PplWare Mobile

Tags: Videovigilância

Sistemas de Videovigilância: Já não vai ter de pedir à CNPD

Os sistemas de videovigilância são cada vez mais usados para vigiar espaços públicos mas também privados. No entanto, dependendo do cenário, a instalação de um sistema deste tipo obriga a uma autorização por parte da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD).

Essa autorização prévia acaba a partir de 25 de maio, isto porque entra em vigor o novo Regulamento-Geral de Protecção dos Dados.


Videovigilância em condomínio pode ser usada como prova?

Os sistemas de videovigilância são cada vez mais usados para vigiar espaços públicos mas também privados. No entanto, dependendo do cenário, a instalação de um sistema deste tipo obriga a uma autorização por parte da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD).

No caso de um furto num condomínio, poderá o sistema de videovigilância ser usado como prova?


Portugal: Polícia vai aceder a videovigilância de bares e discotecas

São hoje muitos os espaços privados, de acesso público, que possuem sistemas de videovigilância para garantir a segurança. Em Portugal as forças policiais têm apenas acesso aos sistemas de videovigilância do Bairro Alto, Amadora e do Santuário de Fátima.

O Governo de António Costa pretende agora que a PSP e GNR tenham acesso, em tempo real, à videovigilância feita em espaços como discotecas e bares, aeroportos, estações de comboio e centros comerciais, em caso de perigo.


Assalto em Tancos: Sistema de videovigilância avariado

Uma das notícias que marcou esta semana foi, sem dúvida, o roubo de material militar das instalações militares dos Paióis Nacionais de Tancos. Segundo as informações mais recentes, foram roubadas 120 granadas, 44 lança-granadas, 1.500 munições, 4 engenhos explosivos “prontos a detonar”, entre outro material.

Para “complicar” a investigação, sabe-se agora que o sistema de videovigilância estava avariado há já bastante tempo.


Portugal: Mais de 80 mil sistemas de videovigilância legais

Os sistema de videovigilância começaram a ser frequentemente usados para ajudar na segurança de vários espaços. Os pedidos à Comissão de Protecção de Dados têm aumentado significativamente desde 2014  e, de acordo com dados informações recentes, em Portugal há mais de mil sistemas de videovigilância legais a funcionar.

Segundo a Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD), são mais de 80 mil os sistemas de videovigilância legais a funcionar em Portugal.

videovigilancia