Quantcast
PplWare Mobile

Processadores AMD Ryzen perdem até 15% do desempenho com o Windows 11

                                    
                                

Fonte: AMD

Autor: Marisa Pinto


  1. Apenas Sempre says:

    Já instalei o windows 11 e até ver tudo ok

    • Guile says:

      Tens AMD Ryzen? Comparaste fps do windows 10 ou 11?

      Ter menos desempenho não quer dizer que vai “ok” ou vai crashar, apenas quer dizer que tem menos desempenho, que não se vai tirar partido do potencial do CPU.

      • Manuel Costa says:

        Até a AMD apresentar uma actualização de drivers…

        • Miguel says:

          Amd em drivers é fraca, muito fraca. Comprei um HP omen com 4800h que vinha com ecra amarelado por causa das drivers, troquei por um intel e tudo funciona bem! AMD para desktops e mini pcs até é razoavel para o preco mas em portateis fujam!

    • Ricardo Moreira says:

      No meu caso também até chegar o beta do Battlefield, jogo na boa mas nós gráficos do CPU notei que existem quebras com gaps grandes.
      Fui pesquisar e encontrei logo a notícia do Tom’s hardware. Em todos os outros jogos que testei não vi grande diferença. O Windows tá top

  2. Pedro L says:

    Ainda não experimentei . Espero sempre que seja minimamente testado antes de experimentar . Devo ser um negacionista lol

  3. pedro says:

    hummm … já que a intel não está a ganhar no hardware, há que favorece-la no software ….

    • JR says:

      Favorecer?
      Não me parece…
      Neste momento malta com CPUs abaixo da geração 8 não conseguem ter Win 11.
      Mas também não percebo o rush para a instalação do win 11. Parece me o vista 2.0

  4. António says:

    Mais uma incompatibilidade não detetada!

  5. Rui says:

    Tenho um Ryzen 5600X e pelo menos no CineBench os valores são muito semelhantes.
    A jogar então não se nota nada…

  6. José says:

    Já instalei num portátil com Rysen 7 série 5800. Está muito fluído e não detectei qualquer problema, bem pelo contrário, parece-me melhor. Não instalei noutris computadores até agora, porque este novo SO tem opções completamente disparadas: o calendário deixou de estar integrado – ora eu uso e abuso das opções do calendário devido ao meu trabalho de investigação. É simples e eficaz. No “11” deixou de ser possível programar os nossos dias e semanas. Outro disparate foi terminar com as miniaturas dinâmicas, o sistema parece-se como outro qualquer com um menu iniciar sem qualquer in formação útil ou prática, já que no “10” podemos ver de imediato informações novas. A questão das pastas é outro erro que não compreendo, não tem modo tablet outro disparate nuna época em qye se enaltece a portabilidade. Creio que o sistema ficou mais leve, mas mais pobre e irrelevante, daī a minha hesitação em instalar noutros pcs, só um hibrido é incompatível, mas até conveniente aqui manter o “10” pois por ser mais completo tem modo tablet. Perece-me que a Microsoft em breve terá de corrigir isto, caso contrário, não faltam alternativas idênticas nas “distros” Linux. É bonito, leve, mas até agora, não vi nada demais a não ser na exigência relativamente aos equipamentos e parecer um telemóvel gigante. Muito pouco, num tempo onde a integração entre equipamentos e flexibilidade é cada vez maior.

  7. Pjs says:

    Não conseguir colocar as apps no ambiente de trabalho é de nojo.

  8. Vítor Andrade says:

    Aqui RYZEN 7 e, precisamente hoje, tive a sensação de um consumo anormalmente alto de bateria. Pesquisei e vi que o W11 apresentou consumos mais altos e nem sequer tive tempo de saber se foram resolvidos porque entretanto vejo esta notícia.
    Ficarei a aguardar…

  9. Luis says:

    Pelo que li afecta os novos pc que já têm o W11 pré-instalado ou que colocam o W11 através de ISO ou instalação limpa.
    Os que são com Windows update não padecem do problema.

    • Manuel Costa says:

      DRIVERS!!!
      Quem instala via microsoft, de raiz, vai receber drivers que estão validados. Quem faz update, já em a versão seguinte dos drivers.
      Quem instala algo novo, DEVE procurar os drivers específicos para cada chip que tem no computador… 99,9% dos utilizadores, com menos de 30 anos, não sabem fazer isso.

  10. behemot says:

    para quem estiver algumas dúvidas em relação à atualização para o w11 este artigo ajuda a eliminar essas duvidas…foi publicado ontem.
    https://arstechnica.com/gadgets/2021/10/how-to-upgrade-to-windows-11-whether-your-pc-is-supported-or-not/

  11. Siddhartha says:

    Acho engraçado como a AMD fica sempre a perder em relação á INTEL no que toca a Imcompatibilidades da Microsoft. Será que ainda não aprenderam a usar outros processadores sem ser os da INTEL!? E parece-me que é outra vez as opções dos planos de energia que nunca parecem ter em conta os processadores da AMD. Será que também empancaram com a arquitectura 14mm e só agora é que evoluiram. 🙂

    • Manuel Costa says:

      A AMD demora 6 a 9 semanas a disponibilizar um driver para o mercado. A Intel demora 4 a 5 semanas. E daqui a diferença… pior é que 99 em cada 100 utilizadores de computadores não sabem procurar um driver actualizado.

  12. Pgomes says:

    Na realidade, o Windows 11 ainda está em beta, mas agora é pública. E são os PCs dos utilizadores que são as cobaias.
    A MS desde que desmantelou a sua equipa interna de testes, que tornou o Windows numa rebaldaria.

  13. Joao Silveira says:

    Quando começarem a pagar o Windows 11 Anualmente como já fazem com o Office 365 é vê-los a fazerem Downgrade para 10 que é uma maravilha…

  14. Joao Silveira says:

    É vergonhoso que não permitam aos Utilizadores comprarem o seu Software e os obriguem a pagar Anuidades tipo aluguer !!!

  15. wtvlol says:

    É por estas e por outras que AMD será sempre AMD. Problemas 24/7.

  16. LarilasOS says:

    Como eu só jogo no Totobola, ainda não notei nada de diferente! Tenho Ryzen 9 5900X e pelo menos as paneleirisses das animações ficaram mais rápidas…a minimizar e a maximizar janelas…em edição de video no Davinci Resolve Studio..oh, ’tá igual! Na muda nada…ah e tal…é um sistema novo…pra mim, isto é igual ao Windows 10 mas com o WindowBlinds e WindowFX da conhecida empresa de software Stardock pré-instalado!

  17. PN says:

    Pequena correcão ao artigo: o impacto parece ser maior em processadores com mais de 8 núcleos e mais de 65W TDP
    https://www.amd.com/en/support/kb/faq/pa-400

  18. Cristovao Domingos says:

    20 e tal anos de Windows e ainda não temos alternativa x86-64, pior que a intel so microsoft

  19. Mário says:

    Uma das coisas que notei foi aumento de consumo energético.
    Devido a ter o pc a minerar, notei que após upgrade para Windows 11 passei a ter um acréscimo de 20w por horas de consumo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.