PplWare Mobile

Tags: planetas

Há seis mil milhões de planetas semelhantes à Terra na nossa galáxia. Estaremos sozinhos?

Estaremos a ser imensamente pretensiosos ao pensar que somos os únicos seres inteligentes no Universo. Isto porque de acordo com novas estimativas dos astrónomos, que recolheram dados da missão Kepler da NASA, pode haver até um planeta semelhante à Terra para cada cinco estrelas parecidas com o Sol na Via Láctea.

Agarrando nesta possibilidade, haverá seis mil milhões de planetas semelhantes à Terra na nossa galáxia. Isto poderá fazer-nos pensar que muito provavelmente algum tipo de vida poderão ter esses planetas.

Ilustração de planetas parecidos com a Terra no meio de milhões de estrelas


Estudante de astronomia descobre 17 planetas e um pode ser habitável

Michelle Kunimoto, uma estudante de astronomia da Universidade da Colúmbia Britânica, descobriu 17 novos planetas. Na sua investigação, a jovem candidata a astrónoma poderá ter encontrado também um mundo potencialmente habitável, sensivelmente do tamanho da Terra. Estas descobertas foram conseguidas depois de analisados os dados recolhidos pela missão Kepler da NASA.

Durante a sua missão original de quatro anos, o satélite Kepler procurou mundos extrassolares, especialmente aqueles encontrados na chamada zona habitável das suas estrelas, onde a água líquida poderia existir na superfície.

Imagem planetas encontrados por estudante de astronomia


Quantos planetas existem no universo?

Vivemos numa era onde a tecnologia tem revelado imensos novos mundos, estrelas, buracos negros e até possíveis planetas capazes, teoricamente, de albergar vida. No entanto, com tanta tecnologia, será possível termos uma ideia de quantos planetas poderão existir no universo?

Os astrónomos estimam que existem milhares de milhões de mundos além do nosso sistema solar. Mas quantos?

Imagem planetas do universo


Animação mostra a diferença de velocidade de rotação dos planetas do Sistema Solar

Recentemente, o cientista Dr. James O’Donoghue partilhou um clip feito por si em que fez uma animação que mostra a diferença de velocidade de rotação dos oito planetas do Sistema Solar.

O resultado é muito interessante e educativo. A diferença entre os planetas é tal que alguns quase parecem parados!

Animação mostra a diferença de velocidade de rotação dos planetas do Sistema Solar


Astrofísicos e geoquímicos apresentam novas evidências de que a Terra não é única

Muito se tem falado na possível existência da Terra 2.0. Contudo, ainda são apenas algumas teorias e eventuais cenários de conformidade de habitabilidade. Segundo sugere um novo estudo da Universidade da Califórnia em Los Angeles, os planetas parecidos com a Terra podem ser comuns no Universo.

A equipa de astrofísicos e geoquímicos apresenta novas evidências de que a Terra não é única. O estudo foi publicado dia 18 de outubro na revista Science.

Imagens ilustrativa de uma Anã Branca