Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Epic Games

Trump investiga os acordos de segurança da Epic, Blizzard e Riot com a Tencent

Depois da polémica entre os EUA e as aplicações TikTok e WeChat estar agora mais calma, há mais uma situação a envolver o país norte-americano e plataformas chinesas.

Agora, a administração de Donald Trump está a notificar as criadoras Epic Games, Blizzard Entertainment e Riot Games para mostrarem os acordos de segurança que têm com a chinesa Tencent.


Fortnite: Save the World diz também adeus ao macOS da Apple já para a semana

É uma história sem final feliz à vista para a Epic Games. A empresa criadora do Fortnite tentou criar as suas próprias regras de permanência nas lojas de aplicações e tal atitude levou a que fosse banida pela Google e pela Apple.

A relação com Apple é o seu maior problema. Agora, a Epic anuncia o fim do suporte (imposto pela Apple) ao Fortnite: Save the World, que podia ser jogado no macOS. Mas será que todo este burburinho em torno de Fortnite não é uma estratégia da Epic Games bem sucedida?

Fortnite: Save the World diz também adeus ao macOS da Apple já para a semana


Rocket League será gratuito a partir da próxima semana

O Rocket League anunciou a sua transição para um modelo livre. Assim, a partir da próxima semana, dia 23 de setembro, os jogadores poderão descarregar o jogo de forma gratuita.

Este anúncio vem responder e dar jus a uma promessa feita pela empresa responsável pelo jogo.


Apple contra-ataca e leva a Epic Games a tribunal por quebra de contrato no Fortnite

A guerra que coloca frente a frente a Epic Games e a Apple parece estar longe de estar resolvida. Ambas as empresas advogam as suas razões e argumentações sobre o caso do Fortnite.

Se até agora era a empresa que criou um dos jogos de maior sucesso do iOS a tomar as ações, a Apple parece ter mudado o rumo. A gigante de Cupertino resolveu abrir um caso em tribunal e acusa a Epic Games de quebrar o contrato que tinha.

Apple Epic Games Fortnite tribunal App Store


Epic acusa a Apple de destruir o seu negócio e recorre novamente a tribunal

Há mais um episódio fresquinho na novela entre a Epic Games e a Apple. Não contente com a situação atual, a criadora de jogos voltou a recorrer ao tribunal, pedindo que este obrigue a empresa da maçã a colocar novamente o Fortnite na AppStore.

A Epic acusa a Apple de práticas ilegais de monopólio e diz que esta está a destruir o seu negócio. Segundo a empresa, devido a esta situação, o Fortnite já perdeu mais de 60% dos seus jogadores iOS.