PplWare Mobile

Tags: poluição

Está a chover plástico nos Estados Unidos: fibras microscópicas caem do céu

Os avisos não são de agora e não é novidade que o planeta está cada vez mais poluído pelo plástico. Há plástico por todos o lado, é nas águas que bebemos, no sal que ingerimos, nas correntes dos oceanos, nos picos gelados montanhosos, no interior dos glaciares e agora já chovem resíduos de plástico. Literalmente, está a chover plástico nos Estados Unidos.

Embora os cientistas estudem a poluição plástica há mais de uma década, ainda não se sabe os efeitos na saúde.


Robô que vigia o rio já apanhou 27 moradores a poluírem o Vizela

Depois de detetadas águas residuais encaminhadas diretamente para o rio, a Câmara de Vizela identificou 27 habitações a prevaricar. Recorrendo a um robô, foi possível a identificação dos locais e dos proprietários. Deste modo, as ações levaram a autarquia a atuar, notificando os autores para a rápida resolução das situações.

A empresa responsável pela inspeção dos recursos hídricos utilizou um robô que tem instalada uma câmara de vídeo que identifica a origem da poluição.

Imagem inspeção com robô de descargas no Rio Vizela


1 euro por dia – o preço do transporte público em Berlim para reduzir a poluição

A Alemanha está fortemente empenhada em tirar os carros poluentes das estradas. Nesse sentido, para além dos incentivos à adoção dos carros elétricos, as autarquias das cidades germânicas apostam nos transportes públicos. O presidente da Câmara de Berlim aposta num passe de transporte público que custa 365 euros por ano. Tudo com a intenção de reduzir o tráfego e a poluição.

Com um euro por dia, as pessoas poderão usar os transportes públicos e sentir qualidade na carteira e no ar que respiram na capital alemã.

Imagem do metro de Berlim


Pentágono emite mais gases com efeito de estufa do que Portugal

O Pentágono libertou 59 milhões de toneladas de dióxido de carbono e outros gases poluidores em 2017. Dessa forma, os Estados Unidos criam mais emissões de gases de efeito estufa que aquecem o planeta apenas através das suas operações de defesa, do que países industrializados como a Suécia e Portugal, disseram investigadores nesta semana que passou.

Atualmente, o país de Donald Trump vê estes danos ao ambiente como “uma questão de segurança nacional”.

Imagem do Pentágono, instituição que gere recursos mais poluidores que Portugal


Micróbios que comem plástico poderão ser solução para poluição dos oceanos

Não é por acaso que as organizações dedicadas a alertar e combater a poluição estão cada vez mais em voga. Não é por moda, é mesmo por urgência. Há cada vez mais lixo nos oceanos e o plástico é um cancro que tem de ser combatido. Assim, poderá ter surgido uma fonte inesperada de apoio para a resolver esse terrível problema ambiental: micróbios marinhos que comem plástico, limpando o lixo omnipresente.

Sabia que atualmente há mais de 150 milhões de toneladas de plástico nos oceanos? Sabia que há uma estimativa que refere que por ano entram nos oceanos cerca de 4,8 a 12,7 milhões de toneladas de plástico?

Micróbios que comem plástico poderão ser solução para poluição dos oceanos