PplWare Mobile

Tags: Lua

NASA desenvolve Luva inteligente para os astronautas controlarem drones em Marte

Chegar a Marte e pousar de novo na Lua são os grandes desafios atuais da NASA. Nesse sentido, a agência espacial não perde tempo a desenvolver os dispositivos necessários para a exploração espacial. Após ter apresentado o fato para os seus astronautas usarem em 2024 na missão da Artemis, mostra agora uma luva que irá controlar remotamente os drones exploradores do planeta vermelho.

A NASA prepara um conjunto de soluções tecnológicas que vão desde drones a fatos com recursos inovadores.

Imagem da luva inteligente da Nasa para Marte


Cientistas da NASA observam o que acontece quando dois exoplanetas colidem

O Universo é uma escola constante que ensina e explica algumas realidades que damos como certas, de sempre e para todo o sempre. Assim, um vislumbre dramático das consequências de uma colisão entre dois exoplanetas está a possibilitar aos cientistas uma visão do que pode acontecer quando os planetas colidem uns com os outros. Nesse sentido, poderá ter sido um destes acontecimentos ocorridos no nosso próprio sistema solar que levou à formação da nossa Lua.

Acredita-se que na origem da Lua está uma colisão entre planetas do tamanho de Marte.

Imagem de ilustração NASA entre dois exoplanetas


NASA apresenta novos fatos espaciais para voltar à Lua

A NASA quer voltar à Lua e apresentou em maio passado o programa Artemis. Conforme foi dado a conhecer, este será o programa que sucederá às missões históricas da Apollo. A agência espacial quer colocar de novo na Lua os seus astronautas e marcou o ano 2024 para isso acontecer. Agora, a agência apresentou os novos fatos para os astronautas, o xEMU e o Orion.

Segundo a NASA, o xEMU será usado para caminhadas lunares e o Orion será usado pelos astronautas dentro da nave.

Imagem da apresentação pela NASA NASA dos novos fatos espaciais para voltar à Lua


Que idade terá o gelo encontrado na Lua?

Ano passado, a NASA fez uma descoberta que mudou significativamente a forma de pensar no futuro da Lua. O facto de haver água no nosso satélite natural pode ser importante para viagens espaciais futuras, além de outros objetivos no Espaço. A descoberta de depósitos de gelo lunar, abriu novas linhas de investigação. Assim, entre várias questões levantadas, a idade desse gelo pode revelar muita coisa que desconhecemos.

Segundo as investigações, a maioria dos depósitos de gelo na lua têm, provavelmente, milhares de milhões de anos. Contudo, alguns podem ser muito mais recentes.


Rover lunar da China examina ‘substância estranha’ encontrada na cratera da Lua

Desde que a China chegou ao lado “negro” da Lua, várias novidades foram sendo dadas a conhecer de um local nunca antes explorado. Recentemente, o rover Lunar Yutu-2 descobriu uma substância invulgarmente colorida e ‘gelatinosa’ durante as atividades de exploração na Lua. Contudo, ainda nada foi dito sobre o tal material.

Agora, já com novas fotos, o misterioso material continua a intrigar os cientistas. Nesse sentido, cresce a curiosidade para saber que material foi encontrado.