PplWare Mobile

Tags: nasa

Descoberto novo asteroide que tem a sua própria “lua” a orbitar à sua volta

Há objetos estelares que surpreendem pelas suas formas e comportamentos que de algum modo nos são familiares. Neste caso, estamos perante um asteroide que tem o seu próprio satélite natural, tal como tem a Terra. O BX12 2020 foi descoberto recentemente e é peculiar por ser orbitado por um outro corpo, a sua lua.

Chamam-se asteroides binários e podem ajudar a perceber alguns segredos do Universo.

Imagem de asteroide binários descoberto pela NASA


NASA deteta asteroide de 1 Km que vem numa aproximação rápida à Terra

A NASA está a vigiar um asteroide que passará “perto” do planeta no próximo fim de semana. Apesar de estar numa aproximação rápida, esta passagem não traz agora qualquer problema à Terra. Contudo, dada a sua dimensão, um impacto causaria uma destruição em escala global, como confirmou a agência espacial norte-americana.

Este viajante do espaço tem o nome de 2002 PZ39 e está referenciado no grupo dos asteroides Apollo. Aquelas rochas cujas órbitas estão localizadas próximas à da Terra.

Ilustração asteroide a caminho da Terra


57 000 satélites lutarão pelo espaço na órbita da Terra até 2029 (vídeo)

A órbita da Terra está congestionada. São muitos os relatos de problemas causados pelo grande números de satélites ativos e moribundos que estão ao redor do nosso planeta. Na verdade, a humanidade, até agora, colocou mais de 9000 dispositivos em órbita desde 1957 e há atualmente muito lixo no Espaço. A somar a isto, o novo ímpeto comercial está a ganhar força. Temos o exemplo da SpaceX que enviou um lote de 60 satélites como parte do seu plano de lançar milhares do Projeto Starlink.

Esta animação em vídeo traça um panorama preocupante.

Imagem de ilustração do lixo no espaço na órbita ta terra. Satélites e detritos a vaguear


Este é o aspeto da Terra se os oceanos fossem drenados (vídeo)

Com a tecnologia atual, com o poder de processamento computacional, é possível elaborar cenários hipotéticos da Terra em condições nunca testemunhadas. Há, inclusive, programas de exploração oceânica dedicados a descobrir pedaços da história por baixo dos mares. É um exercício importante para perceber o planeta atual e, sobretudo, perceber um eventual futuro da Terra.

James O’Donoghue, cientista planetário da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA), lançou uma nova versão de uma famosa animação feita pela NASA em 2008, com a Terra despida de oceanos.

Imagem da Terra drenadas dos oceanos


NASA: Sonda espacial Juno detecta imagem de golfinho na superfície de Júpiter (vídeo)

A NASA tem a sua sonda Juno a orbitar Júpiter, o maior planeta do sistema solar. Nas suas passagens, a nave da agência americana tem captado imagens fabulosas, como por exemplo fotografias da Mancha vermelha ou imagens de uma impressionante tempestade.

Desta vez, a sonda captou o que parece ser a forma de um golfinho nas densas nuvens do gigante gasoso.

Imagem de Júpiter com uma mancha que parece um golfinho, captada pela sonda Juno, da NASA