Quantcast
PplWare Mobile

Tags: prisão

Japão: Polícia prende homem por resumir filmes no YouTube

Se estavam com saudades das notícias insólitas que acontecem no mundo tecnológico, então cá está mais uma para nos surpreender.

De acordo com as mais recentes informações, a polícia do Japão prendeu recentemente mais um homem devido a este resumir filmes na sua conta oficial do YouTube. Um dos filmes que o utilizador revelou foi o drama sul-coreano “Parasitas”. E com esta detenção sobe assim para seis o número de youtubers presos pelo mesmo motivo.


Sabia que se usar um AirTag da Apple para seguir pessoas pode ir para a prisão?

A Apple criou uma rede de localização de objetos verdadeiramente global e com muita precisão. De tal forma que usar um AirTag pode conferir um problema de segurança, em vez de ser, como foi pensado, um sistema que ajuda as pessoas. Como sempre, as tecnologias usadas no “lado negro da força” podem trazer outras realidades, nem sempre legais e legítimas.

Este parece ser o caso de um homem que, após uma discussão familiar, colocou um AirTag no seu carro para seguir ilegalmente uma pessoa e acabou na prisão.

Imagem AirTag da Apple que pode ter levado um cidadão à prisão por espionagem


Trabalho não declarado passa a crime com pena de prisão

O Governo aprovou recentemente uma proposta de alteração à legislação laboral que prevê a criminalização do trabalho totalmente não declarado.

A pena de prisão pode ir até aos três anos ou ser aplicada uma multa até 360 dias.

Trabalho não declarado passa a crime com pena de prisão



Engenheiro condenado a 9 anos de prisão por roubar milhões à Microsoft

Um ex-engenheiro da Microsoft foi agora condenado a 9 anos de prisão por ter roubado cerca de 10 milhões de dólares à Microsoft. Trata-se do ucraniano Volodymyr Kvashuk de 26 anos, que serviu a empresa de Redmond entre o ano de 2016 e 2018.

Agora, Kvashuk foi condenado a uma sentença de 9 anos de prisão devido aos seus crimes contra a gigante tecnológica.