Quantcast
PplWare Mobile

Bitcoin é visto como “crude digital” e é tão mau para o planeta como o petróleo

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. PauloS says:

    Ate é pior pois o petroleo ainda tem utilidade para veiculos nos transportarem e criarem desde plasticos ate roupa! Ja a bitcoin n dá nadinha, so falcatruas para meia duzia de nerds andarem a enganar os outros

  2. Js says:

    Bitcoins não sei o que é
    Fala-se tanto e não sei como ê feito nem como se tem acesso
    Deveriam fazer um manual e explicar o que é e como se tem acesso
    Obrigado

  3. Jota says:

    Até que enfim que acordam para a realidade!

  4. tmyaath says:

    Para os argumentos do costume deixo também as questões do costume:
    Qual é a origem da energia consumida?
    Qual é o destino dessa energia se não for consumida?
    Como se compara em relação ao consumo energético do setor financeiro mundial?

    É sempre importante ver também o outro lado da moeda.

    • reiartur says:

      +1
      como é possível fazer um estudo ambiental, e não falam uma unica vez da utilização do Metado. A mineração está a reduzir a poluição gerada pela industria do petróleo, mas isto não convêm falar.

    • RC says:

      Quando a energia não é consumida, também não é produzida. A corrente só “flui” quando há diferença de potencial, logo se não é consumida, não é produzia.

      • reiartur says:

        Isso não acontece com a energia de fontes renovais, caso gaste ou não elas são sempre produzida. É essa energia osiosa que os minerador mais utilizam, porque os preços estão perto de zero.

        • RC says:

          Perto de zero ? onde posso comprar essa energia ? compro já alguns MWh.

          • Reiartur says:

            Como Portugal tem pouca produção energia eólica e solar é muito difícil acontecer, mas por vezes acontece. Mesmo em plena crise energetica, uma semana atrás o preço foi muito baixo, só não a zero porque as barragem começaram a bombear água.

            É claro que tu não consegues comprar essa energia, mas as empresa de mineração compram directamente às produtoras.

            Um bom artigo para leitura, é longo, todos de criticam a mineração de bitcoin deveriam de ler. O artigo é mais baseado no Texas, porque estão na vanguarda.
            Mas existem muitos outros mas ainda em pequena escala.
            https: //artigos.areabitcoin.com.br/como-a-mineracao-de-bitcoin-pode-transformar-o-setor-de-energia/

          • CF says:

            Itaipu na fronteira Brasil/Paraguai, vendem energia a 1 centimo/kWh, barragem trabalhava a 50% da capacidade, bitcoin permite-lhes reduzir o ROI.

            Também temos os reatores nucleares que tem tempos de ROI enormes bem como grandes projetos na área das renováveis, em Espanha por exemplo muitas centrais solares e eólicas fecharam, porque não eram viáveis..

            Energia só é cara porque ainda não se investiu o suficiente para produzir massivamente e tudo porque a procura não o justifica, bitcoin resolve.

        • RC says:

          Não são produzidas porque não como produzir sem gastar.

          A electricidade é mesmo assim, não consegue produzir sem haver algo que a gaste.

          • Reiartur says:

            Estamos com escassez de produção, Portugal está obrigado a usar o backup, a gastar fortunas em gás natural para produzir electricidade. Porque razão não existe mais produção eólica e solar?

            Não existe porque o consumo de energia não é linear, tem picos e baixos. Se aumentar muito a produção, vai aumentar os periodos não lucrativos para as produtores especialmente nos periodos de baixo consumo.

            A solução é criar industrias que consumam electricidade apenas nos períodos de baixo consumo, para nivelar o consumo.

            A bombagem das barragem, mineração de bitcoin, o hidrogénio, a dessalinização de agua, são soluções. A bombagem é a unica que aproveita.

          • RC says:

            Não existe mais porque é um investimento alto. Eu investi e produzo 90% da energia que consumo, incluindo a mobilidade, os 10% vão-se resolver antes do Inverno instalando mais 3 ou 4 painéis solares. No verão e em dias mais solarengos até posso vender energia à rede.

            Hidrogénio ? que tem a ver o hidrogénio com tudo isto ?

            Dessalinização de água ? para gastar energia ?

          • Reiartur says:

            Não estás bem o ver o problema, Portugal ainda está longe dessa realidade.

            O excedente que tens por vezes, no futuro vai acontecer nivel nacional e diariamente, como já acontece na zona onde energias renováveis está mais desenvolvidas.

            Neste artigo que eu coloquei em cima explica bem isso, no oeste do Texas, as eolicas e solar tem produção/estimativa em 2022 é de 60GW e para 2023 é 71GW; mas apenas consomem 18GW, ou seja, só em 2022, 42GW de energia criada iriam para o lixo, por esse motivos eles necessitam de industrias que consumam essa energia, geralmente durante a noite, nos periodos de baixo consumo. Por isso, estão a atrair empresas de mineração.

          • RC says:

            Iria para o lixo ? então mas sabe o que é a eletricidade ?

            Por cá incentivam o uso dessa energia, dando descontos de 20% em alturas fora de picos.

            Está-me a dizer que a malta que minera só liga as máquinas quando a energia está barata ? Duvido muito que seja assim, mas podia ser.

            Há uns anos estive a pensar em minerar e até instalei paineis solares para fornecer electricidade, e só ia minerar de dia, mas cheguei à conclusão que o investimento tinha pouco aproveitamento, instalei os painéis na mesma mas agora uso para consumo da casa e dos veículos.

          • reiartur says:

            Eles só mineram com energia barata.

            O governo de lá também incentivam o uso dessa energia, além preço muito baixo, as empresas tem 10 anos de isenção de impostos e outras regalias. Unica obrigação é que tem que desligar as maquinas durante os picos, mas mineradoras começam a deslizar antes, a partir dos 40$MWh por causa da rentabilidade.

            Para não falhar nos picos, eles estão a produzir energia em quantidades absurdas, este ano vão produzir o triplo do que necessitam e para o anos será quase quádruplo.

            Este verão houve uma onde de calor, e as mineradoras tiveram que cumprir a regra e ficaram vários dias desligadas.

          • RC says:

            Não se importa de mandar uns links sobre isso ?

            Diga antes que estão a instalar potência mais alta para poder produzir mais, não se produz electricidade quando não é gasta, é impossivel, como já disse várias vezes.

            Mande uns links sobre isso.

          • reiartur says:

            Esta parte especifica está no ponto 3, o problema do sistema eléctrico começa no ponto2, mas todo o relatório é muito bom.

            Português: https: //artigos.areabitcoin.com.br/como-a-mineracao-de-bitcoin-pode-transformar-o-setor-de-energia/

            inglês: https://arcane.no/research/how-bitcoin-mining-can-transform-the-energy-industry-new-report

          • RC says:

            Não era sobre isso, esse já tinha visto, era sobre o estado da energia no Texas e nos incentivos.

          • Reiartur says:

            Foi em artigos que tenho lido nos últimos meses, o mais recente foi este,
            https://www.texastribune.org/2022/10/03/texas-cryptocurrency-mining-bitcoin/
            , os outros já foi algum tempo, já não sei onde estou.

  5. Awake says:

    É possível comparar com a energia gasta pelos bancos, impressão de dinheiro…e tudo o que se encontre ligado ás moedas atuais? Parece me um termo de comparação mais justo, mas posso estar enganado.

    • CF says:

      Claro que sim, já o fizeram e concluíram que a banca gasta mais e tem capacidade para menos transações, mas os media que seguem a cartilha não tem liberdade de imprensa ou alguém ainda pensa que os tempos do lápis azul acabaram?

    • CF says:

      Pois, tudo que aguarda moderação sabemos como é, os tempos das noticias e comentários em blockchain ainda estão para chegar, só nessa altura é que a censura acabará.

  6. Cryptorules says:

    LOL… faz sentido…mas se o BITCOIN tiver nos 60k… o custo de produção será o mesmo e o valor bem diferente.
    Daqui a 1/2 falam o estudo novamente…

  7. Bruno says:

    Antes do bitcoin não existia ransomware, portanto acabem com isso tudo que só serve para alimentar criminosos.

  8. Grunho says:

    Mais cedo do que se pensa vai poder ser trocado por papel comercial do BES e deixa de poluir.

    • CF says:

      Qual foi o impacto ambiental da mineração de todo o ouro acumulado pelos bancos centrais?

      Quais os outros tipos de impacto como vidas humanas para o minerar e químicos altamente poluentes para o purificar?

      Há locais como lagos cheios de mercúrio na américa do sul fruto da exploração do ouro, procurem “Serra Pelada” no google por exemplo, um verdadeiro exemplo do degredo, tudo para o ouro estar enfiado dentro de cofres sem utilidade, porque nem como moeda servia já que lhe raspavam sempre uns miligramas.

  9. compro essa também says:

    Pelo menos quem tinha duvidas talvez fique mais sensível… ou não, como podemos ver …

    mas não estava difícil de se ver …

  10. Godlike says:

    O intuito do Bitcoin era interessante, mas sinceramente com as taxas que são pagas muitas vezes (principalmente em períodos de alto volume) e a volatilidade da moeda, (Ora agora tenho 1000€ daqui a 10 minutos, já tenho 950), não considero como uma moeda fiável.
    Em termos de anonimato, não existe, embora seja um pouco mais seguro.

    • JSB says:

      lol agora tens 5 milhões de sats, daqui a 10 minutos continuas com 5 milhões de sats. Qual é o dilema? E as taxas, que tal consultar o mempool e poupar nas taxas? Ou usar LN e pagar quase nada? Jesus…

    • CF says:

      Não é só o bitcoin que é volátil face ao dólar, dólar tb o é face ao bitcoin.

      Quando todos perceberem que a longo prazo terão sempre mais dinheiro usando bitcoin para acumular em vez de euro/dólar os produtos passarão a tabelar-se em satoshis e a volatilidade desaparece, assim como euros/dólares.

  11. jorgeg says:

    Pior do que a administracao LGBrandon e impossivel

  12. TT says:

    Só agora é que chegaram a essa conclusão? Já devia de ser proibido minerar bitcoin há muito tempo!

  13. Eu says:

    Os cães ladram e a caravana passa!

  14. José Severino says:

    Bitcoin? Eu é mais bolos. E pelos vistos aqui também

  15. CF says:

    Jornalixo autêntico, noticias encomendadas pelos governos em troca de fundos para instituições de interesse público quando o serviço público prestado é zero.

    Anda tudo a mamar via Efeito Cantillon:

    Clubes desportivos, imprensa, transportes, educação, saúde, justiça, defesa, politicos, etc.

    Esses serão sempre contra o bitcoin, esquecem-se é que o povo unido jamais foi vencido e que bitcoin é o dinheiro do povo, o único trunfo contra a inflação.

  16. deeppurple says:

    depois venham hipocritamente dizer que fomentam a inovação e tecnologia, quando isto vai ser das coisas mais impactantes a nível mundial para o futuro!

  17. CF says:

    Quanto ao título eu acrescentaria que bitcoin é tão mau e essencial para o planeta como o petróleo !

    O CO2 que liberta para a atmosfera é apenas o ciclo do carbono, sempre aconteceu e sempre acontecerá, CO2 é o menor dos nossos problemas, uma possível 3ª guerra mundial é uma ameaça maior, no século passado tivemos duas, será que não teremos nenhuma neste século?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.