PplWare Mobile

Tags: CNPD

CNPD quer limitar a captação de imagens por drones

Embora sejam ferramentas fantásticas para fotografar e filmar, os utilizadores de drones não deverão ter uma vida fácil após ser aprovada a nova legislação.

Depois de inquirida pelo governo, a CNPD divulgou agora o seu parecer, recomendando uma limitação da captação de imagens e áudio feita com drones.

tello drone ryze tech dji


IRS: CNPD alerta para app não oficial eFatura

Apesar de todas as alterações introduzidas no Portal das Finanças, a Autoridade Tributária ainda não disponibiliza nenhuma app móvel para facilitar a introdução, consulta e verificação de faturas. No entanto, existe uma app não oficial da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) que até se confunde, no nome, com o sistema e-fatura e que permite realizar algumas ações nesta plataforma.

Autores garantem não ter acesso a qualquer informação, mas a Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) alerta para a sua utilização.

CNPD - eFatura


CNPD quer NIF fora do novo livro de reclamações

Foi no passado dia 1 de julho que o Governo passou a disponibilizar o livro de reclamações online. Como se sabe, nesta primeira fase, só vai ser possível apresentar queixa sobre os serviços públicos essenciais (eletricidade, gás natural, água e resíduos, comunicações eletrónicas e serviços postais), mas a ideia é alargar a toda a atividade económica.

Entretanto a Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) quer que o campo NIF deixe de ser obrigatório. Saiba porque…


Portugal: Mais de 80 mil sistemas de videovigilância legais

Os sistema de videovigilância começaram a ser frequentemente usados para ajudar na segurança de vários espaços. Os pedidos à Comissão de Protecção de Dados têm aumentado significativamente desde 2014  e, de acordo com dados informações recentes, em Portugal há mais de mil sistemas de videovigilância legais a funcionar.

Segundo a Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD), são mais de 80 mil os sistemas de videovigilância legais a funcionar em Portugal.

videovigilancia


CNPD: Pessoas são negligentes e ingénuas na Internet

São raras as pessoas que hoje não navegam na Internet, em especial nas redes sociais. No entanto, a falta de “educação” neste tipo de serviços virtuais tem levado os utilizadores a cair em esquemas e, por consequência, a partilharem dados pessoais/sensíveis.

Para a Comissão de Proteção de Dados as pessoas disponibilizam informação pessoal na Internet de forma “negligente e ingénua”.

Internet