Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Ryzen

Apple poderá estar a trabalhar em Macs equipados com processadores AMD

A AMD tem feito um trabalho admirável com os seus processadores Ryzen. Taco a taco, a empresa tem feito uma concorrência muito próxima à Intel. Nesse sentido, a Apple poderá estar a testar Macs com processadores AMD.

As referências aos CPUs da empresa de Santa Clara foram encontrados em versões macOS desde o lançamento da versão 10.15.2 beta.

Ilustração Ryzen da AMD Apple


Ryzen Threadripper 3990X supera claramente Intel Xeon

Acentua-se a disputa pelo pódio no que toca ao desempenho dos processadores. De um lado está a Intel, que tenta sustentar-se num lugar cimeiro apoiado pelos trunfos Xeon lançados no mercado. Por outro está a AMD com os poderosos Ryzen Threadripper. Se no passado as diferenças entre estas marcas eram grandes, atualmente nota-se um crescer e uma preponderância maior da fabricante dos Ryzen.

A título de exemplo, benchmarks do CPU de 64 núcleos da AMD são 18% a 56% superiores a dois processadores Intel Xeon de 28 núcleos. Vem aí o Ryzen Threadripper 3990X.

Imagem processador Ryzen da AMD


Calculadora DRAM para Ryzen: Nova versão para Threadripper 3000

A Calculadora DRAM é uma ferramenta útil que facilitará o overclock da memória nos sistemas baseados em Ryzen. Sugere conjuntos de tempo de memória otimizados para o seu kit de memória, por exemplo, B-die.

O resultado final é que, usando a calculadora DRAM Ryzen, o utilizador pode alcançar maiores overclocks de memória com melhor estabilidade. A calculadora Ryzen DRAM foi concebida para funcionar com todos os processadores Zen e Zen 2, Ryzen de primeira, segunda e terceira gerações. Yuri “1usmus” Bubliy lançou uma nova versão da sua calculadora de DRAM para os AMD Ryzen.

Ilustração da Calculadora DRAM para Ryzen, com melhor overclock


AMD conquista 40% de quota de mercado pela 1ª vez em 14 anos

Com a chegada do novo ano há poucas horas, a AMD começou de imediato o trabalho com notícias muito positivas. A conquista do mercado em 2019 pela fabricante americana de CPUs foi clara. Como resultado, parece que os novos dados lançados pela empresa PassMark vêm suportar este domínio.

A AMD foi capaz de lucrar imenso com a diminuição de vendas da rival Intel. Embora esta ainda seja a fabricante número um, estreitam-se as diferenças e 2020 poderá ser um ano “duro” no mercado de chips x86.

Imagem de um Ryzen, marca de processadores AMD que se aproxima da Intel


Novos AMD Ryzen 4000 e X670 chipset esperados no final de 2020

A AMD atacou de forma ousada o mercado de processadores durante todo este ano. Como resultado, a empresa conseguiu superar a Intel no total de vendas e conquistou vários recordes com os seus chips. A gigante americana parece ter já preparado o lançamento de um novo conjunto de CPUs, os Ryzen 4000, uma família baseada na arquitetura Zen 3 que faz uso da tecnologia 7nm+.

Com este novo objetivo, a AMD procura obter ainda mais performance e com uma libertação mais reduzida de calor.

Imagem que ilustra a vinda dos novos processadores AMD Ryzen 4000 e X670