PplWare Mobile

Médica demonstra como o uso das várias máscaras afeta a nossa respiração


Autor: Ana Sofia


  1. Daniel Carriço says:

    “Como se pode ver, não houve alteração significativa na saturação de oxigénio ou na frequência cardíaca de Megan. Assim, é possível respirar usando uma máscara, uma vez que o ar circula de forma normal.”
    Ahahhaha tanta peta. Toda a gente que usa máscara sabe que isto é mentira. Agora invez de usar a máscara sentada a fazer porcaria nenhuma ela que levante a peida e va andar por aí com essa máscara, a ver se não muda alguma coisa. Que croma. Até tem cara disso.

    • Daniel Carriço says:

      Pesquisem ja agora isto “Man, 26, suffers collapsed lung after jogging 2.5 miles while wearing face mask” e sobre os casos das varias pessoas que ja morreram a fazer jogging ou outras atividades físicas com a máscara posta.

      • saldoso says:

        lol!
        há pessoas que acreditam em tudo o que lêem… embora neste caso pareça ser mais quereres enganar outros. Divertes-te com isso?

      • FAR says:

        A desinformação revelada pela “noticia” (mirror. co.uk?), pelos comentários e em geral por quem acredita nestas “noticias” é deveras preocupante. Pergunto-me se terão algum propósito especifico ou se tem realmente gosto em anunciar estas parvoeiras e fazer com que as pessoas, já de si criaturas muito sensíveis à mudança de hábitos e preocupação com o próximo, se exponham a elas e aos outros ao perigo.

        Sinceramente.. ganhem juizo.

      • César Cerverdejeiro says:

        É q já foi dito por esportistas que ñ rola usar máscara e praticar atividades físicas, esportivas…entre qm usa e faz jogging por exemplo, tá fazendo errado.

    • Toni da Adega says:

      Portanto estás a dizer que médicos que durante anos utilizaram mascaras diariamente por vezes 12h consecutivas não sabem o que é utilizar uma máscara?

    • BC says:

      Mais um especialista do facebook. Os médicos e demais especialistas éque estão errados. A malta que anda no facebook a ver os posts do vizinho e a ler noticias em sites manhosos é que a sabem toda. Daniel a presidente já!

    • JM says:

      @Daniel Carriço, aprende a discordar das IDEIAS e não a Atacar a Pessoa, (o ataque ad hominem é abusivo).
      Tu também podes ter cara de cromo, não sabemos. Se calhar é por isso que te escondes. Assim é fácil.

    • Pedro Araújo says:

      Eu há 9 anos e porque o meu trabalho me obriga, trabalho 8 horas por dia com uma máscara nivel FP3.
      Não é um trabalho nada leve mas trabalho perfeitamente com ela posta. Sim 9manos a trabalhar de máscara e ainda não morri.
      Deixem-se de idiotices e de lançar comentário sem qualquer fundamento ou experiência!

  2. Euéquesei says:

    Mas a nossa super especialista não dizia que não eram necessárias máscaras?
    Que a pandemia não chegaria cá e se chegasse estaríamos super preparados?
    Pah, eu assim baralho me.
    Já não sei o que fazer….

    • Vítor M. says:

      Não apertes muito 😀 que ela ainda mete mais uma galhetada.

    • albino negro says:

      Entao os trovoes nao era a ira de deus?
      Entao agora ja sao um fenómeno meteorológico perfeitamente explicável?
      pah , eu assim baralho-me
      Ja nao sei o que fazer…

      Talvez pensares um pouco nao?

      • ToFerreira says:

        Sim, as máscaras, seu funcionamento e eficácia só foram descoberto agora! Valha-nos Santa Engrácia…

      • Euéquesei says:

        Comparar um fenómeno meteorológico complexo, que surge mediante determinadas condições algumas delas para serem analisadas necessitam de instrumentos de alta tecnologia, com usar máscara ou não perante uma pandemia, está a brincar, não?
        Olhe, pergunte aos Japoneses e Coreanos, que usam máscara desde sempre, quer haja pandemia quer não haja, se precisam de trovões para as usar.
        Mania de justificar incompetentes com pretextos ridículos.
        Pois, lá está, são da cor, não é? Não precisa dizer mais nada, já vi tudo… Largueza.
        Volte lá para a madrassa de onde veio.

    • eu2 says:

      O problema das máscaras era não saber usá-las corretamente e ter uma falsa sensação de segurança.

      • miguel says:

        O problema das mascaras era só um “Não existia máscaras, nem para os de primeira linha” essa sempre foi a verdade porque a décadas a mascara é utilizada para travar doenças não é nenhuma novidade.

        • Euéquesei says:

          Irony On …As máscaras não eram necessárias porque a pandemia não iria chegar cá.
          Como sabe, somos um país que não abre fronteiras a ninguém, somo tipo Coreia do Norte da Europa… Irony Off
          Ouviu falar em doentes com Covid na Coreia do Norte? Não, pois eu tb não, nem ninguém ouviu.
          O Kim diz que os Norte Coreanos são o melhor povo do mundo e o nosso Kim diz o mesmo.
          Estamos a competir com os Norte Coreanos pelo mesmo título lol…
          Aviões cheios de Chineses a entrarem por aqui adentro sem nenhum controle e vir a DGS para as TV dizer que o problema não chegaria aqui,,, tristeza.
          Se isto não é incompetência total, então nada é…
          Taiwan fechou as fronteiras aos Chineses imediatamente logo que souberam da existência deste problema, não foram em cantigas.
          Vá pesquisar quantos doentes existem em Taiwan….
          Agora depois do milagre temos os países europeus a fecharem-nos as portas.
          Isto se não fosse tão trágico até dava para rir.

  3. André R. says:

    E faz o teste sentadinha numa cadeira atrás de uma secretária? Experimente fazer o mesmo a subir uma rua por exemplo…

  4. indignado says:

    Não dificulte o tanas, sendo ela medica acho estranho não ter reparado que respira fundo mais vezes para compensar o esforço adicional da inspiração quando usa mascara. Os testes são irrisórios, ela que experimente fazer o teste com alguma atividade física pelo meio, algo com esforço mínimo, coisas simples como arrumar prateleiras na cozinha com uso de um escadote, basta um degrau ao fim de 5 minutos dá logo por isso. Sentado também eu respiro bem com a mascara. Não invalida que eu ou qualquer outra pessoa use use a mascara mas há situações que vai lá vai, já tive alturas de me afastar a tal distancia de segurança duas ou três vezes ou sair a rua por uns minutos para poder respirar sem ninguém a volta.

    provoca na respiraçãoque tem mais dificuldade em fazer esforços e só para ajudar quem usa oculos facilmente os deixa embaciados.

    • Adriana Antonellini says:

      Eu percebi que depois que comecei a usar máscara meu fôlego diminuiu

      • Lara Feitosa Pinheiro says:

        Com certeza.
        A oxigenação pode até não ter queda significativa, mas para uma pessoa asmática como eu, a sensação de sufocamento é totalmente real.

        • Nuno says:

          Desculpa, mas eu também sou asmático e não sinto dificuldade a andar de máscara.
          Que a máscara é um hábito novo, é certo. Não o temos como adquirido e estranhamos. Certo de novo. Agora que tem uma função importante dada a realidade que vivemos, tem.

    • Lara Feitosa Pinheiro says:

      Tbm já fiz isso.
      Vc está certíssimo.

    • saldoso says:

      Depende muito da qualidade da máscara! E também das particularidades da pessoa!
      Uma boa máscara não irá reduzir muito as trocas gasosas.
      Já trabalhei imensas vezes com máscara, algumas com esforço físico, como lixar manualmente, e apesar de ficar um pouco mais cansado, não ficava sem fôlego. O que incomodava mais era o bafo quente que criava.
      No entanto, há muita máscara por aí à venda que é uma verdadeira porcaria, imagino até que possam fazer mal à saúde. Já peguei numa que aquilo cheirava que se fartava – para muitas pessoas poderia ser problemático. Outras são más por reduzir demasiado as trocas gasosas.

  5. Cientista Louco says:

    Testes sentada no sofá é muito bonito, testes durante actividade física no contexto do trabalho duvido que fosse igual!

    • Toni da Adega says:

      Exactamente, só porque são médicos e durante anos utilizam máscaras diariamente por vezes 12h consecutivas não quer dizer que saibam os efeitos que uma máscara faz.

      • Sujeito says:

        Tanto sabem que não os faltam a falar contra o uso delas pela população em geral.

        • saldoso says:

          Vias médicos a falar contra o uso delas por estarem convencidos que não traziam vantagens suficientes para pessoas não doentes face ao risco desses próprios médicos deixarem de poder ter máscaras.

  6. Carlos Santos says:

    Este artigo é que é desinformação.
    Quem é obrigado a utilizar máscara no trabalho, e tem sintomas adversos, sabe bem que isto não passa de propaganda fascista.

  7. Lara Feitosa Pinheiro says:

    Não tem nada de igual respirar com oubsem máscara.
    Eu tenho asma e sinto minha respiração modificada e quando coloco meu oxímetro, minha saturação diminiue sim e os batimentos cardíacos aumentam e faço isso sentada, imagine caminhando.
    Uso a máscara para me proteger, sou de risco, mas que é desconfortável é.
    Oxigênio e gás carbônico em um espaço pequeno para circulação, o ar fica muito quente, imagine ter que usar a máscara o dia inteiro em um ambiente de trabalho de uma fábrica de sofá, móveis ou algo parecido.
    Não concordo com essa médica.

    • Toni da Adega says:

      ” imagine ter que usar a máscara o dia inteiro em um ambiente de trabalho de uma fábrica de sofá, móveis ou algo parecido.”
      Milhares de pessoas por esse mundo fora fazem isso diariamente.

      • Lara says:

        Garanto que não se sentem confortáveis.
        Essa é minha opinião, deixe de deboche com a minha opinião e minha condição de saúde.

        • Toni da Adega says:

          Ninguém disse que se sentem confortáveis, nas maioria dos trabalho as pessoas não se sentem confortáveis.
          E se tem Asma entao está no grupo de risco e tem que ter cuidados extra em relação resto da população, e um dos cuidados é o uso de máscara e isolar-se mais para evitar o risco de contágio.

  8. Alex says:

    Engraçado, uso máscara 10 horas por dia, tenho asma, tenho um trabalho que exige esforço físico, e respiro bem com e sem máscara. Único senão é que esqueço me que tenho a máscara posta quando preciso de usar a bomba de asma.

    • TSSRK says:

      Deve ter uma mascara com muitos furos então, 10h por dia com esforço físico facilmente ficava com a máscara humedecida e sentia falta de ar..ainda por cima com asma.

  9. dajosova says:

    Isto é informação básica mas não mostra todos os cenários nem variáveis possíveis.
    Não é a mesma coisa.
    Evidentemente que entre respirar naturalmente e arriscar uma infeção e usar máscara, sem dúvida que se deve prevenir e usar máscara, além de ter outros cuidados, obviamente.

  10. Joao Ptt says:

    Para diminuir o desconforto, parece que as válvulas de escape de ar ajudam a reduzir a humidade e o calor… continua a ser pior que não usar nada, mas menos mau que máscaras completamente fechadas.

  11. Rayane says:

    Pessoas com ansiedade sofrem muito com isso

    • BC says:

      É melhor sofrer com isso, do que sofrer com Covid. Digo eu.

      • Angela says:

        Ao meu ver, não tem essa de é melhor sofrer de ansiedade que de Covid. Acho que depende muito de cada pessoa. Há pessoas que são mais sensíveis a algo e menos a outra cousa. Já tive Covid e em 1 semana nem parecia que havia estado mais que um resfriado. Mas também conheço pessoas que morreram de Covid. Vai de cada sistema imunológico. Assim, quanto a ansiedade, se não tiver alguém que esteja ao teu lado, você pode morrer de qualquer jeito. Discordo da médica também, até porque quando expiramos soltamos gás carbônico que muitas x não consegue sair totalmente pela máscara e acabamos inspirando o gás carbônico novamente, que inclusive é um veneno. Quanto à oxigenação, também não acredito que não mude. Assim como o fôlego. Meu fôlego diminui muito mais rápido com máscara, sendo que meu fôlego já é diminuto. E tenho já o costume de usar máscara descartável no laboratório da faculdade em que estudo. Então não, não acredito no que foi dito na matéria. Acredito sim que seja um apelo para que as pessoas tentem se proteger, pois tem havido um grande número de mortes. E ainda há o caso de que muitas pessoas por usarem máscaras acham que já estão protegidas e nada mais precisam. É importante lavar a mão com sabão, e se não for possível usar álcool em gel. Acho ainda desnecessário ataques. Se discorda ou concorda, não há problemas em discutir, mas agir feito seres irracionais movidos pela raiva é que não pode ser.

  12. Bárbara says:

    Não publicaram o meu comentário.. E AINDA O CRITICARAM POR ELE SER VERDADE.
    AFINAL QUEM É NORMAL É EXCLUÍDO.
    VIVA AOS IGNORANTES E OS ÍMPIOS.
    DEUS DIZ A VERDADE… AS PESSOAS ESTÃO A FICAR CEGAS. O TEMPO DO FIM ESTÁ A CHEGAR. . QUEM NÃO ESTÁ PREPARADO VAI FICAR PARA A TORMENTA.

    • Vítor M. says:

      Ó Barbara… usem os comentários de forma correta. Diz comentários não diz caixote do lixo. Façam uso de forma inteligente do direito à expressão. Vá lá, usem as palavras para articular as ideias e não usem as palavras para crepitar bocejos. A médica fez o que ninguém tinha feito. Depois apenas reforça uma verdade. Usem máscara, não facilitem. Custa assim tanto olhar para os que tombam como um aviso?

      • Nuno says:

        Vítor, o problema é o “achismo” dos tempos. Actualmente, a ideologia e a desinformação são propagadas a uma velocidade tal e em tão grande panóplia, que quem não sabe filtrar informação acaba por fazê-lo de acordo com o seu íntimo.

        Mas esta coisa contras as máscaras não é nova. No final da primeira vaga da gripe pneumónica, em 1919, era obrigatório o uso de máscara em público nos Estados Unidos. Tinham morrido cerca de 100-150,000 pessoas no país. Começaram existir movimentos contra o uso da máscara, dizendo basicamente a mesma coisa de hoje – faz mal, é um problema, atenta a liberdade, etc. A máscara deixou-se de usar. Na segunda vaga morreu meio milhão de americanos…

        • Vítor M. says:

          Penso que não é preciso ser especialista para se perceber que o nariz e a boca são a principal “porta” de contágio. Ora se as máscaras servem para filtrar (acho que nisso estamos todos de acordo), então se cada pessoa usar está a “filtrar” a saída do hipotético vapor de água (aerossol) e saliva que exalamos. Estamos assim a proteger os outros e isso, se todos usarmos, estamos também a proteger-nos.

          Eu penso que isso não tem ciência nenhuma, é apenas bom senso a esta altura. os números estão aí à mostra. Por isso, e como referes…. os números falam por si.

  13. Annab says:

    Gente , não é o costume , obviamente causa um certo desconforto.

  14. Rafael says:

    kkkk. Tem gente que acredita. huahuahua

  15. Qave says:

    Só falta dizerem que com a máscara se respira melhor.

    Eu trabalho há anos como mergulhador e respiro melhor com máscara e botija do que sem elas. Conheço malta que morreu afogada por não usar máscara.

    Agora a sério, com a máscara estamos mais protegidos e é essa atitude correta a tomar.

    A máscara não é para respirar melhor, é para impedir a entrada de virus no sistema respiratório.

    Acho uma estupidez essa experiência dessa médica, que não faz ninguém acreditar nessa treta. Não era necessário. Eu uso e usarei quando for apropriado ou obrigatório.

    Aos que acreditam nela usem um escafandro, vendo um usado em bom estado e ofereço a botija.

  16. Lima Ji says:

    Assim é fácil. A Drª faça o teste com 8 horas de suor e stress. Claro que usar máscara reduz oxigénio quando há esforço e começamos a ter problemas variáveis: cansaço, tonturas, etc. dependendo da exigência da profissão e problemas ATP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.