Quantcast
PplWare Mobile

Câmaras de vigilância de baixo custo para proteger a sua casa ou empresa

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Bruno Mota says:

    Com o código de desconto, a Câmara Blitzwolf BW-SHC3 PTZ saí 30 euros mais cara….de 111 por 3 câmeras passa a 140

  2. Valter Soares says:

    O mal de grande parte das câmeras de baixo custo é estarem irremediavelmente afetos a uma app e/ou cloud. Isto é, só é possível aceder às imagens da mesma através da aplicação.
    O que aconselho é, se comprarem uma câmera deste género verificarem se é compatível com o protocolo RTSP ou ONVIF. Assim, terão sempre a hipótese de a integrar numa página e/ou aplicação à vossa escolha
    Por exemplo, tenho uma que integra no ecossistema Tuya/Smartlife, mas como não é RTSP ou ONVIF não tenho possibilidade de aceder ao stream a não ser através da aplicação.
    E depois há a questão da privacidade e segurança. Embora a ligação seja segura irá ficar alojada numa cloud chinesa. Vale o que vale! 🙂

  3. Ben Hur says:

    Estas dão muito nas vistas… Tenho mais pequenas e são invisiveis ao olho nu.

  4. Luis Caldas says:

    Por acaso gostava de alguma com bateria para por num portao ligada por wifi que funcionasse como video porteiro. quando tocassem despertasse algum alerta no telm ou no pc e que desse para falar. Mas é como tudo o melhor de todos os mundos nao existe.

  5. ervilhoid says:

    Acho que nenhuma destas pode ser usada para empresa, ou pelo menos para onde passem pessoas.
    se não estou em erro não podem ter microfone. alguém esclarece pf?

    • Pedro Feliciano says:

      Em principio o microfone dará para desligar. Poderá ser utilizado o microfone fora do horário de funcionamento do estabelecimento. Melhor, nas horas em que não estejam presentes funcionários.

  6. Pedro Feliciano says:

    Não esquecer que a instalação deste tipo de equipamentos, tem de ser efectuada exclusivamente por entidades registadas no SIGESP (https://sigesponline.psp.pt/) e com tudo o que daí advém, nomeadamente a o certificado de instalação assinado pelo técnico responsável (registado no SIGESP). O incumprimento, é considerado uma infração “muito grave”. Para empresas, a coima é de 7000€. Estranhamente, a aquisição é livre de ser efectuada em qualquer loja!!!

    • Diogo Santos says:

      Isso não é bem assim. Podes ter as câmaras que quiseres na tua empresa/local de trabalho, não podes é gravar video/audio enquanto estiver aberto ao publico ou estiver empregados a trabalhar no local. Para poderes gravar nessas situações é que precisas da homologação do SIGESP ou lá qual é a autoridade competente para isso.

      • Pedro Feliciano says:

        Não, não é assim. O termo recolha de imagens não distingue com ou sem gravação. Basta a câmara estar ligada, para ser considerada um elemento de protecção e por isso tem de existir um certificado de instalação e respectivo termo de responsabilidade assinado pelo técnico responsável da entidade com pré-registo na DNPSP. Apenas a questão do áudio é como dizes. Sem pedido de autorização, apenas com o estabelecimento se encontra encerrado. Durante o período de trabalho há que pedir autorização.

  7. Diogo Santos says:

    Errado. Antes era assim mas a lei mudou em 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.