PplWare Mobile

Tags: alexa

Alexa da Amazon chega ao novo Fiat 500 elétrico

Conforme sabemos, as casas têm-se tornado cada vez mais inteligentes, permitindo que, por exemplo, possamos desligar uma simples luz a partir do sofá, ou programar quando o robô vai começar a aspirar o chão. Isto e muito mais é possível pelos dispositivos tecnologicamente avançados que chegam às nossas mãos, como a Alexa, por exemplo.

Como a segunda casa de muitas pessoas, também os carros devem possuir elementos que facilitem a vida dos consumidores. Então, é exatamente isso que passará a existir no Fiat 500 elétrico, a assistente Alexa.

Fiat 500 elétrico, Urbanita 500e


Alexa muito perto de adivinhar eventuais pedidos dos utilizadores

Apesar de a tecnologia ser (quase) o braço direito dos cidadãos do mundo moderno, a verdade é que ela é efetivamente útil em alguns momentos. Aliás, disso sabem os utilizadores de assistentes virtuais, como a Alexa, por exemplo.

Além de tudo aquilo que a Alexa já realiza, a fim de facilitar a vida do utilizador, entretanto, começará a adivinhar aquilo que poderão pedir.

Alexa, Amazon


Alexa da Amazon com falhas de segurança

A Alexa, a assistente virtual da Amazon, está presente em muitos dos dispositivos da empresa. Assim, quando questionada, está disponível para responder a tarefas simples e diretas. Por exemplo, realizar determinadas tarefas em casa, como interagir com lâmpadas inteligentes, persianas, fechaduras, entre outros. Assim, a assistente acaba por recolher e armazenar muitos dados associados aos utilizadores.

Agora, investigadores da Check Point descobriram uma falha na Alexa que deixou a informação pessoal dos utilizadores vulnerável.

Alexa da Amazon com falhas de segurança


Apple pode enfrentar uma multa de 23 mil milhões de euros numa investigação da UE à Siri

A Apple e outras gigantes da tecnologia poderão estar de novo na mira da UE. Depois desta semana a empresa de Cupertino ter recebido uma decisão judicial a seu favor, que a livra de um pagamento à Irlanda no valor de 13 mil milhões de euros, a empresa estará de novo na mira de uma possível investigação. Agora será a Siri sob escrutínio, estando a Apple sujeita a uma multa de cerca de 23 mil milhões de euros.

Além da Apple estarão também sob escrutínio o Google Assistant e a Alexa da Amazon.

Imagem Apple Watch com Siri, tecnologia debaixo de olho da UE


Se tem uma emergência médica, o melhor é não perguntar nada à Siri ou à Cortana

As assistentes virtuais têm ganho um espaço cada vez maior nas nossas vidas. Para além de estarem nos smartphones, podemos já encontrá-las em quase todos os equipamentos que temos em casa, sendo assim quase essenciais.

Para avaliar a sua capacidade de usar os utilizadores em cenários reais de emergência, foi feito um estudo. As conclusões podem ser preocupante e são óbvias! Se tem uma emergência médica, o melhor é não perguntar à Siri, à Alexa ou a outros assistentes.

emergência médica siri alexa google assistentes