Quantcast
PplWare Mobile

AMD, Intel e Qualcomm pedem aos EUA que diminuam dependência de chips estrangeiros

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. iFernando says:

    Entretanto, a Europa dorme.

    • PML says:

      EUA, China, Emidados Árabes nba exploração de Marte, Europa dorme. Pesquisas avançadas de neurociência iniciadas ainda com opresidente Obama e a Europa a começar agora. Vacinas – EUA, UK e outros já com muita população vacinada. Bazuca económica – EUA, UK e muitos outros países já injetaram imenso dinheiro, por cá ainda se discute. Claramente estaríamos pior fora da UE, mas a forma como trabalha precisa de melhorar e muito…

  2. Sc says:

    Os nossos políticos e empresarios a anos andam assobiar para o lado. Todas as grandes empresas europeias e americanas transferiram tecnologia para os países asiáticos, devido ao rendimento e a volatilidade a que estás empresas estão sujeitas, sem garantir a independência deles. Em termos competitivos as indústrias ocidentais vão estar a mercê dos países asiáticos, por muitos anos.

  3. Jm says:

    Pedissem na altura do Trump, o Biden já veio dizer que vai aumentar os impostos nas tecnológicas coisa que o Trump era contra, e o Biden já começou em conversações com a China… A economia dos já era…

    • Nuno T. says:

      “o Biden já começou em conversações com a China…” Isso não é verdade, a não ser que estejas a falar das conversas sobre direitos humanos…
      tens noção que o Trump há 1 ano assinou um acordo com a China e estava todo feliz por ter conseguido um “bom acordo”…? Apareceu a pandemia nos Estados Unidos e o Trump rasgou o acordo e virou-se contra a China, apenas para não ficar com as culpas…

  4. Carlos Fernandes says:

    “Os executivos da indústria dos semicondutores solicitam então financiamento e isenção de impostos. Segundo a carta, procuram “fundos substanciais destinados a incentivos para o fabrico de semicondutores, em forma de subsídios e/ou créditos fiscais”. Mas isto não quer dizer que estas empresas vão ficar sobre o domínio do Governo americano, podendo através destas empresas implementar “backdoors”para espionar a seu belo prazer?? Mas os E.U.A proíbem empresas chinesas, de anti concorrência por terem apoio do governo ( e só se ultrapassarem a Apple), mas acham natural apoiar as empresas deles, devido à dependência.

  5. César Oliveira says:

    É sempre o mesmo princípio, o princípio do egoísmo.
    Nacionalismo ou ultra nacionalismo é uma expressão profunda do egoísmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.