Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Perseverance

O primeiro voo do Ingenuity da NASA em Marte afinal já não vai acontecer hoje

O objetivo Marte está cada vez mais enraizado na NASA e no que esta agência americana está a fazer. Com a missão Perseverance, espera-se que se fique a conhecer o planeta vermelho, testando algumas novidades importantes.

Se o foco inicial foi dado ao rover Perseverance, a grande aposta está agora no helicóptero Mars Ingenuity. Este iria voar pela primeira vez hoje, mas a NASA resolveu adiar esta viagem, para segurança deste elemento essencial.

Ingenuity NASA Marte Perseverance problemas


Perseverance encontrou uma rocha estranha em Marte e está a intrigar os cientistas

A NASA tem agora no solo de Marte um equipamento altamente tecnológico com mais mobilidade e, acima de tudo, com “outros olhos”. Depois do rover Perseverance pousar com sucesso em Marte no passado mês de fevereiro, a máquina tem estado a testar os seus dispositivos, mas sem perder o foco no que a levou lá. Em breve vai largar o helicóptero Ingenuity que dará uma nova dimensão à exploração marciana. Contudo, o rover tem “olhado em volta” e foi então que descobriu algo curioso.

Uma rocha em particular chamou a atenção de Perseverance, e a NASA diz que os seus cientistas estão intrigados com o aspeto e ainda não têm uma resposta.

Imagem de rocha encontrada em Marte pelo rover Perseverance, da NASA


NASA já tem data para o primeiro voo do seu helicóptero em Marte: 8 de abril

2021 fica marcado como sendo o ano de grandes feitos em solo marciano. Depois do rover Perseverance ter marcado a história de Marte, será a vez do helicóptero Mars Ingenuity sair do ventre do rover. Segundo as revelações da NASA, será no dia 8 de abril que o drone voador irá olhar para o planeta vermelho com outros olhos.

Apelidado por muitos como o planeta dos robôs, Marte é estudado de vários pontos de observação. Da Terra, do espaço, do solo e do ar, o planeta, a 480 milhões de quilómetros, é o atualmente um grande interesse para os terráqueos.

Ilustração do helicóptero Ingenuity da NADA que voará em Marte perto do rover Perseverance


Marte: Rover Perseverance da NASA grava pela primeira vez os sons da sua atividade

Marte é um planeta de robôs e sondas espaciais. Não há vida, que se saiba, mas o planeta não está sem atividade extra marciana. A tecnologia que os terráqueos têm enviado para o planeta marca o solo com os seus rastos, imprimem um ruído no ambiente e rompem o vazio com as suas carapaças metálicas. Com a chegada da mais avançada tecnologia de exploração planetária, o rover Perseverance, a NASA e a Terra, passaram a ouvir e a ver o que nunca haviam visto ou ouvido em Marte.

O mais recente rover da NASA gravou áudio de si próprio a esmagar a superfície do Planeta Vermelho, acrescentando uma dimensão totalmente nova à exploração de Marte.

Imagem do rover Perseverance no solo de Marte


Marte: Rover Perseverance tem no cérebro um CPU a 200 MHz que custa 200 mil dólares

Gosta da área dos processadores? Então este artigo é para si! A NASA equipou o seu rover Perseverance com um processador a 200 MHZ que custou 200 mil dólares. Portanto, se acha que o seu computador já lhe custou “os olhos da cara”, saiba não é nada de especial comparativamente ao chip que está em Marte.

Mantendo as devidas distâncias, este CPU foi fabricado para ser capaz de funcionar num ambiente um tanto rigoroso. A tecnologia do computador de bordo Rover Compute Element (RCE para abreviar) tem um desempenho reduzido, muito abaixo do do PC desktop normal que temos em casa. Conheçam melhor as suas especificações.