Portugal: Mais de 80 mil sistemas de videovigilância legais


Destaques PPLWARE

5 Respostas

  1. Helder Santos says:

    Não percebo porque só muito raramente a cnpd faz fiscalização.

  2. NT says:

    Por estas é que acho que a série “Person Of Interest” tem o seu se de realidade.
    Todos estes sistemas deveriam estar num circuito fechado e não ligados à internet, podem até me chamar e maluquinho com papel de alumínio na cabeça mas nunca vi um sistema destes a parar o crime pode “desmotivar” alguns dos criminosos mas hoje em dia já não têm esse medo/respeito por estar lá o sistema de vídeo vigilância.
    E o mais curioso é que tendem em abusar destes sistemas, principalmente no local de trabalho em que são usados para “espiar” os empregados. Mas no que toca a esta matéria no Artigo 20º do código de trabalho pode-se ler
    “Artigo 20.º
    Meios de vigilância a distância
    1 – O empregador não pode utilizar meios de vigilância a distância no local de trabalho, mediante o emprego de equipamento tecnológico, com a finalidade de controlar o desempenho profissional do trabalhador.
    (…)”
    Portanto tenham isso em atenção quando o “patrão” alega que viu qualquer coisas (que não implique a segurança de pessoas e bens) no sistema de vídeo vigilância, caso queiram meter um processos disciplinar eles que metam isso por escrito, principalmente a parte da utilização do sistema de vídeo vigilância. Infelizmente já passei por isso e não é fácil ter sempre aquele peso de estar sempre a ser “vigiado”.

    • Joao 2348 says:

      É ilegal, mas devia ser obrigatório.
      A maior parte dos furtos é executado por empregados. Também ajuda a esclarecer mal entendidos e suspeitas não fundamentadas (tanto em relação a clientes, como a empregados).

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.