAM para preencher a 2ª Slot DDR2 800 FSB).

      Tentei o Ubuntu mas também tinha alguns problemas de lentidão, vamos lá ver como vai ser com o Xubuntu.

      Se não gostar, tentarei o ZenWalk ou o Manjaro (não faço ideia das diferenças…)

      Muito obrigado, foi a resposta mais construtiva que li.

  16. joaquim ferreira says:

    Boas!
    Tenho um portátil hp g62 -a10ep mas com um processador i5 m450 com 8gb de ram e gráficas comutáveis intel (1ª geração) e ati 5470 512mb.
    Na vossa opinião qual seria a distro mais indicada para a maquina?
    Obrigado

  17. Hugo says:

    Qual destes é o mais leve, para máquinas antigas, com cerca 512 mb de ram e processadores de frequências mais baixas?

    Obrigado

    • wilson rocha says:

      vai de xubuntu ,vai rodar bem a menos que você tenha um chipset da sis .
      caso você não se agrade com desempenho tenta lubuntu
      http://lubuntu.net/

      PT-BR

    • roque says:

      Hugo, tenho um portatil antigo com um amd turion 64, tinha 512 mb de ram , há +\- um ano andei á procura de uma distro para esta maquina , parei no LXLE ( lubuntu + LXDE ) adorei , rodava bem , decidi comprar 2G de ram ( o max que o portatl aguenta ) e fiquei muito satisfeito .

      O LXLE vem muito bem “artilhado” para os pc antigos , recentemente testei o manjaro numa maquina virtual num pc com win 7 e gostei da performance , mas não gostei nada do openbox ainda não testei as outras versões do manjaro , não sei como se comportaria num pc antigo

  18. Miguel Costa says:

    O Linux acho que peca por haver demasiadas versões… Para quê ter 10 versões do Linux que podem substituir o Windows XP? Era melhor haver apenas uma que fosse muito boa e que garantisse compatibilidade com o Hardware…
    Quem é que daqui usa uma versão linux com mais de 10 anos? Penso que ninguém… por isso acho que seja normal que o Windows XP tenha de deixar de ser usado.
    Temos de ser sinceros também, um PC que já tem cerca e 12 anos, quem trabalha nele 8h por dia de certeza que passa muito tempo à espera que ele “ande para a frente”…

  19. iFernando says:

    Linux desfocado. Todas as versões Linux que experimentei me parecem desfocadas, relativamente comparando com qualquer versão windows. A qualidade das letras nos linux é muito inferior. Sendo mais difícil ler. Experimentem colocar o mesmo site lado a lado, num windows e num linux e vejam as diferenças.

    • Diogo says:

      Isso é no teu pc, instala as drivers da tua gráfico e vê se nao fica tudo bem

      • iFernando says:

        Obrigado Diogo, tenho 2 desktops e 3 portateis, em todos o Linux é péssimo. Mas continuo acompanhando o Linux na esperança de que um dia sejam suficientemente bons.

    • Michel says:

      Tenho melhores fontes no linux que no windows XP/7.
      Basta configurar corretamente, fontes subpixel, dpi, rgb, etc..
      ln -s /etc/fonts/conf.avail/??? /etc/fonts/conf.d/
      driver de vídeo e resolução
      fontes windows, fc-cache, configurar fontes para qt, gtk e aí por diante…

  20. Ricardo says:

    Para um PC velhote com AMD Sempron e 512Mb de RAM, qual o Linux mais leve? Está a rodar Win7, mas está muuuuiiiitttooo pesado. No flash arrasta-se. Tem de ser um linux que suporte bem flash.

    • Michel says:

      Debian e derivados
      adiciona contrib e non-free ao source.list e instala o flashplugin-nonfree que roda flash perfeito no firefox/iceweasel ou o flash embutido no chrome.

  21. bruno santos says:

    Caixa Mágica 21, temos de defender a nossa distribuição de Linux

    • lmx says:

      isso é verdade!

      Mas eles andam-se a descurar um pouco…a poja de aplicações android aptoide.com, tem lhes dado grande fama…e com isso muito que fazer 😀

      eles deviam avançar para o mint…acho eu.

  22. cnavigator says:

    Partindo do pressuposto que as alternativas procuradas têm como objectivo substituir o Windows XP em máquinas antigas, sem obrigar à aquisição de novo hardware, as minhas sugestões são:

    1-Manjaro XFCE (ou LXDE)

    2-Linux Mint XFCE

    3-Lubuntu (Irá ter versão 14.04 LTS a partir de Abril)

    Qualquer uma destas distribuições respeitam o paradigma das versões Windows 95 – Windows 7, apresentando bom desempenho com recursos limitados e propiciando a familiaridade dos utilizadores com o que estão habituados no Windows.

    Em 1º vem o Manjaro que tem a clara vantagem de seguir o modelo rolling-release, baseado no eficiente Arch Linux, pelo que quem vai fazer a migração do sistema operativo, só necessita de proceder uma vez, entre muitas outras vantagens que no meu entender, tornam esta distribuição superior às distribuições Debian/Ubuntu based para uso convencional em desktop (as quais já fui referindo em outros posts relacionados com o Manjaro) No entanto, fica sempre o alerta que o Manjaro ainda não atingiu a versão 1.0!

    Em 2º lugar, o Linux Mint versão XFCE, que pela minha experiência, é mais bem conseguida de origem do que o Xubuntu, daí ter colocado em 2º lugar.

    O Lubuntu é bastante leve e rápido, ideal para autênticas “carroças”, mas vem em 3º lugar porque o XFCE tem um visual mais elegante, é mais maturo e tem mais possibilidades de configuração, além de trazer um menu de aplicações mais completo e funcional do que o LXDE. A a diferença de performance entre XFCE e LXDE não é muito notória num PC com Pentium IV ou mais.

    Finalmente… , existem muitos casos em que há a dependência de um software que só corre nativamente em Windows. Nesse cenário, a melhor alternativa é mesmo o upgrade para Windows 7 e esperar que o seu suporte seja estendido mais alguns anos, tal como aconteceu com o XP. Contudo, a verdade é que não é possível viver para sempre com hardware limitado e em algum ponto terá de se proceder à sua renovação.

  23. CMatomic says:

    As minhas sugestões para profissionais .

    Distribuições de linux com suporte profissional

    Redhat

    http://www.redhat.com/

    SUSE

    https://www.suse.com/

    Ubuntu
    http://www.ubuntu.com/desktop/business

    CaixaMagica

    http://www.caixamagica.pt/

    Todas estas distribuições profissionais , têm disponível uma variedade de ambientes de trabalho adequados as capacidades de cada PC , todas são compatíveis com 90 % dos pcs/portáteis no mercado

    Distribuições Linux de cariz gratuito com suporte comunitário ( cariz amador/profissional ) mais relevantes .

    Ubuntu

    http://www.ubuntu.com

    OpenSuse

    http://www.opensuse.org/

    Fedora

    https://fedoraproject.org/

    Debian

    https://www.debian.org

    Estas distribuições linux de cariz gratuito , são relevantes pela sua solidez no suporte e no nível de qualidade e de segurança no software disponível nos seus servidores .

    Estas distribuições também possuem uma variedade de ambientes de trabalho
    adequados as capacidades de cada PC .

  24. semedo says:

    Substituir o Windows…
    Migrar para o Linux…
    Este é o ano do Linux no desktop…

    Há décadas, literalmente décadas, que a conversa é sempre a mesma, mas será que ninguém compreende a razão fundamental pela qual as pessoas e organizações se mantêm no Windows?

    QUALIDADE E DIVERSIDADE DE SOFTWARE!
    INTEGRAÇÃO COM SERVIÇOS!

    Eu faço dual-boot entre Windows e Debian e também adoro a eficiência do Linux!

    -adoro ter um sistema que só me consome 200MB de RAM no estado inicial e ter os restantes 8GB para gastar.

    -adoro não ter que fazer manutenção do sistema com tanta regularidade e sobretudo não precisar de protecção real de antivírus, desde que seja cuidadoso com as permissões.

    -adoro ter todos os programas actualizados à distância de um comando!

    -adoro configurar tudo e mais alguma coisa no meu sistema e torná-lo pessoal.

    -adoro compreender um sistema operativo e adquirir conhecimentos cada vez mais avançados à medida que o utilizo

    -admiro que consiga correr praticamente todo o hardware recente num sistema free open-source.

    -admiro o espírito da comunidade Linux.

    Mas depois… onde está o software proprietário que se tornou o estandarte no mundo da tecnologia? Ainda há muitas companhias de software que se estão nas tintas para o Linux. O caso torna-se ainda mais grave nas organizações, que muitas vezes dependem de um software proprietário sem alternativas comparáveis à altura, tornando uma migração praticamente inviável, logo à partida.

    E a verdade é que… porque hei-de dar-me ao trabalho de ter 2 sistemas operativos no meu PC pessoal, sem ser por lazer/diversão? Porque na realidade, posso jogar e usar todo o software que preciso no Windows e ainda fazer o básico (ir ao email, ver filmes/vídeos, etc) sem sair do Windows, mas quando estou no Linux, a certa altura vejo-me obrigado, mais cedo ou mais tarde, a ir de novo ao Windows, mesmo que tenha de aturar todas as suas deficiências. Para quê perder tempo a tentar substituir o Windows por uma plataforma inferior? (reparem que não disse por um sistema operativo inferior, mas sim por uma plataforma inferior!). O GNU/Linux sempre será um sistema operativo superior ao Microsoft Windows, tanto em segurança como robustez como eficiência e, claro, no preço, mas o suporte de que dispõe é bastante precário!

    Conclusão: O Linux é excelente para muitos e diversos usos, mas substituir na plenitude o Microsoft Windows não é um deles! Eu já passei por essa ilusão e já perdi tempo demais para sequer pensar em migrações completas. Cada macaco no seu galho: Linux para aprender e explorar, Windows para trabalhar e jogar.

  25. Joel says:

    Eu acho que o mint também é uma boa distribuição para quem sai do windows para o linux, acho que devia estar incluído neste top

  26. int3 says:

    O reactOS estava descontinuado. Vi agora que lançaram outra versão dia 6 de fev. lol parece que voltaram.
    Mas mesmo assim, ReactOS é super instável. Nunca consegui estar na VM ligado sem fazer alguma coisa uns 15min seguidos sem ter 1 BSOD.

    As melhores opções é mesmo ter um kernel unix-like.

  27. Fernando Pereira says:

    Conforme comentado no artigo recente sobre o Lunbuntu, existe uma distro fabulosa que no meu ver deveria ser mais divulgada é o Peppermint OS 4. É a estabilidade do Ubuntu 12.04 LTS com a elegâcia do Mint. Ideal para PCs mais antigos ou com pouco potência mas também fica bem em máquinas mais recentes. Experimentem.

    • Fernando Pereira says:

      O site para experimentarem o Perppermint OS 4 é: http://peppermintos.com/

      Garanto que não vão se arrepender!

      • André Paula says:

        Fernando por acaso já tinha testado o peppermint e estava a gostar bastante, apesar de alguns Bugs e afins mas de certa forma fáceis de resolver, no entanto de um momento para o outro fiquei sem o sistema a funcionar…não entendi bem o motivo…como era uma distribuição que estava a testar, foi na boa mas fiquei um pouco desapontado…atualmente tenho o lubuntu e para já Perfeito! 🙂

  28. João Silva says:

    Acabo de ler a notícia que a Microsoft pretende lançar uma versão gratuita do Windows 8, chamada “Windows 8.1 Update 1 With Bing”. Se isso for verdade, cá está o verdadeiro substituto do Windows XP.

  29. fernando marques martini says:

    ue o substituto em definitivo é o windows 8 com bing, se for gratuito mesmo, linux tem muita gente que torce o nariz pq precisa aprender algumas coisas
    varias distribuicoes acima demonstradas particularmente gostei da JoliOS roda direto como em modo nuvem, nao precisa ficar instalando, tem suas limitacoes mas se for para uso, tipo internet e digitar alo e postar ta de boa p\ mim

  30. neco says:

    Linux igual lixo, XP Forever !

  31. Celso Lúcio says:

    Ora viva.

    Embora seja um defensor do Linux, penso que este sistema operativo ainda não é uma ferramenta que possa inteiramente substituir o windows XP (ou qualquer outro windows). Existem limitações, tais como drivers que ainda não são ultrapassáveis. Outra questão essencial tem a ver com o open office. No meu caso, por exemplo, constato que as macros que desenvolvi no microsoft excel não correm no open office. Isto para mim seria uma questão essencial para poder migrar para um sistema linux. A nível profissional oferece ainda variadíssimas limitações. Esta é, de facto um paradigma de muitas empresas que gostariam de implementar linux, porém não conseguem (ainda) dadas as enormes alterações/adaptações que terão de enfrentar.

  32. rodrigo says:

    De eleição:::>

    Linux Mint Debian 201403 (Mate)

    O melhor, tu instala uma vez e esquece; de resto é só atualização automatica, mas tem que inastalar o kernel 3.13.05
    Aí ninguém segura o sistema

  33. Jefferson says:

    Minha sugestão é do Debian 7, bem configurado.

    Nunca mais vão sentir falata do Wxp.

  34. Linux Mint (http://www.linuxmint.com/rel_petra_cinnamon_whatsnew.php), certamente, que nem se percebe bem porque não está aqui porque é uma das mais usadas variantes baseadas no Ubuntu.

    E também o PinguyOS (http://pinguyos.com/), que tem uma versão LTS nova quase a sair, e que funciona sem problemas até num MSI Wind.

    Aliás, pelo menos todas as que estão em http://distrowatch.com/dwres.php?resource=major deveriam estar a ser faladas neste artigo e não algumas como o ElementaryOS que é de nicho e que em alguns PCs dá problemas.

  35. Paulo Guarnieri says:

    Difícil, heim? Nada atualmente substitui o bom e velho XP, o melhor sistema operacional que já existiu pra desktops, na minha opinião. Já vou detonar o primeiro da lista, o Zorin 8. Por que o 8? Essa versão teve suporte somente por alguns meses, depois não dá pra instalar mais nada nele. O XP, na ativa desde 2002, se não me engano, ainda dá pra instalar bastante aplicativo nele! O Zorin 9 tem suporte até 2019, é melhor opção. Depois, o Zorin é leve, mas o XP é levíssimo. Eu tinha em um Pc em casa por uns 5 anos, com 512mb de ram, e processador intel celeron D, e ele era um relâmpago de tão rápido. Nunca me deu dor de cabeça. Mas claro que pra isso eu tive que fazer algumas configurações, como desisntalar todo serviço que eu não usava, desabilitar alguns poucos efeitos gráficos, passar um ccleaner a cada 6 meses, e cuidando, fiquei uns bons 3 anos e meio sem nenhum programa indesejado. Naquele tempo os arquivos de instalação de programas vinham limpos, não tinha os adwares que tem hoje, tais como Baidu e outros. O Elementary Os me parece muito pesado, como vai rodar em um pc com as configurações dos que rodam ou rodavam o Windows XP?
    Outro muito bom é o Mint Xfce 17, com suporte até 2019 tambem, e se não me engano, e espero que não, mais leve que o Zorin Os. Para melhorar o Linux em geral, teria que ter mais aplicativos gráficos, para as pessoas deixar o terminal de lado, e deixar de existir coisas como problemas de dependência, repositórios inválidos, pacotes quebrados, erro 404, e um monte de complicação na hora de instalar softwares, como se não bastasse ter muito menos programas pra Linux. Já perdi também a conta de quantos aplicativos eu instalei (será?) pela central de programas, deu como instalado, e quando ia clicar no ícone do mesmo ele não abria. Nunca no Windows, só no Linux.

  36. É extraordinário não ver o Linux Mint incluído. É só uma das mais usadas distros de gnu/linux da actualidade e tem opções até mais opções de base que o Ubuntu. – http://linuxmint.com

    Linux Deepin – http://www.linuxdeepin.com

    PinguyOS – http://pinguyos.org

    Passar por http://distrowatch.com/dwres.php?resource=major é também a melhor opção antes de escolher uma distro gnu/linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.