Quantcast
PplWare Mobile

Apple pode enfrentar uma multa de 23 mil milhões de euros numa investigação da UE à Siri

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Hugo says:

    Qualquer dia abandonam a UE, e ficamos todos com android. Vai ser só lag.

  2. Rrrrrr says:

    Tragam de volta o Clippy do Office!!! o melhor assistente de sempre!!!!!!!

  3. Samuel MG says:

    Não tenho pena nenhuma da Apple e das outras empresas.

    • FAR says:

      Elas também não têm pena de ninguém, são organismos cujo único objectivo é o lucro e são implacáveis. E têm cada vez mais poder. Tem de haver (algum) controlo

      • Samuel MG says:

        Concordo contigo mas discordo em “Tem de haver (algum) controlo” acho que tem de existir muito controlo sobre o que estas empresas fazem.

  4. Zé Duarte says:

    Como utilizador da Apple acho que estou intitulado a pelo menos 1 milhão desses 23 mil milhões.
    É favor tratarem do caso rápido para eu receber esses “trocos”.

  5. ervilhoid says:

    já sabemos o desfecho

  6. Luis Maia says:

    É do género Sonae e grupo Pingo Doce trabalham em Portugal e depois vão pagar os impostos à Holanda só porque lá pagam 10% 20 % menos … Mas nestes casos dispares, a UE já não se mostra indignada. Uma União Europeia mas vários sistemas financeiros :\ É ridículo.

    • Euéquesei says:

      Não fale do que não sabe.
      Para que está a falar da Sonae e do Grupo Jerónimo Martins em particular, como se fossem as únicas empresas portuguesas com sede fiscal na Holanda?
      Fique vc a saber que o Grupo Jerónimo Martins foi, das cotadas no PSI20 a última a ir para a Holanda.
      Antes deles, empresas estatais ou com controlo estatal como a PT e a Galp, já lá estavam.
      Porque não falou nessas e nas outras que foram antes?
      Só se lembrou da última, foi?
      Sabe porque razão o Alexandre Soares dos Santos perdeu a paciência com este país de gatunos e foi para a Holanda?
      Não sabe? Tb não lhe vou dizer. Informe se antes de dizer coisas que não entende.
      Sonae e Pingo Doce pagam todos os impostos dos dividendos que obtêm em Portugal.
      O que se paga na Holanda é diferente.
      Não fosse este país um antro de gatunos parasitas da pior espécie e as empresas antes prefeririam pagar aqui que lá fora.
      Mas com estas leis, com esta fiscalidade, com estes impostos altíssimos, é legítimo que cada um procure outras paragens.
      Tivesse sido comigo e em vez de ser a última seria a primeira…
      Baixem os impostos, façam estabilidade fiscal, copiem o que a Holanda faz, e as empresas vêm para cá.
      Pois, é difícil, não é? Há muita barriguinha para alimentar.
      O monstro precisa de mais e mais dinheiro. Nunca é suficiente.
      Não hão de as empresas ir lá para fora, não que não vão, só se fossem otários.
      Até os portugueses estão a ir embora daqui, quanto mais as empresas…

      • Luis Maia says:

        Referi o Pingo Doce e Sonae porque me apeteceu, mas sentiu-se dorido foi ?? Não me diga que tenho o “DESprazer” em falar com alguém importante, É fácil, meta um bocado de gelo que isso passa. Gelo faz milagres às inflamações.
        Se calhar referi essas empresas, pois foram, das primeiras que nesta “covid 19 crysis” a vir para os meios de comunicação pedir para se baixar os impostos, para não pagarem energia, águas e até rendas … Se calhar mencionei estas duas porque eram locais onde fazia compras de bens essenciais, e onde via funcionários explorados e fornecedores espoliados (coisas banais cá nesta republica das bananas), e como eu não como nem telefones “PT” nem bebo petróleo “galp” acho que dá para perceber a razão inerente ao meu comentário. Mas adiante.
        Não devia ser possível uma empresa que “trabalha” em Portugal ir pagar os impostos SOBRE OS LUCROS que obtém a “um paraíso fiscal” como a Holanda. Sim eu sei que estas empresas pagam os impostos cá em Portugal (pagam os impostos como TSU e outros aos cais não podem fugir) não me vem ensinar nada meu caro.
        Se as pessoas fogem “ao fisco” é porque podem, olhe, eu como não posso fugir, tenho que me contentar em sustentar a famelga Xuxalista :\
        Numa coisa estamos de acordo é que isto é uma bandalheira total … Mas mais de 40 % votou neste “DESgoverno” portanto tenho que me aguentar.

  7. jimmypt says:

    Luís concordo consigo!São estás empresas que fazem publicidade para comprar-mos produtos nacionais e depois vão pagar impostos,em outros regimes fiscais mais vantajosos para eles.Pura hipocrisia!

    • Paulo says:

      Ser patriota e português não implica aceitar automáticamente tudo o que o governo nos impõe. Principalmente a nível fiscal. O nível de taxação em Portugal há muito que ultrapassou o razoável. Estamos num nível que já é pura extorsão.

      • Euéquesei says:

        O que as autoridades tributárias fizeram ao Alexandre Soares dos Santos era motivo mais que suficiente até para que um dos melhores homens que alguma vez pisou estas terras, Rei D Afonso Henriques, se pusesse a cavalo a caminho da Holanda com as espadas e as trouxas atrás.
        Uma vergonha.

      • Samuel MG says:

        Vai pagar os impostos de uma empresa na Alemanha e logo vês o que é pura extorsão.

      • Manekas says:

        Concordo plenamente consigo, Paulo. O sistema fiscal português é asfixiante. Mesmo sem serem empresários, a maioria dos cidadãos comuns, quando podem, fogem ao IVA.

  8. Pedro says:

    As tecnológicas americanas a substituir os pagamentos do Reino Unido…para os parasitas da UE.

  9. Njag says:

    Se não consegues combater com tecnologia,
    combate com leis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.