Quantcast
PplWare Mobile

Tags: memórias

Know by Heart, um jogo repleto de melancolia

Os estúdios russos Ice-Pick Lodge (responsáveis por Pathologic), revelaram o desenvolvimento de Know by Heart.

Trata-se de um jogo melancólico e emocional sobre velhas memórias há muito esquecidas. Venham ver…


Samsung apresenta SSD que parece um cartão de crédito e tem sensor de impressões digitais

A Samsung está presente em várias frentes. Um dos segmentos em que a empresa sul-coreana investe é no armazenamento… Na CES 2020, apresentou o SSD portátil T7 Touch com dimensões idênticas às de um cartão de crédito e que conta ainda com um sensor de impressões digitais!

Deste modo, a Samsung assegura aos seus consumidores uma opção de armazenamento com velocidades elevadas, portabilidade máxima e sem comprometer na segurança.

Samsung apresenta SSD que parece um cartão de crédito e tem sensor de impressões digitais


Toshiba Memory muda de nome e a partir de agora chama-se Kioxia

A Toshiba, outrora uma das empresas de computadores mais bem sucedidas do mundo, nos últimos anos tem passado por dificuldades. A empresa foi dividida e agora a Toshiba Memory vai mudar o nome para Kioxia.

O objetivo é continuar o investimento em memórias de qualidade e fiabilidade, ao passo que o novo nome dará uma imagem mais jovial e descontraída à empresa.

Toshiba Memory Kioxia


Assustador! Cientistas implantaram com sucesso uma memória artificial

A ciência avança por caminhos nem sempre muito nítidos. A manipulação da memória, por exemplo, é um método fascinante e, ao mesmo tempo, muito assustador. Imagine o que será lidar com implantes de memórias falsas.

A ciência conseguiu implantar uma memória falsa num rato através de mecanismos naturais. A seguir poderá ser o ser humano a receber estes testes.

Imagem de memórias implantadas artificialmente


Cientistas produziram um material que poderá fazer “download do seu cérebro”

Já imaginou a quantidade de informação que o seu cérebro recolheu até hoje? Certamente haverá vários petabytes de dados armazenados numa vida, que deveriam perdurar para sempre. Nesse sentido, cientistas da Universidade Purdue e do Laboratório Nacional Argonne (EUA) desenvolveram um material quântico. Segundo eles, esta descoberta poderá um dia permitir o download de informações diretamente de cérebros humanos para um computador.

Assim sendo, será que a humanidade estará preparada para poder ter este avanço nas suas vidas?

Cientistas produziram um material que poderá fazer