Quantcast
PplWare Mobile

Tags: componentes

Europa poderia deixar de estar dependente das baterias da China em 2027

Muito água já correu no rio das baterias e estudos atrás de estudos tentam perceber quando é que a Europa conseguirá ser independente neste sentido. Ora, um novo relatório concluiu que a independência face à China para a produção de baterias de elétricos poderia chegar, em 2027.

Mas, para isto, a Europa precisaria de arrojar, em termos de visão e, claro, investimento.

Produção de baterias de carros elétricos


TSMC é a grande líder dos chips com 82% dos lucros a nível global

Nos últimos anos o setor de hardware começou a tornar-se cada vez mais popular. E a pandemia da COVID-19 veio mostrar com maior clareza a importância que a indústria de chips tem no mercado tecnológico. Assim, os grandes nomes da indústria, como a TSMC, Intel e Samsung, foram massivamente falados, uma vez que era das suas fábricas que vinham os tão desejados chips.

Desta forma, ficou claro que a TSMC é, sem dúvida, a mais poderosa fabricante de semicondutores. E se ainda houvesse algum cético, as últimas informações mostram que a taiwanesa é uma verdadeira rainha dos chips ao deter 82% dos lucros globais neste setor.


Ford pode não conseguir enviar 45.000 carros por falta de peças

Vivemos um momento estranho no mercado tecnológico onde a falta de componentes acaba por afetar significativamente os equipamentos que deveriam chegar às nossas casas. Mas no setor automóvel, essa condicionante está a deixar as fabricantes à beira de um ataque de nervos.

As mais recentes informações mostram isso mesmo e, por exemplo, a Ford poderá não conseguir completar e enviar cerca de 45.000 carros devido à falta de peças para os mesmos.


GlobalFoundries e STMicroelectronics vão construir uma fábrica de chips na França

Tal como já aqui referimos por diversas vezes, a escassez de chips promovida sobretudo pela pandemia da COVID-19, foi um dos principais motivos para que as pessoas no geral entendessem a importância que este setor tem em grande parte dos equipamentos tecnológicos do mundo.

Assim, o aumento da produção destes componentes tem sido um dos grandes objetivos da indústria. Como tal, informações recentes indicam que as empresas GlobalFoundries e STMicroelectronics estão a unir esforços para construírem uma fábrica de chips na França.


Samsung vai investir 356 mil milhões de dólares em chips, biotecnologia e IA

A pandemia da COVID-19 tornou mais claro e evidente que o segmento dos chips eletrónicos é um dos que tem maior importância em todo o mundo tecnológico. Como consequência, muitas fabricantes têm neste momento investido ainda mais neste setor, como forma de garantir stock e produção a longo prazo.

Neste sentido, a Samsung vai agora investir 356 mil milhões de dólares em chips, mas também em biotecnologia e Inteligência Artificial.