Quantcast
PplWare Mobile

Europa já tem arma para se diferenciar da China em matéria de elétricos

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. Grunho says:

    Em matéria de poluição industrial a Europa nunca foi exemplo para ninguém. O que sempre conseguiu foi exportar, sobretudo para o terceiro mundo, os resíduos tóxicos que gera. Agora, que estão a levar xeque-mate dos chineses na produção de baterias, resolveram inventar essa dos métodos limpos de produção para tentar puxar ao sentimento do consumidor e convencê-lo a aceitar produto europeu, mais caro e às vezes até de qualidade inferior. Não vai pegar.

  2. Micas says:

    Gostei desta frase, talvez acorde algumas mentes.

    “produção de baterias para carros elétricos é excessivamente poluente e consome demasiada energia”

  3. Gratfh says:

    É só propaganda esta Europa, o que está em causa é o condicionalismo industrial.

    • GM says:

      Propaganda? O erro foi a deslocalização da produção para a Ásia. Agora estamos com as calças na mão!

      • Imf says:

        O problema foi sempre a china entrar na organização mundial de comércio..
        Querem matéria barato eles tem, agora ate qualidade tem..
        Políticas erradas, é o que é.
        Agora chora…
        Ou achas que um aquecedo ee 20€ vendido pela worten que tem um margem de lucro brutal.
        Pode ser cendido a esse preço??
        Na Europa nem a matéria prima para fazer o equipamento custa isso. Quanto mais a mao de obra para o fazer..

        • GM says:

          Mão de obra, e tudo o resto agregado. Mas, de deslocares para outros países de mão-de-obra barata, a prazo tens problemas graves na economia. Como estamos a ter.

  4. 1984 says:

    Como se a bateria fosse a solução para o carro.
    Quem não sabe de história repete e repete sempre os mesmos erros.
    a estupidificação mas com progressividade das politicas feitas por politicos e organizações mediocres.

    • RC says:

      Falhou quando ? Quem conhece história sabe que nunca falhou, o que aconteceu é que apareceram alternativas mais baratas, mas a situação está a inverter-se com a diminuição dos preços e os aumentos das autonomias, deixando estes carros muito mais práticos e apetecíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.