Quantcast
PplWare Mobile

11% das organizações com XP vão mudar para Linux

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Pedro says:

    Situação complicada visto que Windows 8 não se aplica propriamente ao sector empresarial, e ao realizarem a transação para o W7 perderão alguns anos de suporte.

    • iFernando says:

      O Pedro usa o Windows 8.1? Gostava de saber porque é que o fantástico Windows 8.1 não se usaria nas empresas. Eu uso na empresa simplesmente porque é o melhor sistema e porque trabalha melhor todos os programas.

      • Paulo says:

        Em cima do S.O. correm milhares de progs, e de certeza que o W8.1 não é o melhor para software com necessidades elevadas

        • Ifernando says:

          “e de certeza”??? Sonhaste ou pensas de que. O W7 é apenas o W7. O W8.1 é o W7 mais rápido e mais seguro, com o bónus de uma Metro Start Screen onde podes ver o Tempo as Noticias e Redes Sociais em tempo real. E desenvolveres o teu trabalho no Ambiente de Trabalho. “necessidades elevadas”? o W8.1 vai mais longe com mais funcionalidades, que já não existem no W7. Experimenta! É grátis.:-)

      • Anónimo says:

        Se o amigo usasse o “fantástico” Windows 8 (8.1) com o hardware que graça na maioria das empresas ia ficar a saber porquê… As coisas não funcionam, falta o suporte para o equipamento empresarial mais antigo (não falo só de computadores, falo mesmo de maquinaria) para o qual ainda existiam drivers para o W7 (que vinham do XP) mas que agora, no W8 (W8.1), já não funcionam.

        Mudar esse equipamento é o mesmo que dizer “compra uma linha de produção nova” o que, deixe-me que lhe diga, não só não é nada barato como não está nem perto de poder ser justificado só para mudar de W7 para W8 (W8.1) — deixe-me que lhe soletre, os eventuais benefícios não justificam os custos quando o W7 faz tudo e é bem actual.

        • JB says:

          E mais vou dar um exemplo da politica fantástica da Microsoft,quando apareceu o Office10 ainda existiam muitas pessoas (e ainda há por isso ter funcionado e funcionar o “passo” dado pela companhia) que apenas trabalhavam com o office 2003,ora aquilo ao nível visual foi uma mudança muito grande a nível funcional nem por isso,acrescentaram como é óbvio “2 a 3 funções” por assim dizer. Bom tudo isto para lembrar a politica do compras ou estás entalado, lembro-me que na altura fizeram 2 jogadas de vendas absolutamente geniais para eles,mas super abusivas para o cliente,ou faziam uma formação para todos poderem tirar partido do novo office ou mudavam o visual do Of.10 para o Of.2003,tudo muito bem pago pelas empresas que requisitaram os tais serviços,chamam a isto um suporte de qualidade? ou um suporte meramente lucrativo? Fica a aqui a resposta do porquê das 10 maiores empresas portuguesas terem adoptado linux para o seu dia a dia…

  2. Rodrigo Coelli says:

    uma pergunte: tenho um software a correr no xp. mas se eu usar o linux e cor correr esse software em linux usando o emulador wine; será que não irá funcionar igual?

    • dbrenha says:

      pode ser que sim ou pode ser que não, tudo depende do programa. Dá uma vista de olhos por aqui: http://appdb.winehq.org/ ou no playonlinux se não, não custa nada experimentar: carrega o ubuntu numa pen em modo de persistência, inicia o computador pela pen e experimenta sem alterares o sistema, de certeza que encontras um tutorial algures por aqui no pplware.

    • Diogo says:

      Não é 100% certo, mas se for bem instalado tem tudo para correr bem em Linux, mas o melhor mesmo é procurar alternativas, caso não haja, aí sim, instala-se o software via Wine ou PoL

    • lmx says:

      se tiveres o código fonte e se o programa quando foi feito usar bibliotecas que não são apenas especificas do windows…pois funcionará no minimo de forma igual 😉

      Se não tiveres o código fonte, fica mais complicado e ai tal como disseram acima o wine, é uma das opções, existirão mais, mas esta é uma opção mais facil.

    • AlexAlex says:

      Se tem um programa específico em mente, o melhor seria testar logo em uma VM logo. 🙂

  3. José Simões says:

    E quem não muda não sabe em que se mete…

  4. Luís says:

    É desta que a microsoft se afunda de vez. Fingers crossed.

    • Emannxx says:

      Fingers crossed?! Qual é o teu problema?!

      Vê-se com cada coisa e com cada um hoje em dia -.-“

      • int3 says:

        Emannxx diz-me se alguma vez pagas-te um sistema operativo da microsoft?
        vou ser sincero, mas estimo que 3 em cada 4 pessoas ou computadores que correm windows é pirata. Porque será?…….. Achas justo pagar 300€ 400€ por um sistema operativo? já 100€ é bastante…

        Podiam fazer como a Apple, 20€ ou nem isso. Eles ganham o dinheiro com o suporte, e ainda metem preços no software. Isto é autentica escravidão. É por isso que adoro o movimento linux, open source initiative, Free Software Movement.

        Qualquer um que apoie a microsoft deve gostar mesmo de gastar dinheiro e deve ser cego.

        • Nelson says:

          99.9% dos particulares e das empresas compram o PC, já com o Windows instalado… Que não fica nem por 100€ em cada maquina

          E o suporte, dura mais que tempo de vida útil da máquina…

        • Emannxx says:

          Paguei meu caro. Paguei pelo Windows XP pois a cópia que vinha no meu PC quando o comprei era falsificada, e paguei recentemente pelo Windows 8. Não paguei pelo Windows 7 porque fui um dos Portugueses que participou no programa de beta test do sistema, e no final foi-me oferecida uma licença da versão ultimate.

          No entanto, o motivo do meu comentário acima, é o simples facto de eu não perceber o que vai na cabeça destas pessoas. Vocês esquecem-se que se não fosse a Microsoft, dificilmente o mundo teria “um computador, em cada casa”, mas mais grave ainda, é que se a Microsoft “desaparece-se” como parece ser o desejo de muitos, o que seria da concorrencia?

          Esse vosso ódio mesquinho, que existe só porque sim, já mete nojo. Get over it for christ sake.

          • int3 says:

            Mas tu sabes porque é que o Linux nasceu? Tens a minima ideia porque?
            Na altura da década 90 era difícil ter um computador pessoal em casa. Na altura o UNIX era codigo fechado, proprietário, e carissimo. Depois tinhamos o windows também caro, e a apple tambem cara. as pessoas só queria ligar o PC e entreter-se na web (na altura estava a crescer) e ver emails e etc. Graças ao professor da universidade de Helsínquia fez uma “distro” do unix chamado: “Minix”, que era o que o Linus Torvalds usava. Então ele (Linus) pegou no Minix (o seu SO preferido) e pegou nas tools da GNU (feitas pelo Richard Stallman) e fez pela primeira vez um Kernel decente chamado Linux nos finais de 1991. Gratuito. 100% grátis e livre de se usar e mudar, e perfeitamente customizável para as necessidades de uma pessoa ou empresa.

            Desde então servidores tem sido apenas Linux. Porque será?
            O meu ódio da Microsoft é o facto de ser caro e não se puder partilhar. Eu tenho desenvolvido algum software em casa e partilho com toda a gente, está tudo em licença GPL.

            Tu tens que aprender muita história para aprender o que se passa hoje, porque é que a maior parte dos programadores preferem Linux do que ao Windows.

            Depois ainda vem meninos mimados para aqui defender o seu desktop preferido. Eu não vou dizer que vocês devem gostar ou não, isso é me indiferente.
            Na minha opinião, todo software devia de ser livre sem estarmos preocupados com a propriedade e direitos de autor. Isso é absolutamente estupido.

            Venha quem vier dizer bem do windows, eu não me importo, simplesmente não venham difamar e dizer mentiras sobre o linux em termos de incompatiblidade porque isso é só mentiras e não sabem o poder desde SO CUSTOMIZÁVEL.

          • VC says:

            Emannxx, destesto o windows sim e quem tem conhecimentos minimos de TI percebe o porquê. O crime digital está a subir mt ano após ano e cada vez mais a privacidade das pessoas está exposta. Infelizmente, muitos como tu estão vulneráveis e não se preocupam minimamente em corrigir, ou mudar para algo que te consiga dar algo, chama-se SEGURANÇA.

            Aqui um cheirinho de como se pode brincar… já com com o windows 8 e aquilo nem apita e as pessoas nem se apercebem lol:
            https://www.youtube.com/watch?v=SMDr7Y2yVAs

          • int3 says:

            VC you are my savior! 😀

          • Nelson says:

            Desculpa lá, mas é óbvio que com Microsoft ou não, o mundo teria na mesma um computador em cada casa.

            Muito mais depressa se fossem empresas como a commodore a dominar

  5. Jose says:

    “Mas será que o Linux é o caminho a seguir? Muitas organizações dizem que sim.” 11% é muito? Aposto que so acham isso por estar a frente do Windows 8/8.1 a resposta a isso está acima com o comentario do Pedro. Mas gostam sempre de dar valor e publicidade onde não existe.

    Deviam de fazer noticia o facto de mais de 30% manter o Windows XP, e não o facto de apenas 11% migrarem para o Linux.

    • XP says:

      Falta saber a percentagem que depois de 1 mês com linux, se arrependem e volta ao windows…

      • Jose says:

        O Software e o Suporte do Linux é extremamente verde para ser usado em empresas.

        Há claro exepções, mas duvido muito que no final do ano, sejam mais de 5% de empresas a usar o Linux.

        • Nuno Vieira says:

          Já alguma vez trabalhaste com o suporte da RedHat?

          Vê-se logo que não, porque se não não estavas para ai a mandar essas bacuradas.

        • Daniel says:

          o Windows nao e orientado para as empresas…e orientado para as pessoas, e por uma questao de mentalidade!. Hoje o Linux oferece as mesmas funcionalidade…vejam o Ububtu!
          Para relembrar, maioria dos servidores sao linux! RedHat, CentOs (entrenhas redhat)…quantos servidores ha em windows?
          O problema e que a malta tem medo de mudar, entao sempre agarrados ao que ja conhecem minimamente

          • BB says:

            90% por cento das empresas em Portugal utilizam utilizam PHC, Primavera, e outros ERP’s que só existem pra Windows.
            O pessoal fala em mudar para Linux tão levianamente como se fosse trocar a marca de tabaco que consomem…
            Meter Linux no PC de casa pra ir à net, ver os mails e fazer uns documentos não é a mesma coisa que num ambiente empresarial em que não tens muita margem pra experimentalismos e andar nos forums à procura de porque é que determinada impressora xyz não funciona. Tens de garantir que o teu ERP funciona sempre bem com todos os conectores existentes, e principalmente que os utilizadores se adaptem à mudança.
            Tamos num blog de tecnologia e à partida é de esperar que qualquer um de nós com mais ou menos esforço se consiga adaptar.

          • int3 says:

            Na verdade daniel até existe uma boa percentagem de servidores windows (uns 20% talvez) para correr paginas aspx com o IIS. Mas apenas isso.

            Na microsoft, podem pesquisar, usam quase metade da infraestrutura da rede é baseada em Linux. Vejam o dominio microsoft.com (corram nmap com fingerprint detection para ver se conseguem saber que SO é mais agressivo a responder). Todos os “guess” apontam para Linux 2.6.x| Linux 3.x

        • lmx says:

          você é um brincalhão José…

          Até parece que a maioria da internet acenta em Windows querem ver??

          Focê já viu a quantidade de negócios que por esse mundo fora correm linux??

          Que me diga que em determinadas Areas, o software é escaso ou que não se adapta ao workflow das funções que o requerem é uma coisa…mas chamar-lhe verde directamente sem nenhum reparo…parece um comentário de alguém que não sabe o que diz…desculpe.

          Verde chamo eu a uma M$ que a cada SO que lança é só problemas…a isso chamo verde!!

  6. Sergio J says:

    Conheço muita empresa com Windows 8 e não se queixam. Normalmente estão a ligar-me por causa da migração do nosso sistema, que mais ou menos contratempo se tem feito pacificamente. A maior dificuldade tem sido nos conversores usb-rs232, mas sempre se resolveu.

    Adoro aquela máxima que temos ouvido por aí, o Windows 8 é muito diferente, vamos mudar para Linux que é mais parecido

    • Bruno says:

      A malta do Linux adora criticar e fazer parecer que agora sim o Linux vai triunfar. O que não dizem, é que desses 11% a maior parte so falam da boca para fora já que a maioria do software empresarial nem lá corre.
      Quanto ao W8, ainda há uns dias se soube que já vendeu 200Milhoes de licenças, muito mais do que as máquinas que têm Linux instalado no mundo (utilizadores normais e empresas, excluindo servidores), e todas ou quase todas as distros são grátis… fará se não fossem…

      • Carlos says:

        Ó Bruno talvez não saibas que muito do software empresarial é construído com base em java que é certificado para correr em linux. A câmara de Munique já fêz a migração para linux.O win 8 vendeu 200Milhoes de licenças ? , grande coisa, considerando que ao comprares qualquer pc tens de levar com o win8.Imagina se fosse “obrigatório” virem com o linux… para a próxima fala do que sabes.

        • Sergio J says:

          Existe algum (não tanto quanto julgas) software em java, e o que vejo é as empresas a querer fugir a 7 pés.

          A esmagadora maioria do software está feito para windows. Migrares para linux significa que vais reduzir drasticamente a oferta e ficarás refem de meia duzia de técnicos especializados. O Know how das equipas nas empresas está no windows. Como fazes a migração, quantos anos serão necessários para que as equipas técnicas tenham know suficiente, quanto tempo será necessário para migrar para algo completamente diferente. E acima de tudo vais ficar refem de 2 ou 3 ofertas comerciais.

          Dão 1 exemplo e acham que é suficiente? E quem disse que a migração será um caso de sucesso?

          • lmx says:

            tu vês tanto as empresas a fugir a 7 pés que o java é apenas e só a 2ª linguagem de programação mais usada no mundo a seguir ao C…

            A anos luz da concorrência…pois é!!

          • Nelson says:

            Java?

            Os utilizadores nem sabem que está a correr em Java, vão fugir a sete pés?

            Quase todo o software empresarial é feito em Java, ou pelo menos parcialmente (quando não é web), e tu dizes que as empresas fogem a sete pés?

          • Nelson says:

            Basicamente, inventar argumentos para dizer bem da Microsoft e mal do Linux…

            Foi um pinguim que te deu uma bicada?

          • Ricardo Ribeiro says:

            O mundo corporativo, não depende tanto do aplicações nativas do windows como pensam. A maioria das grandes empresas têm sistemas backend web (em grande parte desenvolvidos em java(java ee e variantes).

            Quase todo o software de business process (como gestão de workflows) corre em java.

            Obviamente que as pequenas e médias empresas não tem a necessidades de organização dessa ordem. E acabam por ser a maioria, mas quando a coisa é a sério. Ninguém está a fugir do java.

            Softwares de facturação é uma pinga no oceano empresarial.

        • Sergio says:

          Se comprasse um pc que viesse com linux a primeira coisa que fazia era meter-lhe o windows 8. Já usei linux e experimentei vários e não gostei nada. Vocês malta do linux esquecem-se que muita gente já experimentou linux e simplesmente não gostou, e que esses são em maior número do que os que mudaram para linux e gostaram e mantiveram. Falem do que sabem e deixem de falar em “se fosse”.

      • Bruno says:

        A malta do windows/linux/ios adora criticar… bla bla… Por quem gosta do linux é claro que isso é uma boa noticia, isso porque assim vai haver cada vez mais software empresarial para linux.

      • TuxPT says:

        Quantos desses 200 milhões foram vendidos sem ser com um PC novo?

        • lmx says:

          pois…essa é que é a verdadeira questão…

          Nós por exemplo em Portugal, tirando a Insys, quantas marcas temos que nos dão opção de poder comprar a maquina com linux??

          Cada maquina que é vendida, somos obrigados a comprar com windows…a lei não protege o consumidor!!

          • Dumitru says:

            Imx quando compras a maquina diz que nao queres windows :D! Mas quem vende os computadores tambem nao querem vender pc’s com Linux, pois terao que vender os pc’s mais baratos! por exemplo eles pagam 100 pelo windows ou pela licensa, mas vendem o pc com por exemplo 500 euros preco das pecas, + 200 euros pela licensa, 100 para cobrar a licensa e mais 100 para meter no bolsinho! isto foi so um exemplo mas ‘e assim que trabalha! isto tudo esta ligado! o problema esta nas fabricantes tambem!

          • JV says:

            a lei? lol são livres para fazer um computador à vossa medida ou até para comprar com windows e meter lá linux. a lei não tem nada a ver com isto, é mesmo uma questão de procura e oferta.

          • lmx says:

            JV…

            Eu quando digo lei, baseio-me no mesmo principio em que se baseiam os mechanismos de defesa do consumidor em alguns casos…

            Por exemplo…

            No caso do windows, existe monopólio…a MS$ põe e dispõe em relação aos fabricantes, o que obriga os mesmos a alnçar apenas maquinas com windows…porque dessa forma teem o SO mais barato…

            Ora isto num mercado concorrencial livre ideal, não poderia existir…ou até podia, desde que a MS não ameaçasse que se algum fabricante vender maquinas com linux, o seu SO fica mais caro…isto é um ultimato!!

            Ora sendo que existe monopolio…

            os mechanismos de defesa do consumidor teriam que funcionar, e eles próprios obrigar os fabricantes, pelo menos a lançar ofertas com outros SO’s, desta forma a MS$ ficaria impedida de pressionar os fabricantes, sobre pena de pesadas multas…era a isto que eu me referia.

            Mas porque cargas de Agua, um ser humano livre, querendo comprar um portatil, ou um Desktop completo, tem que pagar a uma empresa Americana cerca de 150€, se não vai usar aquele sistema, e apenas vai usar o hardware que os fabricantes fazem???

            Alguém consegue explicar isto??
            é que não é de fácil compreensão!

      • VC says:

        Bruno, só tenho uma coisa para te dizer… Que continuem muitas pessoas com o Windows que muitos não se irão importar… as botnet até batem palmas com isso lol… noobs… Hoje em dia faço tudo no linux que fazia no windows, com a diferença, que faço coisas no linux que nunca iria conseguir fazer com o windows 🙂 até os jogos, a suite toda da adobe, etc corre perfeitamente… As pessoas preferem o windows por uma questão de comunidade, por isso mesmo 80% dos pc’s domésticos estão VULNERAVEIS… e é tão facil…

      • Filipe YaBa Polido says:

        Bruno, o Linux já triunfou à muito tempo, mas não foi na área de PC’s caseiros. Quando falamos de servidores web e outros a conversa é outra, aí o IIS ainda tem muito que aprender. 😉
        Cada macaco no seu galho.

      • YaBa says:

        LOL Bruno. Típico comentário de quem só conhece PME’s.
        Vai lá à Radio Popular ver em que sistemas assenta o software deles.
        Vai lá aos bancos perguntar o que é um mainframe e porque raio usam z/OS e/ou AS/400 em vez do Windows 8 no backend.
        lol… é com cada uma.

  7. Karapau says:

    Boas,
    Sempre leio o mesmo quando um (novo????) SO Linux sai “No mundo do Linux, são muitas as distribuições que estão à disposição dos utilizadores. No pplware tentamos cobrir as distribuições mais populares (como por exemplo o Ubuntu, Mint, CentOS, Arch) mas também damos destaque às distribuições que, em determinadas características, são diferentes das distribuições “normais”.”
    Além disso muitas (nisso incluo o Zorin, xubuntu, emmabuntu, makulu, etc…) correm em máquinas antigas e substituem o windows.
    E eu tenho tentado, instalo numa máquina
    Pentium 4 3.0
    2 Gb de Ram
    placa gráfica que no mínimo suporta 1024X768
    Resultado o PC está sempre a bloquear, bloqueia muito menos com o WIN7 melhor com este não bloqueia. Porque bloqueará com um sistema leve?
    E como uso o Office? O libreoffice é para TPC escolares até ao 9ºano?
    Ah! temos o WINE e o outlook? e o access?
    Impressora? sem drive não funciona (torna-se cómico dizer que um SO é para máquinas antigas e só tem as drives mais recentes,
    Por favor unam-se e criem uma alternativa víável e não vivam num mundo de utopia.

    • TuxPT says:

      Porque raio o libreoffice é para trabalhos ate ao 9o ano? Serve perfeitamente a nível empresarial para 95% dos casos.
      Qualquer linux na maquina que referes (excepto talvez o Ubuntu puro) funciona as mil maravilhas nessa maquina.
      Outlook -> Thunderbird
      Access? Ainda se usa?
      Impressora? Funcionam quase todas out-of-the-box.
      Linux tem drivers para quase tudo desde os Pentium ate hoje. Quase, não tudo.

    • lmx says:

      karapau…

      Você é um homem muito azarado…e digo desta forma …no minimo azarado…

      É que as coisas para mim funcionam as mil maravilhas 😉
      Mas secalhar sou eu ao contrario de sí que sou um homem sortudo?!

    • NT says:

      Boas,

      E o que tens colado nesse velhinho pentium 4… Deve ser um autocolante da dizer “Feito para Windows”, depois tens que ver se realmente estás a configurar os drivers corretos (por exemplo, em tempos tinha a ligação de rede lenta 10M porque o driver que estava a usar era genérico e para a placa em questão só reconhecia 10M depois de alguma pesquisa e instalar o driver correto passou logo para 100M. Com o windows acabado de instalar tenho que ir ao site buscar o driver para a placa funcionar, mas sem rede é difícil). Finalmente não culpes o sistema porque te esquecestes de ler o manual e não linux não é uma alternativa é um concorrente. Será que o MacOS também é uma alternativa? BSD’s são alternativa? UNIX? E a lista pode continuar. Cada sistema é o que é.

      Libreoffice para o 9º ano… depois falas do Access isso é para quê 9º dia?
      Outlook? Tens o tunderbird para o ‘uso pessoal’ e o Zimbra (para quem já fez o 9º ano….)

      Impressora? qual é afinal a impressora, manda aí o modelo que o pessoal até te pode ajudar.

      Felizmente, ou infelizmente para alguns, o linux está a ganhar uma adoção considerável enquanto o windows está a perder. Infelizmente os OEM’s não instalam linux porque não podem receber os troquinhos que recebem para meter lá o antivírus XPTO válido por 30 dias, o Trial não sei das quantas, o office pré instalado para teres de o comprar etc. E quando fazem um pc para linux parece que tentam fazer o mais ranhoso possível (tipo eeepc com 512 de ram e 8gb de disco) depois dizem que tentaram, porém o mercado vende é windows… Experimentem meter numa máquina decente com um preço decente e digam depois qualquer coisa.
      Já agora para quem não gosta de linux e o blá blá blá do costume…

      https://www.youtube.com/watch?v=T3ID2CbtnKk

      O video é do tempo quando saiu o Windows 7… +/- 5 anitos atrás…

      Antes de acabar considero também o windows uma boa plataforma para algumas coisas, desde dar emprego a muita gente (hehehe eu sou um deles) com os BSOD e afins também permite correr muitos joguitos que eu gosto e que não funcionam em linux porque os fabricantes de jogos não dão suporte senão a windows(e mesmo ao windows não dão suporte, mas pronto…)

    • VC says:

      Karapau, quem não sabe é como a quem não vễ… um xubuntu / lubuntu nesse hardware a máquina voa (sim tenho a correr num pentium 4 com mt menos RAM que a tua). O Access e o office completo eu coloco a rodar por wine… embora exista alternativas que me garantem os mesmos resultados…

    • Filipe YaBa Polido says:

      Das duas uma, não percebes nada do assunto ou o PC está com problemas de hardware. Tenho Debian a correr num PC bem mais fraquinho e mexe-se tão bem como quando tinha o XP.
      Fora isso, no PC de onde escrevo este post, com dual-boot tão bem se mexe com o 7 como com o Ubuntu.
      Segue lá os tutoriais que andam por aqui, faz lá um memtest e depois coloca os resultados 😉

  8. AX says:

    Desculpem lá este comentário, mas estou me a passar porque há uns meses ouve aqui um artigo acerca de um site em que se faz upload de um ficheiro e ele gera um link temporário para enviarmos a outra pessoa e não me consigo lembrar do nome.

    Tinha um layout verde e cinzento. Alguém se lembra?
    Administradores, conseguem ajudar-me?

    Obrigado!

    • Paulo Alves says:

      Sendspace ou WeTransfer

    • lmx says:

      podes fazer isso na tua cloud na pasta partilhada…e já não precisas de mais sites nenhuns…

      Depois de te habituares, vais ver que é sempre a bombar 🙂

      • Diogo says:

        Boas,

        lmx, podes me dizer que distro usas?
        Ando um bocado indeciso, eu prefiro distro’s Ubuntu ou Debian based, mas nao sei qual escolher…

        Cumps

        • lmx says:

          É sempre uma questão de gosto e de ávontade com o Ambiente desktop que gostas…

          Eu por exemplo para trabalho desktop/Laptop, prefiro o Linux Mint LMDE, é baseado no debian Testing…e funciona bem…nada é perfeito mas funciona muito bem.

          Trás por defeito um Ambiente clássico, o MATE…
          Uso-o no Desktop e nos portateis…

          No meu netbook, uso linux mint xfce(baseado no ubuntu versão LTS), e parece me ser um compromisso bastante bom.

          Se gostares do Ubuntu, com este ambiente “novo”, ele é um bocado disruptivo, mas se gostares continua que é uma boa Distro…

          Eu que usei ubuntu durante muitos anos, mas não me consegui adaptar tão bem ao Unity…e por isso mudei para o fork do gnome 2.3.x(MATE).

          Tenho ainda um portátil mais antigo com linux Mint ISADORA(versão 9) fluxbox, já desactualizada foi baseada em Ubuntu, mas é uma distro fantástica…consome-me menos de 128mb de ram, é rápido, enxuto e simples…mas o linux Mint abandonou o projecto 🙁 .

          Mas existem por ai muitas distros, boas…eu de preferência tirando debian que uso em servidores e é um SO universal, só uso distros Europeias(actualmente), e baseadas em Debian.

          Já usei no passado, Mandriva,Suse,Fedora,etc,etc, mas mais para testar, nunca usei mais de 6 meses – 1 ano uma destas distros…porque gosto da base debian.

          Se gostas de Ubuntu, e a tua maquina suporta-o bem(a nivel de recursos e hardware), então não mudes 😉
          O meu problema com o ubuntu tem a ver mais com o facto de não me adaptar bem ao unity, de resto gosto muito do sistema, a canonical tem feito um grande trabalho…o ambiente gráfico é muito bonito, mas eu não atino muito com a interface…é só isso.

          Tens também o linux mint que me parece que estão a fazer um bom trabalho, e que é uma boa alternativa, inclusivé a sua versão debian testing

          Em relação a estrageiras, mantenho debaixo de olho
          o canaima venezuelano- debian ou ubuntu based
          siduction
          crunchbang

          mas não uso nenhuma das 3…

          Usa a que gostares ou te habituares melhor 😉

          • DarthVader00PT says:

            lmx, são boas as distros que mencionaste, adiciono outra hipotese, o Arch-based Linux Manjaro, sei que muitos ao ouvirem falar em Arch ficam assustados mas o manjaro é user friendly.
            Tem algo que ainda não vi em nenhuma outra distro que experimentei, software de identificação de driver para a grafica, instala-te logo (mesmo as proprietarias), podes renovar o kernel com uma linha de comando entre muitas outras coisas, podes visitar o site manjarowiki que diz tudo o que precisas de saber sobre a distro.

          • lmx says:

            sim o manjaro é uma distro que está muito boa e vem oferecer ás pessoas o arch 😉
            De forma facilitada, assim como o ubuntu em relação ao debian 😉

            A ideia é muito boa e a distro está muito bonita 😉

            Tens também os baseados em Slackware, que tentam fazer o mesmo em relação a sua base…

            São óptimas soluções para as pessoas se iniciarem,e depois escolherem o que gostam mais 😉

  9. J.C.Lopes says:

    Penso que estás a falar de enviar ficheiros de grandes dimensões. Certo?

    https://pplware.sapo.pt/internet/wetransfer-partilhe-ficheiros-ate-2gigas/

  10. Po says:

    Sem duvida alguma que o linux é uma optima opção, conntudo temos a questão da não compatibilidade das aplicações..uma das soluções talvez seja continuar a usar o xp mas sem qualquer tipo de ligação à net por segurança e usar um outro computador com linux para aceder à net..

    • lmx says:

      A questão do software não é bem um problema…

      As grandes empresas ao migrarem maquinas para linux, vão procurar software que se ajuste a nova plataforma, ou feito para linux, ou multiplataforma tipo java, python, html,php, etc , ou ainda os mesmos desde que a empresa que fez o software se digne(se quiser continuar a vender) a portar o seu software para linux…

      Este problema não se pões para a empresa final..este problema é um problema técnico, mas que a empresa final não tem nada a ver com isso….ela paga por um producto serviço…e é so com isso que ela se importa!!

      Quem tiver ofertas no mercado ganha, quem não quiser oferecer productos que funcionem nessa plataforma…pois não vende.

      As coisas são simples, não as compliquem 😉

      • VC says:

        lmx este pessoal pensa que o linux é um bicho de sete cabeças xD agora com um rato e com uns clicks fazes praticamente tudo de uma forma muito menos complicado que no próprio windows atualmente…:) e agora com o metro, que confusão lol… windows = simplicidade?!?!? onde??? lol

        • lmx says:

          Completamente verdade 😉

          Usam sempre argumentos do difícil, quando a maioria das coisas que se faz num desktop/Laptop é andar a dar clickes de um lado para o outro…

          Como em qualquer sistema operativo lol

          Pois o windows está a ficar muito estranho mesmo, e complicado…aquilo não é nada productivo…

          Ao menos a canonical está a fazer uma coisa bem feita…

          Na mesma aplicação vai algum código que diferencia a interface, se é para correr num telemóvel, num tablet ou num computador normal…desta forma temos sempre a aplicação na sua melhor forma para o equipamento em causa…

          Sim é verdade …o desktop linux é muito mais pratico que o do windows 8, de longe!!
          O win 8 é um SO para tablets,não sei porque o colocam em desktop’s/laptop’s…

          bem faz a HP por substituir o win 8 pelo 7 e depois vender aos clientes…

          • VC says:

            Uma dúvida. Criei uma aplicaçao para visualização dos canais tuga , inclusive todas as sportvs, usando rtmpdump + vlc. Já criei o pacote deb e como fazer para por na store?

          • lmx says:

            boas…

            Não conheço o rtmpdump…

            A adobe acho que em 2009 passou-se e ameaçou o sourceforge dizendo que o rtmpdump contém propriedade intelectual, ou de alguma forma infringe direitos de autor(os gajos sentem-se ameaçados…e pode nem ser verdade…é o chamado FUD)…de tal forma que o sourceforge, deixou de alojar o projecto…mas eu posso ter percebido mal 😉

            O debian tem esse pacote…e por norma o debian não o alojaria se fosse uma ilegalidade, portanto ápartida é uma contradição :S

            dê uma vista de olhos sobre o tema, no Wikipédia, foi la que vi 😉

            Estou a dizer isto, apenas como info…provavelmente já vis-te , pois conhece milhões de vezes mais sobre o tema que eu 😉

            eu nunca criei uma app para a loja do ubuntu(ja criei para Outros projectos), mas aqui parece existir info sobre o tema..

            http://developer.ubuntu.com/publish/

            Já agora a sua app foi feita com o sdk do ubuntu?

            Foi feita para telemóvel, ou para desktop, ou para os dois?

            Desde já os meus comprimentos pela iniciativa 😉

            Hei-de querer usar ;P

            Mais dia menos dia também vou fazer uma…

            Agora ando aqui ás voltas com outro projecto, que me tem dado “agua pelas barbas” 😀

            É um programador/leitor de info para um microcontrolador stm8, que não existe para linux… eu depois falo mais sobre o tema 😉

            Olha descobri isto…

            https://myapps.developer.ubuntu.com/dev/

            Para Debian:
            penso que será mais ou menos identico, inscreves-te como developer, ou mantainer, e penso que apenas assim poderás publicar a tua app nos repositórios debian

          • VC says:

            Boas,

            O RTMP é um protocolo desenvolvido pela Macromedia para streaming de áudio, vídeo e dados para internet totalmente voltada para o Flash player. Daí, muitos dos stream de canais tv que vêmos na internet em flash players, usam esse protocolo.

            O que consegues fazer com o rtmpdump, é usar o stream rtmp e abri-lo do vlc ou mplayer.
            Ex: rtmpdump -r “rtmp://89.248.168.130:443/share” -a “share” -W “http://adbuck.cc/player/player2.swf” -p “http://sharecast.to/ embed.php?ch=live1-rbi6c” –live -y “live1-rbi6c” | vlc –aspect-ratio 16:9 –

            Aquilo que criei, foi um simples shell script, com recurso ao zenity para ter gráficos, organizando os canais. Depois disso só montar o pacote .deb.

          • VC says:

            Boas,

            STVP
            http://www.st.com/web/en/catalog/tools/PF210568

            Programador Visual para ST7, STM8 e STM32

            Tens aqui o Source em C++ do programa:
            http://www.st.com/web/en/catalog/tools/PF257522

          • lmx says:

            Boas Vc…

            Ok, ja percebi 😉

            é muito util, a aplicação que fizes-te!!
            Mesmo sendo simples…imagina usares o pluguin do vlc para o mozilla, assim em vez de teres que levar com filmes em flash talvez possas usar o vlc 😉

            Estou a pensar bem?

            É que o flash é algo pesado e no linux o suporte ficou salvo erro na versão 11…gostava de experimentar 😛

            Em relação a ST, o meu obrigado pela ajuda 😉

            Eu andei a ver em tempos…já nem me lembrava, existe uns dll´ s e algum código para a maquinas windows usando o Microsoft Visual C++ como compilador, mas daria para adaptar, o problema é mesmo as dll’s…digo eu…que contem uma licença proprietária e a minha aplicação se for para avançar para um projecto tipo arduino, será uma app gpl, pelo que teria que criar um modulo lgpl para lidar com as dll’s…

            Visto não poder usar código gpl com proprietário diretamente…mas daria para fazer 😉

            A questão é que esse toolkit, penso que apenas funcione , pelo que eles dizem com o hardware para flashar que eles teem…neste caso seria o st-link, usando um método chamado ICP(in circuit programming), eu quero ter suporte para este método, até porque já tenho o hardware, mas também quero suporte para IAP(in aplication programming), ou seja usando um boot loader ;).

            Quem adquirir board deste projecto, usando o boot loader fica-lhes mais barato 😉 , este funciona via uart, mas é mais limitado…não permite por exemplo fazer debug da app :S , ou secalhar até permite(ando a tentar inventar uma forma), mas será sempre uma coisa reduzida…

            Confesso que na altura que iniciei, não conhecia este toolkit 🙁 , e agora depois de quase 5 mil linhas de código ou mais…estou na corda bamba para mudar, porque seria um começar do zero, ou quase :S

            Queria um programa que funcionasse em linux, e que fosse suportado, nos fóruns da ST, muitas das vezes encontro pessoal a se queixar que não existe suporte para linux, pelo que muito provavelmente não é tão trivial…eu vou dar uma vista de olhos na documentação, e avaliar até que ponto me poderá dar geito 😉

            Obrigado pela Partilha 😉

          • VC says:

            Boas lmx,

            São estes programas criados por nós que entusiasma. O que queres fazer é ambicioso e vai demorar, mas no fim vai-te saber bem 😉 continua e não desistas porque sei que existe alturas, em que no meio de tanto código já feito aquilo não da :p mas passado algumas horas lá se consegue dar a volta eheheh. O facto de não haver torna sempre o projecto mais interessante, por isso tens o meu apoio :). Quanto ao programinha, fiz porque estou cheio das publicidades incomudativas nos flash players e esta solução resolve isso, quanto a fazer plugin era interessante mas queria algo independente do browser 😉 exemplo tenho uma maquina antiga de um colega que o xbmc simplesmente encrava e com o programa já funciona na perfeição. Um pequeno screenshot da primeira versão, agora esta mt mais completo:

            https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/t1/s526x296/1528746_695320163834295_2144498589_n.jpg

          • lmx says:

            VC

            Eu gostei da ideia!

            Tá muito fixe
            Parabéns pela ideia 😉

            eu estou ai a ver uma janelinha em gtk do lado direito com os canais 😉

            Usas-te o zenity, e foi uma boa opção.

            Mas podes mesmo fazer a aplicação em gtk, não é complicado, quer dizer no inicio, temos que descubrir os nomes das funções, etc…como sabes o gtk funciona bem sobre C, embora tabém possas usar c++ no teu código..

            Aqui ha uns tempos estava eu a tentar desenhar o frontend grafico para esta app para o stm8, num plugin para o Geany(um IDE muito leve feito em C), é extensivel via plugins, vai ser o ide do projecto 😉

            Mas o plugin que estava a fazer além de gravar e ler do micro, continha muita info de ajuda ao prorgamador…ou pelo menos era essa a ideia, pois ainda era só um desenho…olha fiz uma porcaria na minha maquina e não tinha salvo o projecto…foram cerca de 2k linhas de código fora…perdi tudo…ainda estou em choque…

            Mas entretanto á conversa com os developers do geany, para seguir standars , etc, de forma a que a equipa podesse incluir o plugin na sua release…fiz uns printscreens…estava no inicio,mas estava assim:

            https://dl-web.meocloud.pt/dlweb/download/Share/8Bits.png

            https://dl-web.meocloud.pt/dlweb/download/Share/8Bits1.png

            https://dl-web.meocloud.pt/dlweb/download/Share/8Bits2.png

            https://dl-web.meocloud.pt/dlweb/download/Share/8Bits3.png

            o meu plugin é o do lado direito do editor..

            perdeu-se 🙁 , mas a ideia ficou, e depois do flasher vou voltar a carga 😉

            Afinal acho que não posso usar as libs da ST 🙁 aquele código posso, mas esse código usa 5 ddl’s compiladas no formato binário do windows pecoff e no linux usa-se um mais avançado o ELF…

            Se tivesse o código fonte das dll’s era um luxo(compilava-o no linux), mas a ST não é parva…sendo assim faço um e GPL ainda por cima!!

            vamos la ver… 😀

            Obrigado pela força 😀

          • lmx says:

            É so erros nesta cloud da pt…

            uma pessoa partilha, mas depois ninguém vê…enfim
            https://meocloud.pt/link/3480981a-8b7c-460d-97e9-cbfd47bb0f04/Share/
            talvez agora

  11. Mota says:

    Vamos lá ver uma coisa, usar Linux tem as suas vantangens, isso É INEGÁVEL. Eu gosto imenso de linux, nao me interpretem mal.. mas honestamente não estou a ver empresas de IT a recomendar Linux aos clientes. Felizmente existem imensos programas/alternativas mas penso que isso não chega.

    O Windows cada vez está melhor a nivel de segurança, ao passo que no windows alguns funcionarios com conhecimentos basicos vao sabendo mexendo aqui e além no linux é extremamente dificil.

    Concordo com um comentário aqui, acho bem mais “preocupante” o numero de empresas que vai usar o XP de qualquer maneira do que os 11% que o linux usa.

    • lmx says:

      Esse numero de pessoas “básicas” que falas, aposto que se ambientam melhor no linux que no windows…

      O windows está demasiado complexo…

      Mudei-me ha uns anos, e agora cada vez que mexo numa maquina windows é um desastre e acabo até por desistir…

      No linux, e usando o Ambiente grafico, tudo é básico, pois o utilizador final nas empresas apenas usa as ferramentas que lhe pedem…e isso é clicka aqui e ali, insere info, navega, escreve uns emails, faz umas folhas de cálculo, ou escreve alguma documentação…isso é tudo coisas básicas que considera actualmente mais simples em Linux.

      • Luis Silva says:

        Concordo perfeitamente, o Linux com ambiente gráfico até é fácil de aprender as coisas básicas.
        Estive na ENAME dois anos e lá usava-se linux que corria o SO no servidor, não estava instalado na máquina, era uma versão que nunca soube o nome, mas era fácil e tinha-se as coisas à mão.

        As pessoas se quiserem principalmente com o Ubuntu aprendem, já que o ubuntu dá para instalar programas sem ter de usar comandos.

        Só não migro de vez para linux por causa de alguns programas que não há para ubuntu.

        • lmx says:

          pois , quando usamos algo novo, os programas antigos, quase que ficam de lado…

          quer dizer…nos dias de hoje já muitas empresas se defendem lançando muita coisa para linux, e para os outros de forma a aumentar os seus lucros, mas ha outras que não…

          Eu posso dar um exemplo…

          Tenho o bichinho da electrónica, microcontroladores , sistemas embebidos, etc…

          Actualmente ando a “desgustar” um microcontrolador europeu, muito bom…para mim o melhor do mundo(stm8 da STMicroelectronics frança/italia) , e gostava de criar um projecto tipo arduino, com base neste micro…mas é preciso as ferramentas…

          Para windows existe tudo, para linux…graças a deus ja existe um compilador, linker,etc…mas falta um programa para “flashar” o microcontrolador, ou ler informação do mesmo…

          Não havia!
          Por isso mesmo e para utilizar o micro…estou a criar um 😉

          Para já tenho suporte via protocolo uart, mas ainda não está acabado, mas quase(estou na faze de definir o tipo de opções que o programa vai ter como input, etc).
          Mais 2-3 meses e vou começar a implementar o verdadeiro protocolo que me interessa swim, que me vai permitir fazer debug da aplicação(a correr no microcontrolador) em tempo real no computador e tudo…(vamos la ver se consigo perceber bem o protocolo que é bem esquisito…) 😉

          quando estiver acabado…o arduino like verdadeiramente europeu(o projecto arduino usa um micro da atmel americana), vai ficar mais perto da realidade 😛

          Quero dizer com isto que se não ha igual, pode -se usar outros programas, mas quando não existe nada…meus caros…cria-se!!

          Deus deu-nos dois braços e uma cabeça , para usarmos e criarmos coisas…

          O meu bem haja, a quem não tem medo do desconhecido, e avança, descubrindo novos caminhos…

    • VC says:

      Tenho a minha mãe e o meu pai com 55 anos a trabalhar com linux… e as tarefas basicas que fazem (que inclui 70% dos portugueses) adaptaram-se se uma maneira rápida e facil… não é a complicação que muitos falam, pq as distros agora sao extremamente user friendly…

      • lmx says:

        A minha mãe tem 81 anos e não larga a maquina dela hehehe

        quando la vou, ela até fica em sentido 😀

        A minha tia com 82, na mesma linux para cima e não quer outra coisa…as duas dizem que é simples…e esse era o meu objectivo, dar-lhes um SO simples para elas se entreterem.
        Parece que o objectivo foi comprido 😉

      • DarthVader00PT says:

        Eu uso, o meu tio de 65 anos usa, o meu irmão de 19 usa, o meu primo de 60 usa…na familia já há mais pessoas a usar linux que windows.

  12. Pedro H. says:

    Boas. Eu não li a totalidade dos post, mas gostaria de deixar a minha opinião.
    Citando: “Segundo o estudo, os motivos para manter as máquinas com Windows XP são:

    Custo
    Software critico, que necessita do Windows XP
    “Mentalidade”

    De referir que a maioria dos entrevistados respondeu algo do tipo quando questionado sobre os motivos para ficar no Windows XP “…Se funciona…porque mudar?”

    Em relação ao Custo, eu creio que tem a ver com o Investimento que tiveram para comprar o sistema operativo para ficarem com software legal e, softwares de produção ( 3D, CAD, Corel, etc ), que são coisas que representam gastos enormes. Mesmo migrando o sistema operativo para uma máquina virtual, é sempre arriscado que os softwares de produção deixem de trabalhar com a mesma performance que tivessem instalados numa máquina.
    O Linux e alternativas ao software de produção, embora sem custos financeiros, representam o custo do pessoal estar formado naquele pacote de software, o que para a empresa terá ( ou não ) de investir mais dinheiro a formar pessoas ou então permitir que as pessoas tomem o pulso ao novo software, o que sabemos todos, pode ser uma tarefa morosa.

    Em relação ao “Software crítico….”, penso que só se aplica a Intranets com software especialmente desenvolvido para tirar partido das capacidades de cada máquina, controlo remoto administrativo, monitorização de máquinas etc. Nas empresas em que a realidade é esta, apenas um posto migrar para uma alternativa Linux, deixam de poder monitorizar ou administrar as próprias máquinas, para já técnicos certificados microsoft que trabalhem na empresa e que não saibam um chavo de Linux, vão ter de fazer horas :D.

    Finalmente, a Mentalidade. Esta está associada a três factores importantes: Comodismo, Conhecimento do Software e Dinheiro, ambas demonstradas acima.
    É necessário alguma força de vontade para conhecer novos ambientes, tal como aconteceu quando migrei de Windows para OSX. Embora que não domine completamente o SO, apanhei os básicos e quando preciso de algo avançado, pois pergunto ou vou ao Google.

    Cumprimentos a todos e todas 😀

  13. Diogo says:

    Windows 7 FTW 😀

  14. sakura says:

    mudar para linux_ ……..
    NAO e posiivel ………… em old hardware.
    o xp e = a VER. 2.4.37kernel == XP
    n\ao se pode xp >> linux em old hardware.
    sem reconpilar o K. e uma tarefa perdida ……..

    • lmx says:

      depende da maquina, não te esqueças que na altura do xp, ja havia qua cores a correr xp…pois é

      aquilo parecia manteiga 😀 por isso a intel, que não estava a vender como queria pediu á M$, para esta fazer um SO que puxasse pelo hardware…e o vista ou long horn foi o primeiro dos SO’s megalomanos 😀

      Portanto o que quero dizer é que existe muito hardware para o xp que suporta bem as versões actuais do linux…

      Obviamente que não terá a mesma performance, mas secalhar nelas o 7 ou o 8 ainda é pior, e custa dinheiro…a decisão parece obvia para estas maquinas.

      Para aquelas mesmo obsoletas, bem ai, ou se usa uma versão de linux, mais costumizada, ou comprasse novo hardware… e sai mais uma licença para o M$ windows, para depois a M$ vir dizer que a malta adora maquinas com SO’s M$, pois ja vendeu uns bons milhões de licenças 😀

  15. Bruno says:

    Belissima noticia hoje, Microsoft baixa os custos da licença de Windows 8.1 para OEM’s para 15€ por unidade, uma baixa permanente de 70%!!
    Vamos ver agora que fabricante vai optar por Linux ou Chromebooks nas máquinas de baixo custo quando lhe pode meter o Windows mais recente por 15€ LOL

    • lmx says:

      pois…

      isso é outro problema :S

      Mas tu não pagas 15€ pelo software…tu pagas cerca de 150 euros pelo software, e pagas SO e o junkware que la vém e é grátis…mas a empresa gastou electricidade a gravar no disco, porque ela também ganha por la meter junkware…ha pois é…

      Para o utilizador final, o problema continua a ser o mesmo…o ter que pagar cerca de 150€ por maquina…

      Para o Fabricante, os lucros dos mesmos, pois vão melhorar, porque obtêm o SO mais barato ainda…e isto em milhões é muita massa mesmo!

      No entanto e se fizermos um exercicio teorico…imaginemos a Asus por exemplo a instalar linux e pagar á canonical 8$ por maquina…

      por maquina a asus poupa cerca de 10$, se vender 1 milhão de maquinas…são 1 milhão de dollars de lucro…é muito dinheiro, para marcas pequenas…

      para a Asus são trocos e ela quase de certeza que não se importa de perder 1 milhão de dollars, e por isso temos o windows cada vez mais embrenhado no seu monopólio.

      Sem lei que nos defenda e que nos “desobrigue” da obrigação que temos que cada vez que compramos um PC temos que pagar a uma empresa Americana 150€…isto é de uma tristeza extrema!

      • lmx says:

        10 milhões de dollars

      • joao correia says:

        o que eu lamento mesmo, é ser dificil encontrar uma maquina com linux, depois temos que ser nós a mudar, e quando temos um problema na maquina os srs da garantia, fazem-nos de burros dizendo que não temos garantia porque mudamos o SO, parece que somos obrigados a ter aquilo que nem queremos muito usar, e temos um outro problema, no meu caso, tenho um asus daqueles pequeno, de 10 polegadas, vinha com W7, e é uma maquina que não tem “estomago” para correr W7, não tem memoria ram nem velocidade,o XP corre nele que é uma maravilha, mas o UBUNTU corre muito melhor,como serve para a utilização que eu dou ao pc, para quê pagar para mudar?ATENÇÃO, RESPEITO AS PESSOAS QUE GOSTAM DE GASTAR DINHEIRO

  16. Xoxota says:

    O problema dos utilizadores de Linux sempre foi este. Achar que o mundo inteiro tem de usar Linux. Sejam eles avózinhas, utilizadores comuns, ou empresas. O objectivo é sempre o mesmo, destronar o SO do lado, chega a ser obsessivo. Talvez por causa disso, tenham desatado a fazer distribuições manhosas, sem qualquer suporte, e que acabam por fechar ao fim de um ano. O Linux (ou em muitos casos o Unix dos pobres como eu lhe chamo), ou muda de filosofia ou nunca será suficientemente competitivo pelo menos no mundo empresarial. Os motivos são muitos, mas deixo 2 importantes: 1. O Linux não possui um conceito abrangente como é o caso do conceito de domínio que existe no Windows. Isso implica autenticação de utilizadores, permissões, partilha de ficheiros, mail, etc. Enquanto não criarem um conceito igual ou parecido, nada feito! 2. O Linux é caro! Sim, o Linux é caro! Sejamos claros, só existem 3 sabores de Linux. A saber: RedHat (CentOS), Suse, e Debian (Este ultimo sem suporte comercial) O resto é pior que Windows. Ora uma licença de RedHat é cara, e normalmente as empresas têm acordos com a Microsoft que lhes permite conseguir preços bastante atractivos, mesmo em servidores. Mudando estes dois factores, o resto virá por arrasto. Por último, e embora isso deixe muita gente infeliz, não acho que o foco deva ser o Desktop. O foco deve estar no mercado empresarial, em todas as suas vertentes. Isso sim, fará o Linux mexer.

    • int3 says:

      Xoxota continuo sem perceber porque é que no mundo das empresas de servidores e por aí fora, quase tudo corre linux com suporte de comunidade….. se suporte da comunidade não presta, não entendo porque é que usa-se ubuntu server, debian, CentOS, …

      Só quem paga suporte da RedHat é porque precisa mesmo de profissionais na área e tem certas coisas especificas.

      O windows continua a ser muito mau em termos de filosofia, e a unica coisa que o mantêm como está foi o monopólio da Microsoft.

      Sejam honestos, não era melhor termos software de borla sem estar ilegal? Além disso, milhares de pessoas dispostas a ajudar por prazer? Linux foi a melhor coisa que aconteceu no mundo da informática.

      ah, vocês esqueceram-se da Caixa Magica. é portuguesa…

    • lmx says:

      O debian tem suporte comercial…de varias entidades, não ha é uma expecifica…

      Mas porque não referiste o ubuntu??

      neste momento dos comerciais é o 3º…pois é muita gente olha para ele como sendo desktop, mas eles teem versões server, cloud, etc

  17. Ricardo says:

    De qualquer forma 80% das maquinas vão continuar a utilizar Windows. Nada mau numa fase inicial.

  18. Carlos says:

    Não vão nada, porque não vão mudar para coisa nenhuma.

    Basta ver a resposta mais comum:

    “…Se funciona…porque mudar?”

    Se fossem mudar já o teriam feito há que tempos porque o Vista saiu há 7 SETE anos, e o 7 há QUATRO. Não foi propriamente ontem.

    A maior parte das “organizações” nem sequer tem departamentos de TI, e a “mudança” de PCs é feita conforme vão precisando de PCs novos, porque precisam de mais ou porque os velhos com o XP se avariam.

  19. Luis says:

    Windows XP actualiazado, controladores em dia, kaspersky Internet Security, browser Firefox ou Chrome, qual é o problema de usar o XP?

    • int3 says:

      eu fiz um enorme esforço para responder-te.
      Já alguma vez procuras-te saber o que são kernel exploits? Não vai ser os AV, nem anti-malwares que te impede disso. Só com um IDS/IPS como o snort (estranho, só existe para linux…:D) que te previne e bloqueia isso. Mas imagina quem desenvolve o snort, ou outros daemons IDS/IPS tem que constantemente atualizar para XP, vista, 7, 8, 8.1, Linux, OSX, FreeBSD, OpenBSD, unix variants….

      Ou seja, é muita bagunça. Com linux, podemos alterar o kernel para a ultima versao, sem estragar nada, sem alterar o interface, nada mesmo. Apenas alguns softwares especificos que usam as headers do kernel tem que ser reeninstalados como o caso do VirtualBox, para darem novamente.

      cumprs

  20. Sergio Lackmann Vieira Junior says:

    Gostaria que os entendidos me respondessem uma dúvida: E quanto ao suporte de atualizações ao linux? (Ubuntu ou Mint) por exemplo, de quanto tempo é em média? Pois imagina-se um parque com umas 300 máquinas, ao se fazer a troca de S.O. ao decorrer de um ano ou dois, te-lo de fazer novamente, acho esse um ponto crítico do Linux! Agradeço se alguém esclarecer essa dúvida! Obrigado!

    • Sergio Lackmann Vieira Junior says:

      Pesquisando pela internet, vi que as distros normais possuem 18 meses, e LTS até 3 anos.Falávamos de quase 14 anos de suporte ao XP. Ai a coisa fica um pouco difícil ter que atualizar uma empresa com muitas máquinas a cada 3 anos.
      Fonte:
      http://www.ubuntudicas.com.br/blog/2009/09/o-que-sao-versoes-lts/

      • lmx says:

        As versões LTS do ubuntu teem suporte durante 5 anos…

        depois deste tempo continuam a ter suporte, mas apenas para correcções de segurança…

        Falou nos 14 anos do xp…bem a M$ nunca quiz dar 14 anos de suporte, foi abrigada a faze-lo porque as pessoas não saem do xp…é diferente do que anunciou…

        Não acredito que os novos SO’s M$ tenham 14 anos de suporte!!Metade??Talvez…

        De qualquer forma, vou-lhe deixar um exercicio…

        Numa maquina com ubuntu por exemplo, para instalar a nova versão você, faz numa shel, num script, no que seja isto:
        sudo apt-get update
        sudo apt-get upgrade
        sudo apt-get dist-upgrade

        e depois isto:
        sudo apt-get install update-manager-core
        sudo do-release-upgrade

        esta é a melhor hipotse para que não haja erros…numa sessão ssh…

        você pode actualizar o seu parque de 300 maquinas estando sentado na secretaria a houvir uma musica e secalhar a experienciar o sabor de um café, ou outra bebida qualquer…

        fica com tudo actualizado!!

        Agora lanço-lhe o desafio…vá ás maquinas windows e actualize-as….
        Desmoreceu??Teve um ataque cardiaco??Quanto tempo vai precisar para actualizar todas??

        pois é!!

    • Alberto says:

      Olha isso não é problema pois o upgrade para versões lts mais avançadas é feita de forma eficiente e com menos problemas do que com sistemas Windows. Pelo menos tenho essa percepção tanto aqui nesta empresa onde trabalhamos com migrações habituais como antigamente onde na outra empresa tínhamos um parque com mais de 1000 máquinas isso sim era um terror para o helpdesk!

    • vyana says:

      @Sergio a grande diferença é que quem usa linux e apostou em expandir o seu know-how neste sistema, compreende perfeitamente porque este sistema é superior aos outros. Para não me prolongar muito na tua resposta, basta esclarecer-te do seguinte:
      1. tens distros “Rolling release”
      2. a gestão de um parque informática é muito mais eficiente:
      2.1 crias um script com os vários IP’s da rede (até podes melhorar por forma ao script ver quais IP’s estão a responder;
      2.2 depois mandas um comando remoto para as máquinas fazerem todas o upgrade (http://www.cyberciti.biz/tips/linux-running-commands-on-a-remote-host.html)

      Resumindo, com apenas um script e um enter tens o parque informático todo atualizado (seja ele 10 ou 1000)…

      Mais ainda, podes criar um mirror dentro da tua empresa, e fazer com que o processo de upgrade seja mais rápido e poupar largura de banda…

      @lmx, tens tido muita paciência aqui no peopleware para ainda responderes a muita “boa gente”.

      Continuo a achar que a ignorância é um problema sério nos seres humanos, mais ainda pior quando teimam em não compreender e não fazerem um esforço para conhecer a fundo um sistema, para depois o criticar.

      Mais uma vez: “O Linux não é difícil, é diferente”.

      Só para conhecimento e exemplo: https://pplware.sapo.pt/informacao/companhia-de-seguros-migra-750-pcs-para-linux/

      • Sergio Lackmann Vieira Junior says:

        Obrigado pelos esclarecimentos, foram de grande utilidade e valia para o meu pouco conhecimento! Salvarei todas as respostas para estuda-las de forma a entender um pouco mais e quem sabe conseguir aplicar estas sugestões. Um grande abraço a todos e muito obrigado!

        • vyana says:

          @sergio, o parágrafo em que falo para o @lmx, não diz respeito à resposta dele para ti, mas sim para o trabalho em que ele se dá em responder aos “cegos”…

          A comunidade linux está atenta, e até ignora grande parte dos comentários que não visam favorecer qualquer conhecimento. Normalmente, um “linuxer” tem como objectivo ajudar o próximo ao ponto de até lhe explicar detalhadamente o problema e a resolução.

          É para isso que aqui estamos, é assim que o Linux tem crescido e melhorado, é assim que todos deveriam de seguir: perceber o seu funcionamento, usar da sua criatividade e explorá-lo e depois ajudar os outros e documentar.

          @sergio, não subentendas a minha resposta anterior como uma crítica, até porque eu não costumo ser ofensivo, mas sim porque tu fizeste uma pergunta pertinente, em vez de logo afirmares que em Linux não é possível fazer isto ou aquilo (como alguns o fazem aqui).

          Fico contente por ter esclarecido/ajudado mais uma pessoa, como já o tenho feito ao longo dos anos 😉 Isso é que é importante.

          Fica bem @sergio, e continua assim 😉

        • lmx says:

          @ Sérgio…

          Boas Sérgio…

          Pelo seu comentário, deduzi, que interpretou a minha resposta acima de outra forma…?!

          Não tenho nunca o objectivo de criticar, ou ofender as pessoas, mas gosto de dar a minha opinião 😉

          Eu sou uma pessoa muito directa, quem me conhece sabe, mas não ofendo ninguém(ou se ofendo não é com intenção…o que digo é sem maldade, tudo numa boa 😉 ), embora devido ao facto de ser directo muitas vezes, as pessoas pensam isso(e muitas vezes até sou fortemente penalizado por isso…) 🙁

          O comentário que fiz acima foi escrito de uma forma despreocupada, “tudo na boa” como se costuma dizer 😉 e não visava ferir suscetibilidades.

          Não tenho nem nunca tive, e se deus quiser nunca hei-de ter aquele feitio que muita gente tem e que me enerva, de que quando alguém novo chega e não sabe, eles usam e abusam dessa pessoa…esse tipo de coisas até me fazem mal a mim…não sou assim.
          Sou completamente o oposto…sempre pronto para ajudar quem quer que seja…mesmo na rua no meu dia a dia.

          Mas a forma , indo directo ao assunto, e alguns exemplos que dou, podem cair mal, secalhar deveria-me conter mais, e avançar de outra forma…eu tento, mas não sou capaz…é da minha natureza…sempre na boa, digo as coisas e ás vezes…corre mal, como talvez agora?

          O exemplo que eu estava a dar acima, are para demonstrar a facilidade com que administra o seu parque informático, e as vantagens do linux da administração de maquinas…

          Quantas mais maquinas tiver, mais o efeito se nota é abismal…

          Talvez a ultima parte do meu comentário, lhe tenha caído mal?!Tendo em conta que não me conhece!

          O que eu queria dizer com isso era que ao actualizar o seu parque de 300 maquinas com windows para uma nova versão, você vai sentir um arrepio na espinha do de pensar que vai ter que instalar 300 maquinas, e que com linux você pode fazê-lo confortavelmente de uma forma eficiente.
          Era só isso!

          Eu ás vezes uso termos de fácil compreensão, para mais rapidamente expor o ponto onde quero chegar, e esses podem ser mal interpretados, e pelos vistos foram.

          Não julgo as pessoas pelo conhecimento que teem ou não, mas sim pelo seu carácter…esse é que dita do que de facto as pessoas são feitas 😉

          Todos temos falta de conhecimento, e todos lutamos todos os dias para adquir mais,só aquele que pensa que sabe tudo é que já não evolui mais.
          Os outros teem que perceber que realmente sabem pouco, para continuarem á procura do conhecimento, e aprenderem mais. 😉

          Não se sinta incomodado, com o meu comentário, porque tem a minha palavra de honra que não foi depreciativo!! 😉

          Utilizei, foi termos bastante óbvios para expor onde queria chegar com a dificuldade que atravessaria na migração para uma nova versão do SO…

          Presumo que ficou ofendido?!
          Por isso eu peço desculpa ao Sérgio pela forma infeliz como expos as coisas no meu comentário.

          Não era de todo o meu objectivo.
          Andamos todos neste mundo para aprender 😉

          • Sergio Lackmann Vieira Junior says:

            @vyana e @lmx, não precisam se desculpar não, eu os entendo perfeitamente, eu gosto muito do linux, uso o Mint, e Universidade onde trabalho na área de suporte, tento implementar o Linux nas máquinas que posso, mas muitas pessoas,”cegas”, não querem mudar, pq têm medo do desconhecido, do novo. De forma alguma me senti ofendido por vocês, entendo que existem pessoas que os tiram a paciência e os entendo perfeitamente. Suas respostas de ajuda muito vieram a me “abrir os olhos” com a forma de upgrade extremamente facilitada no linux. Agradeço a ajuda, fiquem bem, e continuem assim, ajudando os “que querem aprender” grande abraço!

          • lmx says:

            Boas Sérgio…

            Mesmo assim depois de reler o meu comentário, peço-lhe desculpa na mesma, pois de facto pode parecer desrespeitador mesmo. 🙁

            Embora como expliquei, falei de uma forma tranquila, sem maldade, e a conclusão deveria ter sido de outra forma…mas foi infeliz!!

            Apesar de não ter visto mal nenhum no que escrevi na altura, agora noto que tendo em conta , que o Sérgio não me conhece, pode ter levado a mal, ainda por cima falando a mesma língua, mas estando inserido noutra comunidade, o que há mudanças de costume, etc, de local para local.

            Falhei completamente o objectivo do meu post acima.

            Ainda por cima quando o Sérgio, nem disse nada de errado, mas custa-me quando tenho um comentário mais infeliz(ele até estava a correr bem, a parte final é que foi desastrada mesmo)! 😉

            Sérgio, por favor e mais uma vez, aceite as minhas sinceras desculpas 😉

  21. Alberto says:

    Particularmente uso cada vez mais Linux, embora use igualmente Windows 7 apenas porque tenho aplicações que não correm em Linux e sinceramente nem espero que venham a correr. Se vierem, bom deixa de fazer sentido usar Windows. Já grande parte do comércio lisboeta (pelo menos 194 – nossos clientes) usam sómente Linux e ninguém se queixa. Aliás agora é que ninguém se queixa. Acho que comercialmente o Linux nas empresas não é uma boa aposta pois acaba por dar menos lucro à empresa em questão de suporte técnico como havia com sistemas windows! Isto são factos! Facturação, desenho, office, internet, etc… tudo é usado em Linux.

    Ok o office da Microsoft é mais bonito, mas agora há também o kingsoft Office!

  22. Jorge says:

    Sou utilizador windows, mas ultimamente e por causa do fim do XP, tenho andado a experimentar linux. Tenho gostado! E sobretudo porque a quase totalidade do software necessario para trabalhar está ali “à mão de semear”, livre!!!!!, gratis!!!!! e simples de descarregar. Eu gostaria que os defensores do Windows ao fazerem os seus comentários, à partida indicassem se todas as maravilhosas funcionalidades (programas e aplicações) que utilizam no windows , as obtêm de forma “paralela” ou então quanto já gastaram em software/ programas que não o sistema operativo. Sim; porque o Wxp/7/8/linux… é só para pôr a maquina a funcionar…. tudo o que fazemos no computador depende do instalarmos depois….

  23. Luiz says:

    Guerrinha mais besta essas de SO, nenhum SO é infalível então tanto faz, as empresas saberão o que vai ser mais vantajoso, se é mudar para o Linux ou upgrade de Windows.
    O que não dá é eles continuarem a usar um SO obsoleto pela comodidade de ser o que conhecem melhor e com isso sofrer com buracos na segurança.

  24. Pedrom says:

    Vou mudar para o Linux, ainda não tenho a certeza de qual distribuição que vou utilizar. Talvez o Linux Mint Cinnamon 16 (32 bits), mas ainda tenho outros em mente.

    • int3 says:

      se não tiveres muita experiencia usa Linux mint. Se fores mais experiente exprimenta Debian ou OpenSUSE.

      • VC says:

        Aconselho a usar qualquer um desde que seja derivado de Debian :p desde q passei um fim de semana seguido, no pavilhão Rosa Mota no evento, Porto cidade tecnológica 2001, através do pessoal da FEUP dei os primeiros toques em Debian… Nunca mais larguei 😉

        • int3 says:

          a FEUP tem uma “distro” deles. Tem algumas ferramentas que eles metem lá e um wallpaper da faculdade ahah. Mas acho que é do ubuntu e não debian(acaba por dar ao mesmo).

          Eu já prefiro qqr um derivado do antigo SlackWare. Está muito mais organizado, só que é mais dificil mexer nele. Principalemente quem usa ArchLinux deve saber do que estou a falar (eu por exemplo :D)

          • VC says:

            Boas,

            Comecei com linux a trabalhar com slackware e depois gentoo (sem duvida das distros onde aprendes a mexer com linux), depois conheci o debian e nunca mais larguei até agora. Conheci pq o ppl da FEUP era maluco por Debian em 2001 e na concentração só usavam isso enquanto eu mexia no slackware… após experimentar, nunca mais larguei 😛

      • TuxPT says:

        Mint/Xubuntu para quem é novo é o que recomendo

        Depois disso, é mudar se se quiser:
        ArchLinux, Debian, Gentoo… é o que se quiser 🙂

  25. int3 says:

    @lmx halp
    Feb 23 19:41:19 ubuntu kernel: [ 594.521895] ata3.01: configured for UDMA/33
    Feb 23 19:41:19 ubuntu kernel: [ 594.521920] ata3: EH complete
    Feb 23 19:41:19 ubuntu kernel: [ 594.734472] ata3.00: exception Emask 0x0 SAct 0x0 SErr 0x0 action 0x6
    Feb 23 19:41:19 ubuntu kernel: [ 594.734542] ata3.00: failed command: WRITE MULTIPLE EXT
    Feb 23 19:41:19 ubuntu kernel: [ 594.734591] ata3.00: cmd 39/00:00:10:74:06/00:02:1d:00:00/e0 tag 0 pio 262144 out
    Feb 23 19:41:19 ubuntu kernel: [ 594.734591] res 51/84:31:10:74:06/84:00:1d:00:00/e0 Emask 0x10 (ATA bus error)
    Feb 23 19:41:19 ubuntu kernel: [ 594.734709] ata3.00: status: { DRDY ERR }
    Parece que o meu HDD está a morrer XD Tenho 2 HDD’s para armazenamento. um Sata 3 da WD, e outro da Seagate Sata 2 (mais antigo).
    E ao que parece o mais novo WD está a morrer. Tenho velocidades estupidas de 500kb/s nem isso. ideas?

    • lmx says:

      hummm…

      olhando assim derepente…desliga a maquina retira e volta a colocar os cabos sata na board e no disco…

      Ou Melhor, certifica-te que estão bem ligados primeiro…

      Hoje em dia a malta só consegue comprar coisas da china e depois é conectores da treta…

      Disse-te que tinhas mais que um disco?!
      Faz um dmesg e vê se aconteceu o mesmo em todos

      depois de mexeres nos conectores,faz um :
      dmesg|less ou dmesg|tail -f …é a mesma coisa

      e verifica se os erros continuam a aparecer…Se não continuarem…era dos conectores 😉

      SE CONTINUAREM…

      instala o smartctl(sudo apt-get install smartmontools )

      verifica se tens o SMART activado…
      sudo smartctl -i /dev/sda

      se não tens activa-o:
      sudo smartctl -s on -d ata /dev/sda

      verifica se passou nos testes:
      sudo smartctl -d ata -H /dev/sda

      Extended test:
      faz um teste ao disco(este teste demora cerca de 10 minutos, pode até demorar mais(depende dos discos…os meus ssd no maximo 7 minutos…), entretanto não faças outros testes(enquanto este não acabar)!!).

      ele até te diz quanto tempo demora o teste, e que o teste não acaba antes de x hora:minuto… 😉

      Extended test:

      sudo smartctl -d ata -t long -l selftest /dev/sda

      vê se passou neste teste(depois de acabar…)…
      sudo smartctl -l selftest /dev/sda

      Se mesmo assim o erro não se revelar…diz qq coisa

      cmps

      • int3 says:

        Ja tinha instalado e dá fail dos relocated sectors e outras cenas. mas este erro dá nos 2 discos. Eu troquei o SATA POWER cable e aparece menos erros e a velocidade aumentou. os cabos SATA (dados) estão bem, eu só tenho 2 ideias. Ou o disco está-me a comer muita energia ou é algum bug do kernel do controlador ATA. Mas já experimentei compilar o kernel para o 3.13.4 e acontece igual 😀

        Mal chegue a casa vou fazer o teste com o smartctl.

        • lmx says:

          Ás vezes os cabos de dados parecem bem, mas devido á qualidade mediucre da maioria deles, ficam folgas minúsculas nos conectores e fazem com que seja enviada informação incorrecta, pelo que tem que ser retransmitida inúmeras vezes(ao estilo do tcp, mas de forma diferente…)

          …erros reportados em /var/log/messages…que podes ver com o dmesg…ou less /var/log/messages..

          pode ser do kernel claro 😉

          mas vê primeiro…

          • int3 says:

            Lol lmx, meti agora windows parar correr smart tools self test para enviar à garantia e funciona tudo na boa. Do que será? 🙁

  26. lmx says:

    Experimenta fazer os testes no linux 😉

    Se no windows está ok, o hardware deve estar bom 😉
    Mas como é que sabes que no windows está ok??No linux tens logs para avaliar e no windows…como fazes??

    Estas a utilizar algum kernel, configurado por ti??

    • int3 says:

      O kernel é de origem. Mas vê isto: http://superuser.com/questions/121391/sata-drives-or-chipset-throwing-drdy-err-and-icrc-abrt
      Ao que parece chipset da VIA é uma bosta em linux. Não entendo porque é que o Seagate SATA2 que tenho aqui funciona na boa, e o WD Sata3 dá esses erros.

      Windows não tem logs do kernel assim tão especificos como linux,é por isso que adoro linux no Trouble shooting.

      Contacta-me para o email vitorhg20080@gmail.com
      Espero que o admin deixe passar isto.
      Assim no chat do google é muito facil de falar, porque eu estou sem drivers, apenas com a driver da placa de rede xD

      • lmx says:

        int3

        Nada te garante que seja do sistema operativo…

        repara, podem ser sectores marados, etc…e que esses sectores estejam precisamente na partição do linux…e claro quando arrancas com windows o problema não aparece…os bad sectores, estão noutra partição…

        por outro lado secalhar existem outros problemas que se manifestam em windows, mas não sabes se se manifestam ou não…

        Arrancas-te em live cd, monta as partições e vê na mesma com dmesg ou algo do género a ver se tens errors, mas não uses os discos deixa-os em stand by..porque caso contrario pode-te dar erros se leres bad sectores…

        Faz um teste aos discos com as ferramentas anteriores…vais ficar com uma ideia do que se passa 😉

        em vez do argumento “-d ata” repete os testes com “-d sat”

        so depois disso é que podes ter uma ideia do que se passa. 😉

        neste mesmo link tens ai uma possivel solução para despiste(usando o e2fsck)…mas que te obriga a stressar o disco, e se ele estiver já frágil pode marar…e não salvas info nenhuma…
        por isso te disse para fazeres AMART tests primeiro 😉

        Mas não te esqueças que os discos wd da linha green, são uma desgraça em linux e não só!!

        Por causa de um timer3 e da obcessão para que o disco poupe energia…isso acaba por mata-lo… anda sempre a arrumas as cabeças de leitura e a ficar em Iddle, sempre nisso, e acaba por matar o disco…

        mas isto ainda é outra coisa…já há muito conhecida nos discos Green da WD…digamos que é uma característica 😀

        https://bbs.archlinux.org/viewtopic.php?id=73573
        http://idle3-tools.sourceforge.net/

        …infelizmente também tenho um aqui em casa…desligado…

        Mas tens de fazer testes primeiro se não nem sabes por onde começar :S

        Já fizes-te os testes aos cabos sata, achas que estão bem…eu pela experiência que tenho posso te dizer que são o ponto numero um de falhas…mas se já verificas-te…avança para os testes…já que estás em livecd faz os testes ai.

        Monta os discos

        e faz ai os testes…

        sudo mkdir /mnt/partição{1, 2, 3}

        sudo mount /dev/sda1 /mnt/partição1

        sudo mount /dev/sdb3 /mnt/partição3

        e agora podes fazer os testes 😉

        ha se os testes correrem bem virifica o campo
        Load_Cycle_Count se cresce muito de por exemplo uma hora para a outra…
        para alterar os timers vais precisar de instalar..

        idle3-tools – change the idle3 timer of recent Western Digital Hard Disk Drives

        sudo apt-get install idle3-tools

        mas isto ja é outro assunto…sem fazeres os primeiros testes nada feito 😉

        • int3 says:

          @lmx

          É um disco completamente diferente. Não tenho dualboot nem nada, O SO estava em RAID 0 com 2 SSDs. O disco que tem problemas é o que uso para guarda a tralha :p
          já exprimentei em NTFS,EXT4,EXT2.
          http://ubuntuforums.org/showthread.php?t=2207651
          Fiz aqui um thread no ubuntuforums. Enquanto não chegar a casa não posso fazer anda 😀 Ainda tenho que fazer exames da cisco por isso, vou demorar 😉

          Mas vou fazer isso tudo lmx, obrigado. Eu digo-te aqui quando estiver feito todos os possíveis para identificar o erro 😀

          • lmx says:

            ha… ok

            agora percebi..é um disco isolado WD da linha Green…

            SE não são bad sectores são problemas relacionados com o idle3 timer…de certeza..

          • int3 says:

            Na verdade é da linha blue. Acaba por dar ao mesmo, é uma mix do black+green.
            Não reparas-te no numero de série? é blue (pelo menos é azul xD)

  27. MatSilva says:

    Pessoal!

    O que acontece, independente do SO, é o modo e o porquê, da utilização das máquinas.
    Por exemplo, eu tenho 2 máquina com o XP ligadas a uma linha de produção – controlo tipo automato – e, a não se o problema de hardware que surge, poderiam estar ali 100 anos a trabalhar que nunca dariam q.q. problema.
    Porquê?
    – porque lá ninguém corre sites web, ninguém instala nada de novo sem ser bem testado.
    É isso, as máquinas dependem das suas funções.
    Temos também máquinas com linux, 5 ao todo, sendo 3 servidores e duas para desenvolvimento.
    – excelentes, sem q.q. problema
    Ainda, máquinas com o w7 e já 3 com o w8.1
    – para uso web: mails, Office, …, sem problemas.

    Assim, CADA CASO É UM CASO, e o melhor é aproveitar o bom de cada SO.
    – o que tenho em atenção, sim, a segurança onde ela tem que existir…

    Até depois.

  28. killertomato says:

    Mat…
    O único comentário com pés e cabeça nesta lengalenga de disparates.

  29. Ernani Kopper says:

    Estamos limitados e escravos da Microsoft no sistema operacional,comprei e utilizo o Windows 7 Ultimate português do Brasil, estou satisfeito tenho suporte até 2020, sendo assim temos que ter concorrência leal,tenho uma maquina para o Windows XP, onde não aceita o Windows 7 Ultimate, teria que efetuar uma manutenção para troca de peças no valor em torno de R$ 1.300,00, não tenho dinheiro para jogar fora pela imposição da Microsoft, vou instalar o linux e começar a trenar, trabalho na área Jurídica (Advogado), o Linus efetuei um estudo profundo para utiliza-lo é um questão de habito, não mudamos o habito da nossa vida quando necessitamos assim funciona para sair da escravidão da Microsoft. 11/03/2014.

  30. Juanito says:

    Só queria dizer que quem usa o wine é pseudo-utilizador de linux.
    Existem alternativas viáveis para tudo o que é windows, se usas o wine não sabes o que é linux.

    • Ana Pardal says:

      Juanito deve querer dizer para quase tudo o que é Windows.E pelos comentários de todos os fóruns do PPlware, é fácil de ver que quase todos, para não dizer todos, usam o Windows como 1º sistema operacional e uma distro linux como 2º e muitas vezes não instalada de raíz mas sim virtualizada.

  31. Joe says:

    só não tenho certeza se softwares pesados como de modelagem 3d, animação, edição, etc que realmente são necessários em certas áreas são aceitos nas novas plataformas uma vez que os acima só citam vNTgens como organizar isso ou aquilo,ver o tempo e coisinhas triviais como redes…

  32. junior says:

    sistema bom é windows xp e windows 7 e agora windows 10,windows 8.1 é um lixoooooooooo,sai fora!!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.