Quantcast
PplWare Mobile

Huawei terá encontrado a forma certa para contornar as sanções dos EUA nos smartphones

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Eu sei lá says:

    A questão EUA /Huawei / China não começou com os smartphones e vai além da guerra comercial.
    A Huawei foi colocada na lista negra dos EUA por razões de segurança nacional – por ser líder mundial em redes de comunicações e na tecnologia 5G. Estendeu-se aos smartphones (como a proibição da Qualcomm fornecer modems e a Google disponibilizar os “serviços Google”) pelo primeiro motivo e, também, é certo, pela guerra comercial.

    O bloqueio à Huawei nunca foi total, até há poucos dias. No que é sensível – a tecnologia para redes de comunicações, os operadores de comunicações estavam autorizados a comprar equipamentos da Huawei – desde que não houvesse dinheiro do estado envolvido (ou seja, eram as operadoras que pagavam). Joe Biden acabou com isso – a agência federal que certifica os equipamentos de comunicações deixou de poder certificar produtos da Huawei, logo, deixaram de poder ser usados.

    Quanto aos smartphones, a Huawei vendeu parte do seu negócio, que originou a Honor. Não tem tido problemas de bloqueio de fornecimento de hardware e de software. As empresas a quem a Huawei licencie a sua tecnologia também não devem ter.

    P.S. De vez em quando lê-se que “Isto foi tudo para proteger a Apple! Quando a Xiaomi for líder mundial no mercado dos smartphone, os EUA vão fazer o mesmo!”. Não creio que tenha sido. Os smartphones da Huawei foram apanhados por arrasto.

    • B@rão Vermelho says:

      Concordo consigo, mas a coincidência de os telefones terem entrado no rol das proibições logo a seguir a ter ultrapassado a Apple deixa espaço para esta interpretação.

    • traumatologiaeortopedia.com.br says:

      Concordo também, foi o 5G, mas Apple também está envolvida no 5G. Quem pega a maior parte da informação são nos telefones.

  2. Xfera says:

    Creio que mais tarde ou mais cedo a China vai responder na mesma moeda e vai criar obstáculos aos negócios de empresas americanas na China, seja em termos de comercialização seja no recurso aos meios de produção e aí sim vamos ter guerra (pelo menos comercial). Provavelmente tb vai afetar primeiro algumas (poucas) empresas americanas e depois vai escalando…tal e qual os EUA. Para já a Huawei é um preço menor para a China se manter no mercado global, mas um dia o preço vai ser alto e a China vai ripostar, não haja dúvidas.

    • Jorge Tomaz says:

      A China já faz isso há vários anos!! O YouTube’ , Instagram, WhatsApp, Twiter, Netflix, Uber, entre outras mais , estão proibidas na China!! Durante muito tempo, as consolas de jogos , estiveram proibidas na China. Ainda hoje existe censura, vários jogos estão proibidos na China, até o Fortinite foi proibido na China. A China é uma ditadura , onde o partido comunista chinês controla todas empresas/ bancos. Prática um capitalismo de estado, onde o governo da apoios, subsídios as empresas, para assim ganharem quota de mercado. Tens o exemplo dos smartphones, entre as 10 maiores empresas, 8 são chinesas!!

      • Luis says:

        Como disse e bem a China proíbe algumas aplicações/empresas de operar na China mas nunca limitou nenhuma empresa Americana de operar livremente no resto no mundo, o que é bem diferente do que os USA estão a fazer á Huawei. Devido ás sanções dos USA esta deixou de poder concorrer no resto do mundo pois não tem acesso a componentes/software essencial para a construção dos Smartphones. Na minha opinião isto só tem um nome Concorrência desleal… E não, não gosto da China mas acho que empresas como a Huawei fazem falta ao mercado pois tem qualidade e a concorrência promove o desenvolvimento de tecnologias e só favorece o consumidor.
        Dito isto, acho que os USA podiam proibir a Huawei de entrar no mercado Americano pois estão no seu direito mas nunca limitar a Huawei de funcionar noutros mercados, como por exemplo a Europa.
        A infeliz conclusão a que chegamos com esta guerra USA/Huawei é que os USA podem e vão matar qualquer empresa que lhes faça frente a nível tecnológico, a mim como Europeu isto incomoda-me bastante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.