Quantcast
PplWare Mobile

Volkswagen terá de suspender a produção de elétricos devido à escassez de chips

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. ZeDasCabras says:

    not my problem

  2. Xnelox says:

    Eu sei onde existem chips às paletes, no espaço, estão à órbita da Terra . Fica a dica

  3. Manuel Costa says:

    E vai demorar… serão 3 a 4 anos até as cadeias de logística voltarem ao que eram em 2019.

    • João Ferreira says:

      As fabricas para produzirem chips custam mil milhões cada e demora 3 a 4 anos e a maioria dos projetos estiverem a meio gás durante altura do COVID.

  4. Zed says:

    Este desfasamento entre procura e oferta é inédito.
    Faltam chips para produzir automóveis europeus, mas a China continua a produzir smartphones e todo o tipo de gadgets eletrónicos. Não seria mais lucrativo desviar esses chips para os automóveis e afins?

    • Milhais says:

      Regra geral os chips para os carros sao muito mais baratos, eles usam tecnologia mais antiga de 20nm a 40nm. Depois tens o problema que as empresas que produzem chips para os carros, como a infineon, a maioria usa wafer de 200mm, andar agora a investir em tecnologia antiga nao faz sentido e passar tudo para 300mm tambem tem as suas dificuldades.

  5. FreakOnALeash says:

    O problema que mais afetou a indústria automóvel na pandemia relativamente aos chips foi a filosofia “just in time”. Ninguém quer ter stocks grandes e, na sua arrogância, na altura dos confinamentos no ínicio da pandemia, a indústria automóvel retirou as encomendas de chips que tinham por irem parar com as linhas. Resultado passaram para o final da fila de espera pelas fornadas dos chips. A industria automóvel pensava que mandava nas foundries como manda em todos os outros fornecedores ligados ao setor automotivo. Enganaram-se! Pois as foundries de chips não precisam da indústria automóvel mas sim o reverso. As foundries desde à muitos anos vivem é de APPLE, SONY, Nintendo, Samsung e por aí fora, portanto quando as encomendas da industria automovel foram retiradas a reacção das foundries foi do tipo “Oh no…Anyway” e viraram-se para todas as outras encomendas que já tinham setor de gadgets e afins, as quais são de tal maneira avolumadas que ainda hoje não dão vazão. Também há um grave erro estratégico dos poderes ocidentais em não terem foundries de ponta e de grande dimensão nos seus territórios!

  6. Jon says:

    A mim não me preocupa quando eu precisar de carro sei onde comprar não preciso de comprar novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.